EntreContos

Detox Literário.

Liga 2019 – Rodada 2

  COMO PARTICIPAR? 1 – Esteja preparado para ler e comentar até 19 contos. 2 – Escreva um conto de Terror ou um conto Infantil / Infantojuvenil, com até 2.500 … Continuar lendo

Destacado · 1 comentário

Liga Entrecontos de Literatura 2019 – Regulamento

I. OBJETIVO Com o intuito de incentivar a produção literária e proporcionar um ambiente de aprendizado e troca de conhecimento, o Entrecontos orgulhosamente apresenta a LIGA ENTRECONTOS DE LITERATURA 2019, … Continuar lendo

Destacado · 2 Comentários

Conto dos Títulos – Liga 2019 Rodada 1 (Neusa Fontolan)

Desafio – Liga 2019 – Rodada 1 COMÉDIA, FANTASIA   Em ‘Betiron, um Reino’ muito, muito distante, acoplado no meio de ‘Uma Floresta Alucinante’, vivia ‘Lúcia no mundo das coisas’. … Continuar lendo

18 de abril de 2019 · 2 Comentários

Tratamento Paranoico – Conto (Sidney Muniz)

“A realidade nada mais é que a aceitação daquilo que sua mente cria” “Sidney Muniz”   – Carlos Roberto! (IIIII+IIIIIIII) – Chamou a voz da recepcionista. – Eu? Quer dizer… … Continuar lendo

18 de abril de 2019 · 8 Comentários

Colheita – Clássico (Nélida Piñon)

Um rosto proibido desde que crescera. Dominava as paisagens no modo ativo de agrupar frutos e os comia nas sendas minúsculas das montanhas, e ainda pela alegria com que distribuía … Continuar lendo

16 de abril de 2019 · 5 Comentários

“Born Cartolla” – Levi Tonin – Resenha (Higor Benizio)

Lançado recentemente pela Editora Avec, Born Catolla é um mangá nacional escrito e ilustrado por Levi Tonin, concebido através de campanha de financiamento coletivo (na qual tive o prazer de … Continuar lendo

14 de abril de 2019 · 4 Comentários

Zacarias: A Visita dos Parentes Conto (Angelo Rodrigues)

Era domingo pela manhã e eu falei pra minha Nataly: Nataly, tenho uma surpresa pra você; e Nataly deu um salto de lado, meio que assustada, e disse: Sai pra … Continuar lendo

10 de abril de 2019 · 3 Comentários

A Terra Inútil – Clássico (T. S. Eliot)

“Nam Sibyllam quidem Cumis ego ipse oculis meis vidi in ampulla pendere, et cum illi pueri dicerent: Σίβνλλα τί ϴέλεις; respondebat illa: άπο ϴανεΐν ϴέλω.”(*) Para Ezra Pound, il miglior … Continuar lendo

9 de abril de 2019 · 7 Comentários

Amor Próprio ou Zóio de Vidro – Conto (Gabriel Bartolomeu)

1 O amor-próprio é o artifício usado para nos protegermos de nossas imperfeições e o mais importante indicador da dificuldade que é lidar conosco de maneira mais realista.   2 … Continuar lendo

8 de abril de 2019 · 2 Comentários

Van Gogh, a Vida – Steven Naifeh e Gregory White Smith – Resenha (Gustavo Araujo)

Quem quer que tenha passado pela Terra nos últimos 90 anos deparou-se em algum momento com um quadro de Vincent van Gogh. A Noite Estrelada, os Girassóis, o Quarto em … Continuar lendo

5 de abril de 2019 · 7 Comentários

Policitação – Poesia (Francisco Ferreira)

Em mim A poesia faz arte Enlaça-me a cintura. Por que me tiras para dançar Se de chumbos são os meus pés E nunca me arrisquei Num passo sequer? De … Continuar lendo

4 de abril de 2019 · 2 Comentários

Modos de Fazer Um Livro – Artigo (Angelo Rodrigues)

Como seria árdua a tarefa de enumerar todas os modos de se fazer um livro. Creio que tantos quanto seria o Homem capaz de os imaginar. Falo de alguns. As … Continuar lendo

3 de abril de 2019 · 6 Comentários

A Morte dos Girassóis – Clássico (Caio Fernando Abreu)

Anoitecia, eu estava no jardim. Passou um vizinho e ficou me olhando, pálido demais até para o anoitecer. Tanto que cheguei a me virar para trás, quem sabe alguma coisa … Continuar lendo

2 de abril de 2019 · 7 Comentários

Resultados – Liga 2019 1ª Rodada

Caros Entrecontistas, Saudamos entusiasticamente todos os participantes da Liga Entre Contos 2019. Gente experiente, novatos, mas todos com muita vontade de aprender, de colocar seus textos à prova. No total, … Continuar lendo

1 de abril de 2019 · 5 Comentários

Liga 2019 – Rodada 1.2 – Série C

Prezados participantes, seguem os 12 contos classificados para a segunda etapa da Série C:   – A Dama Rubra – A Lenda da Árvore Cantante – Apenas Um Dia Comum … Continuar lendo

10 de março de 2019 · 18 Comentários

Liga 2019 – Rodada 1 – Séries A e B

Esse é o tópico de votação para os participantes das Séries A e B da Liga 2019 – RODADA 1. Confira abaixo a composição de cada grupo, com a indicação … Continuar lendo

