EntreContos

Detox Literário.

Liga 2019 – Rodada 4 – Séries A e B

Esse é o tópico de votação para os participantes das Séries A e B da Liga 2019 – RODADA 4. Confira abaixo a composição de cada grupo:   Conforme mostrado acima, … Continuar lendo

Destacado · Deixe um comentário

Liga 2019 – Rodada 4 – Série C

Esse é o tópico de votação para os participantes da Série C da Liga 2019 – RODADA 4.   Lista de contos da Série C: A Caça Amado Amante Amado Saulo … Continuar lendo

Destacado · Deixe um comentário

A Aparição (Johnnie Walker)

  O tilintar das pedras de gelo mergulhadas no whisky preenchia o vazio da resposta ausente. “Então, Oscar, quem era o garoto?“, insistiu o senhor James. “Garoto?” Ajeitou-se na poltrona, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Caça (safado-de-uma-perna-só)

  O barco estava quase pronto. Em outras terras só faltaria por um nome e mandar para a água, mas não ali. Ali faltava o mais importante. Haveria uma caçada, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Casa de Adelle (Samuel Serran)

  Chegando a casa de Adelle, mamãe dizia algumas vezes ‘Urru, Adeeelle! Urru!’, e o papagaio de Adelle repetia ‘Urrrrrru, Adéééllééé! Adéééllééé! Adéééllééé!’, balançando-se no poleiro, levantando e abaixando a … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Gata de Luvas (Hello Kitty)

  — Mais uma pergunta, senhora Roberta. Por que a senhora demorou tanto a entrar em contato com a polícia?   Roberta olhava fixamente para um ponto aleatório na parede, acima … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Gota que Desafiou a Lua (Bárbara)

Apoiando os cotovelos no batente, Raissa observava a chuva através da janela, suspirando. O bafo quente da respiração embaçava o vidro. Segurava firmemente as lágrimas, enquanto vislumbrava a luz da … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Hora da Louca (Aninha)

  A cidade ficou vazia de carros e a louca apareceu, inquieta, desgrenhada. Subia nas árvores, balançava, quebrava os galhos. Jogava pedras nos postes, as luzes tremeluziam, espatifando-se.  As mãos … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Onça do Sertão (Zé Pernambucano)

  Tacarantu, PE – 1922  Na pequena cidade, gritaria e correria ouvia-se pelas ruas. – Vamu embora daqui homi! Isso não é lugar decente pruma família – A mulher protegia … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Pecadora (Emma Bovary)

Perdi minha identidade em um dia infeliz, mas não foi naquele setembro chuvoso. Há muito tempo tinha perdido minha identidade e minha dignidade. Muito tempo. Minha dor foi que se … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Amado Amante (Robertho Karlos)

  Às vésperas de seu aniversário de meio século, Dona Nair tinha pouco o que comemorar. Do falecido marido, “Seu” Luís, herdara a casa e o barzinho, construído à frente … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Amado Saulo (Ayla Junqueira)

  Amado Saulo (ou qualquer pseudônimo que esteja usando no momento), Antes que comece a leitura dessa carta, quero que saiba o seguinte: esta carta tem um alto teor sentimental, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

App Driver (Maria André Khalil)

– Desligue o telefone! – exibindo a arma, o amigo de Aísa ordena ao motorista. – Boa noite, Renan! – minutos antes, ela o cumprimentara e mais uma vez ocorreu … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Areia Movediça (Sr. Desatino)

  O desconforto faz-se logo presente. Sinto as pernas formigarem como se recebessem pequenos choques. Subir todos aqueles degraus cansaram meus membros e dúvidas.  Permaneço inerte, com as costas coladas … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Até o Inferno (Juan Brujo)

  Estávamos de tocaia há três dias. A informação fora passada pelo coronel Perpétuo: Elano Grundelmann receberia uma carga de armas ali, no depósito abandonado da Vila Conceição. Eu não … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Cheiro de Bicho (Goblino Barril)

Dos cinco sentidos, acredito que o olfato seja o menos explorado pelos humanos. O mundo é mapeado em construções visuais e sonoras, e nós o exploramos com toques e degustações. … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Dentista-Prático (Zé Penca)

  Na década de setenta, mudou-se para uma cidadezinha esquecida no interior de Minas Gerais um dentista que atendia pelo nome de Divino. Velho de manias, mas correto como todo … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Dr. Exxxquizito (Bruxa Keka)

  Raniel reclamava de stress para sua colega de trabalho, Telma. – Nossa, Telma. – Raniel começou. – Esses dias cheguei até a descontar na minha mulher, a Silvia. Levantei … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Engrenagens Inversivas (Lorenz)

  Quando a sineta da porta anunciou a chegada de alguém eu estava de cabeça baixa, concentrado no mecanismo de um relógio suíço um tanto antigo. Não queria interromper o … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Entre as Estrelas do Céu (Kristen)

  O céu aquela noite estava forrado de estrelas e Leon o contemplava com o fascínio de sempre. Desde muito pequeno, Serena já percebia sua conexão com o cosmo: – … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Estantes (Eduardo Novena)

