EntreContos

Detox Literário.

Regulamento EntreMundos – Desafio “Monstruoso Mistério Alternativo”

Bem-vindos à segunda edição do Desafio EntreMundos! I – Inscrições O Desafio EntreMundos é um espaço para a literatura de gênero, voltado para contos de Ficção Científica, Fantasia, Horror e seus diversos … Continuar lendo

Destacado · Deixe um comentário

Jardim de Delícias – Conto (Zulmira Carvalheiro)

Quando adoeceu o pároco da única igreja daquela cidadezinha, o médico escreveu uma carta à irmã do enfermo pedindo-lhe que viesse ajudar. Dona Amora era viúva, costureira, e tinha uma … Continuar lendo

29 de julho de 2021 · 1 comentário

Resultados do Desafio Minicontos 2021

Olá, entrecontistas. Chegamos ao fim de mais um desafio. A tabela abaixo revela as autorias dos contos de ambos os grupos (os nomes em vermelho são dos autores eliminados por … Continuar lendo

25 de julho de 2021 · 6 Comentários

Minicontos 2021 – Finalistas

Hora de conhecermos nossos finalistas. Abaixo, os cinco melhores colocados de cada grupo, em ordem alfabética: . Grupo Chihuahua Estou indo embora Peixes Dourados Quando o adeus não machuca Um … Continuar lendo

19 de julho de 2021 · 20 Comentários

Minicontos 2021 – Avaliação – 1ª Fase

Olá, EntreContistas! Tivemos nada menos do que 44 (quarenta e quatro) minicontos inscritos no nosso desafio-relâmpago! O que mostra que as pessoas realmente gostam desse negócio de concisão. Eu não … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 41 Comentários

A angústia da procrastinadora na hora dos deadlines (Ana Maria Monteiro)

Oh, bolas! O prazo termina hoje e ainda nem pensei nisso. Felizmente, a tarefa não é de grande monta. “Mas teria sido bom (ao menos) pensar antes em como iria … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Diversão (Maria Alice Zocchio)

Os irmãos se sentem livres quando a mãe está absorvida pelo calor do ferro e a perfeição dos vincos. Desligam a TV, abrem armários, gavetas, o guarda-roupas e os objetos … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 23 Comentários

Voo cego (Catarina Cunha)

— Alberto, ela começa um assunto emendando no outro, vários projetos incompletos e sabem-se lá mais quantos esquecidos. Decididamente enlouqueceu. — Claro que não. É o jeitão dela. — O … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 35 Comentários

Para sempre (Giselle Fiorini Bohn)

– Eu sinceramente não sei pra que vocês me chamaram aqui. Já foi, acabou. Se me arrependo? De jeito nenhum. Faria tudo de novo. Pior seria viver sabendo que poderia … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 21 Comentários

Peixes Dourados (Andre Brizola)

– Não farei isso! Não assim. Não é hora, ela é muito nova! – Não existe idade certa para isso, tem que aprender logo. Você devia ter pensado nisso quando … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 33 Comentários

É lógico! (Jowilton Amaral)

— Ei, Gordo, por que você acha que eu e a Taís terminamos? — Você chifrou ela e ela soube, ora! — Mas, você acha mesmo que esse foi o … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Marcas de expressão (Giovani Roehrs Gelati)

Apareceu a notificação no celular: era aquele cara que eu odiava aos 20 e poucos anos. Tinha a audácia de me enviar um convite de amizade! Ainda que eu negasse, … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 24 Comentários

Pedro Pedreiro (Antonio Stegues Batista)

Pedro desperta às 6:30 da manhã. Muda de roupa. Prepara a marmita, feijão, arroz, um ovo, um pedaço de linguiça, duas bananas. Coloca na mochila. Pega o ônibus. Quarenta minutos … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 29 Comentários

Não tema (Kelly Hatanaka)

— Não sei sobre o que escrever. — Qual o tema? — Livre. — Ah, então é fácil! Se é livre, você pode escrever sobre tudo o que quiser. — … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 22 Comentários

Quase (A. Capelli)

A menina urgente tinha pressa. As horas passavam lentas, os dias eram meses e ao fim de um mês era como se houvesse se passado uma década. Dormia estática a … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 27 Comentários

Quando o adeus não machuca (Regina Ruth Rincon Caires)

Dia sim, dia não, a peleja se repetia. De casa, até pisar na estação do trem, era um bom pedaço, e eu sempre chegava esbaforido. Esperava o trem iniciar o … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 32 Comentários

Estou indo embora (Fernanda Caleffi Barbetta)

O habitual beijo, aguardado nos lábios, foi desviado para a testa, e aquele gesto, após os demais que a vinham inquietando, pareceu-lhe o derradeiro. Desfez o bico seco e o … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 36 Comentários

Tão perto da água, tão longe do céu (Priscila Pereira)

Era hipnotizante. As ondas batiam forte nas pedras. A espuma branca era o único toque de cor, ou a ausência dela, na imensidão cinza. Tudo era acinzentado. Continuava olhando incansável … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 30 Comentários

O especialista (Elisa Ribeiro)

Viam-se todas às terças e sextas. Ela, ainda de dentro do ônibus, o olhar atraído pela estranheza de sua figura, caminhando solitário na areia. Ele a acompanhava com a respiração … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 22 Comentários

A fotografia (Angelo Rodrigues)

Havia chegado o dia em que Melinda faria a fotografia que marcaria a sua infância, e ela desejou tirá-la sob uma acácia florida que havia nos jardins de sua casa. … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 21 Comentários