19 de fevereiro de 2019 · 41 Comentários

Liga 2019 – Rodada 1.1 – Série C

Esse é o tópico de votação para os participantes da Séries C da Liga 2019 – RODADA 1. Confira abaixo a composição de cada subgrupo, com a indicação de quais contos … Continuar lendo

19 de fevereiro de 2019 · 30 Comentários

[Colchetes] (Davenir Viganon)

  Parte 1: A fila – “Leve essa papelada para carimbar”, dizia a mensagem no watts vinda do chefe da Casa, que prosseguiu argumentando. Enumerou todos os problemas da administração … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 23 Comentários

A Batalha da Planície (Rafael Penha)

É noite na Planície. Rodrik está no centro do círculo formado por seus companheiros, sujo e ofegante. Após o golpe, sua visão finalmente volta a focar e ele enxerga a … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 24 Comentários

A Cidade Debaixo D’água, a Porta Trovadora e o Homem que Roubou o Luar (Fabio D’Oliveira)

  Seu nome era Trinus. E desde que se entendia por gente, vivia naquela casa com sua querida avó. Não era muito grande, mas servia para eles. Dois quartos, uma … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 45 Comentários

A Dama de Negro (Fabio Rodrigues)

Solstício de inverno. Sentei-me próximo a lareira de minha casa. Afoito, receoso, ansioso como sempre. Uma sensação de tristeza profunda. Os dias não têm sido normais. Às vezes, sinto um … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 11 Comentários

A Dama Rubra (Cirineu Pereira)

Ao despertar depois da cirurgia, notei a presença dela no quarto. Cabisbaixa, o corpo esquálido em vestes brancas permanecia em pé, imóvel no canto mais próximo à porta, entretanto, sem … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 43 Comentários

A Lenda da Árvore Cantante (Caliel Alves)

Os deuses concederam um propósito ao povo Jatenã, eles protegeriam a Árvore Cantante. Sumé, “o Emissário dos Deuses”, deu uma única ordem: nenhum dos Jatenã comeria dos seus frutos ou … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

A Lenda de Aylana (Givago Thimoti)

A Floresta dos Sonhos era uma simples floresta com um nome mais caprichado, dado pelos habitantes do vilarejo Aurora. Era comum que alguns se embrenhassem no matagal a fim de … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 31 Comentários

A Outra Face dos Anjos (Michele Barão)

O céu do entardecer pincelado de nuvens avermelhadas anunciava a chegada do inverno e, apesar da beleza daquele fenômeno, o desconforto era visivel à jovem e bela Anne que não … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 15 Comentários

A Passagem Secreta (Elisabeth Lorena)

Uma manhã como outra qualquer. Sol entrando pela  fresta das janelas laterais, brigando com as enormes cortinas escuras. O barulho matinal, diminuindo os restos de silêncio mortal da noite cansativa. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 21 Comentários

A Procissão (Vera Marta Reis)

Na noite do ocorrido, ficou sem dormir, sentado no Mourão da porteira. Não adiantou que o chamasse, insistisse, brigasse. Estacou, e como estátua ficou. O nascer o tomou de sobressalto … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 10 Comentários

A Ressurreição dos Mortos (Daniel Reis)

  Chuva fina e insistente – lágrimas sobre lápides escurecidas pela poluição. Entre corredores e jazigos, a mulher rastreava o endereço definitivo daquele seu tio praticamente desconhecido. Nunca se encontraram … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

A Viagem do Rei (Antonio Stegues Batista)

Sentado no banco do jardim, ele observava algumas pombas num telhado distante. Pensava que suas lembranças eram agora como aquelas pombas que voavam para longe. Como aquelas do poeta Raimundo … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 19 Comentários

Apenas Um Dia Comum (Virgílio Gabriel)

  Parte 1 – Mamãe, a casa subiu Em uma manhã de segunda-feira, Alfredo Corvino escutou o seu despertador tocar. Não que ele tivesse algum compromisso durante o dia. Na … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 17 Comentários

Autorregeneração (Ana Sophya Linares)

– Como vais escapar? Tudo aqui pode matar-te, mas eu posso o fazer de forma mais eficiente. – Disse Juan. – Vou precisar de vestir umas calcinhas antes de me … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 21 Comentários

Benza Deus as Amizades (Angelo Rodrigues)

Tem hora que a gente dá a maior sorte, e isso não acontece todo dia, porque a vida não é sempre assim tão boa, como quando eu tava saindo de … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 19 Comentários

Betiron, um Reino (Luciano Alves)

Seus olhos estavam embotados pela poeira quente do deserto, mesclada ao suor que porejava em seu rosto, produzindo gotículas que reluziam em sua pele antes de misturarem-se ao pó; algumas … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 17 Comentários

Brejo da Cruz (Paula Giannini)

  Fechou o buraco. Era o quinto que plantavam naquela semana. Todos jovens, todos azuis e filhos do mesmo destino, sina marcada em cada um deles desde o dia em … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 39 Comentários

Cara de Lata (Roque Aloisio)

Bota apreensão que me acode! Preciso sair para caminhar, pois minha médica, uma querida ex-aluna do ensino fundamental, lá no início dos anos noventa, me mandou ao ar livre pelo … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 13 Comentários

Crônicas do Servo que Habita o Nó e Daqueles que o Desvencilham (Leandro Barreiros)

