EntreContos

Detox Literário.

Desafio Comédia, o Final (Neusa Fontolan)

EU, GABRIELA, VINTE E TANTOS ANOS, SOLTEIRA, ENCALHADA E OBSESSIVA POR GRAMÁTICA, tenho uma pequena história pra contar. Nem sempre fui assim, “encalhada”, certa vez eu quase fiquei noiva… quase… … Continuar lendo

6 de setembro de 2017 · 1 comentário

Resultados do Desafio “Comédia”

Caros participantes, amigos e curiosos de sempre. Um desafio polêmico – porque fazer graça é sempre um risco. Ao todo, 65 contos inscritos, com todas as vertentes possíveis do humor. Ou … Continuar lendo

2 de setembro de 2017 · 6 Comentários

Comédia – Finalistas

Caros participantes, amigos e curiosos, Vencida a etapa de grupos, passamos à fase final, com os dez contos que, em cada grupo, obtiveram as melhores avaliações. São os seguintes (em … Continuar lendo

19 de agosto de 2017 · 36 Comentários

Comédia – Avaliação – 1ª Fase

Caros participantes e amigos, Agradecemos como sempre a presença de todos por aqui. No total tivemos 65 (sessenta e cinco) contos inscritos para este desafio. Passamos a seguir às regras complementares para leitura, … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 60 Comentários

O encontro dos sogros (Zeca Bandeira de Mello)

A ideia era apresentar os pais de João Carlos aos de Luciana, afinal os meninos iriam ficar noivos e os velhos não se conheciam. Por isso marcaram esse jantar em … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 30 Comentários

Mestre Tainha de Casa Forte (Gustavo Aquino)

“Peço licença aos gênios do cordel” Para Alex e Rafael Matos, os verdadeiros criadores de Tainha.   Pernambuco, Ibimirim, 29 de abril de 1985   Professor César Bem-Velho,   Receio, … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 44 Comentários

Uma fábula em rimas: o tesouro da Cobra Vanderléia (Luis Guilherme Florido)

À entrada se entreolhavam, temerosos, ponderavam: “é uma loucura! Sim, mas a glória é segura. ” E a dupla estarrecida, encarava, indecisa, o colosso à sua frente. – E agora, … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 45 Comentários

Violeta Sem Flor (Anorkinda Neide)

A planta era híbrida, de um jeito que só dava flor uma vez na vida. Mas, Maria não sabia. Duvido que alguém soubesse além do jardineiro que a criou. E … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 30 Comentários

Às moscas (Wender Lemes)

A cafeteria de dona Hermínia sempre foi um dos estabelecimentos mais inóspitos do reservado município gaúcho de Não-Me-Toque. O finado marido dera-lhe – antes de falecer, como pode-se supor – … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 47 Comentários

Parte de Mim (Cláudia Cristina Mauro)

Nunca uma pessoa se sentiu tão orgulhosa de si mesma como Reinaldo. Seu orgulho é desmedido e o enche de satisfação. Sabe de onde vem toda esta sensação de importância. … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 54 Comentários

O Comunista, as Pragas do Demônio, e o Cabra Voador (Iolanda Pinheiro)

O caso sucedeu pelos finais dos anos setenta, uma época em que televisão era luxo e ainda tinha gente besta no mundo. Naquele tempo eu era um garoto cheio de … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 62 Comentários

Quase 50 tons de vermelho (Leonardo Jardim)

Rodrigo pegou o copo americano com cerveja de milho e bebeu um gole demorado. Fez uma careta, pois àquela altura o líquido estava tão quente que daria até para preparar … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 46 Comentários

Palito (Cilas Medi)

Ela viu o garoto através do vidro da porta, marcado, em letras douradas, mas simples no estilo e no texto, somente Veronica Campos Sampaio – VCS Clínica – Psicóloga Infantil. … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 27 Comentários

Entrevista no Museu (Fernando Cyrino)

Gravando? Estou nervosa, não acreditam? Só mais uns segundos para baixar a tensão. Quem diria, não é? Cinquenta anos de estrada e assim aflita. Estivesse no palco seria mais simples. … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 29 Comentários

Zé Cagão (Jowilton Amaral)

Diziam que José Hernandes Gregório recebeu a infame alcunha de Zé Cagão logo após ter o cupom sorteado, pela terceira vez em três anos, numa promoção anual de uma grande … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 25 Comentários