As Tramas Delicadas do Coração (Iolandinha Pinheiro)

Jorge acordou antes de terminar a sesta do domingo. Foi até a porta e olhou para o vasto terreno que cercava a casa. Tudo parecia normal a não ser por … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 29 Comentários

Nuances (Natália Koren)

O vestido era amarelo e sem graça. O sorriso também. Não conseguia entender aquele lugar. Como podia ser cidade grande quando tudo era tão pequeno? As ruas estreitas, o apartamento … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 29 Comentários

Sol que me guia (Amarelo Carmesim)

Sol, que no batismo foi chamado Marcelo, caminha só pela pantanosa região do que já foi o planalto ao redor do monte Roraima, seus passos firmes demonstram a musculatura de … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 19 Comentários

Ciclo (Maria Santino)

A escuridão do velho casebre foi quebrada pela faísca e chama do fósforo a acender o cachimbo nos lábios da idosa. Lampejos em prévia de tempestade adentraram pelas frestas sendo … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 26 Comentários

Sobre Asteroides e Pontes (Fabio D’Oliveira)

É uma verdade universal de que o som não se propaga no espaço sideral. Ninguém ouviu seu nascimento, mas ele chorou de qualquer forma. A vida é isso: comunicação. Mesmo … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 19 Comentários

Anathema (Matheus Pacheco)

-AMÉM! -Amém. -amém?

5 de julho de 2021 · 24 Comentários

O Inquérito (Paulo Luís Ferreira)

Aquilo só podia ser brincadeira. Mas não era. Os homens adentraram a casa sem, nem sequer, pedir licença e se instalaram, esparramados pelo sofá, sem demonstrar a mínima expressão de … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 25 Comentários

Desconectado (Elisabeth Lorena Alves)

Não há o que fazer quando alguém quer criar e a Literatura e a Tapeçaria se interpõem em seu caminho. Nem mesmo a paisagem bucólica ajuda. E é fácil se … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 38 Comentários

Um javali por dia (Victor O. de Faria)

“Haviam um mundo em que um javali gigante habitava densas florestas de pinheiros e sequoias”. — De que tamanho era o javali, papai? – Indagou a menina curiosa. — Bem, … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 33 Comentários

Sonhos lúcidos não saem da sombra (Rafael Carvalho)

Chegou do hospital gritando por Alice, mas lembrou que sua filha não estava em casa. Deveria estar brincando com alguma boneca idiota na casa da amiga.  “Drª Marion, troca de … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Verão de 2020 (Anderson Prado)

Aprendemos a estar juntos. — Filho, silêncio. Seu pai está trabalhando. A dividir espaço. — Ei, Guilherme, na mesa não. Seu irmão está estudando. A ser devagar. — Já falei … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 24 Comentários

O Expresso Fantasmão (Welington Pinheiro)

Te segura que lá vem ele, o Expresso Fantasmão. Todo preto, chei’de marra; sem luz, sem buzina; lá vem ele à toda, cavalgando endiabrado na buraqueira do morro. Não é … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 45 Comentários

Viagem aos seios de Catharina (Thiago de Castro)

O pastor Adalberto escutava, em sua sala, reclamações de um casal.  — Estou cansado.  — Do meu esforço na cozinha, das crianças? — Faz seis meses que a gente não… … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Pausa para o lanche (Felipe Lomar)

Às vezes, é necessário parar e refletir no que acabou de acontecer. Não faz nem quinze minutos, com uma fome danada e uma ansiedade que não permitiam concentrar nos processos, … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 19 Comentários

Esta noite nós somos jovens (Dayanne Pinheiro)

– Está linda, bebê! – disse minha mãe com lágrimas nos olhos. – Ah, lembro como se fosse ontem, o dia da minha formatura… Eu era tão jovem… A pele … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 31 Comentários

Na Quebrada (Fabiano Sorbara)

“Mais um pouco era outro CPF cancelado” Seu raciocínio pulsava. “Se não fosse esses coxinhas ramelão terem brotado do nada ia ser escamas daquele maldito voando pra tudo que é … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 22 Comentários

Bodas, bolhas finas (Simone Lopes Mattos)

Enquanto entravam, a mulher apoiava-se no braço do marido. Havia tempos que não usava saltos, mas escolhera o único sapato que escondia as unhas. Ele corria os olhos pelo ambiente … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Provérbios 11:18 (Júlio Alves)

Minha língua varreu a casa de Deus, e agora me encaminho para a dos homens. Vim em riscos na noite que faiscaram e soçobraram por instantes, mas que reavivaram; vim, … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 43 Comentários

Pinto caído (Emanuel Maurin)

— Marcos, tenha calma e relaxe, vai levantar… — murmurou Anita: — se você ficar chacoalhando, o bicho vai morrer de vez. E numa tentativa desesperada, beijou o pinto caído. … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

O dia em que Jessie não foi ao parquinho (Ana Carolina Machado)

Jessie sempre chegava no parquinho com alguma história para contar. Ela era a mais sorridente e falante do nosso grupinho que sempre se reunia de tarde para brincar no parquinho … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 24 Comentários

Será, amor? (Luciana Merley)

Tiro o termômetro da boca, confirmo o trinta e seis ponto zero e alguma coisa, mostro-lhe o relógio e nós fazemos amor. Lépido, ele, no meio da terceira semana de … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 40 Comentários

Praga na vizinhança (Claudia Roberta Angst)