  Há seis outonos venho aqui. Folheio o máximo de Hemingways, Balzacs e quantos outros cânones literatos mais sejam possíveis. Compro aqueles que o tempo afastou de meus dedos. Sou … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Famaliá (Compadre Cláudio)

Vinha matutando isso há alguns dias, desde minha última conversa com o compadre Quincas, e estava determinado a dar uma guinada na vida. Após a morte de Ritinha as coisas … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Fanho (Servente Ananias)

  Na praça, o brilho debochado do sol incomodando os olhos funcionava como bodoque na volta para casa. Tinha mais gosto quando estendia o corpo na velha cama. Não diria … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Festa de Santa Luzia: Crônica de uma Tragédia Anunciada (Malaquias Seraim)

  Correu o boato em Serra do Alto de que Petrônio de Augusto ia à festa na casa de Mariano de Tibúrcio. A notícia ganhou pernas e invadiu todo o … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Fogo Fátuo (Ígnis)

  Era sujeito de pouca conversa. Dele, o que mais me marcou a infância, além do cinto de couro e a vara de marmelo, foi o silêncio desconfortável que trazia … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Humano Desprezível (Café com Leite)

Ele dormiu novamente na cadeira. Esse ser humano desprezível que eu tenho a insatisfação de chamar de servo dormiu novamente. Parece que é tudo que ele sabe fazer: comer, dormir, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Ignacius (Homero)

  O choque constante das espadas. Os gritos de dor e raiva dos guerreiros. O clamor da multidão. Esse turbilhão de sons ressoava com tanta força na antecâmara do coliseu … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Lágrimas e Arroz (Rosário dos Santoz)

Uma gata deitada sob a sombra do canavial assistia aos franguinhos disputando qual deles comeria a lagartixa morta e ressacada que caíra da janela da cozinha. Passando por eles o … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Manhã de Sábado (Pitú Andradas)

O dia ainda estava por raiar e Paula me beijava para que eu acordasse, fazia assim para nossos momentos de amor.  Contei-lhe meu sonho, ela sorria, sabia que sonhara justamente … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Moriama (ou Anatomia de um Novo Deserto) (Nandi Rhodes)

  Semana passada boa parte do mundo parou porque uma criança de dez anos tentou suicídio em um famoso campo de refugiados na Europa. Em Moriama lembro-me de pelo menos … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Muito Mais que Palavras (Chico Spirro)

Sempre gostei de palavras desde pequeno, segundo relatos de minha mãe. Do pouco que me lembro da minha infância, recordo que gostava de brincar com os sons das palavras, não … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Na Casa da Mamãe (Nilo)

  Voltar a morar na casa da minha mãe me pareceu uma péssima ideia a princípio. No entanto, eu não tinha o que fazer, já que eu havia abandonado o … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Auto do (In)feliz Natal (Leila Carmelita)

  Há alguns anos, nos festejos natalinos, o senhor Agnaldo saía às ruas vestido de Papai Noel. Fazia mágicas no intuito de arrecadar dinheiro para comprar brinquedos, que depois seriam … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Ô Bira! (Goiaba)

  — Ô Bira, essa cômoda aí amarrada no fusquinha é pra quê? — Fusquinha não, o nome dele é Goiaba. Ele não gosta de ser chamado desse nome aí. … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Círculo dos Ciclos (Christina Rocha)

  Brasília – DF Inalou o ar até que não fosse mais possível e então relaxou. Ficou pensativo por alguns instantes, fez anotações mentais, mas não encontrou suspeitos. O semblante … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Jardim das Memórias Vivas (Adaga)

  Há um desejo que move todo o universo, uma energia multicolorida que vive sob as estruturas que interliga os seres vivos e não vivos, formando um só organismo composto … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Legado da Medusa (Danilo Giordano)

  Fiquei dias internado num hospital. Passava horas sentado numa cadeira de rodas, olhando o céu através de uma janela. Os médicos disseram que eu precisaria de muitas cirurgias plásticas … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O que o Tempo Leva (Carl Canhotto)

  Quando os dois entraram, juntos, no mesmo vagão em que ela estava, Adriana de cara reparou que se tratava de pai e filho. Um pai idoso junto de seu … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Regresso de Aquiles (Aquiles Pereira)

Acordei com a certeza de estar morto, mas a dor aguda que sentia na parte de trás da cabeça mostrou-me que estava enganado. Abri os olhos. Um líquido espesso toldava-me … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Sol é uma Lanterna! (Ovalo de Mogno)

  Toda aquela loucura começou numa noite quente na Lapa. — Já reparou como, de repente, todo mundo ficou maluco? — perguntei, mudando o rumo da conversa, que até então … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Soldado sem Nome (Jozefel Zanatas)

  Soldado José ouviu o zumbido do projétil rasgando o ar, sua única reação foi fechar os olhos e aguardar o impacto, além de torcer para que o ferimento não … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Vírus (GODOG)

