EntreContos

Literatura que desafia.

O Gambuzino dos Meus Sonhos – Conto (Benjamim Nkadi)

Quando a luz do luar tornava a escuridão da noite acesa, e quando todos nós nos sentávamos ao ar livre, sobre o nosso luando velho, avó Maria gostava de contar-nos … Continuar lendo

30 de junho de 2017 · 6 Comentários

Devaneios Improváveis – Quarta Antologia EntreContos

Mantendo a tradição, reunimos num único volume os contos que se destacaram nos desafios literários no ano que passou. Com temas variando de Fantasia a Realidade Histórica Alternativa, além de … Continuar lendo

29 de junho de 2017 · Deixe um comentário

A Cartomante – Conto (Ana Lopes)

A movimentação na rua já não estava tão intensa. Eram três da tarde da última semana de outono. O sol tímido tornava ao dia prazeroso e calmo. Aurora saiu de … Continuar lendo

28 de junho de 2017 · 6 Comentários

A terra que nos deram – Clássico (Juan Rulfo)

Depois de caminhar tantas horas sem encontrar nem uma sombra de árvore, nem uma raiz de nada, ouve-se o ladrar dos cachorros. A gente às vezes chegava a pensar, no … Continuar lendo

27 de junho de 2017 · 6 Comentários

Ranking Jun/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Imagem 2, vulgo JAVALI? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com … Continuar lendo

26 de junho de 2017 · 1 comentário

Resultados do Desafio Imagem – 2017

Caros EntreContistas, Um desafio que já nasce Cult. Sessenta e duas versões sobre a imagem de Alex Timmermans, com abordagens criativas, surreais, literais, políticas, românticas, bélicas e espaciais para nunca mais … Continuar lendo

24 de junho de 2017 · 11 Comentários

Avaliação – Desafio Imagem 2017

Caros EntreContistas, Agradecemos mais uma vez a presença de todos por aqui. No total, 62 (sessenta e dois) contos sobre o nosso Javali. Nunca na história da literatura um bicho foi tão homenageado. … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 50 Comentários

Antiga Jornada (Olisomar Pires)

“O javali  é  o  lobo  do  homem:  quem  domina  o  javali,  domina o mundo.” Na principal entrada da cidade, sobre o grande arco que guardava o pesado portão de madeira … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 92 Comentários

O Crepúsculo dos Homens (Lucas Maziero)

O homem montado num enorme javali avançava resoluto vulcão acima e o caçador ia atrás. O mundo seguiu adiante desde o cataclismo. Não havia quem se lembrasse de há quanto … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 68 Comentários

A Felicidade (Evandro Furtado)

Fitou, da sacada, a curiosa imagem. O homem, de aspecto curioso, cruzava a avenida em meio à multidão. O som de cuícas e tambores lhe incomodavam. Talvez, incomodasse ao outro … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 56 Comentários

O Javali e eu (Ana Maria Monteiro)

Não me recordo bem do acidente. Foi tudo muito repentino. E depois parecia que o mundo tinha desabado. “Será que acabou?” Acordei nesta espécie de floresta tendo ao meu lado … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 67 Comentários

Vagante (Gilson Raimundo)

Não se pode precisar quanto tempo faz, nem qual versão da história seria a mais fiel. Quando alguém a conta, ela se altera segundo a empolgação do narrador, uns adicionam … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 53 Comentários

Um recorte sobre bestialidade: mestre, fera e regresso (Luis Guilherme)

Exausto, chegou à entrada do túnel acompanhado de seu servo. Juntos, javali e homem respiraram longamente. “Floresta inóspita do inferno” – resmungou mentalmente, rabugento. Nas últimas doze ou treze horas, … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 59 Comentários

Já! (Jorge Santos)

Henrique vivia naquela pequena cidade do sul de Itália há 22 anos, o que é o mesmo que dizer que ali passara toda a sua existência. Era um rapaz calmo, … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 56 Comentários

A Menina na Cadeira de Balanço (Jowilton Amaral)

Nota do Autor: Esta é uma história verídica. Advirto, porém, que alguns fatos narrados podem não corresponder com a realidade palpável que conhecemos.                                                      ***   O automóvel movia-se velozmente … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 57 Comentários

O Homem-Porco (Sabrina Dalbello)

Quando acordei, estava tonto e minha cabeça pesava um milhão de quilos. Eu não conseguia me lembrar de quando fui dormir e nem sabia porquê havia acordado ali. Senti um … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 68 Comentários

Porcus Erectus (Milton Meier Junior)

No verão de 1916, faltando mais de um ano para o término da Grande Guerra, soldados alemães cercaram um vilarejo na região do Drôme, na França. Suas ordens eram procurar … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 71 Comentários

História de Taverna (Marco Piscies)

A taverna estava lotada naquela noite. Uma acalorada discussão transcorria entre os sete clientes, todos homens, alguns ouvindo e bebendo, outros proferindo barulhentas bravatas. Entre eles estava Hephew, um jovem … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 55 Comentários

Baedd, meu javali (Fernando Cyrino)

Sentia raiva quando observava o Senhor Dolesaux e os ajudantes na montagem da armadilha para os javalis. Naquele verão, em poucas noites, uma área considerável da plantação de batatas fora … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 121 Comentários

Avalac (Higor Benizio)

”E quando acaricio a cabeça do meu cão, sei que ele não exige que eu faça sentido ou me explique.” Clarice Lispector   1   Charlotte ajudava a mãe com … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 57 Comentários

