EntreContos

Detox Literário.

Avaliação – Desafio “Mitologias”

Caros entrecontistas e amigos, Agradecemos mais uma vez a presença de todos por aqui. No total 14 (catorze) contos inscritos para o último desafio do ano. É hora de avaliá-los – lembrando … Continuar lendo

Destacado · Deixe um comentário

Regulamento Desafio “Mitologias”

Seção I – Disposições Gerais Art. 1º A participação no Desafio “Mitologias” é totalmente gratuita. O certame é voltado para ESCRITORES que orgulhosamente sejam também LEITORES. Art. 2º Os interessados … Continuar lendo

Destacado · Deixe um comentário

As muralhas de Uruk (Shamash)

O vento fresco soprou no rosto do sumo sacerdote, anunciando o fim do verão e início da estação seca. Do ponto mais alto do zigurate dedicado ao deus Anu, observava … Continuar lendo

28 de novembro de 2021 · 3 Comentários

Inuit Nunaat (Inua)

– I – Quando tinha treze anos, uma professora perguntou qual era o maior orgulho de cada aluno da turma. Essa foi sua resposta: ter o mesmo nome do bisavô. … Continuar lendo

28 de novembro de 2021 · 6 Comentários

O Rei que da Morte Fugia (Sin-leqi-unnini)

A arca que mantivera toda a existência acima das águas destrutivas do dilúvio era agora uma montanha à parte na cordilheira em que Utnapishtim, seu construtor, passara a viver. Em … Continuar lendo

27 de novembro de 2021 · 1 comentário

Dandara (Mãe Bonifácia)

– Para que não sintam desânimo peço que o Pai Oxumaré, Senhor das cores e do arco-íris lhes traga a renovação. Já há 45 dias dentro daquele tumbeiro seus olhos … Continuar lendo

27 de novembro de 2021 · 6 Comentários

O Quinto Messias (Maurício)

Maurício entrou no hospital pela porta principal, como era seu hábito todos os dias exceto à segunda-feira, o seu dia de folga. Era um homem banal em todos os aspetos: … Continuar lendo

27 de novembro de 2021 · 3 Comentários

O caso do diabo funkeiro (Ubiratã Carlos de Jesus Chavez)

O sinal sonoro do elevador indicava a Chegada de Samuel no andar onde se situava seu escritório. Figura excêntrica em meio aos advogados e contadores que habitavam aquele prédio no … Continuar lendo

27 de novembro de 2021 · 3 Comentários

A guerra oculta (Nix)

Venho procurando por minha irmã há muito tempo. Procurei em todos os lugares em que ela costumava estar, falei com todos com quem ela costumava conversar, mas ninguém sabe dela. … Continuar lendo

27 de novembro de 2021 · 29 Comentários

A derrocada dos deuses (Nido)

Não é possível afirmar que ele tenha acordado. Nem há sinais de luta. Considera-se, pois, que foi golpeado enquanto dormia. Sua máscara facial mostra a boca retorcida e os olhos … Continuar lendo

19 de novembro de 2021 · 4 Comentários

Babel (Jaci)

Akkad parou sobre a elevação. Envolvido pelo silêncio, seu olhar deslizou pela vastidão da terra pardo-amarelada. A região devastada há séculos pela guerra entre Amonins e Enaquins, a raça dos … Continuar lendo

17 de novembro de 2021 · 4 Comentários

Ramiro Adotesilé (Lector)

Cecília secava as mãos e preparava-se para montar a mesa do jantar quando a campainha tocou. Chegava alguém de suma importância visto o súbito silêncio que contaminou os convidados; até … Continuar lendo

16 de novembro de 2021 · 5 Comentários

Kléos Andron (Giorgios W. Bush)

“Ira! Cante, Ó Deusa, sobre a Ira de Aquiles, filho de Peleu, que trouxe incontáveis dores aos Aqueus. Um homem corajoso que levou muitas almas ao Hades e fez de … Continuar lendo

15 de novembro de 2021 · 5 Comentários

Duas bocas, uma nojeira (Porco Dio)

Depois da transformação, assaltei o cofre da casa onde eu morava e fugi. Com muito dinheiro, passei um tempo imitando o que os outros faziam e vendo o que viam. … Continuar lendo

11 de novembro de 2021 · 11 Comentários

Édipa (Edipiana)

Os Olhos Abelardo era louco pela filha. Passava horas debruçado no berço, só olhando a pequena: “Não é linda? Não é a cara do pai?” De fato, o bebê se … Continuar lendo

11 de novembro de 2021 · 11 Comentários

A Princesa de Creta (Berenice)

Eu queria contar uma história de amor. Vocês vão gostar, eu espero. Porém, antes de começar, eu queria avisar a vocês que é uma história um pouco diferente do que … Continuar lendo

9 de novembro de 2021 · 8 Comentários

Um conto inesperado – Conto (Francisca Diogo)

O céu está limpo. Uma menina de 4 anos brinca na varanda com o pai. Tem a t-shirt dele vestida. O pai faz-lhe cócegas. Riem-se. Entram em casa. Ele dá-lhe … Continuar lendo

5 de novembro de 2021 · 1 comentário

Pós-Vida – Clássico (Stephen King)

Willian Andrews, um banqueiro de investimento, morreu na tarde de 23 de Setembro de 2012.Sua morte era esperada. Sua esposa e seus filhos já crescidos estão aos pés de sua … Continuar lendo

