EntreContos

Desafios Literários, Contos e Resenhas

Regulamento Desafio “Pecados Capitais”

Como resultado da intensa troca de opiniões na página de autores do EntreContos, decidimos lançar um desafio à queima roupa, sem oitiva prévia, enquetes ou democracia. Sim, nós da moderação … Continuar lendo

Destacado · 29 Comentários

Os setes – Um conto Moderno (Angus)

Jazia ele dentro de casa em cima de uma cama um homem de 32 anos, um metro e oitenta e seis centímetros, roxo, um cheiro de podridão tomava conta de … Continuar lendo

24 de janeiro de 2015 · Deixe um comentário

Caída (Zoé)

Ninguém está a salvo nesse mundo. Minhas mãos deslizam pela minha testa oleosa. Meus poros absorvem o óleo e o regurgitam de volta para o ambiente. Tenho fome e sinto … Continuar lendo

23 de janeiro de 2015 · Deixe um comentário

Pecados Conjugais (Pecadora)

Quando chegou ao ápice sentiu que algo maior dentro dele se esvaiu, como o calor antes preso nos lençóis daquele motel. Caminhou num torpor sonâmbulo aquém da chuva e de … Continuar lendo

23 de janeiro de 2015 · Deixe um comentário

O Problema de Wendy (Sininho)

Todas as crianças crescem – menos uma. Wendy Darling daria tudo para ser essa uma. A terceira idade já chegara há anos, trazendo consigo os cabelos brancos, o cansaço e … Continuar lendo

23 de janeiro de 2015 · Deixe um comentário

Sex Pet (Nisei)

Fechar a loja se tornou a parte do dia mais emocionante para João Takeda. Com sessenta anos, ele é divorciado e pai de dois filhos que não vê há quase … Continuar lendo

22 de janeiro de 2015 · Deixe um comentário

Autoavaliação de Lucian ou como os sete pecados mudaram minha (vida) morte (Unknown)

Acordo e por um segundo fico feliz em ter sobrevivido mais uma noite. Tudo muda quando encaro minha realidade. Pra que perco meu tempo e energia fazendo meu coração bater? … Continuar lendo

22 de janeiro de 2015 · Deixe um comentário

O Amor do Fantasma (Lucas Rezende)

Ao longe, no infinito tapete azul do mar, emerge aos olhos a embarcação com a Jolly Roger mais temida dos mares. A tripulação se apavora, sabem dos terrores que todos … Continuar lendo

21 de janeiro de 2015 · Deixe um comentário

Olhai os Lírios do Campo – Resenha (Gustavo Araujo)

  Resenhar um clássico não é tarefa fácil. Corre-se sempre o risco de cair na mesmice ou de cometer uma heresia, deixando de se apontar o que é consenso. Tratando-se … Continuar lendo

20 de janeiro de 2015 · 10 Comentários

Vuul e o Menino (José Leonardo)

para os amigos de outros recantos — Maria Santino, Sidney Muniz e JC Lemos No princípio era Vítor e aquela imensa estrutura (que tomava como sua). E o menino era … Continuar lendo

20 de janeiro de 2015 · 4 Comentários

Fim de Noite (Rodrigues)

Eu não queria dizer, mas eu estou procurando namorado. Ideia da minha prima. Deixei minha filha com a minha irmã pra ir ao tal encontro. Não gosto disso, não. Mas … Continuar lendo

19 de janeiro de 2015 · 2 Comentários

Bebela (José Leonardo)

O leito de núpcias, a nova consorte, E o Bode preside a cerimônia de morte. — O carroceiro   Pétrus já sofreu maus bocados em sua saúde. Dos cinco aos … Continuar lendo

19 de janeiro de 2015 · 2 Comentários

Milagrário Pessoal, de José Eduardo Agualusa – Resenha de Livro

Editora Língua Geral – Coleção Ponta de Lança 240 págs. Como trabalha um caçador de neologismos? Esta pergunta acerca o trabalho da personagem Iara, que pesquisa pel o computador novas … Continuar lendo