Existe um estudo do Instituto Weizmann de Ciência, em Israel, que afirma que as 7,6 bilhões de pessoas do mundo representam apenas 0,01% de todos os seres vivos no planeta. … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Palavras (Mateus)

  Quando jovem, Guilherme tinha certeza de que um dia seria o Papa.  A retidão inabalável, a presença de púlpito aliada à dicção perfeita, o carisma transbordando num sorriso onipresente … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Para Além do Vale da Esperança (Elias)

  – Vai-se lá, mano! Que história é essa de dar educação aos pretos? Ouviu a tal pergunta atentamente, mas já estava decidido. Ajuntou a sua mala e partiu. Subiu … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Raízes (Maria)

  1 Larinha não gostava muito das festas da família. Havia uma porção de coisas legais rolando no celular – pessoas pulando de um prédio para o outro, explodindo garrafas … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Salgadinho (Night Manager)

Beto coçou o nariz com o dedinho e lançou a meleca para longe. Depois, coçou as suas partes intimas e sentou como se fosse o rei da Inglaterra em uma … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Silêncio no Fim do Corredor (Lina Marina)

  Os gemidos baixos e constantes causavam um misto de contentamento e repulsa em Amélia. Queria que o velho sofresse, embora desconfiasse que suas dores fossem mais imaginárias do que … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Suplica do Sertão (Rosa do Deserto)

Ele tem poucos minutos para compor o cardápio com o que tem na despensa. Afinal, hoje é um dia muito especial na vida dos meninos. Não demora muito e fica … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Trilátero Ourífero (Itabirano Cunha)

Os olhos dela esperavam, noite a noite, a rouquidão do último apito longo. Só anoiteciam de vez lá pelas onze e quinze. Uma última olhada pela greta da veneziana que … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Uma História de Amor Caipira (Jeca Tatua)

  A melhor lembrança que tenho da infância foi de quando conheci o Pig. Meu pai comprava porcos para vender a carne. Quando avisavam que havia uma vara para negociar, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Frei Nicolao e o Diabo – Conto (Angelo Rodrigues)

Extrato da Peça Teatral O Cão de Palha Excetuando o Diabo (ainda que possa haver dúvidas quanto a isso), o texto é histórico, com personagens reais pertencentes à Inquisição Medieval … Continuar lendo

21 de outubro de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Rodada 4

COMO PARTICIPAR? 1 – Esteja preparado para ler e comentar até 19 contos. 2 – Escreva um conto com até 2.500 palavras (tema livre). 3 – Envie para o e-mail desafio.entrecontos@gmail.com até … Continuar lendo

14 de outubro de 2019 · Deixe um comentário

O Parque Abandonado – Entrecontinhos (Sofia Cassoli)

No dia 13 de julho de 1997, três amigos chamados Davi (13), Marta (12) e Samuel (11), estavam fazendo um piquenique, no parque Noto, isso foi o que eles falaram … Continuar lendo

12 de outubro de 2019 · 2 Comentários

Bonina – Fernando Cyrino – Resenha (Gustavo Araujo)

Fernando Cyrino tem um segredo. Quer dizer, não é exatamente um segredo, desses que a gente guarda e conta só para quem é muito próximo. Na verdade, o segredo do … Continuar lendo

10 de outubro de 2019 · Deixe um comentário

Sem Enfeite Nenhum – Clássico (Adélia Prado)

A mãe era desse jeito: só ia em missa das cinco, por causa de os gatos no escuro serem pardos. Cinema, só uma vez, quando passou os Milagres do padre … Continuar lendo

8 de outubro de 2019 · 1 comentário

Acerca do Arco-íris – Conto (Angelo Rodrigues)

“Vai?” “Não sei, estou pensando…” “Com direito a tudo… vai?” “Bem, assim é diferente… mas quanto?” “Vamos, velho… não posso ficar perdendo tempo…” A garota era alta e magra, usava … Continuar lendo

6 de outubro de 2019 · Deixe um comentário

Devaneios Improváveis – Sexta Antologia EntreContos

Pela sexta vez, reunimos alguns dos contos que mais se destacaram em nossos desafios literários. Nesta oportunidade, escolhemos os destaques de 2018, mantendo a tradição de dar voz a autores … Continuar lendo

4 de outubro de 2019 · Deixe um comentário

A Bruxinha que Queria ser Fada – Conto (Roberto Klotz)

Era uma vez uma bruxinha que não queria ser bruxa. Ela era novinha e não gostava de usar saia preta comprida, pesada e arrastando pelo chão. Achava aquela roupa feia, … Continuar lendo

3 de outubro de 2019 · 1 comentário

Borboleta: de Refugiada a Atleta Olímpica – Yusra Mardini – Resenha (Gustavo Araujo)

Imagine a seguinte situação: você é uma garota de dezessete anos e está fugindo da guerra na Síria. Sua irmã, dois anos mais velha, a acompanha. Com dificuldade, vocês conseguem … Continuar lendo

1 de outubro de 2019 · Deixe um comentário

A Mulher de Pano – Conto (Antonio Stegues Batista)