3 de novembro de 2021 · Deixe um comentário

Fabio D’Oliveira

Fabio D’Oliveira nasceu e cresceu no Rio de Janeiro, mas fugiu assim que criou coragem. Acabou caindo de paraquedas em Florianópolis, onde reside atualmente. Como? Nem ele sabe direito. Tão … Continuar lendo

30 de outubro de 2021 · Deixe um comentário

Devaneios Improváveis – Oitava Antologia EntreContos

Enfim, depois de um longo inverno, disponibilizamos aqui alguns dos contos que mais se destacaram em nossos desafios literários em 2020. O primeiro ano da pandemia não deixa de se … Continuar lendo

16 de outubro de 2021 · 1 comentário

A Morte do Vampiro (Zulmira Carvalheiro)

Eu sou psiquiatra. Ou costumava ser, antes de ter o meu registro cassado pela Ordem dos Psiquiatras do Brasil. Tudo começou quando minha secretária recebeu a ligação daquele homem que … Continuar lendo

13 de outubro de 2021 · 5 Comentários

A derradeira viagem – Conto (Regina Ruth Rincon Caires)

Três horas da tarde…  O sol escaldante de outubro, hoje, castiga mais que de costume. É um calor no limite do suportável, causa um imenso desconforto. Dentro do ônibus, com … Continuar lendo

11 de outubro de 2021 · 5 Comentários

Resultados do Desafio “Foras da Lei”

Olá, EntreContistas! Hora de anunciar as sentenças do desafio com maior índice de criminalidade por parágrafo quadrado da literatura brasileira. Abaixo vocês conferem as identidades por trás das bandanas e … Continuar lendo

10 de outubro de 2021 · Deixe um comentário

Avaliação – Desafio “Foras da Lei”

Olá, EntreContistas! Finalizada a primeira etapa, tivemos três contos que foram retirados do certame, pelos mais variados motivos: profissionais, tretacionais e desaparecimentais. Dessa forma, os seguintes textos já não constam … Continuar lendo

27 de setembro de 2021 · 20 Comentários

Jorge Santos

Nascido em 1971 em Santa Comba Dão, no centro de Portugal, Jorge Santos vai com três anos para a cidade de Braga. Leitor obsessivo, com uma paixão pelo Cinema, começa … Continuar lendo

22 de setembro de 2021 · Deixe um comentário

Resultado EntreMundos – Desafio “Monstruoso Mistério Alternativo”

Olá, viajantes! Entre monstros e mistérios, chegamos ao fim da segunda edição do nosso desafio alternativo. 🙂 E antes que nossos detetives saiam por aí correndo atrás de viúvas, vamos … Continuar lendo

19 de setembro de 2021 · 3 Comentários

Desafio Foras da Lei – 1ª Etapa

Importante: este é um post de instruções, não de avaliação; não poste suas notas aqui. . Olá, EntreContistas! Tivemos vinte e um contos inscritos no desafio. Os textos ficam numa área específica … Continuar lendo

13 de setembro de 2021 · Deixe um comentário

Imagine (Misael Pulhes)

Como foi que cheguei até aqui? A esse matagal. Costumavam dizer que eu era um sonhador. Quem me visse hoje acharia estranho o adjetivo. As coisas parecem ter saído do … Continuar lendo

13 de setembro de 2021 · 19 Comentários

Sob a Luz do Neon Roxo (Fabio D’Oliveira)

1. Naquele quartinho de motel, localizado numa esquina suja e esquecida, os dois podiam se amar. Sem julgamento. Sob o pisca-pisca ritmado da placa de neon roxo do estabelecimento vizinho, … Continuar lendo

12 de setembro de 2021 · 25 Comentários

Dia de sorte (Priscila Pereira)

Passada a adrenalina, suas mãos tremiam segurando a faca que ainda pingava sangue no chão. Sentado no sofá, na semi escuridão, Oscar tentava processar o que havia feito. Fechou os … Continuar lendo

11 de setembro de 2021 · 34 Comentários

O corretor (André Brizola)

A noite de quinta-feira estava perfeita. O céu, carregado de nuvens, escondia a lua, deixando tudo mais escuro e apropriado. As pessoas estavam fechadas em suas casas, fugindo da garoa, … Continuar lendo

11 de setembro de 2021 · 39 Comentários

Névoa (Wilson Barros Júnior)

Acordo cedo, mesmo quando não durmo. A manhã é a deusa que afugenta os pesadelos. Ergo-me do canto em que me encolhi, inquieta, com medo de passar algum homem. Acordo … Continuar lendo

10 de setembro de 2021 · 35 Comentários

Lei da Sorte (Marcia Dias)

Era noite quente naquelas bandas. Gente direita não dava o ar da graça nas ruas danadas de incerteza. Enquanto fumava, Roberto olhava da janela uma cena velha. Um menino aparentando … Continuar lendo

8 de setembro de 2021 · 22 Comentários

Ele não sabia quem era sonho e quem era pesadelo (Pedro Paulo)

Os homens naquela roda sabiam que os traços desenhados na terra pelos capitães não passavam de uma orientação dispensável, limitada a dizer por onde começar a atacar. Nenhum deles, mesmo … Continuar lendo

8 de setembro de 2021 · 47 Comentários

Meia dúzia (Claudia Roberta Angst)

 – Considere feito. Uma pausa quase dramática. O arfar da respiração entrecortada, os dedos tamborilando em superfície áspera e nodosa. – Aguardo o pagamento para prosseguir. Um acordo. Negócio acertado … Continuar lendo

