EntreContos

Detox Literário.

A Saga do Homem Fogo (Pedro Luna)

No começo, eu era um artista de circo. Sim, do Gran Circus Moringa, que fazia o maior sucesso no interior do nordeste. Sempre que a caravana chegava em alguma dessas … Continuar lendo

10 de dezembro de 2017 · 45 Comentários

Contemplação (Pedro Luna)

A canoa navegava lentamente sobre as águas barrentas e caliginosas do Rio Vermelho, desviando aqui e ali de plantas e troncos, seguindo o curso que penetrava no interior da floresta. … Continuar lendo

13 de outubro de 2017 · 47 Comentários

Febre de Selva (Pedro Luna)

O guarda vinha pedalando a toda pela trilha de terra, alheio aos buracos e pedrinhas que podiam travar o pneu e arremessá-lo longe. Pendurada no pescoço, a sacola de compras … Continuar lendo

5 de agosto de 2017 · 26 Comentários

Cava buracos (Pedro Luna)

Chove forte em Mata Virgem quando Uchoa e Delgado entram no bar do cantineiro Josiel e se deparam com um cemitério de mesas e cadeiras. – Mas que porra – … Continuar lendo

20 de maio de 2017 · 49 Comentários

Responsabilidade (Pedro Luna)

Tomás empilhou as últimas sacas de cimento e acendeu um cigarro para tentar aliviar o tremor nos músculos. Chovia fino fora da obra, e ele ficou encostado na janela, absorto, … Continuar lendo

10 de março de 2017 · 40 Comentários

Crack! (Pedro Luna)

Panelas amassadas. Lixo no chão. Goteiras. Baratas atrás do armário. Geladeira vazia. Roupas furadas. Sem ventilador. Sem televisão. Privada entupida. Espelhos rachados. Uma parede. Um retrato. Duas pessoas. Duas promessas. … Continuar lendo

13 de janeiro de 2017 · 83 Comentários

Indignação (Pedro Luna)

De vez em quando, Lorenzo parava o que estava fazendo para contemplar a chuva. Ficava imóvel, de queixo erguido, fitando as nuvens vermelhas no alto e recebendo as gotas no … Continuar lendo

26 de novembro de 2016 · 39 Comentários

Na praia (Pedro Luna)

Acostumados a acordar antes do sol e a acompanhar os pais nas jangadas, os três meninos ignoravam o vento frio do início da manhã e andavam lado a lado, seguindo … Continuar lendo

21 de setembro de 2016 · 46 Comentários

Zico e Mário (Pedro Luna e Claudia Roberta Angst)

Zico e Mário degustavam um tranquilo fim de sábado e faziam o que mais gostavam de fazer: assistir ao programa de Ernesto Varíola, o sabichão da TV. Você tem saudades … Continuar lendo

13 de julho de 2016 · 41 Comentários

Enviei para você (Davenir Viganon e Pedro Luna)

Mensagens recebidas (B.F.Weller) Olá! Gostaria de te convidar para conhecer a página do meu livro “O Anjo da Vida”. É um romance e eu acho que você vai gostar. É … Continuar lendo

12 de julho de 2016 · 39 Comentários

O Quadro, o Chapéu e o Gato (Pedro Luna)

Intrigada com um quadro que teimava em ficar torto na parede da cozinha, Rosa Helena decidiu martelar quatro pregos, nas quatro extremidades do objeto, e grudá-lo na parede de forma … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 29 Comentários

Trocas Macabras – Resenha (Pedro Luna)

Stephen King é um escritor americano que vem tendo obras publicadas no Brasil há muitos anos. Na década de 80 até o início dos anos 90, um período de efervescência … Continuar lendo

9 de abril de 2016 · 6 Comentários

Sem piedade (Pedro Luna)

Os homens que até então estavam sendo mantidos presos em uma pequeno buraco no chão de uma caverna, agora faziam fila frente a um grupo de Orcs que urravam e … Continuar lendo

5 de março de 2016 · 30 Comentários

Aprendendo a dirigir – Conto (Pedro Luna)

Os problemas começaram quando a esposa decidiu que aprender a dirigir era a sua nova prioridade. E o avisou enquanto ele bebia uma xícara de café quente, logo no início … Continuar lendo

1 de fevereiro de 2016 · 13 Comentários

Natural (Pedro Luna)