18 de janeiro de 2015 · 1 comentário

Táxi (André Luiz)

Um veículo sedan branco parou a sua frente. O motorista espichou o corpo volumoso como se estivesse atado ao carro. Na verdade, ele e o veículo eram um só depois … Continuar lendo

18 de janeiro de 2015 · 3 Comentários

Tiê-sangue (Eduardo Matias)

─ Tiê-sangue! ─ Meu rubro tiê-sangue, em afeição e carinho lhe envio esta remissa… ─ Basta Agápi, está tudo terrivelmente errado. Você não pode compará-la a um tiê-sangue, e somente … Continuar lendo

17 de janeiro de 2015 · 1 comentário

Décimo segundo andar (Sidney Muniz)

Olhei para a ela, mas o que eu podia fazer? Na distancia que estava do ponto de partida de toda aquela tragédia contemplei a intensidade dos raios de sol que … Continuar lendo

17 de janeiro de 2015 · 5 Comentários

Lendas de uma nova era (Fabio Baptista)

HOUVERA PELEJA NO CÉU. Após a humanidade conspurcar a Terra por milênios, com assassínios, roubos, estupros, funk ostentação e iniquidades afins, finalmente a batalha do apocalipse se realizara. Lúcifer, Estrela … Continuar lendo

17 de janeiro de 2015 · 12 Comentários

A morte e a “re-morte” de Natasha Moskovskaya (Rubem Cabral)

Moscou. Morrer deveria ser simples, sempre fantasiei que fosse assim. Você sabe, aquela velha, velha história… O coração pararia de bater, os pulmões inspirariam e expirariam pela derradeira vez, os … Continuar lendo

16 de janeiro de 2015 · 7 Comentários

Uma cabeça no congelador (Carlos Henrique Gomes)

Para vó Luíza, cujas cinzas de seus frágeis ossos repousam no Palácio da Paz Eterna   – Vó! Ô vó! Porra, será que ela jogou fora? Ô vó! Será que … Continuar lendo

16 de janeiro de 2015 · 3 Comentários

Noite de Pesadelo (Alan Cosme Machado)

A luz estroboscópica na cara já estava começando a incomodar, juntando isso a algo estranho que lhe deram para tomar, Jailsom Oliveira passou a não se sentir tão bem quanto … Continuar lendo

16 de janeiro de 2015 · 1 comentário

Aula de Fada (Anorkinda Neide)

Ela voejou por todo lado, inquieta… à procura. Logo acima, bastava bater um cadinho mais suas asinhas, e ela o veria. Andreto era tão esperto quanto brincalhão e amava vê-la … Continuar lendo

16 de janeiro de 2015 · 6 Comentários

Mestres de Monstros (Fabio Cavalcanti)

“No passado humanos e monstros viviam em perfeita harmonia conforme está escrito nos pergaminhos antigos…mas uma parte desse pergaminho desapareceu e é justamente a parte que fala da guerra que … Continuar lendo

15 de janeiro de 2015 · 1 comentário

O bater daquelas asas (Miguel Bernardi)

A menina avistou o pássaro quando chegou no pico daquela montanha incrivelmente alta. Ela estava cercada de nuvens por todos os lados, grandes e negras, que se mexiam em sua … Continuar lendo

15 de janeiro de 2015 · 9 Comentários

Eu, eu mesmo e todos os outros (Rafael Sollberg)

É um domingo sombrio em plena terça-feira. A cerveja chega fervente enquanto a batata frita murcha está congelada por dentro. Olho fixo para o atendente, tentando descobrir se ele é … Continuar lendo

15 de janeiro de 2015 · 7 Comentários

Olhos Abertos (Phillip Klem)

Cold Creek Hospital era uma infinidade de corredores e portas. Cada uma exibia um número por fora e por dentro escondia uma estória, vivida e sofrida por aqueles que habitavam … Continuar lendo