A MULHER DE PANO- Roteiro Para Filme Personagens: Filinto, 23 anos, noviço na Ordem de São Benedito. Daniel, 25 anos, noviço. Frei Januário, 39 anos, cozinheiro do mosteiro. Dom Ramiro, … Continuar lendo

28 de setembro de 2019 · 2 Comentários

Baleia – Clássico (Graciliano Ramos)

A cachorra Baleia estava para morrer. Tinha emagrecido, o pêlo caíra-lhe em vários pontos, as costelas avultavam num fundo róseo, onde manchas escuras supuravam e sangravam, cobertas de moscas (1) … Continuar lendo

26 de setembro de 2019 · 1 comentário

Jesus e Javé, os Nomes Divinos – Harold Bloom – Resenha (Angelo Rodrigues)

Jesus e Javé – Os Nomes Divinos, de Harold Bloom, talvez seja um dos livros mais difíceis que pude ler. Ele não é, em essência, um livro religioso, mas sobre … Continuar lendo

24 de setembro de 2019 · Deixe um comentário

O Gato de Schrödinger – Conto (Jorge Miranda)

O que aconteceu? Onde estou? Não estou lembrando de muita coisa. Não consigo sentir meus braços e pernas. Abro os olhos e não vejo nada, nem escuridão, nem uma mísera … Continuar lendo

22 de setembro de 2019 · 2 Comentários

Lembranças de um cientista – Conto (Givago Thimoti)

Seu jeito metódico e rotineiro o marcava até na subconsciência de seu sono. Usualmente, acordava um pouco antesda silenciosa e programada entrada do robô em seu quarto. Porém, mesmo que … Continuar lendo

20 de setembro de 2019 · 1 comentário

As Irmãs – Clássico (James Joyce)

Desta vez não havia esperança para ele: fora o terceiro derrame. Noite após noite, ao passar diante da casa (era tempo de férias), observava o retângulo iluminado da janela e, … Continuar lendo

18 de setembro de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Ranking 3

Bora conferir como ficou a classificação da Liga 2019 após a terceira rodada? Até o momento, temos garantidos na antologia Devaneios Improváveis os autores: Amanda Gomez Angelo Rodrigues Elisa Ribeiro Fabio Baptista … Continuar lendo

17 de setembro de 2019 · 1 comentário

Resultados – Liga 2019 3ª Rodada

Prezados participantes, encerramos mais uma rodada da Liga Entrecontos de Literatura 2019. Seguem os resultados:   SÉRIE A 1º: O Dia Em Que a Terra Não Parou (Rafael Sollberg) 77,8 … Continuar lendo

16 de setembro de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Rodada 3 – Série C

Esse é o tópico de votação para os participantes da Série C da Liga 2019 – RODADA 3.     Para visualizar diretamente todos os contos da Série C, clique … Continuar lendo

2 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Liga 2019 – Rodada 3 – Séries A e B

Esse é o tópico de votação para os participantes das Séries A e B da Liga 2019 – RODADA 3. Confira abaixo a composição de cada grupo, com a indicação de … Continuar lendo

2 de agosto de 2019 · 36 Comentários

A Bruxa (Marco Piscies)

Alguns diziam que seu semblante remetia às criaturas divinas que habitavam o inconsciente coletivo. As linhas de seu rosto formavam uma escultura adornada por cabelos louros que desciam encaracolados sobre … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 23 Comentários

A Canção de Laura (Antonio Stegues Batista))

Inspirado em Safo de Lesbos, poetisa grega do século VII a.c.   Segurando a mão de Ismênia, Laura a guiou pela trilha ascendente. – Onde me levas? – O dia … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

A Criação do Homem (Gustavo Moura)

  A multidão em frente ao Grande Salão Memento estava agitada. Vários cartazes erguidos, vozes uníssonas e gestos agressivos protestavam contra o evento que estava prestes a começar. Ameaças haviam … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

A Desvirtualização (Jorge Santos)

1 – Tens a certeza, Inês? – Sim. A resposta, dada na sua habitual determinação, era uma das suas facetas que eu mais admirava. Da mesma forma como se mostrava … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

A Garota sem Memória (Tiago Volpato)

  As luzes lá fora entram como personagens de novela. Uma sombra com curvas voluptuosas vibra na minha frente, suspiro e penso se devo me aliviar. A mocinha confronta o … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 23 Comentários

A Hora Certa de Dizer “Eu te Amo” (Fabio Baptista)

  Gotículas de garoa acumulavam-se na janela do escritório e, vez ou outra, escorriam, sem a menor pressa, desenhando no vidro azulado linhas tão imprecisas e aleatórias quanto os caminhos … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 24 Comentários

A Obradora e a Onça (Catarina Cunha)

O trem abriu as portas na estação com um suspiro. Patrícia pegou o vácuo do aglomerado de pessoas para entrar no vagão feminino. Peito, braço, bolsa, troca de suor e … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 50 Comentários

Alomorfia (Carolina Pires)