8 de setembro de 2021 · 20 Comentários

Olê mulher rendeira (Felipe Lomar)

Mal subiu o sol para castigar o sertão por mais um dia e os pássaros de Angicos já saíam em revoada, assustados pelo barulho das metrancas. Também uma revoada de … Continuar lendo

7 de setembro de 2021 · 20 Comentários

Avaliação EntreMundos – Desafio “Monstruoso Mistério Alternativo”

Olá, navegantes! Finalizada a segunda etapa, tivemos mais quatro participantes que não postaram seus comentários a tempo. Talvez tenham sido devorados por algum monstro iletrado, ou parados em alguma blitz … Continuar lendo

6 de setembro de 2021 · 16 Comentários

Maria da Penha (Kelly Hatanaka)

Nelson mal podia acreditar na própria sorte. Da janela do café, apreciando seu capuccino, observava a mocinha que estava na calçada do outro lado da rua, encantado. Ela era seu … Continuar lendo

4 de setembro de 2021 · 37 Comentários

De volta a fogueira (Emanuel Maurin)

Mandei trazer a menina presa em um dos muitos cômodos de minha casa a fim de vendê-la a um destruidor de nação. Ela chegou silenciosa e triste; calçava um sapatinho … Continuar lendo

2 de setembro de 2021 · 20 Comentários

Pai nosso (Elisa Ribeiro)

Um tiro certeiro no peito, a mulher, pouco mais que uma garota, desaba em câmera lenta; no rosto, a expressão congelada, a meio entre o medo e o espanto. O … Continuar lendo

31 de agosto de 2021 · 20 Comentários

Nunca à terça-feira (Jorge Santos)

– Tem filhos, Sr. Celso? Celso abanou a cabeça. Estava a ficar farto de tantas perguntas. Queria apenas alugar um apartamento e aquele custava um terço do que costumavam pedir. … Continuar lendo

31 de agosto de 2021 · 22 Comentários

A Tragédia de Silvina Maria (Thiago Castro)

Ato I — Não vá se perder por aí, por essas bandas, veredas, traçando um descaminho, trombando a cada curva com um penhasco ou abismo, flertando com a sorte e … Continuar lendo

30 de agosto de 2021 · 21 Comentários

Esporas de Prata (Antonio Stegues Batista)

Levada pelo vento, uma touceira de capim seco rolou pela rua de chão batido, precedendo a entrada de um cavaleiro no povoado. Ele parou em frente ao bar, apeou, amarrou … Continuar lendo

29 de agosto de 2021 · 30 Comentários

Um Quilo e Meio de Pão (Angelo Rodrigues)

Quando parei a picape na bomba de diesel, saiu do posto uma morena grande vestindo um uniforme azul sujo de graxa. Lenta e cerimoniosa, ela dançava dentro da roupa, bem … Continuar lendo

29 de agosto de 2021 · 20 Comentários

Dia de Trabalho (Jowilton Amaral)

Eu sou o negro gato, eu sou o negro gato. Acordei com essa canção em minha cabeça. Fui beber água cantarolando-a. A boca estava seca, a língua igual a uma … Continuar lendo

28 de agosto de 2021 · 21 Comentários

Em cruz ilhada (Luciana Merley)

Gente de muita fé habitava aquelas cercanias do Brejeiro Bravo. Nome esse mais sem razão de ser, ao menos por se considerar a prevalência da seca, cuja sede tinha que … Continuar lendo

20 de agosto de 2021 · 22 Comentários

Regulamento do Desafio “Foras da Lei”

Bem-vindos ao Desafio Foras da Lei! I – Inscrições O desafio é aberto a quaisquer escritores que sejam, com igual orgulho e dedicação, leitores. Para participar basta enviar um conto inédito, abordando de forma livre o tema Foras … Continuar lendo

15 de agosto de 2021 · 3 Comentários

[EM] Desafio Monstruoso Mistério Alternativo – 1ª Etapa

Importante: este é um post de instruções, não de avaliação; não poste suas notas aqui. . Olá, pessoas! Tivemos nada menos do que vinte e oito contos inscritos nesse desafio … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · Deixe um comentário

[EM] Juruparitinga (Kelly Hatanaka)

Planalto de Piratininga, 1621. Constância estava seguindo o rastro do monstro há três luas. Sem descanso, sem parada e obstinadamente, embora, de fato, ela não tivesse alternativa. Sem nada nem … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 37 Comentários

[EM] O estúpido monstro da estupidez (Jorge Santos)

1 O Rui entrou em casa a correr, como era seu hábito. Mesmo quando estava doente, nunca parava de correr. Abraçou-me como se já não me visse há mais de … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 21 Comentários

[EM] O caso da garota desaparecida e dos animais possuídos (Priscila Pereira e Antonio Stegues Batista)

─ Então, você não está magoado? ─ É claro que estou triste pelo fim do nosso relacionamento. Mas eu entendo. Não posso obrigar você a me amar. Chamei você para … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 18 Comentários

[EM] Dragão de Casa (Maquiam Silveira)

Certa noite, apareceu no meu jardim um pequeno dragão cinzento. Pequeno para sua espécie, pouco maior que um cão de caça. Escamas desencaixando, orelhas e asas despedaçando nas pontas, garras … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 19 Comentários

[EM] Cela 73 (Thiago de Castro)