Com esse nome não pode (Talita Vasconcelos)

Quer saber como testar a paciência da sua nova diarista? Comece implicando com o nome dela! _Oi, foi daqui que pediram uma diarista? – perguntou a moça, assim que abri … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 27 Comentários

CrossFit Street Running (Thiago de Melo)

Rayanne vinha de carro, voltando do trabalho para casa, quando viu várias pessoas correndo pela rua, com roupas de ginástica. Todas usavam um boné com uma logomarca: “Academia CrossFit Street … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 46 Comentários

Tutoriar (Fabio Baptista)

Edgard observou a grama no quintal do vizinho. O verde era igual, mas o entorno bem diferente. Começando pelo dono da residência – o vizinho, uma jazida de testosterona, abdômen … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 44 Comentários

Rutilene Regina e seus desatramores (Renata Rothstein)

Rutilene Regina e sua energúmena vida, ali, atochada naquela mesma esquina, havia 6 anos. Moça que ainda trazia nas feições cansadas de quem escolheu (mas diz que não teve opção, … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 28 Comentários

Evaporando na nuvem (Catarina Cunha)

Fevereiro de 2015: Solicitação de amizade enviada. – Recebi o seu convite. Desculpe-me, mas eu te conheço de onde? – Dq mesmo, tbm sou escritor. Vc teve na Bienal do … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 45 Comentários

Ensinadela (Higor Benizio)

Sempre me surpreendi com o nível da estupidez juvenil, e parece que a coisa só piorou nos últimos anos. Esses dias, Pedro, meu filho, apareceu em casa cheio de onda. … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 28 Comentários

A Velha Privada (Regina Ruth Caires)

Percebia que a paciência do meu pai havia atingido o limiar da descompostura. Havia mais de um mês, desde que outubro começara, as queixas diárias da minha mãe soavam como … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 93 Comentários

#OndeEstaDora (Amanda Gomes)

Sempre acreditei que era uma mulher preparada pra tudo, não literalmente, claro. Mas tinha tanta fé nisso, que de fato nunca me vi em situações que não poderia lidar: até … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 27 Comentários

Por favor, me deixe longe do Top 10 (Vitor de Lerbo)

Existe um site chamado Couchsurfing. Nele, pessoas de diversas partes do mundo oferecem suas próprias casas para que outras pessoas cadastradas na plataforma possam se hospedar ali gratuitamente, por um … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 44 Comentários

Uma questão de mordida (Rafael Sollberg)

Esselentíssimo Doutor, Senhor, onipresente, ó Pai, todo poderoso, nascido da tormenta, primeiro do seu nome, rei do norte, Juiz de Direito – e esquerdo – Ceo & Manager Supremo da … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 45 Comentários

O noivado (Ana Maria Monteiro)

Nasci mudo. A condição é algo rara, mas não inédita. É aborrecido, acreditem. Mas ao menos não tive que aprender a estar calado, o que é uma grande vantagem – … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 45 Comentários

A Caixa (Daniel Reis)

I. Em cima da mesa, o telefone tocava com aquela insistência que celulares costumam ter quando você acaba de entrar no banho e está sozinho em casa. No display, “NUMERO … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 25 Comentários

Sorria (Paula Giannini)

FADE-IN ABERTURA Cinco anos juntos e ainda nada de lua-de-mel, ela fazia beicinho. Lua-de-mel. Coisa antiquada. Não tinham dinheiro. Ele batia o pé mais por teimosia que pela economia em … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 95 Comentários

Metapunhetagem (Anderson Henrique)

Personagem 1: Vai começar assim? Personagem 2: É, cara. Tu nem escolheu nosso nome. Autor: Calma, galera. Ainda estou pensando. Tudo começa meio nebuloso. Um pequeno esboço, um lampejo de … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 46 Comentários

O frango e a freira (Paulo Luis Ferreira)

Nasceu em 23 de março de um ano desses qualquer na cidade de Mogi das Cruzes, na grande São Paulo. A princípio não ganhou nome por ser filho de chocadeira. … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 23 Comentários

A última tentação de J.C. (Cláudia Roberta Angst)

Esta não é mais uma história de amor, nem mesmo um drama que mereça atenção. Seria trágico se não fosse cômico.   Tudo começou na internet. Tinha de ser, não … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 50 Comentários

