EntreContos

Literatura que desafia.

Resultados do Desafio “Realidade Histórica Alternativa”

Caros participantes, amigos e curiosos de sempre. Um desafio fantástico, extremamente difícil mas igualmente recompensador. Vinte e sete contos inscritos e apenas dois desclassificados, dando novas versões a fatos históricos conhecidos … Continuar lendo

4 de junho de 2016 · 26 Comentários

Avaliação – Desafio “Realidade Histórica Alternativa”

Caros participantes e amigos, Agradecemos mais uma vez a presença de todos por aqui. No total 27 (vinte e sete) contos inscritos para o desafio mais difícil de todos os tempos. Às regras … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 28 Comentários

Ainda que o sol nasça vermelho (Evandro Furtado)

A diligência cruzou o vale em alta velocidade. Poeira foi levantada quando os cascos dos cavalos e as velhas rodas do veículo rasgaram aquele pedaço de chão abandonado por Deus. … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 55 Comentários

Isabéis (Eduardo Selga)

Em seu gabinete, sentado à mesa e tendo alguns despachos rotineiros a assinar, o presidente do Conselho de Ministros estava mesmo era apreensivo com a redação final do decreto, e … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 34 Comentários

Liberdade no Horizonte (Claudia Roberta Angst)

Ignorando os sucessivos bocejos do pai, Paulo apontava para o mapa mundi exposto na tela do seu tablet. Já haviam brincado disso várias vezes e o menino ainda não se … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 29 Comentários

Órbita Vermelha (Davenir Viganon)

A noite , no início daquela manhã, no passo cambaleante das putas ciscando pelos bares abertos na rua São Paulo. Tomado pelo asco, Tavares chegou a diminuir a velocidade de … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 39 Comentários

Sangue Azul (Ricardo de Lohem)

– Que linda! – exclama Claire –, também quero uma dessas! Eu quero, eu quero! – Nada de copiar a minha tatouage! – fala Aline, rindo. – Invente a sua! … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 33 Comentários

Cálculos não são sentimentos (Pedro Crivello)

23 de julho de 1950,22h, Reino Unido   Qualquer vento na janela assustava-o naquela noite. Ele nunca tanto medo em toda sua vida, nem quando a sirene tocava e os … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 28 Comentários

Farrapos e Glória (Victor O. de Faria)

A professora entrou na sala.     Os raios de sol alaranjados, espalhados pelo chão, traziam lembranças de décadas passadas. Retirou calmamente os livros da pasta do magistério, os distribuiu sobre … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 35 Comentários

O Outro (Gustavo Aquino)

A mi estilo te canto mi negro, a mi estilo voy. Orishas   Policarpo Arroyo deixou a muleta de lado por um instante e espargiu a cerveja na sarjeta. Pousou … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 30 Comentários

Hermano (Wender Lemes)

Sentado com sua cuia à porta do casebre, via dois cabritinhos pulando na baixada distante. Aquela cena alivia-lhe o peito, de certa forma, do peso que a manhã lhe incutia. … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 32 Comentários

Travessia (Gustavo Araujo)

Em meio aos gritos, José Vaz segurou com força o braço do filho, Miguel. Não conseguia vê-lo, mas por nada neste mundo soltaria o braço do menino. Sob a noite … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 38 Comentários

E se fosse Eva? (Catarina Cunha)

Uma fina cascata de flores de maracujá alimenta o lago adormecido, enquanto o nascer do sol doura o vale entre montanhas de algodão.  Eva enrola uma mecha de seus longos … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 88 Comentários

O Quadro, o Chapéu e o Gato (Pedro Luna)

Intrigada com um quadro que teimava em ficar torto na parede da cozinha, Rosa Helena decidiu martelar quatro pregos, nas quatro extremidades do objeto, e grudá-lo na parede de forma … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 29 Comentários

A índia branca (Andreza Araujo)