— Havia um monstro no Ubirajara Galhardo.  — Assim julga a sociedade – ameaçou anotar algo no bloco de notas, já com enfado – Para ela, todos os detentos são … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 35 Comentários

[EM] Marcas no asfalto (Felipe Lomar)

Aqui estou eu, tentando escrever minhas memórias, como me pediram. Não entendo esse povo, o que a vida de um detetive aposentado desde 2049 tem de interessante. A tela do … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 19 Comentários

[EM] Cem Megahertz (ou Teoria do Campo Unificado aplicado à campos magnéticos variáveis no tempo) (Victor O. de Faria)

Dizem por aí que, se uma borboleta bater as asas no Oceano Atlântico, um tornado de proporções gigantescas atingirá o Oceano Pacífico. Para Seu Nonato, bastava uma ideia. I. — … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 18 Comentários

[EM] Felicidade Plus™ (Rubem Cabral)

Eu a avistei, esperando na esquina às 19 UTC-3, conforme combinamos no aplicativo. Sorte que saí mais cedo da Colmeia-Hotel; estou há duas semanas a trabalho fora de Cidade Modelo … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 20 Comentários

[EM] A ordem dos 13: Universo paralelo (Bruno Tavares)

Do outro lado da rua, Douglas percebia algo estranho acontecer; muito  incomodado. — Isso é algum tipo de piada? — Questionava-se, confuso. Um estranho, acenava e fazia gestos diversos o … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 21 Comentários

[EM] O lugar da adaga (Simone Lopes Mattos)

Preciso contar, dividir, e espero que vocês me digam que não aconteceu, que foi um pesadelo, um delírio, e quem sabe eu acredite. Vou começar pelo dia perfeito, leve e … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 19 Comentários

[EM] Carta de um sobrevivente. De um futuro não muito distante… (Aline Cruz)

O dia foi longo. Por sorte, nenhum MORB apareceu por aqui hoje. As vezes eles aparecem em bando e é difícil escapar ileso. Obesos, de pele queimada pelo sol, polegares … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 19 Comentários

[EM] Cidade do Nevoeiro (Antonio Stegues Batista)

Danilo dirigia tranquilo o seu velho Ford pela estrada revestida de concreto. Depois de vender suas mercadorias, voltava para casa em Riacho Grande. Entardecia e ele calculava que chegaria a … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 19 Comentários

[EM] Só de passagem (Jowilton Amaral)

O único sinal de vida que Plínio viu ao descer do carro foi o zanzar de dois cachorros que se revezavam em cheirar o cu um do outro, no meio … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 20 Comentários

[EM] O Cemitério de Cabos USB (Nelson Danilo)

— Airon Mendes De Souza, número de registro 749288, dígito 6. — Identificação confirmada – respondeu a máquina. – Por favor, insira sua matéria-prima e escolha uma opção. Airon soltou … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 18 Comentários

[EM] Um acidente, um morto e muita coisa por explicar. (Ana Maria Monteiro)

— Caramba! O homem deu um pulo para trás no momento em que quase era atropelado por um automóvel que ia a passar. Dentro do carro, o condutor vociferava qualquer … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 19 Comentários

[EM] O Caso Tituba Indian (Angelo Rodrigues)

O sermão do reverendo Samuel Parris, naquela manhã de sábado, advertia os paroquianos da Vila de Salem contra as oportunidades que o Diabo busca para lançá-los em direção ao pecado. … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 19 Comentários

[EM] Um de nós (Anderson Prado e Thiago de Castro)

1 Pés à correta distância, joelhos levemente vergados, mãos no taco e olhos na bola. — Vai, lança! — Miguel grita, desafiador. Pequena assim é a Vila do Carmo, onde … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 30 Comentários

[EM] Vingança (Angelo Rodrigues)

Amadeo Paduano venerava a Igreja de São Pedro dos Clérigos, até decidirem colocá-la abaixo para dar lugar a uma grande avenida. Levaram embora as portas barrocas, a talha rococó do … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 18 Comentários

[EM] Luz e Sombra (Ana Maria Monteiro e Jorge Santos)

1 Rodrigo Pato acordou às 7 horas em ponto, como era seu hábito. Tomou banho, comeu alguma coisa. Fumou o seu primeiro cigarro e preparou-se para enfrentar o trânsito citadino. … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 18 Comentários

O chapéu de passeio do meu avô – Conto (Regina Ruth Rincon Caires)

Naquele último mês, na vila não se falava em outra coisa. Desde que a notícia chegara através do serviço de alto-falante, tornou-se a motivação da vida de todos os moradores. … Continuar lendo

6 de agosto de 2021 · Deixe um comentário

Jardim de Delícias – Conto (Zulmira Carvalheiro)

Quando adoeceu o pároco da única igreja daquela cidadezinha, o médico escreveu uma carta à irmã do enfermo pedindo-lhe que viesse ajudar. Dona Amora era viúva, costureira, e tinha uma … Continuar lendo

29 de julho de 2021 · 1 comentário

Resultados do Desafio Minicontos 2021

Olá, entrecontistas. Chegamos ao fim de mais um desafio. A tabela abaixo revela as autorias dos contos de ambos os grupos (os nomes em vermelho são dos autores eliminados por … Continuar lendo

25 de julho de 2021 · 6 Comentários

Minicontos 2021 – Finalistas

Hora de conhecermos nossos finalistas. Abaixo, os cinco melhores colocados de cada grupo, em ordem alfabética: . Grupo Chihuahua Estou indo embora Peixes Dourados Quando o adeus não machuca Um … Continuar lendo