Deus, o impessoal (Nelson Danilo)

— Alô? — Alô. — Senhor Pacheco? — Sim. Quem fala? — Aqui é Deus. Tenho uma notícia para o senhor. — É quem? Para de loucura, homem. — É … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 23 Comentários

Humilhação (Juliana Calafange)

A mulher chega em casa cabisbaixa, escondendo o rosto entre as mãos, se tranca no quarto sem dizer palavra. Seu Geraldo fica intrigado, nunca viu a esposa entrar em casa … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 56 Comentários

A farsa da boa consciência (Fil Felix)

Fui incubido da peculiar missão de reconhecer o ambiente terrestre brasileiro, do Oiapoque ao Chuí, feito arauto da colonização. Ao contrário de meus irmãos, que foram em outras direções. Desci … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 25 Comentários

O enterro (André Felipe)

“Eles só ficam olhando. Porque não acompanham?” “Se fosse eu também não acompanharia. Ainda não acredito que estamos nos prestando a isso.” “Mas a senhora concordou que um enterro cristão … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 23 Comentários

A transformação (Lucas Maziero)

Quando Gregório de Matos Sansei acordou na manhã de 30 de fevereiro, após uma agradável noite maldormida, viu que estava transformado num ser ridículo. — Puta merda! — exclamou Gregório. … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 45 Comentários

Roubada com a mulata (Rafael Luiz Penha)

Algumas histórias são realmente terríveis de se viver, e só se tornam cômicas depois que já passamos por elas e estamos confortáveis na mesa do bar fazendo os amigos rirem, … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 41 Comentários

Segundo Escalão (Rubem Cabral)

Todo super-herói tem uma história de origem. Com o jovem pedreiro Luigi Focaccia não fora, então, assim tão diferente. Naquele mês de agosto Roma fritava os pedestres como não costumava … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 50 Comentários

Roça Hills (Roselaine Hahn)

Era uma vez um Reino Encantado, onde as cocadas floresciam à beira da estrada e as rapaduras brotavam em frondosas árvores. Um lugar em que todas as pessoas eram bonitas … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 45 Comentários

Morte súbita (Priscila Pereira)

Ai! Que dor…  Espera aí, o que aconteceu? Não, não acredito nisso! Eu morri? Mas como assim? Agorinha mesmo eu estava bem, andando tranquilamente pela rua, até pensava na lasanha … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 27 Comentários

A dor no dedo do meu pé não tem mais cura (Evandro Furtado)

– Tem certeza disso, Diego? – Claro. – deu-lhe dois tapinhas nas costas. – Não tem como dar errado. – Não sei. Não tô gostando disso. Permaneciam abaixados, ambos, atrás … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 43 Comentários

A História de Chico Fominha (M.A. Thompson)

Com a morte da esposa e já aposentado, Seu Baka, um português que morava na Bahia, resolveu abrir uma funerária. Pareceu ser uma boa ideia, afinal, todos seriam clientes, mais … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 26 Comentários

Frescão (Marco Piscies)

A madrugada nascia em tons de branco e preto. Dentro do quarto, as pás do ventilador giravam lentas, quase sem produzir vento algum. Sua rotação arrastada era uma canção de … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 23 Comentários

Literassex (Gustavo Araujo)

A primeira vez que Ademir experimentou aquela sensação foi na oitava série, logo depois que Fabiane Dória elogiou sua redação. ‒ Nossa, Ademirzinho, que lindo o que você escreveu! Podia … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 48 Comentários

A divina rotina (Davenir Viganon)

I Divino acordou com uma puta dor de cabeça. Não se lembrava de nada do dia anterior, com a exceção de que estava morto. Levantou, se arrumou no automático e … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 53 Comentários

Febre de Selva (Pedro Luna)

O guarda vinha pedalando a toda pela trilha de terra, alheio aos buracos e pedrinhas que podiam travar o pneu e arremessá-lo longe. Pendurada no pescoço, a sacola de compras … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 26 Comentários

Sabe de nada, inocente (Victor Faria)

I. — Quiéissu, mulher? – Indagou Josivaldo, incrédulo, ao ver sua esposa estirada na cama, de roupas sumárias e lingerie minúscula, contornando delicadamente suas curvas em gestos expressivos, ensaiando um … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 46 Comentários