Java 1.7 Linux (Roselaine Hahn)

O alazão atravessou o deserto em desatino galopante. O vento reboja do norte desenhando linhas sinuosas na areia. No desfiladeiro de Mountain Bike, o silverado ultrapassou o mensageiro da morte, … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 79 Comentários

O Aviador e o Javali (Juliana Calafange)

Quando eu era criança, meu pai vivia contando histórias de uma figura que morava em Pouso Alto, sua terra natal, no interior de Minas Gerais. Eu nunca tinha ido a … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 69 Comentários

Eles não gostam de porcos (Victor Lachowski)

I Dor. No início era apenas dor, e escuridão. Tentou mover o braço direito, tamanho foi o rasgo que sentiu que parou. Onde, quando e por que eram apenas perguntas … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 56 Comentários

O Colecionador (Evelyn Postali)

No começo, a criatura olhou-o desconfiada, mas o cheiro da cachaça e a consciência de ser, aquilo, uma corda de tabaco, a atraiu para perto da acanhada fogueira. Jürgen Einsheart … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 115 Comentários

O Resgate (Priscila Pereira)

Uma nova manhã estava prestes a nascer e a escuridão cedia aos poucos, relutante em desaparecer por completo. O cheiro de mata cerrada se acentuava com o orvalho e o … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 119 Comentários

Matéria Prima (Paula Giannini)

Caminhavam em círculos. E quem os visse assim, lado a lado, certamente diria que companheiros no mais cúmplice dos silêncios. Não fosse pelo ruído sob seus pés, nada. Apenas folhas … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 114 Comentários

Porcos de Guerra (Victor O. de Faria)

Heitor mantinha o rifle de cano duplo próximo à muralha. Observava com calma a Travessia, quieta e enigmática como sempre. Atirou a esmo, a fim de testar a nova tecnologia … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 51 Comentários

Quando Anjos Merecem Morrer (Fabio Baptista)

Peterson Fishburn permaneceu em silêncio após receber o envelope. Trinta e dois anos depois, poderia avançar em sua busca. Encarou o invólucro de papel com ares de caixa de Pandora, … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 55 Comentários

Bruxo (Antonio Stegues Batista)

São José das Palmas-1959 Em 1959 eu morava numa chácara com a minha família, a uns 5 quilômetros da cidade. Um dos dias mais feliz da minha vida ali, foi … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 51 Comentários

Mais uma história (Claudia Roberta Angst)

Não saberia dizer como tudo começou e, talvez, nunca me reconheça como personagem desta história. Toda vez que tento revisar o enredo traçado, arrasto comigo a tempestade de lembranças.     … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 122 Comentários

Favali (Catarina Cunha)

O Senhor Verme orgulhava-se de suas grandes fazendas e indústrias. Os javalis, além de hábeis aradores da terra e grandes produtores de esterco, eram operários resistentes, rápidos e obstinados em … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 113 Comentários

O Porco do Meu Pai (M. A. Thompson)

Quando meu pai morreu herdei um porco. Porém, o destino não quis que eu ficasse com o bicho, até porque prefiro gato que se cuida sozinho. Mas era a única … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 113 Comentários

Devaneio Improvável (Ricardo Falco)

— Claro; senta aí, irmão! — Valeu. Deixa só eu tirar essa capa… — Tá de moto, né? — Está tão na cara assim? — Literalmente, parceiro… Esse oclinho aí … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 54 Comentários

Seres humanos não são os únicos jogadores (Vitor de Lerbo)

A vida é uma sucessão de batalhas travadas simultaneamente. Cada ser humano tem diversas lutas internas, externas e imaginárias. Ao longo dos anos, com um pouco de sabedoria e pouca … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 52 Comentários

Adágio de Santino (Felipe Moreira)

Um acontecimento insólito rompeu para sempre o mundo de Santino, esta cidadezinha cujo nome homenageia o santo padre que aqui chegou há tantas décadas, montado num jegue e acompanhado do … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 51 Comentários

Canção de ninar para satã (Raian Moreira)

Quando jovem, Cresci ouvindo histórias de fantasmas e coisas do gênero, e apesar de nunca ter medo, era divertido se reunir com os jovens da vila e ver seus rostos … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 51 Comentários

Caninos (Wender Lemes)

O tamborilar da chuva pela calha de metalão funcionava como um marcador para a gaita de Tomás. Ia preenchendo os intervalos distribuídos pela goteira com a melodia que lhe vinha … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 52 Comentários

Sobre velhos e moços (em um estranho mundo protagonizado por javalis) (Elisa Ribeiro)

Terminava o filme na sala de exibição. A câmera na altura dos olhos de Dorothy, sua parceira em cena, logo se deslocaria para o seu próprio rosto. Com voz grave … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 81 Comentários

O Solitário (Cilas Medi)

O homem e seus desejos e devaneios, pensei resoluto, enquanto puxava, com algum esforço, o meu companheiro de muitas lidas e furtivas incursões noturnas. Ele sempre é o desesperado e … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 61 Comentários

Culpa Infinita (Thiago de Melo)

Quando criança, vi um cachorro atacar meu amigo. Mordeu com todas as forças o pescoço dele, sacudia violentamente para todos os lados. O sangue manchou o focinho, dando-lhe um ar … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 64 Comentários

O Retorno dos Deuses (Wilson Barros Júnior)

