EntreContos

Detox Literário.

Liga 2019 – Ranking 3

Bora conferir como ficou a classificação da Liga 2019 após a terceira rodada? Até o momento, temos garantidos na antologia Devaneios Improváveis os autores: Amanda Gomez Angelo Rodrigues Elisa Ribeiro Fabio Baptista … Continuar lendo

17 de setembro de 2019 · 1 comentário

Resultados – Liga 2019 3ª Rodada

Prezados participantes, encerramos mais uma rodada da Liga Entrecontos de Literatura 2019. Seguem os resultados:   SÉRIE A 1º: O Dia Em Que a Terra Não Parou (Rafael Sollberg) 77,8 … Continuar lendo

16 de setembro de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Rodada 3 – Série C

Esse é o tópico de votação para os participantes da Série C da Liga 2019 – RODADA 3.     Para visualizar diretamente todos os contos da Série C, clique … Continuar lendo

2 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Liga 2019 – Rodada 3 – Séries A e B

Esse é o tópico de votação para os participantes das Séries A e B da Liga 2019 – RODADA 3. Confira abaixo a composição de cada grupo, com a indicação de … Continuar lendo

2 de agosto de 2019 · 36 Comentários

A Bruxa (Marco Piscies)

Alguns diziam que seu semblante remetia às criaturas divinas que habitavam o inconsciente coletivo. As linhas de seu rosto formavam uma escultura adornada por cabelos louros que desciam encaracolados sobre … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 23 Comentários

A Canção de Laura (Antonio Stegues Batista))

Inspirado em Safo de Lesbos, poetisa grega do século VII a.c.   Segurando a mão de Ismênia, Laura a guiou pela trilha ascendente. – Onde me levas? – O dia … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

A Criação do Homem (Gustavo Moura)

  A multidão em frente ao Grande Salão Memento estava agitada. Vários cartazes erguidos, vozes uníssonas e gestos agressivos protestavam contra o evento que estava prestes a começar. Ameaças haviam … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

A Desvirtualização (Jorge Santos)

1 – Tens a certeza, Inês? – Sim. A resposta, dada na sua habitual determinação, era uma das suas facetas que eu mais admirava. Da mesma forma como se mostrava … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

A Garota sem Memória (Tiago Volpato)

  As luzes lá fora entram como personagens de novela. Uma sombra com curvas voluptuosas vibra na minha frente, suspiro e penso se devo me aliviar. A mocinha confronta o … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 23 Comentários

A Hora Certa de Dizer “Eu te Amo” (Fabio Baptista)

  Gotículas de garoa acumulavam-se na janela do escritório e, vez ou outra, escorriam, sem a menor pressa, desenhando no vidro azulado linhas tão imprecisas e aleatórias quanto os caminhos … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 24 Comentários

A Obradora e a Onça (Catarina Cunha)

O trem abriu as portas na estação com um suspiro. Patrícia pegou o vácuo do aglomerado de pessoas para entrar no vagão feminino. Peito, braço, bolsa, troca de suor e … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 50 Comentários

Alomorfia (Carolina Pires)

De dentro da grande cápsula giratória saiu o corpo de um homem. Nu, sob os olhares atentos dos chineses de jalecos brancos, tratou logo de sentar sobre a maca. Cortes … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Análise e Reconhecimento: Terra (Estela Goulart)

O Pa garantiu que a nave era segura. Confere. E eu sei disso porque ouvi ele dizer aos outros encarregados, quando ainda estávamos no solo de Retiaviv. O problema foram … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 19 Comentários

Arrobobô (Gustavo Aquino)

“De falar sobre a vida Eu gosto”.   I Foi o primeiro a aparecer. Abancou-se sobre o tronco caído de um dos coqueirais que arrodeavam a praia e mirou a … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 24 Comentários

Às Cegas (Claudia Roberta Angst)

Apertou o passo e olhou com desaprovação para os sapatos. Deveria ter calçado tênis confortáveis e deixado a elegância de lado. Desejou não ter perdido tanto tempo com detalhes, pois … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

As Lobas do Homem (Cirineu Pereira)

Lá estava ela, final e verdadeiramente despida, uma versão viva da Menina Má. A pele orvalhada – e o suor que lhe emanava dos poros era ameno em volume, mas … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 24 Comentários

Caça e Caçador (Cícero Lopes)

“Você me faz o que eu sou; caça e caçador”…  Fábio Júnior   O caçador Miguel era titulado de “sniper” por alguns e isso o aborrecia muito, pois, considerava a … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

De Forma Natural (Fátima Heluany)

  Uma inquietude inexplicável prevalecia nos meados do século: dias sem objetivos, sem direção e todos sempre se arriscando. Sobrevivia-se.     Letras gigantes esmagavam ferozes, as cores penetravam pelos olhos. … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Desejos Impuros (Elisabeth Lorena)