19 de julho de 2021 · 20 Comentários

Minicontos 2021 – Avaliação – 1ª Fase

Olá, EntreContistas! Tivemos nada menos do que 44 (quarenta e quatro) minicontos inscritos no nosso desafio-relâmpago! O que mostra que as pessoas realmente gostam desse negócio de concisão. Eu não … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 41 Comentários

A angústia da procrastinadora na hora dos deadlines (Ana Maria Monteiro)

Oh, bolas! O prazo termina hoje e ainda nem pensei nisso. Felizmente, a tarefa não é de grande monta. “Mas teria sido bom (ao menos) pensar antes em como iria … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Diversão (Maria Alice Zocchio)

Os irmãos se sentem livres quando a mãe está absorvida pelo calor do ferro e a perfeição dos vincos. Desligam a TV, abrem armários, gavetas, o guarda-roupas e os objetos … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 23 Comentários

Voo cego (Catarina Cunha)

— Alberto, ela começa um assunto emendando no outro, vários projetos incompletos e sabem-se lá mais quantos esquecidos. Decididamente enlouqueceu. — Claro que não. É o jeitão dela. — O … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 35 Comentários

Para sempre (Giselle Fiorini Bohn)

– Eu sinceramente não sei pra que vocês me chamaram aqui. Já foi, acabou. Se me arrependo? De jeito nenhum. Faria tudo de novo. Pior seria viver sabendo que poderia … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 21 Comentários

Peixes Dourados (Andre Brizola)

– Não farei isso! Não assim. Não é hora, ela é muito nova! – Não existe idade certa para isso, tem que aprender logo. Você devia ter pensado nisso quando … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 33 Comentários

É lógico! (Jowilton Amaral)

— Ei, Gordo, por que você acha que eu e a Taís terminamos? — Você chifrou ela e ela soube, ora! — Mas, você acha mesmo que esse foi o … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Marcas de expressão (Giovani Roehrs Gelati)

Apareceu a notificação no celular: era aquele cara que eu odiava aos 20 e poucos anos. Tinha a audácia de me enviar um convite de amizade! Ainda que eu negasse, … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 24 Comentários

Pedro Pedreiro (Antonio Stegues Batista)

Pedro desperta às 6:30 da manhã. Muda de roupa. Prepara a marmita, feijão, arroz, um ovo, um pedaço de linguiça, duas bananas. Coloca na mochila. Pega o ônibus. Quarenta minutos … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 29 Comentários

Não tema (Kelly Hatanaka)

— Não sei sobre o que escrever. — Qual o tema? — Livre. — Ah, então é fácil! Se é livre, você pode escrever sobre tudo o que quiser. — … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 22 Comentários

Quase (A. Capelli)

A menina urgente tinha pressa. As horas passavam lentas, os dias eram meses e ao fim de um mês era como se houvesse se passado uma década. Dormia estática a … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 27 Comentários

Quando o adeus não machuca (Regina Ruth Rincon Caires)

Dia sim, dia não, a peleja se repetia. De casa, até pisar na estação do trem, era um bom pedaço, e eu sempre chegava esbaforido. Esperava o trem iniciar o … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 33 Comentários

Estou indo embora (Fernanda Caleffi Barbetta)

O habitual beijo, aguardado nos lábios, foi desviado para a testa, e aquele gesto, após os demais que a vinham inquietando, pareceu-lhe o derradeiro. Desfez o bico seco e o … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 36 Comentários

O especialista (Elisa Ribeiro)

Viam-se todas às terças e sextas. Ela, ainda de dentro do ônibus, o olhar atraído pela estranheza de sua figura, caminhando solitário na areia. Ele a acompanhava com a respiração … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 22 Comentários

A fotografia (Angelo Rodrigues)

Havia chegado o dia em que Melinda faria a fotografia que marcaria a sua infância, e ela desejou tirá-la sob uma acácia florida que havia nos jardins de sua casa. … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 21 Comentários

As Tramas Delicadas do Coração (Iolandinha Pinheiro)

Jorge acordou antes de terminar a sesta do domingo. Foi até a porta e olhou para o vasto terreno que cercava a casa. Tudo parecia normal a não ser por … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 29 Comentários

Nuances (Natália Koren)

O vestido era amarelo e sem graça. O sorriso também. Não conseguia entender aquele lugar. Como podia ser cidade grande quando tudo era tão pequeno? As ruas estreitas, o apartamento … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 29 Comentários

Sol que me guia (Amarelo Carmesim)

Sol, que no batismo foi chamado Marcelo, caminha só pela pantanosa região do que já foi o planalto ao redor do monte Roraima, seus passos firmes demonstram a musculatura de … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 19 Comentários

Ciclo (Maria Santino)

A escuridão do velho casebre foi quebrada pela faísca e chama do fósforo a acender o cachimbo nos lábios da idosa. Lampejos em prévia de tempestade adentraram pelas frestas sendo … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 26 Comentários

Anathema (Matheus Pacheco)

-AMÉM! -Amém. -amém?