Olhei para baixo, e com uma exclamação de sobressalto, vi que tinha acontecido de novo: meus pés estavam enormes, deformados e com poucos dedos. Consternado, notei também que minha altura … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 62 Comentários

Fé Decadente (Leonardo Jardim)

Uma rajada de poeira fez com que tivessem que fechar os olhos. Estavam todos cobertos por panos, como as antigas tribos do deserto e, ainda assim, sentiam frio — mas … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 49 Comentários

Omníricon ou O Livro das Revelações (Daniel Reis)

Sentado no sofá de espera do consultório, Harry Mantovan folheava lentamente uma revista fútil sobre os ricos e famosos. Espalhados à sua frente, na mesinha de centro, outros exemplares mais … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 56 Comentários

O elixir da imortalidade (Andreza Araujo)

Seus olhos negros e estáticos escondiam o rápido movimento de seus pensamentos. Uma enxurrada de visões acometia sua alma. Não havia como contornar aquilo; não sem sacrificar-se. Tinha que ser … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 75 Comentários

Espectro (Lee Rodrigues)

O ranger da madeira velha reclamava os passos pesados nos longos degraus da escada, a subida era sem pressa, como se quem subisse estivesse em dúvida se o faria ou … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 56 Comentários

Cosmo-Xerox (Fil Félix)

A Grande Lua nos observa, em transe. Derruba seu véu, o colo desnudo. Uma cambraia pinga da noite clara, titubeia ao vento. Cai lentamente sobre a Rua Freitas, número 10. … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 61 Comentários

Volta ao passado em certa manhã de primavera (Bia Machado)

Chegou à propriedade pouco depois do amanhecer. Tinha feito aquilo de propósito. Queria rever aquele cenário: as luzes da manhã batendo nas paredes, no telhado, no jardim que ia do … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 127 Comentários

A Dívida (Iolanda Pinheiro)

Gabriel acordou com um barulho de choro. Apanhou um candeeiro sobre a mesa e foi até o quarto da mãe para avisar que o caçula estava chorando, mas encontrou a … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 113 Comentários

Cava buracos (Pedro Luna)

Chove forte em Mata Virgem quando Uchoa e Delgado entram no bar do cantineiro Josiel e se deparam com um cemitério de mesas e cadeiras. – Mas que porra – … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 49 Comentários

O homem que sabia javalês (Rubem Cabral)

O dia mal abrira seus olhos remelentos, nem sacudira ainda as estrelas bêbadas e retardatárias por debaixo do lençol malva do horizonte, e já socavam a minha porta e apertavam … Continuar lendo

18 de maio de 2017 · 54 Comentários

Movido pelo Selvagem (Fátima Heluany)

As aves tornavam-se raras nas biqueiras e os telhados se despovoavam. A fome trouxe a transformação. Qualquer coisa servia de alimento. O homem, no ermo, conversava com o animal. Ele … Continuar lendo

18 de maio de 2017 · 50 Comentários

O Fenômeno de Gramado (Givago Thimoti)

Por quase dois anos, a turística cidade de Gramado vivia sob o domínio total do medo. Os trinta e quatro mil habitantes da pequena cidade gaúcha jamais haviam presenciado algo … Continuar lendo

18 de maio de 2017 · 54 Comentários

Promessa de Liberdade – Evelyn Postali – Resenha (Gustavo Araujo)

Imagine um Brasil alternativo em que a escravidão jamais tivesse sido abolida. Essa é a realidade que Evelyn Postali explora para falar de intolerância, escolhas e, no fundo, para tratar … Continuar lendo

3 de maio de 2017 · 2 Comentários

Sensini – Clássico (Roberto Bolaño)

A forma como se desenrolou minha amizade com Sensini sem duvida escapa ao costumeiro. Naquela época eu tinha vinte e tantos anos e era mais pobre que um rato. Morava … Continuar lendo

2 de maio de 2017 · 4 Comentários

Regulamento Desafio Imagem – 2017

I – Das Disposições Gerais e da Inscrição 1) A participação no Desafio Imagem 2017 do EntreContos é totalmente gratuita. O Desafio é voltado a ESCRITORES que orgulhosamente sejam também LEITORES. … Continuar lendo

27 de abril de 2017 · 18 Comentários

Nem a rosa, nem o cravo – Clássico (Jorge Amado)

As frases perdem seu sentido, as palavras perdem sua significação costumeira, como dizer das árvores e das flores, dos teus olhos e do mar, das canoas e do cais, das … Continuar lendo

25 de abril de 2017 · 14 Comentários

“Hey Mãe” – Crônica (Marcilene Cardoso)

”Hey mãe! Eu tenho uma guitarra elétrica Durante muito tempo isso foi tudo Que eu queria ter Mas, hey mãe! Alguma coisa ficou pra trás Antigamente eu sabia exatamente o … Continuar lendo

22 de abril de 2017 · 2 Comentários

Passarinhos – Conto (Paula Giannini)

Ressuscitava passarinhos! Era o que se dizia daquela menina ruiva com olhos de peixe morto. Ressuscitava pardais, andorinhas, sabiás, pombas e periquitos. Só não sabia ressuscitar quero-queros – tinha medo, … Continuar lendo

22 de abril de 2017 · 8 Comentários

Um inconveniente odor – Conto (Olisomar Pires)

A comitiva chegou ao mercado municipal por volta das 10 horas da manhã causando alvoroço e tumulto, mas o prefeito fazia questão de prestigiar os comerciantes do local. “Nada é … Continuar lendo