De dentro da grande cápsula giratória saiu o corpo de um homem. Nu, sob os olhares atentos dos chineses de jalecos brancos, tratou logo de sentar sobre a maca. Cortes … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Análise e Reconhecimento: Terra (Estela Goulart)

O Pa garantiu que a nave era segura. Confere. E eu sei disso porque ouvi ele dizer aos outros encarregados, quando ainda estávamos no solo de Retiaviv. O problema foram … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 19 Comentários

Arrobobô (Gustavo Aquino)

“De falar sobre a vida Eu gosto”.   I Foi o primeiro a aparecer. Abancou-se sobre o tronco caído de um dos coqueirais que arrodeavam a praia e mirou a … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 24 Comentários

Às Cegas (Claudia Roberta Angst)

Apertou o passo e olhou com desaprovação para os sapatos. Deveria ter calçado tênis confortáveis e deixado a elegância de lado. Desejou não ter perdido tanto tempo com detalhes, pois … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

As Lobas do Homem (Cirineu Pereira)

Lá estava ela, final e verdadeiramente despida, uma versão viva da Menina Má. A pele orvalhada – e o suor que lhe emanava dos poros era ameno em volume, mas … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 24 Comentários

Caça e Caçador (Cícero Lopes)

“Você me faz o que eu sou; caça e caçador”…  Fábio Júnior   O caçador Miguel era titulado de “sniper” por alguns e isso o aborrecia muito, pois, considerava a … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

De Forma Natural (Fátima Heluany)

  Uma inquietude inexplicável prevalecia nos meados do século: dias sem objetivos, sem direção e todos sempre se arriscando. Sobrevivia-se.     Letras gigantes esmagavam ferozes, as cores penetravam pelos olhos. … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Desejos Impuros (Elisabeth Lorena)

  Sexta-feira, dezessete horas. Logo depois do apito do trem, avisando o final das visitas ao museu ferroviário.  No prédio ao lado o delegado de Ensino conferiu o relógio e … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 43 Comentários

Devaneios Masculinos (Fabio Monteiro)

— Evandro, meu amigo! — Traz aí uma rodada dá mais gelada que você tiver na casa.  Sentamos à mesa Carlão, eu e outros dois amigos da oficina. No momento … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Erro Humano (M. A. Thompson)

“A fábrica do futuro terá apenas dois empregados, um homem e um cachorro. O homem estará lá para alimentar o cachorro. E cachorro estará lá para impedir que o homem … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Ervas Daninhas (Amanda Gomez)

Não era a primeira vez que eu estava naquela posição, caída, as mãos ferindo-se no chão áspero e as poucas peças de roupa espalhadas ao redor. Mas aquilo não era … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Espectros da Salvação (Gustavo Araujo)

A verdade é que Hugo nunca esteve preparado. A perda derradeira, o momento em que o destino se impõe de modo supremo, ignorando solenemente qualquer indignação. O vazio, a sensação … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Folhas de Outono (Regina Ruth Rincon Caires)

O parque estava quase vazio. As pessoas escolheram o aconchego entre paredes, rejeitando, de vez, o vento frio da tarde e o sol tímido do final de outono. Poucas crianças … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 24 Comentários

Humanidade (Luis Guilherme)

  Caminhava cabisbaixo pelo centro da cidade desolada, o sobretudo azul-marinho protegendo o corpo encolhido de frio e chuva. Mesmo o capacete, item obrigatório no ar ácido da metrópole, não … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 24 Comentários

Imagine (Fernando Cyrino)

Passei os olhos pelo jornal, acendi o cigarro e parti para a diversão matinal daqueles dias. Escondido por detrás das grossas cortinas grená, observar os dog walkers passeando pelo parque … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 19 Comentários

João e Maria (José Ernesto Tonon)

O garoto de quinze anos estava apaixonado por Maria.  Estudavam na mesma classe e das vezes que voltavam da escola  vinham juntos. Maria morava mais a frente, depois da casa … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Júlia, Romeu e… (Paulo Luis Ferreira)

“Querida Júlia, estou te escrevendo apenas para dizer o quanto você não sai dos meus pensamentos e o quanto te imagino em minhas emoções fantasiosas. Ontem, no trabalho, você estava … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Kyra (Emanuel Maurin)

Sempre gostei de observar o céu noturno pelo telescópio, por isso optei em morar afastado da cidade, a distância da iluminação pública e de outras casas torna o lume de … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Love in the Afternoon (Daniel Reis)

“No topo do galho mais alto, perdida pelos coletores, a maçã amadurece; não por ter sido esquecida, mas por não terem conseguido alcançá-la.” Σαπφώ ( VII a.C.)   Suspensas no … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Madalena Eterna (Luís Fernando Amâncio))

Carpe diem, quam minimum credula postero. A frase do filósofo Horácio Flaco é uma máxima que, se eu voltasse no tempo, tatuaria no pulso da criança que fui. Uma tatuagem … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 19 Comentários

Matéria Escura (Rafael Penha)

– E agora vamos para as notícias de ciência e tecnologia com Lucas Prado. É com você, Lucas!  A imagem mudou do estúdio televisivo para uma moderna sala, onde numa … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 30 Comentários