Meu Deus (Victor Lachowski)

co.mé.di.a (latim comoedia, -ae) substantivo feminino. 1. Peça de teatro cujo assunto é tirado de fatos ridículos e jocosos da vida social. 2. Gênero desta composição. 3. [Figurado] Impostura; fingimento. 4. … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 24 Comentários

Couve sorridente (Antonio Stegues)

Transilvânia, 1898 Um homem a cavalo seguia lentamente por uma estrada, nas montanhas dos Cárpatos. O cavaleiro dormitava, tanto quanto a montaria, esta, seguindo o rumo por instinto. Então, eis … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 27 Comentários

Não quero assim (Wilson Barros Júnior)

“Não é assim que eu quero”, Karolaine proferia sua frase predileta, energicamente, como se fosse uma criança de quatro anos. Desta vez era porque não queria comer churrasco, mesmo tendo … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 26 Comentários

Um gato chamado Alice (Jorge Santos)

Meu nome é Astéri. Significa Estrela, em grego. A minha linhagem vem do tempo dos faraós do Egito. Sou de sangue real, destinado a feitos grandiosos e a liderar o … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 46 Comentários

Eu, Gabriela, vinte e tantos anos, solteira, encalhada e obsessiva por gramática (Bia Machado)

Uma hora eu teria que enfrentar aquela situação. Foi por isso que fiz tantos anos de terapia? Faz quase seis meses que as sessões terminaram. Saí do consultório do Fabiano, … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 46 Comentários

O tempero da baiana (Elisa Ribeiro)

– Mãe, o que ela era minha? Flávia franziu a testa. Pelo que entendia de relações de parentesco, a defunta não era nada de seu filho. Optou por uma explicação … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 30 Comentários

O Oritimbó de Sivuplê (Eduardo Selga)

Dos poucos que se propuseram a participar da reunião, uma espécie de assembleia extraordinária da família, todos estavam presentes. Não mais que dois, além do próprio responsável pelo encontro, demonstração … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 47 Comentários

A política é um inferno (Sandra Werneck)

Sempre fui um patriota. E um otimista. Sempre admirei essas qualidades. Essas capacidades especiais de manter altas expectativas em relação àqueles com quem eu me relaciono. Sempre vi o copo … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 46 Comentários

Franjas de comédia em todo manto (Olisomar Pires)

O irmão de Sóstenes se perdeu durante a comemoração festiva do arquipélago e foi levado por um homem que ansiava filhos. O sujeito enxergou na solitária criança um presente vindo … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 54 Comentários

TPM (Alex Rosa)

Era começo de namoro. Eu, à parte de tudo o que era compromisso, nunca havia estado em um relacionamento sério, a ponto de ver todos os lados de uma relação. … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 27 Comentários

Macaco velho (Fátima Heluany)

Grana, cascalho, bufunfa, cobre, prata, dinheiro… É ele que move o mundo?   Ser sovina não é apenas ter apego demasiado ao dinheiro: é muito mais… É usar a mesma … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 44 Comentários

Amor concreto (Ricardo Falco)

Confesso que foi uma surpresa descobrir a profissão dela. Martina havia desviado o olhar de mim. Não sei se por vergonha, ou se ela já estava com tudo planejado mesmo, … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 29 Comentários

Cabocla tinhosa (Givago Thimoti)

Em um bar de uma cidadezinha do interior de Goiás, dois homens, um granfino e um caipira, trocam um dedo de prosa, em meio a goles de cachaça. Zé, uma … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 26 Comentários

Aventuras e Desventuras de uma Jovem Democracia (Pedro Paulo)

O Congresso Nacional é e sempre foi um instrumento de importantíssimo valor à democracia da terra sobre a qual vos escrevo, a terrinha. Sempre que questionada a sua funcionalidade, daria … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 45 Comentários

Terapia do Supermercado (Bruna Francielle)

“Não aguento mais isso”, pensou Gilda, espremida entre umas três, quatro ou dez pessoas num ônibus na volta pra casa após o serviço. Lavou, passou, limpou, e ganhou cem reais … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 27 Comentários

Regulamento Desafio “Comédia”

co.mé.di.a (latim comoedia, -ae) substantivo feminino. 1. Peça de teatro cujo assunto é tirado de fatos ridículos e jocosos da vida social. 2. Gênero desta composição. 3. [Figurado] Impostura; fingimento. … Continuar lendo

15 de julho de 2017 · Deixe um comentário