  Sexta-feira, dezessete horas. Logo depois do apito do trem, avisando o final das visitas ao museu ferroviário.  No prédio ao lado o delegado de Ensino conferiu o relógio e … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 43 Comentários

Devaneios Masculinos (Fabio Monteiro)

— Evandro, meu amigo! — Traz aí uma rodada dá mais gelada que você tiver na casa.  Sentamos à mesa Carlão, eu e outros dois amigos da oficina. No momento … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Erro Humano (M. A. Thompson)

“A fábrica do futuro terá apenas dois empregados, um homem e um cachorro. O homem estará lá para alimentar o cachorro. E cachorro estará lá para impedir que o homem … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Ervas Daninhas (Amanda Gomez)

Não era a primeira vez que eu estava naquela posição, caída, as mãos ferindo-se no chão áspero e as poucas peças de roupa espalhadas ao redor. Mas aquilo não era … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Espectros da Salvação (Gustavo Araujo)

A verdade é que Hugo nunca esteve preparado. A perda derradeira, o momento em que o destino se impõe de modo supremo, ignorando solenemente qualquer indignação. O vazio, a sensação … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Folhas de Outono (Regina Ruth Rincon Caires)

  O parque estava quase vazio. As pessoas escolheram o aconchego entre paredes, rejeitando, de vez, o vento frio da tarde e o sol tímido do final de outono. Poucas … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Humanidade (Luis Guilherme)

  Caminhava cabisbaixo pelo centro da cidade desolada, o sobretudo azul-marinho protegendo o corpo encolhido de frio e chuva. Mesmo o capacete, item obrigatório no ar ácido da metrópole, não … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 24 Comentários

Imagine (Fernando Cyrino)

Passei os olhos pelo jornal, acendi o cigarro e parti para a diversão matinal daqueles dias. Escondido por detrás das grossas cortinas grená, observar os dog walters passeando pelo parque … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 19 Comentários

João e Maria (José Ernesto Tonon)

O garoto de quinze anos estava apaixonado por Maria.  Estudavam na mesma classe e das vezes que voltavam da escola  vinham juntos. Maria morava mais a frente, depois da casa … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Júlia, Romeu e… (Paulo Luis Ferreira)

“Querida Júlia, estou te escrevendo apenas para dizer o quanto você não sai dos meus pensamentos e o quanto te imagino em minhas emoções fantasiosas. Ontem, no trabalho, você estava … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Kyra (Emanuel Maurin)

Sempre gostei de observar o céu noturno pelo telescópio, por isso optei em morar afastado da cidade, a distância da iluminação pública e de outras casas torna o lume de … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Love in the Afternoon (Daniel Reis)

“No topo do galho mais alto, perdida pelos coletores, a maçã amadurece; não por ter sido esquecida, mas por não terem conseguido alcançá-la.” Σαπφώ ( VII a.C.)   Suspensas no … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Madalena Eterna (Luís Fernando Amâncio))

Carpe diem, quam minimum credula postero. A frase do filósofo Horácio Flaco é uma máxima que, se eu voltasse no tempo, tatuaria no pulso da criança que fui. Uma tatuagem … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 19 Comentários

Matéria Escura (Rafael Penha)

– E agora vamos para as notícias de ciência e tecnologia com Lucas Prado. É com você, Lucas!  A imagem mudou do estúdio televisivo para uma moderna sala, onde numa … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Neo (Angelo Rodrigues)

Por que os homens bebem vinho e as mulheres, água? Por que um sexo é tão próspero e o outro tão pobre? Virginia Woolf   …lembro de ver Edgar Allan … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

O Buquê Jamais Recebido (Fil Felix)

  O bloqueio criativo levou Mercedes a viajar pelo interior do Rio Grande do Sul em busca de inspiração. Os dias na cidade grande com os cinzas estampados nas faces … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

O Círculo Não é um Zero (Caliel Alves)

<Test System AI = Model Turing> <Plan language Algol> <Object “X”>   0 – Sei que parece óbvio, mas o círculo não é um zero! 1 – O círculo é … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

O Conselho das Galáxias (Adauri Falcão)

Apesar das muitas brigas que tive com meus pais, sempre me achei um cara legal. Depois que saí da casa deles fui morar com um amigo numa casa alugada afastada … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

O Dia em que a Terra Não Parou (Rafael Sollberg)

  O famoso jornalista britânico Francis Cockburn certa vez disse; “não acredite em nada até que tenha sido oficialmente negado”, por minha vez, vos digo, “acredite em apenas 80% do … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 23 Comentários

O Entregador de Prazeres (Claudinei Novais)

Luiza acordou irritada naquele dia. Havia mais de um mês que o marido não a procurava para um momento íntimo e ela não sabia mais o que fazer a fim … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 39 Comentários

O Frasco de Biscate (Renan Carvalho)