21 de abril de 2017 · 2 Comentários

Agora é silêncio – Conto (Fernando Cyrino)

  Senhora fica reparando a gente assim do sertão e essas nossas manias de tirar recados da natureza? Povo que só entende de roça e de criação? Pois aqui tenho … Continuar lendo

21 de abril de 2017 · 3 Comentários

Naquele dia – Conto (Priscila Pereira)

Como olhar em teus olhos, sabendo que contêm a intensidade primordial? Como receber teu sorriso, sabendo que pode aquecer o universo? Como te abraçar, sabendo que teu toque estremeceria os … Continuar lendo

20 de abril de 2017 · 8 Comentários

Os Fantasmas de Alice – Conto (Ângelo Lima)

“Pode um ser onipotente criar um objeto tão pesado que não possa levantar?” Conversam numa sala de estar de classe alta. – Dominação. É quase um fetiche. É tudo o … Continuar lendo

20 de abril de 2017 · 2 Comentários

Ode a um rouxinol – Clássico (John Keats)

Meu coração dói, e um torpor aflige Meus sentidos, como se ébrio de cicuta, Ou sorvido algum vapor de ópio Um minuto passou, e no Letes afunda: Não é inveja … Continuar lendo

18 de abril de 2017 · 2 Comentários

Ranking – Mar/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Folclore? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com grandes clássicos da … Continuar lendo

16 de abril de 2017 · 4 Comentários

2020 – Conto (Fátima Heluany)

Era pouco depois do jantar. H olhou a lua, da varanda, abriu um sorriso. Passava um bando de drones, quase superpostos, laminados, faiscando. Os meninos, sentados na mureta, ocupados com … Continuar lendo

16 de abril de 2017 · 6 Comentários

Profissões Liberais – Poesia (Francisco Ferreira)

De menino, gostava de brincar de médico. De nuvens prenhes de tempestade, auscultava-lhe trovões e media o cheiro do gosto de sua queda em cordões. Depois via crescer os filhos … Continuar lendo

16 de abril de 2017 · 5 Comentários

Viagem ao Inevitável – Conto (Rafael Luiz Penha)

A nave seguia na direção não desejada. Frank estava sentado com o queixo apoiado nas costas das mãos. Pela centésima vez em 5 minutos, xingou o maldito Anatoly. O miserável … Continuar lendo

14 de abril de 2017 · 4 Comentários

Acalanto para Rebeca e Violino – Conto (Eduardo Selga)

É a velhice, minha filha… É esse cancro, esse eclipse que se aproxima e faz retornar em mim aquele sentimental que fui quando você bem menina… Essa homilia ele ecoava … Continuar lendo

14 de abril de 2017 · 5 Comentários

O Segredo de Geruza – Conto (Ediloy Ferraro)

Quando sentiu o líquido quente escorrer pelas pernas, viu que era sangue, empalideceu, buscou pela mãe, iletrada mas vivida, que a esclareceu, em seu modo tosco, e tal como acreditava. … Continuar lendo

13 de abril de 2017 · 1 comentário

Frankenstein – Poesia (Pedroom Lanne)

Renascido como homem Concebido por mulher Não é lobisomem Nem monstro qualquer Subconsciente humano De seu próprio poder De criar a vida Ou pôr tudo a perder Lhe proíbem amar … Continuar lendo

13 de abril de 2017 · 2 Comentários

Rubros Trajes da Tragédia – Conto (Karine Müller)

Ele morava numa cabana bem longe, pediu que fosse o mais longe possível da civilização. O caos estava do outro lado, não havia incômodo algum e menos ainda aquela poluição … Continuar lendo

12 de abril de 2017 · 6 Comentários

Babel – Conto (Henrique Pakkatto)

“Eis que o SENHOR, disfarçado de mendigo, desceu entre os homens de Babel e lhes perguntou: ‘Sois todos iguais e perfeitos então? Por que edificar tão alta torre, usar vossa … Continuar lendo

12 de abril de 2017 · Deixe um comentário

O Olho – Clássico (Alice Munro)

Quando eu tinha cinco anos, de repente meus pais apareceram com um menininho, que minha mãe disse que era o que eu sempre quisera. De onde ela tirou essa ideia … Continuar lendo

11 de abril de 2017 · 2 Comentários

Anelisa sangrava Flores – Anderson Henrique – Resenha (Gustavo Araujo)

Anderson Henrique faz uma aposta ousada em “Anelisa sangrava flores”. Num mercado literário dominado por narrativas fantasiosas que replicam os best-sellers americanos, com seus aliens, duendes, games e mundo paralelos, … Continuar lendo

9 de abril de 2017 · 2 Comentários

2º REC Rio – Crônica (Catarina Cunha)

Talvez seja mais seguro escrever uma crônica sobre o Rio (REC = Resistência Entre Contistas) começando pelas amenidades. Por mais carioca que eu me sinta, não consigo abandonar meus hábitos … Continuar lendo

8 de abril de 2017 · 10 Comentários

Sonhos ruins – Conto (P. Campanario)

Os pesadelos noturnos que me sacudiram a partir da adolescência vinham acompanhados de um grito forte. Ao irromperem sem prévia advertência na calmaria da noite, despertavam e sobressaltavam os residentes … Continuar lendo

7 de abril de 2017 · 2 Comentários

Brígida – Conto (Juliana Costasi)

Eu era pequena e serelepe. Minhas mãos, igualmente pequenas e pouco buliçosas. Eficientes, contudo, para destruir a Brígida. Boneca de porcelana, com cabelo de verdade, olhos de mentira, ruiva, com … Continuar lendo