15 de janeiro de 2015 · 5 Comentários

O Peso do Mundo (Jefferson Lemos)

O sol do meio-dia resplandecia nas calçadas sulcadas rumo à Central do Brasil, enquanto Fernando caminhava descontraído ouvindo uma melódica música clássica. Não que fosse um adepto do classicismo, mas … Continuar lendo

14 de janeiro de 2015 · 15 Comentários

Vermelho (Eduardo Matias)

Hanna sentou-se junto à mesa de metal, as migalhas de pão velho se misturavam às lasquinhas de tinta descascada. A menina já se acostumara à constante ausência do pai, às … Continuar lendo

14 de janeiro de 2015 · 3 Comentários

O Planeta X (Jowilton Amaral)

Planeta Nibiru, Base do Comando de Extrativismo Espacial Brasileiro, Ano 2045. O tenente Guedes, engenheiro químico da expedição de exploração de ouro espacial, testa o ar antes de retirar seu … Continuar lendo

14 de janeiro de 2015 · 3 Comentários

O Bicho (Marcelo Martins)

O bicho tinha um perfil estranho, meio gato, meio cachorro, e olhos que pareciam com os de uma pessoa. Rastejava pelo chão observando sapatos e sandálias que deixavam as mulheres … Continuar lendo

14 de janeiro de 2015 · 4 Comentários

Tatuagem (Mozart Neto)

Ele demorou além do normal para acordar, depois de mais uma noite tentando combater sua insônia causada por horas de dedicação em frente ao televisor matando zumbis numa feroz disputa … Continuar lendo

14 de janeiro de 2015 · 2 Comentários

A Garota do Colégio (Daiane Prazeres)

Esse livro ou conto é dedicado ao amor da minha vida, que me fez ver que esperar é o único modo de tê-la aos meus braços. Essa historia é verídica, pois … Continuar lendo

13 de janeiro de 2015 · 4 Comentários

Marco Piscies

Marco Aurélio Saraiva nasceu dia 8 de janeiro de 1986, em São Gonçalo, Rio de Janeiro. É Bacharel em Informática pela PUC-RIO, formado em 2010. Casou-se em 2012 com sua … Continuar lendo

13 de janeiro de 2015 · 4 Comentários

Belleville – Resenha (Gustavo Araujo)

Lucius e Anabelle são dois jovens que vivem em Campos do Jordão, na mesma casa, todavia separados por exatos cinquenta anos no tempo. Apaixonam-se depois de uma improvável troca de … Continuar lendo

13 de janeiro de 2015 · 5 Comentários

O Colecionador de Olhos (Eliane Verica)

Ele, sentindo-se soberano, suspirava ao contemplar sua obra prima banhada em sangue e dor, sorria satisfeito com a absoluta certeza de que naquele momento ele era o ser mais poderoso, … Continuar lendo

13 de janeiro de 2015 · 12 Comentários

Resultados do Desafio “Criaturas Fantásticas”

Caros participantes, amigos e curiosos de sempre. Quarenta e quatro contos. Vinte e oito finalistas. Um desafio fantástico em todos os sentidos. A lista abaixo contém os títulos dos textos inscritos, os … Continuar lendo

12 de janeiro de 2015 · 78 Comentários

Votação – Criaturas Fantásticas

Caros participantes, Como sempre, agradecemos a presença de todos por aqui. O tema “Criaturas Fantásticas” trouxe 44 (quarenta e quatro) contos inscritos. Às regras para votação: 1) Os contos concorrentes são … Continuar lendo

21 de dezembro de 2014 · 31 Comentários

Delírio Coletivo (Daniel Vianna)

Extra! Extra! Eles estão entre nós! Criaturas abomináveis vindas do espaço! Extra! Extra! Eles estão entre nós! Criaturas abomináveis vindas do espaço! Gritavam os garotos gêmeos que vendiam jornais costumeiramente … Continuar lendo

21 de dezembro de 2014 · 72 Comentários

O Caçador de Espécimes (Marco Piscies)