Sorrindo, olhou o garoto a admirá-lo. Era negro, de cabelos crespos e pernas esmirradas. O lugar era como qualquer outro. Às vezes as construções eram monumentais, noutras épocas, apenas pequenas … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 41 Comentários

Dezembro (Gustavo Moura)

  É difícil saber do que se trata quando alguém sorri ao longe, olhando, aparentemente, para ti. Decerto há um encontro nas feições de quem se admira, seja o recanto … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 40 Comentários

Drama (Rodrigues)

O cuidador – que era japonês e cego – empurrava a cadeira de rodas do baixinho que o contratara há muitos anos. A dupla passava pela frente de um muro … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 19 Comentários

E aí!? Comeu? (M. A. Thompson)

Essa história é baseada em fatos reais. Segue o histórico das conversas mantidas pelos irmãos no WhatsApp, conforme consta no inquérito policial: — Como foi ontem? — Mais ou menos. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 12 Comentários

Fim, Nomes e Descobertas (Luis Guilherme)

  Apoiou os cotovelos sobre a cerca, contemplando aquela imensidão colorida. Apenas seus suspiros ritmavam o silêncio, enquanto o dourado do sol finalizava sua trajetória, escondendo-se às costas do Pico … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Fogueira das Sanidades (Rafael Sollberg)

  Grenaldo Rosa acordou completamente desajuizado. Coçou o cenho com força e percebeu que estava sem óculos. Jamais havia usado esse artefato – sua visão era ótima – mas como … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Herdeiros da Vingança (Fabio Baptista)

  No final da trilha coberta pela neve, surgiu o vulto de um samurai. Em seus postos no alto da torre de vigia, soldados se alvoroçaram, sentiram as entranhas se … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

Histórias Não Contadas (Luiz Ricardo da Rocha)

Deveria ser o fim do mundo. Cataclismos generalizados abalavam a estrutura do planeta terra. O maior tsunami já visto invadia a cidade arrasando tudo sob um céu negro, tomado por … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 10 Comentários

Intuição (Alessandro Diniz)

Sentado sobre a cama de hospital no consultório, Ângelo balançava impacientemente as pernas para frente e para trás. Na mesma sala, separada apenas por um biombo, uma junta médica avaliava … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 11 Comentários

Justiça Flamejante (Victor O. de Faria)

I. Morte Agonizante era um dragão triste. Suas asas incandescentes cor de fogo o impediam de manter contato com qualquer criatura viva, incluindo a floresta ao seu redor. Talvez por … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Lágrimas de Orvalho (Evandro Furtado)

Puck voava despreocupado como de costume. Veloz como era, ziguezagueava por entre as coníferas, balançando folhas e galhos e derrubando frutos que, por sua vez, eram logo atacados por esquilos … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Leitor Inácio (Danilo Bezerra)

1. Tudo mudou no dia que o pai disse: “Meu filho, se quiser ser alguém nessa vida, leia muito! ”. Inácio estava então com nove anos de idade. Nove anos! … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 12 Comentários

Lua Cheia (Renata Rothstein)

1851 Naquele outono de 1851, Samira e Tobias casaram-se às escondidas, tendo como testemunhas o céu, as estrelas e a lua. Amavam-se de verdade, corpo e alma, desde o primeiro … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Lúcia no Mundo das Coisas (Shay Soares)

Lúcia tinha uma grande admiração pela palavra coisa, ela via nesse agregado de letras a possibilidade de ser tudo e nada ao mesmo tempo, não possuía nenhum significado concreto e … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

Luz dos Olhos (Higor Benízio)

1 — Quantos anos ela tem? — a secretária preenchia a ficha com ares de quem não aguenta mais repetir o ato.  — Dezessete — respondeu Adriana, um pouco incomodada. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 13 Comentários

Maicon (Ricardo Falco)

  Nunca consegui aprender outro idioma. Nem mesmo aquele que praticamente todo mundo falava; até os flanelinhas da rua. Tentei por diversas vezes, mas me enrolava todo. Quero dizer, quase … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 19 Comentários

Miguel e o Caldeirão (Thiago Barba)

Quando pulou no caldeirão do inferno, Miguel não sabia que seria tão bom. Lhufas ao que sua mãe dizia, “Não seja mal educado.”, “Você precisa respeitar os mais velhos.”, “Seja … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 11 Comentários

O Animalismo (Cícero Lopes)

Sobre quem sou eu nesse mundo cada vez mais extraórdinário e bizarro; a memória que tenho mais fresca é a de tocar bateria no trio muito famoso, em ao menos, … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 37 Comentários

O Dia Em Que Acordei Morto (Paulo Luis Ferreira)

Riam! Podem rir à vontade! Pois eu também ri muito na manhã daquele dia. Quero dizer pensei em rir, mas não pude, pois não conseguia nem me mexer. Achava-me atado. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 34 Comentários

O Enigma do Rei (Gustavo Araujo)

Sob o céu alaranjado do crepúsculo, sacou a espada e posicionou-se, os pés fincados no chão, aguardando a investida do animal. A expressão fechada, a respiração curta, as mãos crispadas … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

O Gnomo e Eu (Emanuel Maurin)

Já fiz um pouco de tudo na vida: catei sucata, fui marceneiro, pedreiro, encanador, caminhoneiro, empresário e um excelente construtor. Também fui viciado em baralho, bebidas, cigarro e frequentei todos … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 28 Comentários

O Homem do Cão (Luís Amorim)