6 de abril de 2017 · 10 Comentários

A Rosa – Poesia (Marcilene Cardoso)

Sou eu. Sou eu novamente. Sou a mesma, mas trago duas coisas: Uma rosa e um espinho. Ou é uma coisa só? Acho que é, porque não levo a rosa … Continuar lendo

6 de abril de 2017 · 9 Comentários

Síndrome de Diógenes – Conto (Amanda Lima)

Mandaria queimar todas as flores que enfeitavam o seu túmulo. Durante os 47 anos em que moraram na mesma casa ele controlara as suas lembranças. A sua personalidade desintegrada a … Continuar lendo

5 de abril de 2017 · 2 Comentários

O verdadeiro Messias – Conto (Alan Gandur)

Quando ele nasceu,numa vila de Belém,o muro de sua casa transmutou-se em ouro,trombetas soaram dos céus,donde anjos se assentaram,numa escala infinita de degraus… E’proibido falar de Jesus em Israel,e outros … Continuar lendo

5 de abril de 2017 · 1 comentário

A Terceira Margem do Rio – Clássico (Guimarães Rosa)

Nosso pai era homem cumpridor, ordeiro, positivo; e sido assim desde mocinho e menino, pelo que testemunharam as diversas sensatas pessoas, quando indaguei a informação. Do que eu mesmo me … Continuar lendo

4 de abril de 2017 · 6 Comentários

Resultados do Desafio “Folclore Brasileiro”

Caros EntreContistas, Um dos desafios mais criativos, abrangentes e apertados dentre todos os certames que já promovemos – menos de um ponto separou o segundo do terceiro colocado! Quarenta e quatro … Continuar lendo

1 de abril de 2017 · 8 Comentários

Avaliação – Folclore Brasileiro

Caros Entrecontistas participantes e amigos, Agradecemos mais uma vez a presença de todos por aqui. No total, 44 (quarenta e quatro) contos inscritos, abrangendo os mais diversos aspectos de nosso rico … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 41 Comentários

Cumacanga (Paula Giannini)

“Lua, luar, toma o teu andar, pega esta criança e me ajuda a criar, depois de criada retorna a me dar, lua, lua, luar, torna a teu andar”   Senta … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 88 Comentários

Ô, Seu Moço (Evandro Furtado)

Ô, seu moço, vamo chegá. Ocê tá bão? Pode i entrano. Vamo assentá? Ocê aceita um pãozim de queijo, um cafezim, uma broa de mi? Tá quentim, cabô de saí … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 44 Comentários

Sobre mulas e cabeças (Vitor de Lerbo)

“Essa história que eu vou contar procêis foi contada pra mim logo antes do azarento bater as botas; pelo morto mesmo! Mas quando ainda tava vivo, claro”. O velho aprumou … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 42 Comentários

A Última Traquinagem do Saci-Pererê (Fabio Baptista)

Numa floresta cheia de belezas, mistérios e mosquitos, reuniram-se os personagens do folclore brasileiro. Primeiro, veio Tupã, o anfitrião, organizador do encontro. Logo em seguida, Curupira, Lobisomem e Homem do … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 41 Comentários

O sequestro da mãe-d’água (Eduardo Selga)

A manhã despertara para a vida fazia pouco: o pretume da madrugada desalgemando a luminosidade. Os mesmos ventos frios, soprados do interior da floresta e vindos como que das funduras … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 44 Comentários

Estranha é a Matinta (Matheus Pacheco)

“Criatura horrenda que caminha por minha vila, deixe os pobres e trabalhadores repousarem a cabeça no colo de suas esposas, deixe as crianças sonharem com doçuras e brincadeiras e deixe … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 44 Comentários

A Lenda da Vitória-Régia (Marcilene Cardoso)

-Mãe, que flor mais linda é aquela? -É a Vitória-Régia, minha filha. -Que nome mais estranho! Porque ela tem esse nome? Andirá, uma menininha de seus cinco anos, com seus … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 42 Comentários

Medonha (Priscila Pereira)

– Medonha, medonha, vai morrer sozinha! Medonha ainda ouvia as crianças gritando ao longe. Gritavam e corriam, nunca ficavam para ver o que essas palavras provocavam na moça. Seu nome … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 86 Comentários

Arapuca (G.S. Willy)

Contam os de boa memória uma aventura insólita, que afirmam terem ouvido, quando ainda eram kuru’min, da boca daqueles que diziam ser aprendizes dos P’awés, que não existem mais. Os … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 43 Comentários

De lobos e ovelhas (Olisomar Pires)

Se  escrevo nesse momento, é por genuíno receio de perder a memória e com ela, os fatos. Os anos se atropelam e, em sua inércia, arredam quase tudo, por isso, … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 55 Comentários

Quanto riso, Oh, quanta alegria…. (Roselaine Hahn)

A bola de fogo no céu, as ondas branquinhas espumando feito sabão em pó, e o mar azul-olhos-Bruno-Gagliasso são um convite à felicidade. É fevereiro. Eu não estou feliz. O … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 51 Comentários

Macuã (Fernando Cyrino)

Pássaro que canta no escuro, faz a gente se arrepiar. Não mexa no futuro, deixa a sorte me beijar. Versos tristes de uma cantiga   Pousada no galho oculto da … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 90 Comentários

O rapto de Flora Novais pelo famigerado cangaceiro Galdino Rubião (Antonio Stegues)