Caçador de Espécimes – Indivíduo cuja principal atividade é a caça e venda de espécimes alienígenas. Normalmente um viajante, explorador de planetas e usuário exímio dos mais diversos armamentos de … Continuar lendo

20 de dezembro de 2014 · 45 Comentários

O Casamento da Foca (Isabella Beatriz)

Ele abre os olhos e encara o teto. Levanta-se. Veste-se. Caminha. Ele não sabe exatamente o que está fazendo. É como um daqueles sonhos em que você se levanta e … Continuar lendo

20 de dezembro de 2014 · 64 Comentários

Infernales Lepra (Pétrya Bischoff)

Quão dolorosa pode ser a existência? Definido híbrido. Humano de descendência, animal por falta de socialização e cousa indesejável por acidente da natureza. Não sabe o que houve, mas sabe … Continuar lendo

20 de dezembro de 2014 · 33 Comentários

O Dragão Espectral (Laís Helena)

Inara sabia que o Livro de Feitiços não ficava à disposição de todos por um motivo. E sabia, também, que a proibição de rituais para a abertura de portais não … Continuar lendo

20 de dezembro de 2014 · 29 Comentários

A Cidade Esquecida (Fil Félix)

Durante a segunda metade do século XIII o Império Mongol foi liderado pelo Quinto Grande Khan, o amante da opulência e extravagância Kublai Khan, fundador da Dinastia Yuan. Um senhor … Continuar lendo

20 de dezembro de 2014 · 30 Comentários

Paixão de Primavera (Jefferson Lemos)

Os raios de fim de tarde deitavam sobre as planícies longínquas, enquanto Berenice observava seu amado à distância. Andava distraído, com a silhueta delineada dando ênfase a sua forma perfeita … Continuar lendo

20 de dezembro de 2014 · 35 Comentários

Gabriel (Miguel Bernardi)

- Você vem? – Perguntou o padre, olhando diretamente nos olhos do homem sentado na cadeira a frente, com as mãos e pés amarrados. – É a sua última chance. … Continuar lendo

20 de dezembro de 2014 · 29 Comentários

Fadas não existem (Swylmar Ferreira)

- Fadas? Que fadas, Marlene! Já disse para não ensinar as crianças sobre essas besteiras aqui da cidade. Ainda mais quando teremos visitas em casa – falou Roberto, chateado, ao … Continuar lendo

20 de dezembro de 2014 · 31 Comentários

Esquizofrenia (Gustavo Andrade)

O PRIMEIRO CONTATO O brilho azul da sirene e o vermelho que saía do homem competiam para chamar a minha atenção. Brilho azul, como o do vulto que fez Tobias … Continuar lendo

19 de dezembro de 2014 · 54 Comentários

Os Relógios (Ana Paula Lemes)

“Precisamos estar dispostos a nos livrarmos da vida que planejamos, para podermos viver a vida que nos espera. A pele velha tem que cair para que uma nova possa nascer.” … Continuar lendo

19 de dezembro de 2014 · 55 Comentários

Inspiração independente (Anorkinda Neide)

Na madrugada, o silêncio quebrado pelo ruído constante do ventilador, atormentava a inspiração que bradava por descer ao mundo dos mortais, mas era impedida pela prática macabra da procrastinação. O … Continuar lendo

19 de dezembro de 2014 · 59 Comentários

Memórias (Eduardo Matias)

Rios de sangue quente corriam, espumando, por entre as rochas negras do deserto. Um vento morno, carregado de notas pútridas embalava minha alma. Eu via guerras e nações lutando entre … Continuar lendo

19 de dezembro de 2014 · 36 Comentários

Overmind (Lucas Rezende)

Respondendo e-mails e atendendo telefonemas no escritório onde trabalhava, Maurice harmonizava com seus colegas. Costas arcadas e olhar opaco. A passagem para a vida adulta causou uma hemorragia nos seus … Continuar lendo

19 de dezembro de 2014 · 29 Comentários
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.707 outros seguidores