Já tendo ultrapassado meio século de existência, Carmella revela-se mais um caso de beleza tombada pelo tempo. Esse, no entanto, não é de longe o seu maior problema. Não parece … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 26 Comentários

A prostituta da esquina – Conto (Jeff Silva)

Mas, minha linda, hoje não será Ainda o dia em que seremos felizes O Dia Em Que Seremos Felizes – Ludov A prostituta da esquina urina agachada sob a cobertura … Continuar lendo

3 de julho de 2021 · 3 Comentários

Quando Ismália enlouqueceu – Conto (Dayanne Pinheiro)

Ismália estava em um estado de semiconsciência, mas naquele pesadelo podia ouvir pastosa e lentamente: – O valor é este. Cuidaremos de tudo, não se preocupe. – Tem certeza? Não … Continuar lendo

2 de julho de 2021 · 6 Comentários

Telegrama – Poesia (Felipe Lomar)

Oi, minha queridaJá tem muito tempo que escrevoHá muito não tenho respostaEstá tudo bem por aí?Ja desde que foste emboraNão tenho notícias de tiInesperada partida… É inútil esconderQue de noite … Continuar lendo

1 de julho de 2021 · 2 Comentários

O canto do Orixá – Conto (Fernanda Rodrigues)

“Era como se todo o tempo e a injustiça e a dor se tornassem audíveis por um momento graças a uma conjunção dos planetas.”William Faulkner – O som e a fúria … Continuar lendo

30 de junho de 2021 · 2 Comentários

Bença, mãe – Conto (Priscila Pereira)

—  Mãe, tá me ouvindo? Tô aqui com a senhora agora, pelo menos uma horinha por dia. Tenho certeza que pode me ouvir. Aperta a minha mão, vai. Tenta, pelo … Continuar lendo

29 de junho de 2021 · 28 Comentários

Uma rosa para Daiane – Conto (Zulmira Carvalheiro)

Amanhã é o último dia de aula. Acabou o curso. Quem foi aprovado, muito que bem. Quem não foi, já era. Agora só quero o meu certificado. Festa de formatura? … Continuar lendo

28 de junho de 2021 · 13 Comentários

Regulamento do Desafio Minicontos 2021

Bem-vindos ao Desafio Minicontos 2021! I – Inscrições O desafio é aberto a quaisquer escritores que sejam, com igual orgulho e dedicação, leitores. Para participar basta escrever um miniconto inédito, com tema livre, e enviá-lo para … Continuar lendo

27 de junho de 2021 · 21 Comentários

História de um casamento – Conto (Júlio Alves)

Mana, foca aqui: tamo em dois mil e vinte e um, e ela é assim, né, santa do verde-amarelo, mas lá atrás, no antigo dois mil e treze, dois mil … Continuar lendo

24 de junho de 2021 · 9 Comentários

Fome – Conto (Thiago de Castro)

As moedas no bolso, quando há, têm destino quase certo: músicos de rua. Dois peruanos tocam seus instrumentos, eu novamente no metrô. Alguns passageiros são fisgados, outros interrompem a conversa, … Continuar lendo

23 de junho de 2021 · 11 Comentários

Sementes Ruins – Conto (Angelo Rodrigues)

Acredito que o demônio more por um longo tempo no corpo das crianças. Cansado de doces e mimos, ele as deixa em paz, então elas crescem e dão rumo à … Continuar lendo

22 de junho de 2021 · 10 Comentários

Thiago de Castro

Thiago de Castro nasceu e cresceu em São Paulo. Formado em História, trabalha em bibliotecas e espaços culturais desde 2012. Publicou seu primeiro livro de contos em 2019 (Aurora, Editora … Continuar lendo

21 de junho de 2021 · 5 Comentários

Resultados do Desafio “Artes”

Olá, EntreContistas! Chegamos ao fim do desafio mais artístico da história da internet brasileira – porque artista que é artista tem que dar uma valorizada na sua obra. Tivemos dois … Continuar lendo

20 de junho de 2021 · Deixe um comentário

Resultado EntreMundos – Desafio “Fim do Mundo”

Olá, seres fantásticos! Chegamos ao fim da nossa primeira jornada no Desafio EntreMundos. Infelizmente, tivemos um alto número de eliminações por falta de comentários: onze. 😦 Mas dezesseis valentes sobreviventes … Continuar lendo

13 de junho de 2021 · 6 Comentários

Avaliação – Desafio “Artes”

Olá, EntreContistas! Tivemos 19 (dezenove) contos inscritos no desafio; dessa forma, conforme o regulamento, o certame se desenvolverá em apenas uma etapa. Abaixo, alguns lembretes importantes: — Cada participante deverá … Continuar lendo

26 de maio de 2021 · 20 Comentários

Fardos e Sonhos (Fátima Heluany)

A palavra exata: determinação. Eu diante do computador, determinada a construir um universo com uma ideia que pairava inofensivamente: um pequeno beija-flor, que só queria me ajudar. E eu martelava … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 21 Comentários

As caras do Clube (Luciana Merley)

Quando Zeca deparou-se com a própria cara na capa de um disco em Macaé, teve a impressão de que a vida mudaria para sempre. Diante do vinil de capa bonita, … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 21 Comentários

A Face Oculta (Antonio Stegues Batista)

Baseado em histórias reais. Vincent olhou-se ao espelho. Resolveu fazer a barba quando voltasse para casa. Após beber um gole de absinto, guardou a garrafa no bolso do jaleco, acendeu … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 22 Comentários

O eclipse do coração (Fernanda Caleffi Barbetta)