Neo (Angelo Rodrigues)

Por que os homens bebem vinho e as mulheres, água? Por que um sexo é tão próspero e o outro tão pobre? Virginia Woolf   …lembro de ver Edgar Allan … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

O Buquê Jamais Recebido (Fil Felix)

  O bloqueio criativo levou Mercedes a viajar pelo interior do Rio Grande do Sul em busca de inspiração. Os dias na cidade grande com os cinzas estampados nas faces … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

O Círculo Não é um Zero (Caliel Alves)

<Test System AI = Model Turing> <Plan language Algol> <Object “X”>   0 – Sei que parece óbvio, mas o círculo não é um zero! 1 – O círculo é … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

O Conselho das Galáxias (Adauri Falcão)

Apesar das muitas brigas que tive com meus pais, sempre me achei um cara legal. Depois que saí da casa deles fui morar com um amigo numa casa alugada afastada … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

O Dia em que a Terra Não Parou (Rafael Sollberg)

  O famoso jornalista britânico Francis Cockburn certa vez disse; “não acredite em nada até que tenha sido oficialmente negado”, por minha vez, vos digo, “acredite em apenas 80% do … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 23 Comentários

O Entregador de Prazeres (Claudinei Novais)

Luiza acordou irritada naquele dia. Havia mais de um mês que o marido não a procurava para um momento íntimo e ela não sabia mais o que fazer a fim … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 39 Comentários

O Frasco de Biscate (Renan Carvalho)

Não havia passado muito da meia-noite quando Marieta acordou. Os lençóis estavam ensopados e no local onde antes o marido adormecera ao seu lado havia uma poça. Marieta acendeu seu … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 19 Comentários

O Rasante (Helder Sezinaldo)

O beijo de sua esposa e o abraço de seu filho pequeno foram os únicos presentes que Altair teve tempo de receber naquele seu aniversário.  Antes que o calor de … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 27 Comentários

O Segredo do meu Dentista (Lucas Cassule)

Quatro horas da manhã e já não consigo dormir, estou com uma dor terrível no lado direito da boca, tão incomum, parece estar a vir do cimo dos dentes e … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 34 Comentários

O Touro Mecânico (Ricardo Falco)

  Vocês não me conhecem; provavelmente… Mas eu sou essa moça da foto aí de cima. Por favor, não façam nenhum pré-julgamento. Fotografias mostram apenas instantes, e esta imagem aí … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Odisseia dos Mistérios (Fabio D’Oliveira)

  AVISO Abra com cuidado. Foi feito com coração, para ser entendido pela mente e apreciado pelos dois!   NOTA DE ESCLARECIMENTO Poderia fazer suspense, charminho, ou até enrolar na … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Olhos, os (Thiago Barba)

Era um tribunal, uma espécie de. Ela no palanque, em frente a todos, falava ao ar livre. Não tinha júri, ninguém para avaliar, só para ouvir. A grande plateia ouvia … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 23 Comentários

Outono (Ana Carolina Machado)

  O neto observava o avô olhando pela janela de forma melancólica. O idoso parecia está perdido em suas lembranças. -Vovô, está tudo bem?- perguntou o garoto trazendo uma manta … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Poá (Shay Soares)

  Vânia Muscato e sua inteligência artificial (IA) PK857 foram as autoras de Se Fôssemos Outros, livro lançado no Ciclo 349 que contém, para surpresa de todos (inclusive de Vânia), … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Realidade Fluida (Miquéias Dell’Orti)

  […]Quando algo muda, o que era perece,  e é gerado o que não é[…]   Julia abriu os olhos e teve que prender a respiração, a umidade invadiu suas … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Reminiscências de um Amor Proibido (Jowilton Amaral)

A primeira vez que o vi perdi o chão. O coração bateu tão forte que pude senti-lo pulsar em todos os meus ossos. Quando tirou os olhos do livro e … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Rosas Roubadas (Elisa Ribeiro)

Ela, no mundo da lua, como sempre. Ele, bêbado pela manhã como há muito tempo não ficava. Encontraram-se no pior lugar de Boa Vista. Sujo, feio, a cracolândia daquela cidade … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Salvaguardia (Luciana Merley)

Quase perdi a hora procurando o braço esquerdo nessa manhã. Desde a última exposição eu me lembro de tê-lo deixado debaixo das rendas do vestido de princesa e não o … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 54 Comentários

Sertão de Aço e de Fome (Evandro Furtado)

Juazeiro, 3019 Uma catedral de aço brilha em meio a um desértico cenário. Barracas feitas de panos velhos se dispõem ao redor, onde mulheres sujas e crianças mirradas vivem seus … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Show Time (Fernanda Babertta)

— Nós vamos matar a Elise — avisa Sarah, assim que a imagem de Lori surge em sua tela. — O quê? Como assim? — pergunta Lori, franzindo a testa. … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 46 Comentários

Simulando Sonhos (Leonardo Jardim)