Pernambuco- 1938 Uma mosca voejava na janela e o zumbido dela era o único ruído que o delegado Ubiratã ouvia naquele início de tarde quente. Recostado na cadeira, ele começou … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 40 Comentários

Plano de Extração (Elias Paixão)

— Apareceu a margarida! Welington levantou as mãos para cima, fingindo agradecer aos céus pela presença de Gleice. — Minha mãe não saiu do meu pé — justificou ela, a … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 41 Comentários

Conspiração Folclórica (Rubem Cabral)

Manaus, Centro Velho. A sala daquele cinema de rua falido fora alugada na véspera e aspirada às pressas pelos proprietários aturdidos, enquanto borboletas, colibris e morcegos levaram uma mensagem urgente … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 46 Comentários

Fura Tripa (Cilas Medi)

Um gritinho de felicidades e muita alegria, sábado e domingo comemorativos e o rebuliço vai começar na casa da dona Laura. “Senhor Saci, senhor Saci Tinhorão” – exclamou espevitada e … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 39 Comentários

Vitória-Régia – A Verdadeira História (Ricardo de Lohem)

Existem muitas e muitas versões desta história. Esta, que vocês vão ler agora, é a verdadeira, a que descreve o acontecido tal e como se deu. Eu tenho certeza que … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 40 Comentários

Os Irmãos da Família Galvão (Marco Piscies)

Três irmãos habitavam a casa da família Galvão. Eram eles, em ordem de nascimento: Gabriel, Igor e Daniel. Contando com os seus pais, cinco almas chamavam o lugar de lar … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 80 Comentários

O Lobisomem do Pau Miúdo (M. A. Thompson)

Em outubro de 1965 saí do Rio de Janeiro para morar em Salvador, na Bahia. Sem trabalho e sem dinheiro para o aluguel, a única moradia que consegui foi uma … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 43 Comentários

Mayara Sereia (Elisa Ribeiro)

Eu poderia ter deixado para viajar depois do Carnaval, meu chefe me deu essa opção. Mas estava enjoado de passar Carnaval no Rio, bloquinhos de rua não faziam a minha … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 80 Comentários

Um homem mau (Pedro Crivello)

Existem coisas no nosso mundo que não conseguimos explicar, um fenômeno da natureza ou segredo entre a vida e a morte, mas as vezes o que realmente parece inexplicável é … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 41 Comentários

Encantamento (Evelyn Postali)

Os irmãos observavam o ritual. A Saraipora conduzia o andor de cipó adornado com algodão e fitas, repleto do simbolismo religioso. Significados de mais de trezentos anos na região. Seguia … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 97 Comentários

Todo o meu pedaço (Catarina Cunha)

Ainda com o torpor da vigilância noturna, Etelvino lavou o sorriso pensando no corpo morno de Melissa entre os lençóis sonolentos. Tirou o uniforme e devolveu a arma da firma, … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 43 Comentários

Ao bater das caixas (Fátima Heluany)

Seis de setembro, dia em que não pude abandonar-me ao abandono. Como num susto estava aqui na praça que deixei há dezesseis anos. Pensava em como seria voltar. Não sabia … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 41 Comentários

Samba-enredo (Daniel Reis)

No quintal do terreiro de Mãe Donana, praticamente todo domingo, o couro comia solto desde manhã. Nem era o mês de maio ainda e o pessoal do Grêmio Recreativo, Esportivo … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 41 Comentários

Barriga para cima (Marsal Sanches)

A falta de ar começava sempre do mesmo jeito, logo depois que ele se deitava. Não exatamente logo depois. Havia sempre um período de calmaria, como uma lua-de-mel. Minutos, às … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 54 Comentários

Terceira encruzilhada, no caminho da esquerda (José Geraldo Gouvea)

Hoje que estou em segurança tudo parece ter sido sonho, como sempre na vida. Hoje está tranquilo, madrinha, mas não quero visitas, estou doente ainda, quero remédios e não quem … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 53 Comentários

Verdades Submersas (Miquéias Dell’Orti)

Quando emergi das águas do rio, o Sol fazia um arco laranja no horizonte, como um gigantesco gomo de tangerina. Lembrei, ao olhar para aquilo, do que Bartolomeu contava em … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 42 Comentários

A Dona do Ouro (Claudia Roberta Angst)

O entardecer já se anunciava com suas nuvens enferrujadas e os homens ainda insistiam na labuta. Ora por medo de não encontrar coisa melhor, ora por uma ambição sem sossego … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 41 Comentários

Meu homem, não! (Neusa Fontolan)

Cresceu em meio a mitos e lendas, e acreditava em tudo: Boitatá, Boto encantador de moças, Curupira, Lobisomem, Saci-Pererê, Mula sem cabeça… De todos os seres, o que mais chamava … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 43 Comentários

Responsabilidade (Pedro Luna)

Tomás empilhou as últimas sacas de cimento e acendeu um cigarro para tentar aliviar o tremor nos músculos. Chovia fino fora da obra, e ele ficou encostado na janela, absorto, … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 40 Comentários

A Moça-bonita e o Guardião (Bruna Francielle)

11 de Março de 2017, às 22:00   Olá, caros leitores. Bem vindos a mais um post do blog “Entidades reais”. A história dessa semana foi mandada por “Niarinha”, a … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 39 Comentários

Eleutério e o Garrafão (Wender Lemes)