5 de julho de 2021 · 24 Comentários

O Inquérito (Paulo Luís Ferreira)

Aquilo só podia ser brincadeira. Mas não era. Os homens adentraram a casa sem, nem sequer, pedir licença e se instalaram, esparramados pelo sofá, sem demonstrar a mínima expressão de … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 25 Comentários

Desconectado (Elisabeth Lorena Alves)

Não há o que fazer quando alguém quer criar e a Literatura e a Tapeçaria se interpõem em seu caminho. Nem mesmo a paisagem bucólica ajuda. E é fácil se … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 38 Comentários

Um javali por dia (Victor O. de Faria)

“Haviam um mundo em que um javali gigante habitava densas florestas de pinheiros e sequoias”. — De que tamanho era o javali, papai? – Indagou a menina curiosa. — Bem, … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 33 Comentários

Sonhos lúcidos não saem da sombra (Rafael Carvalho)

Chegou do hospital gritando por Alice, mas lembrou que sua filha não estava em casa. Deveria estar brincando com alguma boneca idiota na casa da amiga.  “Drª Marion, troca de … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Verão de 2020 (Anderson Prado)

Aprendemos a estar juntos. — Filho, silêncio. Seu pai está trabalhando. A dividir espaço. — Ei, Guilherme, na mesa não. Seu irmão está estudando. A ser devagar. — Já falei … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 24 Comentários

O Expresso Fantasmão (Welington Pinheiro)

Te segura que lá vem ele, o Expresso Fantasmão. Todo preto, chei’de marra; sem luz, sem buzina; lá vem ele à toda, cavalgando endiabrado na buraqueira do morro. Não é … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 45 Comentários

Viagem aos seios de Catharina (Thiago de Castro)

O pastor Adalberto escutava, em sua sala, reclamações de um casal.  — Estou cansado.  — Do meu esforço na cozinha, das crianças? — Faz seis meses que a gente não… … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Pausa para o lanche (Felipe Lomar)

Às vezes, é necessário parar e refletir no que acabou de acontecer. Não faz nem quinze minutos, com uma fome danada e uma ansiedade que não permitiam concentrar nos processos, … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 19 Comentários

Esta noite nós somos jovens (Dayanne Pinheiro)

– Está linda, bebê! – disse minha mãe com lágrimas nos olhos. – Ah, lembro como se fosse ontem, o dia da minha formatura… Eu era tão jovem… A pele … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 31 Comentários

Na Quebrada (Fabiano Sorbara)

“Mais um pouco era outro CPF cancelado” Seu raciocínio pulsava. “Se não fosse esses coxinhas ramelão terem brotado do nada ia ser escamas daquele maldito voando pra tudo que é … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 22 Comentários

Bodas, bolhas finas (Simone Lopes Mattos)

Enquanto entravam, a mulher apoiava-se no braço do marido. Havia tempos que não usava saltos, mas escolhera o único sapato que escondia as unhas. Ele corria os olhos pelo ambiente … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

Provérbios 11:18 (Júlio Alves)

Minha língua varreu a casa de Deus, e agora me encaminho para a dos homens. Vim em riscos na noite que faiscaram e soçobraram por instantes, mas que reavivaram; vim, … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 43 Comentários

Pinto caído (Emanuel Maurin)

— Marcos, tenha calma e relaxe, vai levantar… — murmurou Anita: — se você ficar chacoalhando, o bicho vai morrer de vez. E numa tentativa desesperada, beijou o pinto caído. … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 20 Comentários

O dia em que Jessie não foi ao parquinho (Ana Carolina Machado)

Jessie sempre chegava no parquinho com alguma história para contar. Ela era a mais sorridente e falante do nosso grupinho que sempre se reunia de tarde para brincar no parquinho … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 24 Comentários

Será, amor? (Luciana Merley)

Tiro o termômetro da boca, confirmo o trinta e seis ponto zero e alguma coisa, mostro-lhe o relógio e nós fazemos amor. Lépido, ele, no meio da terceira semana de … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 40 Comentários

Praga na vizinhança (Claudia Roberta Angst)

Já tendo ultrapassado meio século de existência, Carmella revela-se mais um caso de beleza tombada pelo tempo. Esse, no entanto, não é de longe o seu maior problema. Não parece … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 26 Comentários

A prostituta da esquina – Conto (Jeff Silva)

Mas, minha linda, hoje não será Ainda o dia em que seremos felizes O Dia Em Que Seremos Felizes – Ludov A prostituta da esquina urina agachada sob a cobertura … Continuar lendo

3 de julho de 2021 · 3 Comentários

Quando Ismália enlouqueceu – Conto (Dayanne Pinheiro)

Ismália estava em um estado de semiconsciência, mas naquele pesadelo podia ouvir pastosa e lentamente: – O valor é este. Cuidaremos de tudo, não se preocupe. – Tem certeza? Não … Continuar lendo

2 de julho de 2021 · 6 Comentários

Telegrama – Poesia (Felipe Lomar)

Oi, minha queridaJá tem muito tempo que escrevoHá muito não tenho respostaEstá tudo bem por aí?Ja desde que foste emboraNão tenho notícias de tiInesperada partida… É inútil esconderQue de noite … Continuar lendo

1 de julho de 2021 · 2 Comentários

O canto do Orixá – Conto (Fernanda Rodrigues)

“Era como se todo o tempo e a injustiça e a dor se tornassem audíveis por um momento graças a uma conjunção dos planetas.”William Faulkner – O som e a fúria … Continuar lendo

30 de junho de 2021 · 2 Comentários

Bença, mãe – Conto (Priscila Pereira)

—  Mãe, tá me ouvindo? Tô aqui com a senhora agora, pelo menos uma horinha por dia. Tenho certeza que pode me ouvir. Aperta a minha mão, vai. Tenta, pelo … Continuar lendo