Quando a maior das naus ancorou próximo à praia, toda a tripulação comemorou batendo rapidamente com os pés, repetidas vezes, sobre o convés, gerando um barulho ritmado. Alguns bradaram gritos … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 33 Comentários

Caminho Marítimo para a Europa (Vitor Leite)

Aquele não era um dia igual aos outros. Como sempre, depois do trabalho enfiava-se na biblioteca nacional, e era como se ficasse desaparecido durante meia dúzia de horas, até fechar … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 31 Comentários

Deus é Pai, e quem sabe, brasileiro! (Simoni Dário)

Aos 33 anos Pedro já tinha vivido muitas coisas, mas deixar o filho para trás era realmente sua maior provação. Crescera numa família de recursos, com títulos e regalias, mas … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 64 Comentários

Xadrez dos Universos (Wilson Barros Júnior)

Miguel Los Mundos abriu os olhos e deparou-se mais uma vez com a estranha praia. Próximo à areia, as ondas deslizavam graciosamente. Entretanto, mar adentro, elas erguiam-se até grandes alturas, … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 55 Comentários

Lembranças da Ilha Distante (Virgínia Barros)

O Palácio dos Leões fervilhava naquela noite. Eu não entendia bem o que estava acontecendo, somente percebia que algo ia bastante mal. Meu pai não costumava me levar a reuniões … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 34 Comentários

Nem antes ou depois (Olisomar Pires)

Quando entrou em campo veio junto toda a promessa que o pai lhe fizera – “ você será grande, seus pés tem asas” – Era o ano de 1956. Aos … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 53 Comentários

Ensaio sobre a imponderabilidade ilusória (Swylmar Ferreira)

O barulho do alarme contra intrusos do laboratório de segurança máxima era ensurdecedor, fora as luzes vermelhas que acendiam e apagavam ininterruptamente causando em Laura uma sensação de desorientação. Todos … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 27 Comentários

Como Matar o Presidente Americano (Leonardo Jardim)

Domingo, 31/05/1992. — Como assim matar o Bush?! — Ricardo perguntou aos gritos. — É uma longa história — eu respondi emendando um suspiro. — Então conte! Ou vou achar … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 38 Comentários

Tempos Modernos (Pedro Teixeira)

Às 20:35, na redação do Diário Paulista, Rubens preparava-se para sair e aproveitar sua folga. Quando já havia terminado de organizar a mesa e inclinava-se para pegar o paletó na … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 41 Comentários

A Cidade dos Loucos (Thiago de Melo)

Nova Esperança é uma cidadezinha perdida no interior do Brasil. Já foi chamada por vários nomes desde a sua primeira inauguração, mas esse pequeno pedaço de terra quase inabitável é … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 38 Comentários

Seca (Thomás Bertozzi)

Samira esfregava as mãos nos joelhos, ainda grudentas por causa da cera. – Vai estragar o esmalte, cuidado. Sara era meticulosa, mesmo enquanto dirigia, atenta e firme ao volante. Aos … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 30 Comentários

A Teoria das Cordas (Daniel Reis)

1. Luísa levantou-se muito cedo. Não era seu hábito, mas naquela manhã dispensou a empregada e fez questão de verificar, sozinha, se tudo estava em perfeita ordem para quando ele … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 67 Comentários

O Voo Inexorável das Borboletas (Fabio Baptista)

Vilarejo Braunau, Áustria, abril de 1.896 Francine Zildaikóv sentiu o cheiro úmido de revolta, imiscuído ao esterco dos cavalos e ao suor dos transeuntes que, com semblantes e casacos fechados, … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 45 Comentários

Regulamento Desafio “Realidade Histórica Alternativa”

I – Das Disposições Gerais e da Inscrição 1) A participação no Desafio “Realidade Histórica Alternativa” do EntreContos é totalmente gratuita. O Desafio é voltado a ESCRITORES que orgulhosamente sejam também LEITORES. … Continuar lendo

21 de abril de 2016 · 1 comentário