Não havia passado muito da meia-noite quando Marieta acordou. Os lençóis estavam ensopados e no local onde antes o marido adormecera ao seu lado havia uma poça. Marieta acendeu seu … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 19 Comentários

O Rasante (Helder Sezinaldo)

O beijo de sua esposa e o abraço de seu filho pequeno foram os únicos presentes que Altair teve tempo de receber naquele seu aniversário.  Antes que o calor de … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 27 Comentários

O Segredo do meu Dentista (Lucas Cassule)

Quatro horas da manhã e já não consigo dormir, estou com uma dor terrível no lado direito da boca, tão incomum, parece estar a vir do cimo dos dentes e … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 34 Comentários

O Touro Mecânico (Ricardo Falco)

  Vocês não me conhecem; provavelmente… Mas eu sou essa moça da foto aí de cima. Por favor, não façam nenhum pré-julgamento. Fotografias mostram apenas instantes, e esta imagem aí … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Odisseia dos Mistérios (Fabio D’Oliveira)

  AVISO Abra com cuidado. Foi feito com coração, para ser entendido pela mente e apreciado pelos dois!   NOTA DE ESCLARECIMENTO Poderia fazer suspense, charminho, ou até enrolar na … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Olhos, os (Thiago Barba)

Era um tribunal, uma espécie de. Ela no palanque, em frente a todos, falava ao ar livre. Não tinha júri, ninguém para avaliar, só para ouvir. A grande plateia ouvia … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 23 Comentários

Outono (Ana Carolina Machado)

  O neto observava o avô olhando pela janela de forma melancólica. O idoso parecia está perdido em suas lembranças. -Vovô, está tudo bem?- perguntou o garoto trazendo uma manta … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Poá (Shay Soares)

  Vânia Muscato e sua inteligência artificial (IA) PK857 foram as autoras de Se Fôssemos Outros, livro lançado no Ciclo 349 que contém, para surpresa de todos (inclusive de Vânia), … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 21 Comentários

Realidade Fluida (Miquéias Dell’Orti)

  […]Quando algo muda, o que era perece,  e é gerado o que não é[…]   Julia abriu os olhos e teve que prender a respiração, a umidade invadiu suas … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Reminiscências de um Amor Proibido (Jowilton Amaral)

A primeira vez que o vi perdi o chão. O coração bateu tão forte que pude senti-lo pulsar em todos os meus ossos. Quando tirou os olhos do livro e … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Rosas Roubadas (Elisa Ribeiro)

Ela, no mundo da lua, como sempre. Ele, bêbado pela manhã como há muito tempo não ficava. Encontraram-se no pior lugar de Boa Vista. Sujo, feio, a cracolândia daquela cidade … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Salvaguardia (Luciana Merley)

Quase perdi a hora procurando o braço esquerdo nessa manhã. Desde a última exposição eu me lembro de tê-lo deixado debaixo das rendas do vestido de princesa e não o … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 50 Comentários

Sertão de Aço e de Fome (Evandro Furtado)

Juazeiro, 3019 Uma catedral de aço brilha em meio a um desértico cenário. Barracas feitas de panos velhos se dispõem ao redor, onde mulheres sujas e crianças mirradas vivem seus … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Show Time (Fernanda Babertta)

— Nós vamos matar a Elise — avisa Sarah, assim que a imagem de Lori surge em sua tela. — O quê? Como assim? — pergunta Lori, franzindo a testa. … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 23 Comentários

Simulando Sonhos (Leonardo Jardim)

— Quem nunca sonhou reviver um momento mágico? — uma voz jovial perguntou enquanto a mesma frase se formava no enorme telão. Centenas de pessoas na plateia suspiraram e concordaram … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Sob um Céu de Vigilância (Priscila Pereira)

Logo iria escurecer, Layla apertou o passo afastando galhos e folhas que, se por um lado atrapalhavam de ir mais rápido, por outro serviam de camuflagem. Não via um drone … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 20 Comentários

Take it Easy (Evelyn Postali)

Sentada sobre a mala no terminal de embarque da pequena Winslow, mergulhada em lembranças, Nora Woods culpava-se por ter sido tão ingênua. Como perdera o controle de sua vida? Como … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 22 Comentários

Vigilância (Pedro Paulo)

  Diante do caos, qualquer pessoa tratará de tentar encontrar ali alguma ordem, traço inconfundivelmente humano. Era assim para Henrique Fontes e havia mais de uma forma de encarar a … Continuar lendo

1 de agosto de 2019 · 19 Comentários

Liga 2019 – Rodada 3

COMO PARTICIPAR? 1 – Esteja preparado para ler e comentar até 19 contos. 2 – Escreva um conto de Ficção Científica ou um conto Sabrinesco (história de amor com toques … Continuar lendo

27 de junho de 2019 · Deixe um comentário