— Quem nunca sonhou reviver um momento mágico? — uma voz jovial perguntou enquanto a mesma frase se formava no enorme telão. Centenas de pessoas na plateia suspiraram e concordaram … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Sob um Céu de Vigilância (Priscila Pereira)

Logo iria escurecer, Layla apertou o passo afastando galhos e folhas que, se por um lado atrapalhavam de ir mais rápido, por outro serviam de camuflagem. Não via um drone … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Take it Easy (Evelyn Postali)

Sentada sobre a mala no terminal de embarque da pequena Winslow, mergulhada em lembranças, Nora Woods culpava-se por ter sido tão ingênua. Como perdera o controle de sua vida? Como … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Vigilância (Pedro Paulo)

  Diante do caos, qualquer pessoa tratará de tentar encontrar ali alguma ordem, traço inconfundivelmente humano. Era assim para Henrique Fontes e havia mais de uma forma de encarar a … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 38 Comentários

A Caixa – Clássico (Richard Matheson)

O pacote foi deixado ao lado da porta da frente: um cubo de papelão fechado com fita adesiva, nome e endereço escritos à mão: SR. E SRA. ARTHUR LEWIS, 217 … Continuar lendo

16 de julho de 2019 · 5 Comentários

Zacarias e a Festa na Casa da Tia Nancy – Conto (Angelo Rodrigues)

Acordei pela manhã pensando que uma desgraça ia acontecer, mas não sabia o que era, ou se era um dente que me aporrinhava as gengivas, e logo que abri os … Continuar lendo

14 de julho de 2019 · Deixe um comentário

Família Pereira – Conto (Eder Capobianco)

Foi um dia duro de trabalho. A obra estava atrasada, e todo o peso dos prazos perdidos incidia na equipe de assentadores de piso. José estava com as costas doloridas … Continuar lendo

13 de julho de 2019 · 5 Comentários

O Marido que recebeu uma lição – Clássico (Marquês de Sade)

Um homem já na decadência pensou em se casar embora até aquele momento tivesse passado sem mulher, e é possível que a coisa mais tola que fez, de acordo com … Continuar lendo

11 de julho de 2019 · 2 Comentários

Uma Lição para Papai – Entre Continhos (Sofia Cassoli)

Em 2014, dois filhos chamados Marcos e Lucas  viviam com o seu pai, pois, o casal Joana e Beto se separaram. Os pais concordaram que os filhos deveriam ficar com … Continuar lendo

7 de julho de 2019 · 11 Comentários

Jesus Cristo Bebia Cerveja – Afonso Cruz – Resenha (Angelo Rodrigues)

Nos últimos tempos tenho me dedicado um pouco mais a ler ficção de autores novos, ou que não sendo novos em idade, que sejam novos por estarem distantes do grande … Continuar lendo

5 de julho de 2019 · 4 Comentários

O Noivado Infeliz da Aurélia – Clássico (Mark Twain)

Os fatos que se seguem foram narrados numa carta que me escreveu uma jovem da bela cidade de San José. Devo esclarecer que não conheço, em absoluto, a signatária do … Continuar lendo

2 de julho de 2019 · 2 Comentários

Conto dos Títulos – Liga 2019 Rodada 2 (Neusa Fontolan)

— “Sob as Águas” em meio a uma “Variante Amarela”, o “Sarcófago” afundava, devagar. “Das Profundezas” surgiu “Angelical”, “O Espírito da Cuidadora”. Levantou a sua “Faca de Prata” e quando … Continuar lendo

2 de julho de 2019 · 1 comentário

Escrever Ficção – Luiz Antonio de Assis Brasil – Resenha (Angelo Rodrigues)

Em algumas oportunidades aqui no EntreContos, tenho falado do livro Escrever Ficção, do professor Luiz Antonio de Assis Brasil. Comprei-o sem muita esperança de que ele viesse a se diferenciar … Continuar lendo

29 de junho de 2019 · 1 comentário

Instantes antes dos cisnes – Conto (Paulo Luis Ferreira)

O tempo ficara paralisado no espaço das horas que se vão.  O Ali e o Outrora tinham se transformado num Aqui e num Agora que deslizavam dançando envoltos em música. … Continuar lendo

28 de junho de 2019 · 2 Comentários

Liga 2019 – Rodada 3

COMO PARTICIPAR? 1 – Esteja preparado para ler e comentar até 19 contos. 2 – Escreva um conto de Ficção Científica ou um conto Sabrinesco (história de amor com toques … Continuar lendo

27 de junho de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Ranking 2

Bora conferir como ficou a classificação da Liga 2019 após a segunda rodada? Até o momento, temos garantidos na antologia Devaneios Improváveis os autores: Angelo Rodrigues Elisa Ribeiro Fabio Baptista Gustavo … Continuar lendo

26 de junho de 2019 · Deixe um comentário

O Olho Silva – Clássico (Roberto Bolaño)

  Para Rodrigo Pinto e para María e Andrés Braithwaite   Vejam como são as coisas: Mauricio Silva, vulgo o Olho, sempre tentou escapar da violência, mesmo com o risco … Continuar lendo