Da pequena Jequitinhonha, no cocuruto das Minas Gerais, nasceu um Eleutério – primeira cria entre cinco que haveriam de vir. Como primogênito, esperava-se muito dele: que carregasse o legado de … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 41 Comentários

Na desesperação da glória suma (Rafael Luiz Penha)

Há semanas andava meio apaixonado pela funcionária nova. Lucas, extrovertido como era, logo fez amizade com a moça, mas Gregório não tinha tal habilidade. Toda vez que Maira lhe dirigia … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 46 Comentários

Escuro da noite (Anderson Henrique)

A mãe já tinha avisado: tenha modos que mais tarde tem visita. Quando chegaram, a janta tava pronta. Panelas quentes e todo mundo ao redor da mesa. Mãe puxou reza. … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 40 Comentários

Histórias (Felipe Rodrigues)

O grupo de feirantes ficou olhando de lado para Jandira quando ela passou. Tinham um jeito reprovador, alguns diziam que ela era uma baita sem-vergonha, mas o pior era o … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 40 Comentários

Sob(re) Mitos e Lendas (Rafael Sollberg)

Fade in:     Tédio era um tremendo eufemismo para qualquer pessoa que tivesse acesso remoto ao meu cérebro. Não suportava mais as marchinhas, o gosto constante de álcool e … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 42 Comentários

Um dia especial para os peixes-banana – Clássico (J. D. Salinger)

Noventa e sete agentes de publicidade de Nova York estavam hospedados no hotel e, do jeito que vinham monopolizando as linhas interurbanas, a moça do 507 teve de esperar do … Continuar lendo

21 de fevereiro de 2017 · 2 Comentários

Regulamento Desafio “Folclore Brasileiro”

I – Disposições Gerais 1) A participação no Desafio “Folclore Brasileiro” é totalmente gratuita. O certame é voltado para ESCRITORES que orgulhosamente sejam também LEITORES. 2) Os interessados deverão enviar UM conto INÉDITO abordando … Continuar lendo

19 de fevereiro de 2017 · 4 Comentários

Amor de cão – Crônica (Catarina Cunha)

As surras de toalha molhada nem as tapas na cara não o deprimiam, ajudavam a analisar seus erros explícitos ou subliminares: demorou mais de dez minutos para perceber o novo corte … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2017 · 3 Comentários

Canção pra quando você chegar – Poesia (Marcilene Cardoso)

Quando você chegar, Não sei se de nuvem ou de praia, Não sei se de mar ou de avião, Serei seu único motivo de estar. Quando você vier, não sei … Continuar lendo

16 de fevereiro de 2017 · 4 Comentários

O carteiro do deserto – Conto (Edson Carvalho)

Deserto por todos os lados. De dia a areia dançava numa contorção lenta pelo calor que incendiava o ar. De noite o frio fazia o tempo quase parar. Nada anormal … Continuar lendo

15 de fevereiro de 2017 · 10 Comentários

O Bebê de Tarlatana Rosa – Clássico (João do Rio)

– Oh! uma história de máscaras! quem não a tem na sua vida? O carnaval só é interessante porque nos dá essa sensação de angustioso imprevisto… Francamente. Toda a gente … Continuar lendo

14 de fevereiro de 2017 · 6 Comentários

No sábado – Conto (Fátima Heluany)

Irineu vai à academia com a vizinha, Marina. Ainda pela manhã, dá carona para Lia até o supermercado. Lá, discute os preços com Sônia, ajuda Helena com os pacotes. Mais … Continuar lendo

14 de fevereiro de 2017 · 4 Comentários

Sherlock – Conto (Juliana Calafange)

Seu Egydio sempre gostou de histórias de mistério. Desde menino, devorava tudo que era livro de Agatha Christie, Alan Poe, Conan Doyle, Simenon e companhia. Chegou a fazer curso pra … Continuar lendo

13 de fevereiro de 2017 · 15 Comentários

O Diário – Conto (Antonio Stegues Batista)

WHITECHAPEL, LONDRES 1888 Ainda estou morando nessa pensão sórdida, mas é por pouco tempo. Achei que poderia ter um bom emprego em Londres, mas as coisas não saíram como eu … Continuar lendo

12 de fevereiro de 2017 · 7 Comentários

Interior – Poesia (Gardel Dias)

Eu me lembro da serração do interior que vejo tão rápida quando ali passo na estrada lisa e azulada. É o pé da serra feito uma espessa listra esverdeada que … Continuar lendo

11 de fevereiro de 2017 · 2 Comentários

A Morte de Ivan Ilitch – Leon Tolstoi – Resenha (Gustavo Araujo)

O russo Leon Tolstói é conhecido por ter escrito um dos épicos mais famosos da história da literatura, Guerra e Paz, sobre a campanha de Napoleão na Rússia. Também escreveu … Continuar lendo

10 de fevereiro de 2017 · 2 Comentários

O Elevador – Conto (Givago Thimoti)

Ele estava animado para o seu primeiro dia de trabalho. Deu um beijo apaixonado na esposa, encheu sua garrafa térmica de café e deixou as crianças na escola. Estacionou o … Continuar lendo

9 de fevereiro de 2017 · 9 Comentários

Bob – Conto (Paula Giannini)

Ainda pequeno chamaram-no Bob. – Nome curtinho é mais fácil para ele entender. –  Ouviu daquela que aprendeu a chamar de mãe. A única da qual conseguia se lembrar. Antes … Continuar lendo

8 de fevereiro de 2017 · 18 Comentários

Retrato de uma londrina – Clássico (Virginia Woolf)