— Once upon a time I was falling in love, but now I’m only falling apart. — Nossa, que brega, Julia. — There’s nothing I can do, a total eclipse … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 19 Comentários

Seus olhos ainda não sabem ver (Pedro Paulo)

O dia em que conheceu Arthur Bispo do Rosário ficaria para sempre marcado na memória de Rosana. Como ele, ela havia resistido quando a imobilizaram com a camisa de força … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 39 Comentários

96kHz/24bit (Daniel Reis)

O céu ainda não havia escurecido totalmente sobre Tel Aviv quando o homem do violino apertou a campainha da porta na entrada lateral do estúdio de gravação, anunciando sua chegada. … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 20 Comentários

O cativo da sorte (Luís Fernando Amâncio)

Acredito que o café faça sucesso no mundo todo devido ao seu cheiro. O aroma que o pó exala enquanto a água o atravessa, ardente, pelo coador, se aproxima da … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 20 Comentários

Ode Poética Moderna (Jorge Santos)

Este é um dos grandes segredos da vida: curar a alma através dos sentidos, e os sentidos através da alma. “O retrato de Dorian Gray”, Oscar Wilde Dizem que a … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 20 Comentários

A Outra Versão (Claudia Roberta Angst)

Não era muita coisa, de fato, nada que despertasse o seu interesse.  Alguns panfletos, propaganda diversa, contas já pagas e esquecidas. Uma única carta de teor pessoal que trazia o … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 25 Comentários

Bento Gonçalves (Anderson Prado)

Às vezes me pergunto se em algum momento se arrependeu das tão repetidas palavras: ─ Vai estudar, sim, senhora! Talvez no dia em que me viu partir e, dirigindo-se à … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 37 Comentários

Vida Arteira (Regina Ruth Rincon Caires)

Num espreguiçar sem fim, entreabriu os olhos e percebeu que ainda era noite. No morno da cama e perdido no aconchego acetinado dos lençóis, avistou apenas uma réstia prateada que … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 24 Comentários

Cores do Caos (Leonardo Philipe)

Eu vi o nascimento das cores, e elas só nasceram porque eu vi. Preta e branca não foram criadas, sempre estiveram lá. Quando eu fechava os olhos, era preto; quando … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 22 Comentários

A Arte Alheia (Cicero Christino)

Na ocasião em que um grupo de investidores foi recepcionado para avaliar a viabilidade de assumir a concessão do velho museu da cidade, eu, enquanto funcionário lotado no departamento de … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 21 Comentários

Beleza (Giselle Fiorini Bohn)

– Ainda não entendi por que a gente precisou vir aqui. – Porque eu tenho uma coisa pra te falar. – E não podia falar lá em casa? – Não. … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 20 Comentários

Jonas Emerge (Mauricio Piza)

Comecemos, então, com um telefone tocando. Mas qual deles? Comecemos primeiro com aquele tocando insistente em Nice, na França, numa manhã luminosa de 1924. Sim, exatamente este. Este que soa … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 19 Comentários

Manuscritos de um Motorista de Aplicativo (Thiago Castro)

Cena 1 — Nem todo filme precisa começar em movimento. Pode ser brando, desde que ponha o espectador na história. — Na direita. — Criar uma ideia de urgência, que … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 45 Comentários

O deus velho (Kelly Hatanaka)

Era uma vez uma mulher normal, assim, sem nada demais. Ela vivia seus dias numa grande cidade cinza cheia de torres altas, onde o tempo corria de um jeito diferente. … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 40 Comentários

Regulamento do Desafio “Artes”

Bem-vindos ao Desafio Artes! I – Inscrições O desafio é aberto a quaisquer escritores que sejam, com igual orgulho e dedicação, leitores. Para participar basta escrever um conto inédito, abordando de forma livre o … Continuar lendo

2 de maio de 2021 · 3 Comentários

Avaliação EntreMundos – Desafio “Fim do Mundo”

Olá, pessoas! Tivemos trinta contos* inscritos nessa primeira jornada fantástica do Desafio EntreMundos. Um excelente início. 🙂 Agora é o momento de ler, comentar, analisar e votar. Lembrando que é obrigatório que os … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 20 Comentários

[EM] Palavras ao vento (Jeff Silva)

Eu amo John, mas ele é uma pessoa complicada. A velha fazenda foi o resultado da soma insana dos medos dele. Nunca partilhei dessa paranóia obsessiva, pois a única coisa … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 31 Comentários

[EM] Loteria do Fim do Mundo (Davenir Viganon)

Não seja aquele garçom. Era o mantra que repetia há bastante tempo. Sempre que o pessoal do trabalho abria um bolão acumulado da loteria, no fim do ano, eu corria … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 27 Comentários

[EM] Foi Panc (Marcia Dias)

     O jardim da casa azul  foi construído por uma mulher que dependia de tarja preta para dormir e muita cafeína para acordar. Uma vez, ela recebeu uma muda de … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 32 Comentários

[EM] O fim daquele pequeno mundo lilás (Ana Carolina Machado)

Abriu os olhos e viu-se cercada por uma suave névoa lilás, em um lugar que não conhecia. Não lembrava do passado e tinha dificuldade de firmar o passo naquele presente … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 26 Comentários

[EM] 12:44 – A Hora do Fim (Antonio Stegues Batista)

Astrônomos do observatório astronômico Athena, descobriram um meteoro escapando da orbita solar e se dirigindo em colisão com a Terra. Calcularam o tamanho, a rota, o horário e o local … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 25 Comentários

[EM] Gênesis (Dayanne Pinheiro)