25 de junho de 2019 · 2 Comentários

Zacarias e a esposa do Secretário da ONU – Conto (Angelo Rodrigues)

Nunca vou pro trabalho no Centro da cidade de carro porque deixo o meu Fucão 64 descansando na garagem, debaixo do telheirinho de zinco que tenho aqui do lado, num … Continuar lendo

23 de junho de 2019 · 3 Comentários

Zen e a Garota Esquilo – Conto (Leonardo Ritter)

Samuel está prestes a ver o resultado das provas para saber em qual faculdade começará os estudos. Samuel: Onde será que deixei meu cartão da biblioteca? (Mexe dentro da mochila … Continuar lendo

23 de junho de 2019 · Deixe um comentário

O Teclado Maldito – Entre Continhos (Sofia Cassoli)

Parece um teclado comum, mas quando você for se atrever a tentar escrever nesse teclado, cuidado! Se no dia seguinte você for dirigir um carro, você já era, amigo. Foi … Continuar lendo

22 de junho de 2019 · 19 Comentários

Padre Cícero – Lira Neto – Resenha (Mariana de Lacerda)

Padre Cícero e Lampião são as duas figuras mais icônicas do nordeste? Creio que sim. Os dois polos. Deus e o Diabo (na Terra do Sol). Eu não sabia muito … Continuar lendo

21 de junho de 2019 · Deixe um comentário

O Casaquinho Branco – Crônica (Célia Gusmão)

Hoje cedo, estava alguns segundos atrasada para o ônibus de 6h45m. Quando chegava ao ponto, vi que o ônibus já estava lá, então, comecei a correr e o motorista, percebendo … Continuar lendo

20 de junho de 2019 · 3 Comentários

E o seu nível de corrupção, como vai? – Clássico (Millôr Fernandes)

Dizem por ai que todo homem tem seu preço. Há quem vá mais longe afirmando que alguns homens são vendidos a preço de banana. Sempre esperei, na vida, o dia … Continuar lendo

18 de junho de 2019 · 4 Comentários

Resultados – Liga 2019 2ª Rodada

Prezados participantes, encerramos mais uma rodada da Liga Entrecontos de Literatura 2019. Seguem os resultados:   SÉRIE A 1º: “Demasiado Humano” (Fabio Baptista) 2º: “Amarga Travessia” (Regina Ruth) 3º: “Variante … Continuar lendo

17 de junho de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Rodada 2.2 – Série C

Prezados participantes, segue, em ordem alfabética, a lista dos 12 contos classificados para a segunda etapa da Série C:   – A Fábula de Todos os Tempos – A Lenda … Continuar lendo

25 de maio de 2019 · 14 Comentários

Liga 2019 – Rodada 2.1 – Série C

Esse é o tópico de votação para os participantes da Séries C da Liga 2019 – RODADA 2. Confira abaixo a composição de cada subgrupo, com a indicação de quais contos … Continuar lendo

2 de maio de 2019 · 30 Comentários

Liga 2019 – Rodada 2 – Séries A e B

Esse é o tópico de votação para os participantes das Séries A e B da Liga 2019 – RODADA 2. Confira abaixo a composição de cada grupo, com a indicação de … Continuar lendo

2 de maio de 2019 · 37 Comentários

Ânsia (Shay Soares)

Era terça feira quando meu irmão desembarcou do carona do meu carro e acenou para mim antes de entrar em casa. Eu estava ajustando o GPS com o endereço da … Continuar lendo

1 de maio de 2019 · 22 Comentários

A Árvore que Divide o Mundo (Paula Giannini)

O menino gostava do dia. Acordar cedo, lavar o rosto em água fria, — bruuuuu —, e então, de mãos dadas com o pai, sair para buscar o pão fresquinho … Continuar lendo

1 de maio de 2019 · 46 Comentários

A Cabana de Madeira (Alessandro Diniz)

  As férias de julho finalmente haviam chegado. Cal e sua turma passaram os últimos três meses planejando a subida da montanha e a ansiedade que sentiam logo deu lugar … Continuar lendo

1 de maio de 2019 · 15 Comentários

A Criadora de Porcos e o Tocador de Flauta (Vera Marta Reis)

Além de uma pequena vila, havia uma bela casa, junto de uma represa, cercado por pastagens e onde crescia um imenso coqueiral, uma estradinha seguia até a entrada do portão, … Continuar lendo

1 de maio de 2019 · 13 Comentários

A Donzela, o Jegue Encantado e um Príncipe Inglês (Paulo Luís Ferreira)

Era uma vez… A história de uma menina. Uma menina quase moça que já pensava em namorar. Porque lá pelas bandas do agreste/sertão nordestino é assim: “Mandacaru quando fulora na … Continuar lendo

1 de maio de 2019 · 28 Comentários

A Fábula de Todos os Tempos (Sidney Muniz)

  – Bem, a vovó irá lhes contar uma história, a última história que ouvi de meu pai, de uma lenda que ele ouviu do meu avô, e o bisavô … Continuar lendo

1 de maio de 2019 · 20 Comentários