Ninguém pode se considerar expert sobre Londres se não conhecer um verdadeiro cockney; se não dobrar numa rua lateral, longe das lojas e dos teatros, e bater em uma porta … Continuar lendo

7 de fevereiro de 2017 · 4 Comentários

O apocalipse deveria ter sido ontem (Reloaded) – Conto (Sabrina Nunes)

É o dia do apocalipse. A terra treme, o céu nubla, as pessoas correm, não sabem pra onde, não sabem do que. Um casal se esconde no canto da sala, … Continuar lendo

6 de fevereiro de 2017 · 3 Comentários

A metade da laranja – Conto (Priscila Pereira)

As tragédias da vida me intrigavam, pois, depois de certo tempo a vida continuava a fluir e abriam-se novos caminhos antes inexploráveis. A fatalidade pode unir pessoas que nunca se … Continuar lendo

5 de fevereiro de 2017 · 12 Comentários

Caminhos Perigosos – Conto (Helio Sena)

O pobre homem caminhara o dia inteiro sob o sol escaldante da caatinga, sozinho, por estradinhas ora de barro vermelho, ora de finíssima areia branca; estava, pois, quase morto de … Continuar lendo

4 de fevereiro de 2017 · 2 Comentários

“Max Perkins, um editor de gênios” – A. Scott Berg – Resenha (Gustavo Araujo)

Há alguns meses, um amigo sugeriu que eu dedicasse um par de horas da minha existência ao filme Max Perkins, o mestre dos gênios, dirigido por Michael Grandage e estrelado por … Continuar lendo

3 de fevereiro de 2017 · 17 Comentários

TOC – Conto (Remisson Aniceto)

— O Paulinho virá nesta sexta-feira e vai ficar aqui em casa até domingo  – disse-lhe a esposa. — Serão dois dias de curso. O sobrinho do casal morava no … Continuar lendo

2 de fevereiro de 2017 · 8 Comentários

Vodun – Conto (Eduardo Selga)

O giz percorrendo os feltros. Uma vida a fio esboçando corpo, boca, olhos. À tesoura seguiram-se os primeiros alinhavos com a mesma agulha que a maresia do tempo enferrujou. Logo … Continuar lendo

1 de fevereiro de 2017 · 8 Comentários

Ranking – Jan/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Microcontos 2 – A Missão? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com … Continuar lendo

1 de fevereiro de 2017 · 2 Comentários

O abate de um elefante – Clássico (George Orwell)

1 Em Moulmein, na Baixa Birmânia, eu era detestado por um grande número de pessoas – a única vez na vida que fui importante o suficiente para isso acontecer comigo. … Continuar lendo

31 de janeiro de 2017 · 9 Comentários

Resultados do Desafio Micro Contos 2017

Caros entrecontistas amigos e curiosos de sempre. Um desafio superlativo, recorde em número de participantes, comentários e acessos ao site. Se dúvidas, o desafio mais movimentado da história do EC! Nada … Continuar lendo

28 de janeiro de 2017 · 4 Comentários

Avaliação – Desafio “Micro Contos 2017”

Caros Entrecontistas, Agradecemos mais uma vez a presença de todos por aqui. No total 100 (cem) micro contos inscritos, recorde absoluto do site! Bastante gente nova, o que é ótimo. Às regras de comentários … Continuar lendo

13 de janeiro de 2017 · 215 Comentários

Não se preocupe (Victor O. de faria)

Hospital psiquiátrico, 1914. Ele, seu pai – internado. Ela, sua filha – muda. Ouvia tudo o que a mente senil, perturbada por assombrações, dizia. Sua mãe a abandonara quando pequena. … Continuar lendo

13 de janeiro de 2017 · 202 Comentários

Correntes (Tatiane Mara)

Ele usava roupas comuns, não se destacava na multidão. Seus cabelos, olhos, corpo, eram medianos, mais um apenas. Trabalhava numa loja de armas, vendedor atencioso e eficiente. Quase sempre levava … Continuar lendo

13 de janeiro de 2017 · 94 Comentários

Se eu pudesse voltar atrás… (Marco Piscies)

Tinham uma vida inteira pela frente, mas um acidente de carro trouxe o fim de tudo. No hospital: ossos quebrados, trocas de soro e a descoberta de uma cumplicidade divertida. … Continuar lendo

13 de janeiro de 2017 · 92 Comentários

Ordem do Tempo (Olisomar Pires)

Nossa missão seria proteger os peregrinos nos caminhos da Terra Santa. Fizemos votos, renunciamos ao mundo e riquezas, nos tornamos soldados de Cristo. Meu nome, Felipe D’Antanho. Mas por seis … Continuar lendo

13 de janeiro de 2017 · 99 Comentários

Enfermaria 9 (André Albuquerque)

— Bom-dia — Bom-dia. — Trouxe algumas coisas nesta sacola — Muito obrigado, senhor. Sua esposa é muito resistente. Sobreviveu a três cirurgias. — Temi pela vida de minha esposa…uma … Continuar lendo

13 de janeiro de 2017 · 94 Comentários

Nas entrelinhas (Zé Ronaldo)

Sem o que fazer, pegou um livro na estante. “Fora abandonado com dias de nascido…”. Arregalou os olhos, entendendo nada. Nova tentativa. “Aos doze anos, fora abusado pelo padrasto…”, mas … Continuar lendo

13 de janeiro de 2017 · 101 Comentários