Eu estava acordado. Primeiro foi um pequeno impulso reflexo no meu polegar direito, e a consciência disso. Fiquei um tempo até que minha mente constatasse esse pequeno, porém surpreendente fato: … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 25 Comentários

[EM] Contagem Regressiva (Luís Fernando Amâncio)

1. O sistema de ar-condicionado da caminhonete até se esforçava. Ainda assim, o calor do Mato Grosso era demasiado para um veículo antigo. Sentindo-se sufocado, Raon abriu as janelas de … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 26 Comentários

[EM] O Poema de Kalidasa (Victor O. de Faria)

“Cuida deste dia! Ele é a vida, a própria essência da vida. Em seu breve curso Estão todas as verdades e realidades da tua existência: A bênção do crescimento, A … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 24 Comentários

[EM] Nem as flores restaram (Natália Koren)

Mexendo a colher na tigela, ele imaginava se a mistura ia prestar. Ao começar o preparo, ainda tinha todos os ingredientes, mas agora a ideia de fazer um bolo parecia … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 26 Comentários

[EM] Fantasia Bilíngue (Thiago Castro)

Prologue Login: cut_air_doom1997 Password: ********** Loading…55%…60%…99%…100%.  Bem-vindo ao Apocalipsed World Building Blaster Fielding, o mais novo MMORPG da Brazilian Fantastic Game Gang!  Start to Play! Introdução: “No continente de Lamúria, … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 55 Comentários

[EM] 1000 anos depois (Lucas Julião)

A paisagem a frente era desoladora. As ruínas de torres antigas erguiam-se até onde olhos podiam ver. Mesmo com o passar de séculos, nas fissuras do chão pedregoso e nas  … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 35 Comentários

[EM] Sobre as Esferas e os Observadores (Kelly Hatanaka)

Que ideia foi essa de segui-lo? Agora, estava no escuro, naquele… carro? Nem sabia o que era aquilo em que estava escondida. Em que foi se meter? Ele saiu sem … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 44 Comentários

[EM] O Fim do Mundo de Alaor (Anderson Roberto)

Faltavam cem segundos para o fim do mundo… Alaor leu a terrível notícia no jornal. É um homem de meia-idade, reservado, sem posição política definida, sem muitos sonhos ainda a … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 23 Comentários

[EM] O Fim da Humanidade (Jorge Santos)

1. O sol estava abrasador, como sempre. A mulher aproximava-se do poço, num passo lento, sofrido. Era extremamente magra, cabelo ralo, os olhos encovados tinham perdido o brilho de outrora. … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 27 Comentários

[EM] A Torre dos Mil Universos (Fabio D’Oliveira)

– ZERO – POEMA SOBRE UMA RACHADURA Como tudo acabou? Primeiro: O universo trincou, Tão rápido, Que a realidade se quebrou num instante. Segundo: Um puxão, Tão forte, Que arrebatou … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 44 Comentários

[EM] Faxina (Danilo Heitor)

“Eu prefiro ser… essa metamorfose ambulante…” Os fones de ouvido, no último volume, ressoavam a música que aprendeu com o avô. “Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo…” … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 37 Comentários

A caixa de Lia – Conto (Bruno Tavares)

“Desde bem pequeno, eu queria que me assustassem. [Acho que] eu desejava um envolvimento emocional com algo que fosse seguro, algo de que pudesse me afastar.” — Stephen King.                 … Continuar lendo

30 de abril de 2021 · Deixe um comentário

Canopus – Conto (Max Rocha)

Ciclo 69 – 10:38 p.m. A sensação hoje é diferente. Estranho, não sei explicar bem, mas vou novamente relatar a sequência dos fatos anteriormente gravados. Quem sabe isso possa trazer … Continuar lendo

30 de abril de 2021 · Deixe um comentário

Unter Verdacht – Conto (Brenno Marques)

“Chegará o dia em que teremos que provar ao mundo que a grama é verde.” G. K. Chesterton: Joseph Hoff cantarolava o Prelúdio de Tristão e Isolda, de Richard Wagner. … Continuar lendo

30 de abril de 2021 · 1 comentário

A Maldição de Redwood – Conto (Welington Pinheiro)

“There ain’t no graveCan hold my body down”. (Johny Cash) Lá na Colina Vermelha contava-se uma história sobre a planície de Redwood e da gente que habitava aquele povoado esquecido … Continuar lendo

30 de abril de 2021 · 2 Comentários

Cerco de água – Conto (Simone Mattos)

Ah, se eu pudesse voltar atrás, ao porto seguro da minha juventude, jamais escolheria a vida no mar. Afastar-me-ia deste cerco de água e horizontes monótonos, onde o tempo corre … Continuar lendo

29 de abril de 2021 · 4 Comentários

Liana e o Peixe – Conto (Iolanda Pinheiro)

Capítulo 1 – Casamento Manhã sem chuva, igreja enfeitada, todos olhando para a porta enquanto o sacerdote sentenciava: – Se alguém sabe de algo que possa impedir este casamento, diga … Continuar lendo

29 de abril de 2021 · 4 Comentários

Um Quadro da Vida – Conto (Marcia Dias)

Bianca espalhou todos os presentes que recebeu em cima da cama: um liquidificador, um par de canecas com temática de noivos apaixonados, um jogo de panos de prato com galinhas … Continuar lendo

28 de abril de 2021 · 11 Comentários

Brunch – Microconto (Givago Thimoti)