Estava prestes a saltar da cobertura do edifício quando percebeu um homem de terno timidamente a se aproximar. – Ei – gritou. – Esse lugar já é meu. – Por … Continuar lendo

14 de janeiro de 2016 · 60 Comentários

Retornar (Pedro Luna)

Zuckeberg já estava no quinto cigarro desde que sentara no banco da praça. Dali, podia ver a casa de Mila e a esquina que ela dobraria ao voltar do trabalho. … Continuar lendo

9 de dezembro de 2015 · 31 Comentários

A Penúltima Edição (vários autores)

“A Penúltima Edição”, desdobramento do projeto literário iniciado com “A Última Edição”, é uma antologia subversiva, a começar pelo título, que embaralha a ordem cronológica. Da mesma maneira, este volume … Continuar lendo

28 de setembro de 2015 · Deixe um comentário

O Celeiro (Pedro Luna)

Farejou um cheiro delicioso. Abriu os olhos e viu que ao lado da confortável cama havia um prato de sopa com pedaços de galinha. O estômago reclamou e ele tentou … Continuar lendo

12 de setembro de 2015 · 40 Comentários

Sarjeta dos Robôs (Pedro Luna)

A porta do HOJO BAR se abriu e Bentley foi arremessado violentamente para fora. O dono do lugar, Hojo, um enorme robô modelo Nexus (com bigode), apareceu na porta e … Continuar lendo

24 de julho de 2015 · 49 Comentários

Coração de Papel (Pedro Luna)

Estava perdido em um espaço em branco Sem nunca enxergar uma saída Um dia encontrei uma trilha de letras E então as palavras libertaram a minha vida Hoje eu rabisco … Continuar lendo

4 de maio de 2015 · 15 Comentários

Meu Querido Pai (Pedro Luna)

Nuvens cinzentas e mal encaradas escondiam o sol do meio dia e anunciavam que vinha muita chuva por aí, mas Téo não se apressou no caminho feito entre a escola … Continuar lendo

4 de abril de 2015 · 39 Comentários

Pedro Luna

Pedro Luna Coelho Façanha nasceu em Fortaleza, CE, em 1990. É estudante de jornalismo e atualmente trabalha na área. Leitor desde criança, cresceu envolvido em diversas atividades de criação como … Continuar lendo

26 de fevereiro de 2015 · 1 comentário

Fome Inerente (Pedro Luna)

O doutor tinha a estranha mania de tentar adivinhar a personalidade dos pacientes apenas por seus nomes. Dessa vez, imaginou para ‘’ Paolo’’ um sujeito magro, alto e desengonçado. Por … Continuar lendo

5 de fevereiro de 2015 · 44 Comentários

Coração Gelado (Pedro Luna)

– Bruxas não podem se apaixonar – disse, Elyza. – Já é a milésima vez que eu falo, Dinda, e não pretendo mais bancar a bruxa compreensível. Da próxima vez … Continuar lendo

2 de agosto de 2014 · 32 Comentários

Novembro de 63 – Resenha (Pedro Luna)

Lançado no Brasil no final de 2013, o livro é um típico trabalho de King. Tudo que marca a obra do autor está presente. Desde o habitual número elevado de … Continuar lendo

2 de março de 2014 · 3 Comentários

A Roda da Fortuna (Pedro Luna)

O posto de gasolina ficava na entrada de uma pequena cidade chamada Beckett, no interior do Texas, e pelas manhãs era de total responsabilidade de Eva Wilker. Era o primeiro … Continuar lendo

15 de fevereiro de 2014 · 21 Comentários

Assombrados Anônimos (Pedro Luna)

  Dante largou o livro que estava lendo, algo escrito por Dickens, e consultou o relógio de pulso. Se quisesse mesmo ir, era preciso sair agora. Sentado no sofá da sala … Continuar lendo

24 de dezembro de 2013 · 26 Comentários

Olhos de Gato (Pedro Luna)

Quando as noites costumavam ser tão frias, até mesmo os vampiros que perambulavam pelas sombras, os viciados em drogas, que encontravam na escuridão a camuflagem ideal para se envenenarem, preferiam … Continuar lendo

13 de novembro de 2013 · 20 Comentários

Morte em Família (Pedro Luna)

Anos 70 Se existe uma história curiosa sobre brigas e competições dentro de uma família, certamente é essa aqui retratada. A família Colares sempre foi uma família estranha. Morava em … Continuar lendo

18 de setembro de 2013 · 20 Comentários