29 de junho de 2021 · 28 Comentários

Uma rosa para Daiane – Conto (Zulmira Carvalheiro)

Amanhã é o último dia de aula. Acabou o curso. Quem foi aprovado, muito que bem. Quem não foi, já era. Agora só quero o meu certificado. Festa de formatura? … Continuar lendo

28 de junho de 2021 · 13 Comentários

Regulamento do Desafio Minicontos 2021

Bem-vindos ao Desafio Minicontos 2021! I – Inscrições O desafio é aberto a quaisquer escritores que sejam, com igual orgulho e dedicação, leitores. Para participar basta escrever um miniconto inédito, com tema livre, e enviá-lo para … Continuar lendo

27 de junho de 2021 · 21 Comentários

Regulamento EntreMundos – Desafio “Monstruoso Mistério Alternativo”

Bem-vindos à segunda edição do Desafio EntreMundos! I – Inscrições O Desafio EntreMundos é um espaço para a literatura de gênero, voltado para contos de Ficção Científica, Fantasia, Horror e seus diversos … Continuar lendo

26 de junho de 2021 · 3 Comentários

História de um casamento – Conto (Júlio Alves)

Mana, foca aqui: tamo em dois mil e vinte e um, e ela é assim, né, santa do verde-amarelo, mas lá atrás, no antigo dois mil e treze, dois mil … Continuar lendo

24 de junho de 2021 · 9 Comentários

Fome – Conto (Thiago de Castro)

As moedas no bolso, quando há, têm destino quase certo: músicos de rua. Dois peruanos tocam seus instrumentos, eu novamente no metrô. Alguns passageiros são fisgados, outros interrompem a conversa, … Continuar lendo

23 de junho de 2021 · 11 Comentários

Sementes Ruins – Conto (Angelo Rodrigues)

Acredito que o demônio more por um longo tempo no corpo das crianças. Cansado de doces e mimos, ele as deixa em paz, então elas crescem e dão rumo à … Continuar lendo

22 de junho de 2021 · 10 Comentários

Thiago de Castro

Thiago de Castro nasceu e cresceu em São Paulo. Formado em História, trabalha em bibliotecas e espaços culturais desde 2012. Publicou seu primeiro livro de contos em 2019 (Aurora, Editora … Continuar lendo

21 de junho de 2021 · 6 Comentários

Resultados do Desafio “Artes”

Olá, EntreContistas! Chegamos ao fim do desafio mais artístico da história da internet brasileira – porque artista que é artista tem que dar uma valorizada na sua obra. Tivemos dois … Continuar lendo

20 de junho de 2021 · Deixe um comentário

Resultado EntreMundos – Desafio “Fim do Mundo”

Olá, seres fantásticos! Chegamos ao fim da nossa primeira jornada no Desafio EntreMundos. Infelizmente, tivemos um alto número de eliminações por falta de comentários: onze. 😦 Mas dezesseis valentes sobreviventes … Continuar lendo

13 de junho de 2021 · 7 Comentários

Avaliação – Desafio “Artes”

Olá, EntreContistas! Tivemos 19 (dezenove) contos inscritos no desafio; dessa forma, conforme o regulamento, o certame se desenvolverá em apenas uma etapa. Abaixo, alguns lembretes importantes: — Cada participante deverá … Continuar lendo

26 de maio de 2021 · 20 Comentários

Fardos e Sonhos (Fátima Heluany)

A palavra exata: determinação. Eu diante do computador, determinada a construir um universo com uma ideia que pairava inofensivamente: um pequeno beija-flor, que só queria me ajudar. E eu martelava … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 21 Comentários

As caras do Clube (Luciana Merley)

Quando Zeca deparou-se com a própria cara na capa de um disco em Macaé, teve a impressão de que a vida mudaria para sempre. Diante do vinil de capa bonita, … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 21 Comentários

A Face Oculta (Antonio Stegues Batista)

Baseado em histórias reais. Vincent olhou-se ao espelho. Resolveu fazer a barba quando voltasse para casa. Após beber um gole de absinto, guardou a garrafa no bolso do jaleco, acendeu … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 22 Comentários

O eclipse do coração (Fernanda Caleffi Barbetta)

— Once upon a time I was falling in love, but now I’m only falling apart. — Nossa, que brega, Julia. — There’s nothing I can do, a total eclipse … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 19 Comentários

Seus olhos ainda não sabem ver (Pedro Paulo)

O dia em que conheceu Arthur Bispo do Rosário ficaria para sempre marcado na memória de Rosana. Como ele, ela havia resistido quando a imobilizaram com a camisa de força … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 39 Comentários

96kHz/24bit (Daniel Reis)

O céu ainda não havia escurecido totalmente sobre Tel Aviv quando o homem do violino apertou a campainha da porta na entrada lateral do estúdio de gravação, anunciando sua chegada. … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 20 Comentários

O cativo da sorte (Luís Fernando Amâncio)

Acredito que o café faça sucesso no mundo todo devido ao seu cheiro. O aroma que o pó exala enquanto a água o atravessa, ardente, pelo coador, se aproxima da … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 20 Comentários

Ode Poética Moderna (Jorge Santos)

Este é um dos grandes segredos da vida: curar a alma através dos sentidos, e os sentidos através da alma. “O retrato de Dorian Gray”, Oscar Wilde Dizem que a … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 20 Comentários

A Outra Versão (Claudia Roberta Angst)