Aos sábados de manhã, adentravam o Vespasiano, famosa café-confeitaria da região, tal qual um casal ideal, felizes com a companhia. Por vezes, iam sábados seguidos; outras, sumiam por semanas a … Continuar lendo

28 de abril de 2021 · 3 Comentários

Escalpo Urbano – Conto (Rinaldo Ramos)

A saga de um índio e a redenção de um homem. Início dos anos 80 Após longa caminhada, finalmente “Aynatu” chega ao seu destino. O sol está forte. Cansado, para … Continuar lendo

27 de abril de 2021 · 3 Comentários

Exobacterjulian – Conto (Zulmira Carvalheiro)

Quando o meu noivo me trocou por uma vagabunda desclassificada, a dor que passei a sentir chegava a ser física. Forte e profunda, quase insuportável, me obrigou a desenvolver estratégias … Continuar lendo

27 de abril de 2021 · 4 Comentários

Espera – Conto (Zulmira Carvalheiro)

Parado aqui na porta da minha choupana, fitando a imensidão do céu, tenho visto o mundo se transformar. Sentei nesta soleira há muito tempo e nunca mais levantei. A não … Continuar lendo

27 de abril de 2021 · 6 Comentários

Fora do meu paraíso – Conto (Wagner Martins)

— Vivíamos em cavernas, ao redor das fogueiras. Sempre agíamos em grupos. Para conectarmos um com outro contávamos histórias, sim, cavalheiro, histórias! Compartilhávamos as nossas experiências através dos olhares, dos … Continuar lendo

26 de abril de 2021 · 2 Comentários

O aniversário – Conto (Elisabeth Lorena Alves)

No dia anterior, comprei tudo o que precisava para fazer um bolo, alguns brigadeiros, uma torta e sanduíches para a pequena comemoração. No dia, preparei tudo. Bolo enfeitado, brigadeiros enrolados, … Continuar lendo

26 de abril de 2021 · 19 Comentários

A Máquina Delicada – Conto (Jeff Silva)

And you don’t seem to understand E você não parece entender A shame you seemed an honest man Que pena, você parecia ser um homem honesto And all the fears … Continuar lendo

25 de abril de 2021 · 3 Comentários

Sobre Doras e Amoras – Poesia (Luciana Merley)

Amor mesmo é o que dói. O que faz ceder pedaços, E ao maior sinal de finda, Reconstrói. A esforço, Nem sempre a gosto. Gostar no amor é irrelevantíssimo. Prazer … Continuar lendo

25 de abril de 2021 · 11 Comentários

Minicontos (Thiago Castro)

I – Praça  As amoreiras sujavam o caminho da praça. Sujavam as calçadas, os carros estacionados na esquina da padaria. As amoreiras incomodavam os moradores do bairro, apenas os desgostosos, … Continuar lendo

24 de abril de 2021 · 4 Comentários

Folhas mortas no jardim sombrio – Poesia (Antonio Stegues Batista)

─ O JARDIM DAS HASPÉRIDES ─ Sobre a colina, uma mansão sombria, ancestral. Torres sinistras erguem-se para o céu como garras de um monstro ciclópico surgindo das entranhas da terra. … Continuar lendo

24 de abril de 2021 · 7 Comentários

O Despertar de Cthulhu – Conto (Wilson Barros Júnior)

– Shub-Niggurath! – o monstro gritou, estilhaçando o silêncio da noite – O Bode Preto da Floresta de Mil Filhos! Ia começar de novo. A criatura nascida do horror girava … Continuar lendo

23 de abril de 2021 · 11 Comentários

Inverno – Conto (Heth Selva)

Cinco horas. Acordar. Tomar banho de água fria. Na casa, de três banheiros e quatro chuveiros, nenhum é elétrico e ela não sente saudades, mas hoje é um dia especial. … Continuar lendo

22 de abril de 2021 · 17 Comentários

A misericórdia divina – Miniconto (Andrea Nogueira)

Ela se negava a acompanha-lo aos cultos evangélicos, alegando cansaço. Então, lhe alimentava o espírito as leituras bíblicas que o companheiro a obrigava a ouvir, três vezes ao dia, sem … Continuar lendo

21 de abril de 2021 · 12 Comentários

A Jaula – Conto (Rinaldo Ramos)

A JAULA Paixão & Fúria em uma história alucinante. Era um clube que estava situado na zona rural da cidade e chamava-se Jaula. Funcionava em um antigo galpão, onde outrora … Continuar lendo

20 de abril de 2021 · 10 Comentários

Pausa para balanço – Conto (Regina Ruth Rincon Caires)

Conheci uma pessoa de outro tempo. Ou de outro mundo. Como qualquer outra, concebida não sei se por descuido ou de maneira programada, e que chegou ao mundo em casa, … Continuar lendo

19 de abril de 2021 · 10 Comentários

A Luz da Janela – Conto (Fabio D’Oliveira)

– O SOBRADO – A primeira coisa que chamava a atenção era o ninho de marimbondos: tão grande que cobria metade de uma janela do andar superior. A construção robusta … Continuar lendo

18 de abril de 2021 · 14 Comentários

A persistência da memória – Conto (Aline Cruz)

O nascer do sol iluminava o terraço do café. Ao fundo, estava o semeador no campo de papoulas. Me sentei à sombra de um manacá e uma cesta de maçãs … Continuar lendo

17 de abril de 2021 · 11 Comentários

Só isso – Crônica (Ana Maria Monteiro)

A sua presença fazia-se anunciar pela voz, antes dele próprio. Cantava e tocava e a voz emitia toda uma música que era outra, que era sua. Os versos que lhe … Continuar lendo

