EntreContos

Detox Literário.

[EM] Dragão de Casa (Carneirinho)

Certa noite, apareceu no meu jardim um pequeno dragão cinzento. Pequeno para sua espécie, pouco maior que um cão de caça. Escamas desencaixando, orelhas e asas despedaçando nas pontas, garras quebradiças, amareladas. Ao vê-lo assim lembrei dum cachorro da minha infância, abandonado, que na rua chamavam Leopoldo… Fui me aproximando devagar, até quase tocá-lo na cabeça. Cheirou meus dedos, o arquejo ardia na pele. Diziam que só treinadores experientes deveriam adotar um dragão. Mas, como expulsá-lo?

Comprei carne e um jogo de lixas para ajustar a carapaça. Um dragão tem sentimentos? Fez sua cama na minha roupa usada. Leopoldo. Os vizinhos não demoraram a descobri-lo: Cospe fogo? Enterra a própria sujeira? É adestrado? Contaram casos de dragões que devoraram o próprio dono.

Não, não era animal de adestramento. Diante de comandos, uma indiferença de esfinge em tamanho de lobo. Para domesticar meu Leopoldo, restava tratá-lo com o respeito que exigia naquela pose.

E crescendo, um leopardo. Agora, mal anoitecia, gemia, gania, urrava. Eu tentava acalmá-lo com comida, com música, eu tentava acariciá-lo. Ele bufava fagulhas, ameaçava chamas. Aprendi a dar espaço, eu abria a janela, o Leopoldo saía voando. Dos passeios, começou a trazer ratazanas e gambás. Depois gatos. Depois cachorros. Engolia até os ossos. Para evitar, passei a alimentá-lo sem economia. Passou a devorar por dia uma peça inteira de porco, de gado.

Mas tinha o paladar para sangue quente. O leão voador. Das rondas, começou a trazer cachorros grandes, e ovelhas, e porcos, e bezerros, até parar, definitivamente, de comer dos meus preparos.

Penso em maneiras de domá-lo antes que a vizinhança denuncie, que o machuquem, que o matem. Mas o que fazer? Prender, gritar, dar pedradas? Imagino meu Leopoldo enfurecido, imenso, cuspindo fogo, destruindo minha casa e depois – não quero imaginar – meu dragão sobre os escombros, abria as asas e nunca mais voltava.

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado em 9 de agosto de 2021 por em EntreMundos - Monstruoso Mistério Aternativo.