Não era muita coisa, de fato, nada que despertasse o seu interesse.  Alguns panfletos, propaganda diversa, contas já pagas e esquecidas. Uma única carta de teor pessoal que trazia o … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 25 Comentários

Bento Gonçalves (Anderson Prado)

Às vezes me pergunto se em algum momento se arrependeu das tão repetidas palavras: ─ Vai estudar, sim, senhora! Talvez no dia em que me viu partir e, dirigindo-se à … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 37 Comentários

Vida Arteira (Regina Ruth Rincon Caires)

Num espreguiçar sem fim, entreabriu os olhos e percebeu que ainda era noite. No morno da cama e perdido no aconchego acetinado dos lençóis, avistou apenas uma réstia prateada que … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 24 Comentários

Cores do Caos (Leonardo Philipe)

Eu vi o nascimento das cores, e elas só nasceram porque eu vi. Preta e branca não foram criadas, sempre estiveram lá. Quando eu fechava os olhos, era preto; quando … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 22 Comentários

A Arte Alheia (Cicero Christino)

Na ocasião em que um grupo de investidores foi recepcionado para avaliar a viabilidade de assumir a concessão do velho museu da cidade, eu, enquanto funcionário lotado no departamento de … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 21 Comentários

Beleza (Giselle Fiorini Bohn)

– Ainda não entendi por que a gente precisou vir aqui. – Porque eu tenho uma coisa pra te falar. – E não podia falar lá em casa? – Não. … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 20 Comentários

Jonas Emerge (Mauricio Piza)

Comecemos, então, com um telefone tocando. Mas qual deles? Comecemos primeiro com aquele tocando insistente em Nice, na França, numa manhã luminosa de 1924. Sim, exatamente este. Este que soa … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 19 Comentários

Manuscritos de um Motorista de Aplicativo (Thiago Castro)

Cena 1 — Nem todo filme precisa começar em movimento. Pode ser brando, desde que ponha o espectador na história. — Na direita. — Criar uma ideia de urgência, que … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 45 Comentários

O deus velho (Kelly Hatanaka)

Era uma vez uma mulher normal, assim, sem nada demais. Ela vivia seus dias numa grande cidade cinza cheia de torres altas, onde o tempo corria de um jeito diferente. … Continuar lendo

24 de maio de 2021 · 40 Comentários

Regulamento do Desafio “Artes”

Bem-vindos ao Desafio Artes! I – Inscrições O desafio é aberto a quaisquer escritores que sejam, com igual orgulho e dedicação, leitores. Para participar basta escrever um conto inédito, abordando de forma livre o … Continuar lendo

2 de maio de 2021 · 3 Comentários

Avaliação EntreMundos – Desafio “Fim do Mundo”

Olá, pessoas! Tivemos trinta contos* inscritos nessa primeira jornada fantástica do Desafio EntreMundos. Um excelente início. 🙂 Agora é o momento de ler, comentar, analisar e votar. Lembrando que é obrigatório que os … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 20 Comentários

[EM] Palavras ao vento (Jeff Silva)

Eu amo John, mas ele é uma pessoa complicada. A velha fazenda foi o resultado da soma insana dos medos dele. Nunca partilhei dessa paranóia obsessiva, pois a única coisa … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 31 Comentários

[EM] Loteria do Fim do Mundo (Davenir Viganon)

Não seja aquele garçom. Era o mantra que repetia há bastante tempo. Sempre que o pessoal do trabalho abria um bolão acumulado da loteria, no fim do ano, eu corria … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 27 Comentários

[EM] Foi Panc (Marcia Dias)

     O jardim da casa azul  foi construído por uma mulher que dependia de tarja preta para dormir e muita cafeína para acordar. Uma vez, ela recebeu uma muda de … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 32 Comentários

[EM] O fim daquele pequeno mundo lilás (Ana Carolina Machado)

Abriu os olhos e viu-se cercada por uma suave névoa lilás, em um lugar que não conhecia. Não lembrava do passado e tinha dificuldade de firmar o passo naquele presente … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 26 Comentários

[EM] 12:44 – A Hora do Fim (Antonio Stegues Batista)

Astrônomos do observatório astronômico Athena, descobriram um meteoro escapando da orbita solar e se dirigindo em colisão com a Terra. Calcularam o tamanho, a rota, o horário e o local … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 25 Comentários

[EM] Gênesis (Dayanne Pinheiro)

Eu estava acordado. Primeiro foi um pequeno impulso reflexo no meu polegar direito, e a consciência disso. Fiquei um tempo até que minha mente constatasse esse pequeno, porém surpreendente fato: … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 25 Comentários

[EM] Contagem Regressiva (Luís Fernando Amâncio)

1. O sistema de ar-condicionado da caminhonete até se esforçava. Ainda assim, o calor do Mato Grosso era demasiado para um veículo antigo. Sentindo-se sufocado, Raon abriu as janelas de … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 26 Comentários

[EM] O Poema de Kalidasa (Victor O. de Faria)

“Cuida deste dia! Ele é a vida, a própria essência da vida. Em seu breve curso Estão todas as verdades e realidades da tua existência: A bênção do crescimento, A … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 24 Comentários

[EM] Nem as flores restaram (Natália Koren)

Mexendo a colher na tigela, ele imaginava se a mistura ia prestar. Ao começar o preparo, ainda tinha todos os ingredientes, mas agora a ideia de fazer um bolo parecia … Continuar lendo

1 de maio de 2021 · 26 Comentários