Em rapidez de ocasião numa manhã solarenga, lá seguia o veículo rumo à propriedade espaçosa e acolhedora em perspectiva futura onde a casa-museu ia sendo preparada desde meses que havia … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

O Homem que Tudo Verá Encontra o Homem que Tudo Promete (Pedro Paulo)

Não confiava em si mesmo com aquilo e por isso tremia com o revólver na mão. Encostada na ponta letal do cano, a mula encarava o chão, displicente, talvez resignada … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 38 Comentários

O Retorno Para a Nuvem Negra (Fernando Cyrino)

  Leves como plumas, voávamos cada vez mais alto. Costela dava latidos de alegria. Os velhos subiam conosco, os conhecidos e muitos outros que haviam nos precedido. Olhei para baixo … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 21 Comentários

O Saci-pererê Galopando uma Mula-sem-cabeça (Maria Mello)

Saci-pererê e mula-sem-cabeça, conversavam sobre futebol, na cachoeira do Lobisomem, ao lado da ilha do lago. O Saci-pererê é um “moleque” peralta, que gosta de infernizar as pessoas com suas … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 26 Comentários

O Som e o Silêncio (Priscila Pereira)

  Apoio sonoro: clique aqui   “Olá, escuridão, minha velha amiga…” Gamesh surgiu das profundezas e pousou seu olhar perdido entre as árvores do Bosque Sagrado. “Guardiã dos sonhos perdidos … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

O Suplício de um Deus (Fil Felix)

  A Sala Dourada, o cárcere privado de Omthy, mergulhada no cheiro dos incensos de cravo e canela. As Venyusas em êxtase, dançando e contorcendo-se pelo quarto quente e abafado. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

O Trabalho Mais Difícil de Kalil (Sarah Nascimento)

O estrondo interrompeu a conversa da galera. – Tá com a mão furada? Toma cuidado Narciso! – ralhou um dos colegas. O conteúdo da caixa se espalhou pelo chão e … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 13 Comentários

O Vaso Milenar (Marco Piscies)

Marcus fechou o livro e respirou fundo, navegando pela sensação que o assomava sempre que terminava uma leitura. Levou algum tempo até que se levantasse da poltrona e pusesse o … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 19 Comentários

Os Dois Lados da Penteadeira (Estela Goulart)

Diziam relatos que a penteadeira amaldiçoada estava abandonada no sótão da casa do Seu Damião, e o mais ressentido com isso era ele. Motivos para chamá-la assim não faltavam, sem … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

Os Invisíveis (Catarina Cunha)

Um peixe garoupa, revoltado com as más condições de vida na baía da Guanabara, sobe o rio Carioca até a estação do bondinho do Cristo Redentor, onde cria hábitos urbanos. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

PAF! (Jowilton Amaral)

  Conhecia o trajeto perfeitamente, embora nunca o houvesse percorrido de baixo de tamanho aguaceiro, muito menos depois de inalar três grossas e longas carreiras de PAF. Ele aumentara a … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Passageiro 3J (Fernanda Barbetta)

Naquela noite Ronaldo foi um dos primeiros passageiros a embarcar no Boeing 767-300, que estava prestes a deixar Detroit com destino a Guarulhos. Em seu ticket, recém-impresso, o assento 3J … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 41 Comentários

Pequenos Grandes Segredos (Rubem Cabral)

Ora, dirá você, vivemos na era moderna, do cinismo científico e, apesar de terraplanistas, criacionistas e antivaxxes, não há mais espaço para o sobrenatural, para as crendices tolas da infância … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Por Dentro do Tufão (Fátima Heluany)

  — Dói? — Imagine a eletricidade passando pelo seu corpo. Mas parece que está ligado a uma tomada. Um, dois, três, a luz acende e se está “no ar”. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Revelações (Wender Lemes)

Seres alados caminharam entre os homens, mas nenhuma trombeta soou naquele dia. Ouviu-se, em contrapartida, o silvo agourento de corujas. *** O Opala desbotado a acomodava enquanto, perdida por lembranças … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 19 Comentários

Saga dos Sapos (Matheus Pacheco)

No fundo do mato, quase no meio do pântano, foi gerada uma criança, abandonada pela , sem ninguém para que a aplacasse da fome ou que a tirasse do frio. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 19 Comentários

Salvador ou a Lenda do Medroso Valente (Jorge Santos)

  1. A espada e o escudo Era uma vez um rapaz que não conhecia o medo. Nota do autor: o que acabei de escrever é mentira. Era um rapaz … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Santo Segredo (Regina Ruth Rincon Caires)

No canto do quarto, no restolho de um berço, Zaqueu dormia. Aquele arremedo de cama, sem grades laterais, havia servido como abrigo de muitos rebentos, ali, por aquelas paragens.  De … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 41 Comentários

Sensitu (Elisa Ribeiro)

  As vozes na minha cabeça me pediam uma criança, espécie de sacrifício, remédio para dar sentido à minha vida pequena. I Passado o susto, Lúcia ignorou o sonho, não … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

Sinestesia (André Gonçalves)

O desaparecimento d’Ela Queria tanto te presentear Com tudo aquilo que não me pediu Deitar sobre ti uma cama de pingos floridos Te oferecer a boa sorte do que é … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 14 Comentários

Somos Seis (José Ernesto Tonon)

Uma a uma elas desciam os degraus até que chegassem ao porão. Fazia muitos anos que as irmãs todas juntas não desciam até aquele lugar. Sempre que a mãe ia … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 13 Comentários