15 de abril de 2021 · 21 Comentários

O ouro do agreste – Conto (Andrea Nogueira)

“Já tive Mandacaru, planta forte da caatinga É resistente como o ‘cabra nordestino’ Que aguenta a fome, o árido e a sequidão Dá lindas flores, mas completa seu destino Anunciando … Continuar lendo

13 de abril de 2021 · 7 Comentários

Fernanda Caleffi Barbetta

Nascida na cidade de São Paulo, Fernanda Caleffi Barbetta vive hoje em Michigan, nos Estados Unidos, na companhia do marido, com quem é casada há duas décadas, e do Luigi, … Continuar lendo

11 de abril de 2021 · 3 Comentários

Resultados do Desafio Microcontos 2021

Olá, Entrecontistas! Chegamos ao fim desse desafio que foi muito mais desafiador do que se pensava a princípio. O formato foi polêmico, alguns amaram, outros odiaram, a moderação bateu cabeça, … Continuar lendo

11 de abril de 2021 · 2 Comentários

Priscila Pereira

Priscila Pereira nasceu e ainda mora em Passa Quatro, interior de Minas Gerais. É esposa e mãe, cristã convicta e leitora feroz. Começou a escrever na adolescência, toda a sua … Continuar lendo

1 de abril de 2021 · 12 Comentários

Avaliação – Desafio Microcontos 2021

Olá, EntreContistas! Tivemos trinta e cinco lacônicos escritores que embarcaram nesse desafio diferentão, que foi mais difícil do que parecia à primeira vista. Ao menos para a moderação tagarela. 😦 … Continuar lendo

29 de março de 2021 · 39 Comentários

Microcontos 2021 – Raptor

[A3] Permitam-me, em contrário, ao pseudônimo corajoso, ludibriar o cenário, e escrever-lhes, vagaroso, do fundo do baú, sacrário, puxar o meu tempo ocioso, e singrar, tal qual corsário, sem descanso … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 75 Comentários

Microcontos 2021 – Rain (Ana Carolina Machado)

[A1]  Somente de manhã encontraram o pequeno bebê deixado na praça. Àquela altura a caixa de papelão que lhe servia de bercinho já tinha virado caixão. [B2] Uma bicicleta estava … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 36 Comentários

Microcontos 2021 – Kalunga (Fil Felix)

[A1] Despedida O clichê estava lá: entre a praça, os pombos e a solidão. As mãos suando, molhando o pequeno pedaço de papel que segurava, borrando as declarações que havia … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 35 Comentários

Microcontos 2021 – Lollo (Evelyn Postali)

[A2] Eram cinco no pelotão. Foi a última contagem. [A4] Trabalhava na alfândega fazendo jus ao apelido. [B2] Na vila, sempre que algum objeto estranho aparecia, o nome do escultor … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 34 Comentários

Microcontos 2021 – Valquíria (Ana Maria Monteiro)

[A1] A menina esperava na praça, não sabia o que esperava, apenas estava ali – esperando. Foi então que uma estrela brilhou mais forte e ela compreendeu que esperar é … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 33 Comentários

Microcontos 2021 – Belle de Jour (Elisa Ribeiro)

[A2] Culpado, diante do pelotão a tensão não permitia que pensasse em arrependimento. A mesma luz que o cegou estancou seu medo; a morte não era o avesso da vida, … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 33 Comentários

Microcontos 2021 – Curto Circuito (Roberto Klotz)

[A1] Desmatamento Enxotavam os pássaros da praça. Indignavam-se com a sua presença. Bichos nojentos, diziam. Do alto, uma pomba avaliava a hora para saltar da placa da praça de alimentação. … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 35 Comentários

Microcontos 2021 – Extrait de parfum (Fernanda Barbetta)

[A1] Substituíram todas as árvores da praça por bancos, e os passarinhos aprenderam a cruzar as pernas. [A3] Era um martírio acordar e vê-lo ao seu lado na cama, mas … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 77 Comentários

Microcontos – 2021 Penny Dreadful (Bruno Raposa)

[A1] Seus pastéis eram sucesso na praça, assim como sua generosidade: sempre distribuía alguns para as crianças, principalmente as mais gordinhas. Sabia que cuidar da matéria-prima era o segredo do … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 35 Comentários

Microcontos 2021 – Clara Emília (Sandra Daher)

[A2] Fuzilamento Diante do pelotão de morte, veio-lhe súbito a imagem do bolo de fubá de dona Osória e das unhas sujas do menino, que agora, tempos depois, apontava-lhe a … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 72 Comentários

Microcontos 2021 – Supercalifragilisticexpialidoce (Amana)

[A2] Olhos vendados. Ainda assim, um sorriso nos lábios. Algo a dizer, traidora? Como resposta, um aceno positivo da moça. Tem dez segundos antes que o pelotão atire. Instantes depois, … Continuar lendo

28 de março de 2021 · 33 Comentários

Microcontos 2021 – Nelson Rodrix (Daniel Reis)

Manchetes Populares BOA PRAÇA Mendigo gente boa, querido pela vizinhança, é encontrado morto enrolado em jornais no banco da praça. Polícia investiga possível colapso financeiro. Mas não se tem mais … Continuar lendo

27 de março de 2021 · 40 Comentários

Microcontos 2021 – Lanterna (Fernando Cyrino)

[A1] Madrugada fria, costas nuas e saia minúscula deixando as pernas de fora. Os olhos da moça acompanham na praça, ávidos, a passagem dos poucos carros. Aflição pelo atraso da … Continuar lendo