Toda Professora Já Sonhou em Ser o Michael Douglas (Mariana Carolo)

7h45min (Faltam doze horas para o incidente) A Escola Municipal de Ensino Fundamental Brasil do Futuro implantara uma rígida política de contenção de gastos. Nesse sentido, duas das cadeiras da … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

Uai, Hoje é Dia de Rock, Bebê! (Claudia Roberta Angst)

─ Acho que eliminamos todas as provas do crime… do grande crime da minha existência. ─ diz antes de desabar sobre o sofá. ─ Faltou alguma coisa, Maria Bethânia? Alex … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 21 Comentários

Um Goblin Sonhador (Leonardo Jardim)

Uma algazarra daquelas de acordar até princesa enfeitiçada tomava conta da taverna. Não era um cavaleiro recrutando guerreiros para uma aventura, nem uma jovem de cabelos esvoaçantes cantando por ajuda … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

Uma Canção Para Nara (Ana Carolina Machado)

O pequeno Marcos estava ansioso pelo nascimento da sua irmãzinha Nara. Seria bom ter alguém para brincar além do seu gatinho. Pensava em como os dois formariam uma dupla de … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

Uma Floresta Alucinante (Tiago Volpato)

  Enquanto assistia a criatura comer o cadáver de um desconhecido, seu rosto assumiu uma expressão cartunesca. Os olhos aumentaram, as pálpebras encolheram e o cérebro perguntou: “que merda é … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 19 Comentários

O Mendigo do Viaduto do Chá – Conto (Regina Ruth Rincon Caires)

A moeda corrente era o cruzeiro. A passagem de ônibus custava sessenta centavos. O ano era 1974. Eu trabalhava no centro da cidade, em um banco que ficava na Rua … Continuar lendo

8 de fevereiro de 2019 · 2 Comentários

Contemplando Nostalgia – Poesia (Estela Goulart)

A emoção é essa situação Sem pé nem cabeça Tão frágil quanto algodão Esperando que você esqueça Troco palavras ao vento Abstrações que são visíveis aqui Bem no fundo de … Continuar lendo

7 de fevereiro de 2019 · 1 comentário

A Luta com o Monstro – Clássico (Victor Hugo)

Depois do grande esforço, Gilliatt precisava recuperar as forças e começou a procurar alimento. Um grande caranguejo, assustado com a presença dele, tinha pulado na água, mas não mergulhou tanto … Continuar lendo

5 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Ustra – Conto (Fernanda Rodrigues)

“A injustiça que se faz a um é a ameaça que se faz a todos.” Montesquieu Recostado na desconfortável cadeira giratória que rangia sob seu peso, ele tentava disfarçar a … Continuar lendo

4 de fevereiro de 2019 · 1 comentário

“Peste e Cólera” – Patrick Deville – Resenha (Gustavo Araujo)

Você provavelmente já ouviu falar da Peste Negra, a epidemia que matou 200 milhões de pessoas na Europa e na Ásia durante o século XIV. Para se ter uma ideia … Continuar lendo

1 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Refrega – Conto (Marco Antonio Rodrigues)

A vida é reduto de guerreiros, de lutadores, de combatentes… Os que não se enquadram nesse categoria são encaminhados para a fila dos natimortos. Aspectos que compõem a complexidade humana … Continuar lendo

31 de janeiro de 2019 · Deixe um comentário

“Os Livros Apócrifos” – Vários Autores – Resenha (Davenir Viganon)

“Os livros apócrifos: antologia de histórias inspiradas na Bíblia” da Editora Caligo é uma coleção bastante ousada de contos tirados da mitologia cristã, muitas vezes subvertendo acontecimentos conhecidos mostrando versões … Continuar lendo

30 de janeiro de 2019 · 3 Comentários

O Conto da Ilha Desconhecida – Clássico (José Saramago)

Um homem foi bater à porta do rei e disse-lhe, Dá-me um barco. A casa do rei tinha muitas mais portas, mas aquela era a das petições. Como o rei … Continuar lendo

29 de janeiro de 2019 · 2 Comentários

As Asas de Gregório – Conto (Davenir Viganon)

Apesar de ter um par de asas Gregório, um inseto monstruoso, nunca voou. Como todos na cidade Esgoto aprendem desde pequeninho, não há nada mais nojento que uma barata que … Continuar lendo

24 de janeiro de 2019 · 1 comentário

A Singularidade do Conto – Artigo (Angelo Rodrigues)

O conto, por óbvio, conta. Mas será assim tão óbvio que um conto deva se reduzir à ideia de que ele deva apenas contar alguma coisa?, com princípio, meio e … Continuar lendo

24 de janeiro de 2019 · Deixe um comentário

Arquipélago – Conto (Felipe Holloway)

“Pai nunca leu Joyce nem Flannery O’Connor, pai nunca leu Carver. Pai trabalhava de sol a sol como uma besta de carga.” – Jorge Espina   O carro morre logo … Continuar lendo

23 de janeiro de 2019 · 1 comentário

Me Alugo para Sonhar – Clássico (Gabriel García Márquez)

Às nove, enquanto tomávamos o café da manhã no terraço do Habana Riviera, um tremendo golpe de mar em pleno sol levantou vários automóveis que passavam pela avenida à beira-mar, … Continuar lendo

22 de janeiro de 2019 · 1 comentário

Liga 2019 – Rodada 1

  Limite: 2.500 palavras Período de envio: 01/02/2019 a 17/02/2019 Avaliação: Notas de 1 a 5 (aceitando uma casa decimal) + indicação de favoritos Sistema de Comentários: Fechado Previsão de … Continuar lendo

22 de janeiro de 2019 · 1 comentário

O Estranho Visitante – Conto (Regina Ruth Rincon Caires)

A cada enxadada, fincando o chão seco, duro e praguejado, o suor escorrendo pelas costas abaixo, sob um sol impiedoso, Gregório, involuntariamente, matuta. Se ao menos essas lembranças o abandonassem … Continuar lendo

21 de janeiro de 2019 · 2 Comentários

O Poeta Maldito – Conto (Fernanda Rodrigues)

No cômodo frio sobre o antigo prédio no centro da cidade cinza, à luz incerta das pequenas velas que se espalham aleatórias pelo chão, sombras sensuais e enigmáticas dançam nos cantos … Continuar lendo

19 de janeiro de 2019 · 2 Comentários

O Outro lado do véu – Conto (Ângelo Lima)

Desde antes do início dos tempos, sempre existiu e sempre existirá um lugar chamado Paraíso. Apesar de ser paradisíaco, é um lugar muito amplo, e por pura questão de contrastes, … Continuar lendo

18 de janeiro de 2019 · 1 comentário

A Coisa nas Sombras – Conto (Omar Zaldivar)

– Já está pronto para gravar, pode começar quando desejar… – Não sei se devo, não sei se irão acreditar em mim. – Não tem que se preocupar com isso … Continuar lendo

17 de janeiro de 2019 · 1 comentário

Ariano – Crônica (Douglas Costa)

Ariano sumiu com o peixe-dourado (que tinha o nome de Mario), ao menos foi essa a história que depreendi, porque ele disse que o que aconteceu na verdade foi que … Continuar lendo

16 de janeiro de 2019 · 1 comentário

O Ateu – Clássico (Rachel de Queiroz)

Era uma vez, já faz muito tempo, havia um homem que era ateu. Naquele pequeno povoado onde morava não existia nenhum outro ateu igual a ele, de forma que o … Continuar lendo

15 de janeiro de 2019 · 3 Comentários

O Estímulo de um jardineiro – Conto (Givago Thimoti)

Ali, sentado no centro daquele terreno quase único de um subúrbio de uma grande cidade, ele finalmente sentia a tão sonhada paz, com um misto de orgulho de ter cumprido … Continuar lendo

14 de janeiro de 2019 · 3 Comentários

“Esperando por Joaquim Cortez”, de Bia Machado – Resenha (Higor Benizio)

O livro é voltado para o público infantil – mas é daqueles que servem para adultos também. Escrito por Bia Machado, e ilustrado por sua filha Beatriz Machado Henrique; lançado … Continuar lendo

13 de janeiro de 2019 · 2 Comentários

O Coveiro do Campo Santo – Conto (Moisés Soares)

Estava cansado da cova que tinha acabado de cavar… Em meu quarto, que estava escuro… A luz não estava acesa… Olhando para a vela do meu criado mudo percebi que … Continuar lendo

12 de janeiro de 2019 · 3 Comentários

A mariposa na janela – Conto (Victoria Nascimento)

Eu estava deitada no sofá numa tarde de vento, enquanto lia um romance de verão quando a vi pela primeira vez. Ela estava no canto da janela e eu não … Continuar lendo

11 de janeiro de 2019 · 1 comentário

Pequenos Gestos de Bravura – Crônica (Nícolas Teixeira)

Existe uma bolinha branca que aparece de vez em quando na nossa boca quando acordamos. Os profissionais de saúde a chamam de tonsilólito. É um cálculo formado de restos de … Continuar lendo

10 de janeiro de 2019 · 2 Comentários

Soneto para Despedidas – Poesia (Carlos Antunes)

Em teu ombro repousa a cabeça enternecida pelo afago A calma para que eu esqueça perturbações que comigo trago Deixo-te porque é necessário crepúsculo turva o caminho mas antes olho-te … Continuar lendo

10 de janeiro de 2019 · 2 Comentários

Dona Felícia – Conto (Eduardo Barão)

Ding. Dong. Antes de girar a maçaneta, deu uma espiada pelo olho mágico da porta e enxergou através da lente uma figura robusta trajando um conjunto amarelo e segurando uma … Continuar lendo

10 de janeiro de 2019 · 1 comentário

História de uma Lágrima – Clássico (Machado de Assis)

Que é uma lágrima? A ciência dar-nos-á uma explicação positiva; a poesia dirá que é o soro da alma, a linguagem do coração. Bem pouco avulta essa leve gota de … Continuar lendo

8 de janeiro de 2019 · 3 Comentários

Angelo Rodrigues

Angelo Rodrigues nasceu e vive no Rio de Janeiro. Formado em Ciência Atuarial e Mestre e Economia. Trabalhou como atuário-chefe em fundos de pensão, corretoras e seguradoras. Como professor de … Continuar lendo

8 de janeiro de 2019 · Deixe um comentário

Devaneios Improváveis – Quinta Antologia EntreContos

O ano de 2017 trouxe alguns dos mais interessantes desafios para os autores dos EntreContos. Mantendo a tradição inaugurada no ano anterior, lançamos inicialmente um desafio de microcontos, com a … Continuar lendo