27 de março de 2021 · 69 Comentários

Microcontos 2021 – Winnie (Ana Martorelli)

[A3] Sobressalto — Seu celular está tocando! — sem resposta, berrou outra vez. O coração acelerou e a respiração falhou, o velho não andava bem. Levantou-se e foi até o … Continuar lendo

27 de março de 2021 · 34 Comentários

Microcontos 2021 – Marie Laveau (Nilo Paraná)

[A1] Eu a via na praça, mas a vida mudou e todos sumiram. Talvez ela também esteja procurando quem eu fui ou nessa nova existência não procure nada. O sonho … Continuar lendo

27 de março de 2021 · 43 Comentários

Microcontos 2021 – Cazalbé (Felipe Lomar)

[A1] Sentado no banco da praça, o homem admirava o vaivém. Mas aí tudo explodiu e todos entraram em desespero! Cabo Canaveral, 28 de janeiro de 1986. [B2] – Bolas! … Continuar lendo

27 de março de 2021 · 33 Comentários

Microcontos 2021 – Dexter Apaixonado (Elisabeth Lorena Alves)

[A1] Na praça a coisa estava estranha. Todos os olhos aflitos olhavam para o mesmo lugar, sem acreditar no que viam. Dois homens, de times políticos diferentes, abraçados, choravam pela … Continuar lendo

26 de março de 2021 · 70 Comentários

Microcontos 2021 – Microautor (Luís Fernando Amâncio)

[A1] De manhã, Theo era o rei da praça. Ninguém ia tão alto no balanço como ele. À tarde, era a vez do Seu Joaquim. Bom de raciocínio, ele vencia … Continuar lendo

26 de março de 2021 · 33 Comentários

Microcontos 2021 – Fada Madrinha (Catarina Cunha)

[A.1.2.3.4] A Praça da Alfândega, oca de sons, deixou seu coração ansioso. O vento ocioso enfim avisou que é chegada a hora. Fechou a alma e recebeu o pelotão de … Continuar lendo

26 de março de 2021 · 34 Comentários

Microcontos 2021 – Coraline (Regina Ruth Rincon Caires)

[A4] O olhar aflitivo da criança, do lado de lá da cerca farpada da alfândega, cortava o sossego do agente. Estava ali por horas, no colo do pai, na noite … Continuar lendo

26 de março de 2021 · 33 Comentários

Microcontos 2021 – Beija-Flor (Jürgen Bohn)

[A2] “Eu tenho que sair dessa merda. Vejo só uma última chance. Agora ou nunca. Foda-se toda essa disciplina e as regras do capitão. Ou eu tento agora ou nunca … Continuar lendo

26 de março de 2021 · 34 Comentários

Microcontos 2021 – Pleistoceno Trupicão (Antonio Stegues Batista)

[A4] Poys, estando ocioso, eu Pleistoceno Trupicão, de profição fiscal de Alfândega, filio de Gregolino et Marcelina, escrevo pella primeira veiz pro Entrecontus.  Mandei as hystórias da mia pópria ideia … Continuar lendo

25 de março de 2021 · 35 Comentários

Microcontos 2021 – Mini Me (Cícero Lopes)

[A2] Negação e certeza Somam 12, os homens do pelotão de fuzilamento. Das espingardas, somente seis carregam balas de verdade, nas outras, festim. Tal ardil serve para preservar a consciência … Continuar lendo

25 de março de 2021 · 39 Comentários

Microcontos 2021 – A florista (Luciana Merley)

[A4] “Chegaram, pai, chegaram! A tia Alcina passou na alfândega.” “Uai! Mas e o Gerônimo?” “Ele não. O tio ficou preso lá porque não queria tirar o canivete da cintura.” … Continuar lendo

25 de março de 2021 · 70 Comentários

Microcontos 2021 – Eva N°3 (Jeff Silva)

[A1] Sentou-se mais uma vez no banco de praça tão velho quanto sua pele ressecada. Trinta primaveras esperando o grande amor perdido. Até o dia que o viu chegando. Levantou-se … Continuar lendo

25 de março de 2021 · 33 Comentários

Microcontos 2021 – Delonge (Fátima Heluany)

[A4] Quando o agente da alfândega indaga ao viajante: “Vodca, uísque, vinho…?”, estranhou a resposta: — Somente água, por favor. [B3]   De mãos dadas seguimos pela rua, depois da comida … Continuar lendo

25 de março de 2021 · 34 Comentários

Microconto 2021 – Segunda Via (Claudia Roberta Angst)

[A2] Sussurrou o último desejo. O comandante, ciente do seu dever, acatou. E em frente ao pelotão, deu-lhe o beijo com língua e sabor de morte. [A3] Não haveria outra … Continuar lendo

24 de março de 2021 · 41 Comentários

Microcontos 2021 – Emma (Thiago Castro)

[A1] Noite, farfalho, bombardeio colorante: roxo e vermelho.  Reinavam nas praças, sujando calçadas e carros, incomodando os enclausurados em câmeras e grades. O praguejar raiava com o dia, punham as … Continuar lendo

24 de março de 2021 · 52 Comentários

Microcontos 2021 – Sommelier de Chá (Maria Santino)

[A2] Subiram na montanha russa e entre gargalhadas o “Eu Te Amo” foi lançado. Estariam em pelotões diferentes, mas naquele momento a ideia de reciprocidade alimentava a vontade de brincarem … Continuar lendo

24 de março de 2021 · 33 Comentários