6 de janeiro de 2019 · 1 comentário

Paula Giannini

Carioca, dramaturga, escritora, atriz e produtora cultural. Entre suas obras mais conhecidas encontra-se a comédia teatral Casal TPM, espetáculo de Teatro que já foi assistido por mais de 1 milhão pessoas. … Continuar lendo

30 de dezembro de 2018 · 2 Comentários

Ranking – Dezembro/2018

Encerrada nossa Copa Entrecontos, vamos ao que provavelmente será o último ranking nesse formato gigantesco. Lembrando que esse ranking será a base para distribuição das séries no Campeonato Brasileiro de … Continuar lendo

30 de dezembro de 2018 · Deixe um comentário

Copa Entrecontos – Resultado

Após 5 rodadas emocionantes, está encerrada a Primeira Copa Entrecontos de Literatura!   Primeiro, vamos conferir as autorias:   Agora, os resultados da quinta e última rodada:   E a … Continuar lendo

23 de dezembro de 2018 · 3 Comentários

Copa Entrecontos – Última Rodada

Prazados participantes, seguem os resultados da quarta rodada:     E, sem deixar a peteca cair, já vamos ao pareamento da quinta e última rodada:   Lembrando que caso restem … Continuar lendo

16 de dezembro de 2018 · 41 Comentários

Copa Entrecontos – Quarta Rodada

Seguem os resultados da terceira rodada:   E o pareamento da nossa quarta e penúltima rodada:   Até a meia-noite de amanhã, 10/12, todos receberão e-mail ou inbox no Facebook … Continuar lendo

9 de dezembro de 2018 · 46 Comentários

Copa Entrecontos – Terceira Rodada

Seguem os resultados da segunda rodada, onde, infelizmente, tivemos dois contos eliminados:   Mas, como diria Farrokh Bulsara, o show deve continuar! Então, vamos ao pareamento da terceira rodada. Apenas … Continuar lendo

3 de dezembro de 2018 · 43 Comentários

Copa Entrecontos – Segunda Rodada

Seguem os resultados da primeira rodada:   E o pareamento da segunda rodada (clique na imagem para ampliar):   Fiquem atentos ao e-mail e ao inbox do Facebook, pois em … Continuar lendo

25 de novembro de 2018 · 52 Comentários

Copa Entrecontos – Primeira Rodada

Definidos os primeiros confrontos da COPA ENTRECONTOS! (clique na imagem para ampliar) IMPORTANTE: Não se esqueça de comentar no formato pedido pelas regras do desafio, que exigem um pequeno resumo … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 55 Comentários

A Gangorra (Sidney Muniz)

Sabe… Quando os olhos ardem e você não chora? Quando a boca seca e a água não molha? Quando o coração bate e você o sente? Quando a solidão rompe … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 17 Comentários

A Menina e o Pato (Rodrigues)

Giselda perdeu-se na floresta e tinha algumas horas que só via árvores e arbustos multiplicando-se ao seu redor. Resolveu que andaria em linha reta até encontrar uma saída. A noite … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 19 Comentários

A Penúltima Ceia (Rafael Sollberg)

Se o cenário fosse retratado em um famoso quadro, nem o artista mais talentoso conseguiria reproduzir a mancha incômoda – formada pelo cheiro doce e enjoativo de vinho novo – … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 19 Comentários

A Pizza (Ricardo Falco)

  Bia faz tudo tão rápido que Bruno sequer percebe a manobra. — Conseguiu? — ele dirige o olhar e a pergunta para a esposa, a deslizar o polegar com … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 27 Comentários

Alma de Fada (Priscila Pereira)

  “Sou Alma lavada, sou Fada, Caminho no infinito, Cruzando abismos, Desfazendo feitiços, Enfrentando perigos, Protegida em minha bolha de sabão.”   Alma nunca gostou do seu nome até ouvir … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 21 Comentários

A-Mar (Claudia Roberta Angst)

  Contou tudo sobre o seu divórcio. Explicou com detalhes o porquê da sua decisão de deixar o marido e morar em outro país. A avó a observava com uma … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 23 Comentários

Aquela História do Rabo da Daisy Dulce (Iolanda Pinheiro)

  A noite já ia alta e o Manoel ameaçava abaixar a coberta do comércio caso não chegasse mais gente para comer e beber. Passava das doze e o movimento … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 23 Comentários

Cinzas (Miquéias Dell’Orti)

  O soldado caía nas profundezas do abismo e ouvia mil vozes sussurrando coisas incompreensíveis. Ele não sentia suas pernas nem seus braços. Não sentia calor, nem frio. Sua vida … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 16 Comentários

Companheira de Guerra (Leandro Barreiros)

Shiar encontrou Kamaru deitado no celeiro. O cheiro de enxofre e podridão exalava de sua asa esquerda, afastando até mesmo as moscas. Tinha que ficar sozinho, pois os outros dragões … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 18 Comentários

Coroa de Deus (Fernando Cyrino)

  O retângulo fino escorria pelo piso. Não satisfeito com o chão encompridava-se mais, trepava na lateral da mesa de centro, se assentava no sofá bege e escalava a parede. … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 16 Comentários

Elevador (Virgílio Gabriel)

  Olá, muito prazer. Não posso revelar o meu nome, e usarei esta carta para contar-lhes como vim parar neste lugar estranho, silencioso e terrível. Talvez ao fazer isso, algum … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 18 Comentários

Encontro nas Sombras (Leonardo Jardim)

  “Salve a princesa”, era a frase que fazia as vezes de despertador para mim. Uma voz grave de locutor, passando a credibilidade e confiança que vozes assim costumam passar. … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 18 Comentários

Joãozinho Pitbull e a Mulher que Engoliu o Sol (Cirineu Pereira)

  Pré luta Nunca conheci meu pai. Um dia minha mãe trouxe um homem para casa. Os assassinatos começaram oito meses antes e, por seis deles, após três vítimas, eu … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 39 Comentários

Lena (Evandro Furtado)

– Acabou, Lena! – disse Bruno, as sobrancelhas arqueadas em uma expressão de pena. – Por favor… – ela implorou, as mãos entrelaçadas segurando o terço que foi o último … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 20 Comentários

Manuscrito (Amanda Gomez)

  As mãos trêmulas abafaram os soluços que saiam descontrolados de sua boca, o corpo tremia e as lágrimas escorriam em abundância por suas bochechas. Lembrou-se então que as mãos … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 20 Comentários

O Amante, a Rosa e o Enforcado (Gilson Raimundo)

  Passava-se da meia noite quando um pequeno tumulto tinha início no pátio externo da casa grande. Os negros a contragosto estavam despertos após injusto dia de labuta. Zezão e … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 18 Comentários

O Barulho dos Corpos que Não Valem (Nathiely Feitosa)

A forma como o céu se coloria com um azul quase negro indicava que já passara das dez horas há algum tempo. Havia um cheiro dos manguezais, trazido pela corrente … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 19 Comentários

O Cheiro Vermelho de Tinta (Fil Felix)

  O JARDIM   Era seu segundo mês trabalhando no jardim da família Expedito: duas vezes por semana, religiosamente. Nesse período, Caio nunca vira o senhor ou a senhora Expedito, … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 18 Comentários

O Dia de Mavson (Davenir Viganon)

Mavson chegou ao trabalho, num dia ensolarado e enclausurante, e tentou abrir seu e-mail. Digitou o endereço Mavson123@gmail.com mas no momento de digitar a senha parou. Não encontrou a primeira … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 19 Comentários

O Lírico Poder Transformador da Majestade (Givago Thimoti)

  11 de janeiro de 1985, Sexta-Feira   Era um dia quente típico de verão carioca. Helena me esperava debaixo do prédio dela, mexendo na mecha cacheada do cabelo, um … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 20 Comentários

O Que Fica (Marco Piscies)

  O banho era sagrado; tinha a função de purificar o seu corpo para a tarefa a seguir. Antônio tinha a toalha enrolada na cintura. Atrás de si, o chuveiro … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 21 Comentários

O Que Você Quer Ser Para Crescer? (Paulo Luís Ferreira)

Sente-se enfadada de tudo e de todos? Já não mais suporta tantas cobranças e leviandades entabulando regras e presunções? Você acha que suas causas e anseios estão caindo no vão … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 20 Comentários

Obanam (Fabio D’oliveira)

  1717 No interior da Capitania de São Paulo e Minas de Ouro   Eles dançavam, incessantemente, por entre aquelas árvores, sob o luar forte, num ritmo alucinante. O som … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 21 Comentários

Os Fantasmas de Alba Negri (Júlia Alexim)

  Desde que tinha memória, Alba Negri tinha também fantasmas. Ela era ainda criança quando acordou no meio da noite com o rangido fino da dobradiça enferrujada da porta do … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 19 Comentários

Prelúdio (Regina Ruth Rincon Caires)

  Pela escuridão do quarto, imagina ser noite.  Ou madrugada… Perdera a noção do tempo. Foram muitas mortes, muitos renascimentos. Tanta aflição, tantas dores, tanta luta! Mas, agora, vindo não … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 34 Comentários

Quando as Estrelas Não Tinham Nome (Ana Carolina Machado)

  Quando as estrelas não tinham nome a gente as chamava por apelidos que criávamos para cada uma delas. Era um tempo em que tudo era mais fácil. Aquela caixinha … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 17 Comentários

Ratos sem asas (Paula Giannini)

  Da primeira vez que deram Ravi, foi para uma família ali, da periferia mesmo. A casa grande, o quintal nem tanto, mas com casinha de cachorro, vazia. Queimaram suas … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 18 Comentários

Retorno (Angelo Rodrigues)

  Não lembrava de tudo. Sabia do homem e seu cheiro, da casa, das estradinhas que se perdiam em margens de capim. Lembrava dos postes, dos fios alvoroçados pelo pouso … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 23 Comentários

Saída Temporária (Daniel Reis)

  Terminal Rodoviário de Taubaté, uma e dez da tarde. Dois homens sem nada a perder, sem nada a fazer. Em paredes de lados opostos no saguão, olhos famintos vagando … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 20 Comentários

Silêncio (Gustavo Araujo)

Há tempos, Jonas acostumara-se à placidez do horizonte, à linha tênue que dividia céu e oceano. Ao sol mergulhando em águas distantes enquanto os últimos raios se agarravam às nuvens … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 18 Comentários

Teatro das Vozes (Matheus Pacheco)

Teatro das Vozes de dias abusivos, de corais silenciosos que no frio fazem cantar para as Profundezas do Senhor que da terra já abandonou. Teatro das Vozes que paira sobre … Continuar lendo

20 de novembro de 2018 · 17 Comentários