EntreContos

Detox Literário.

Resultados – Liga 2019 1ª Rodada

Caros Entrecontistas,

Saudamos entusiasticamente todos os participantes da Liga Entre Contos 2019. Gente experiente, novatos, mas todos com muita vontade de aprender, de colocar seus textos à prova. No total, foram 68 (sessenta e oito) inscritos, divididos em três séries de acordo com o ranking histórico do EC.

Nesta ocasião, de acordo com o Regulamento da Rodada, os autores e autoras deveriam escolher um tema específico para escrever: comédia ou fantasia. O resultado foi excelente, com contos memoráveis e de alta qualidade.

Neste post divulgamos a classificação final oficial.

Primeiramente, vamos aos contos e respectivos autores, conforme as séries em que se dividiram:

Conforme o regulamento, os autores e autoras dos Grupos 1, 2, e 3 da Série C passaram por uma fase eliminatória, em que analisaram os contos uns dos outros, ordenando seus textos favoritos visando à classificação para a etapa seguinte. As votações nessa fase se desenvolveram da forma como se vê nas tabelas abaixo:

Os quatro melhores classificados nos diferentes grupos da Série C foram então reunidos em uma rodada final, com os próprios integrantes lendo, comentando e votando em seus textos preferidos.

O campeão da fase final da Série C foi “A Dama Rubra“, de Cirineu Pereira, com 91 pontos:

“Agora ele vai sucumbir, pensei comigo. Não sucumbiu. Soltou minha mão e se esticou na poltrona. Bem, os médicos já me contaram tudo o que sabem, e o que não sabem… Ponderou. Mas enfim, estou voltando para o Brasil, de fato, estive longe por tempo demais. Ficarei contigo, pai, ele decretou. Ficarei contigo e com o meu filho.”

Em segundo lugar, com 84 pontos, “Os Dois Lados da Penteadeira“, de Estela Goulart:

“Maria observou o delicado fio dourado que seguia de seus cabelos até o tronco de Razio, onde estaria localizado seu coração. Emo ignorou a indireta com desdém e prosseguiu: — Está vendo essas imagens, Maria? — agitou os braços ao redor. — Sou o mediador de tudo isso. Nada mais belo do que a comoção humana.”

Fechando o pódio, com 83 pontos, “Lúcia no Mundo das Coisas“, de Shay Soares:

“Por algum tempo, Lúcia acreditou estar sozinha ali naquela rua, até o momento que percebeu que havia alguma coisa na escuridão. Ela poderia ter se apavorado, mas, quando conseguiu reconhecer a coisa em si, só sentiu perplexidade.”

A classificação final na Série C, então, ficou da seguinte maneira:

Para facilitar a visualização, observe-se a tabela com as informações consolidadas:

Conforme definido no edital, os cinco autores mais bem classificados, destacados em verde, passarão à Série B na próxima rodada.


Na Série B, os contos foram lidos, analisados e comentados pelos participantes da série A, que lhes atribuíram notas e, ainda, escolheram seus favoritos nos quesitos Técnica, Criatividade, Impacto e Melhor Conto, quesitos esses que também valiam pontos.

Ao final, nessa série, sagrou-se vencedor o conto “Benza Deus as Amizades“, de Angelo Rodrigues, com 87,3 pontos:

“Por favor, Senhor, Deus Todo Poderoso, não deixe o possante morrer novamente, que eu não aguento mais fazer força, vou acabar me cagando todo; e o carro, graças ao Santo, seguiu em frente, então eu abri a janela pra tomar uma fresca e vi que tava todo cheio de poeira, camisa cagada de graxa, calça molhada entre as pernas parecendo um mijão, sentindo que o calor tinha azedado a marmita (…)”

Em segundo lugar, com 84,4 pontos, ficou “O Homem que Tudo Verá encontra o Homem que Tudo Promete“, de Pedro Paulo:

Às vezes dá. Manuel compreendeu de quem a criatura falava, então com as duas mãos quebrou o pescoço do urubu. A Fome não morreria com aquilo, subsistia da carestia das pessoas, que naquela seca continuaria a existir. Pelo menos enquanto o homem que tudo verá não encontrasse o homem que tudo promete.”

Em terceiro lugar, com 80,1 pontos, “Crônicas do Servo que Habita o Nó e daqueles que o Desvencilham“, de Leandro Barreiros.

“A cabeça da mulher era careca, exceto aqui e ali, onde tufos brancos escapavam. O nariz carcomido exigia oxigênio com um barulho desagradável e cada vez que respirava, seu tórax estalava. Nunca vira um humano tão velho. Por isso ficou feliz.”

As notas, as votações nos critérios e a classificação final de todos os contos podem ser vistas na tabela abaixo:

Uma versão mais enxuta, para facilitar a visualização, pode ser conferida a seguir:

Só lembrando que os cinco melhores contos, destacados em verde, passam à Série A na próxima rodada, enquanto que os cinco últimos, em rosa, descem à Série C. Desclassificados, em todo caso, pegam gancho de uma rodada 😦


Por fim, chegamos à Série A, que teve seus textos lidos, analisados e comentados pelos integrantes da Série B, que também avaliaram os critérios de Técnica, Criatividade, Impacto e Melhor Conto.

Ultimada a apuração, sagrou-se vencedor o conto “O Enigma do Rei“, de Gustavo Araujo, com 81,3 pontos:

“O Graal, ela dissera, recordando a velha história que sua mãe costumava contar. O Graal pode salvá-lo. Ele sorrira como só os moribundos conseguem sorrir. Um sorriso triste de quem enxerga algo além da realidade. Não morra, eu vou voltar.”

Em segundo lugar, com 81,1 pontos, “Herdeiros da Vingança“, de Fabio Baptista:

Das profundezas do castelo, o rugido bestial de um demônio sedento por vingança veio como resposta. Galgando degraus com a pressa de um lobo faminto, espalhando medo e sangue pelos aposentos, rindo, matando. O Shinigami não demorou a chegar ao salão onde seus inimigos o aguardavam.

E em terceiro lugar, com 78,1 pontos, “Brejo da Cruz“, de Paula Giannini:

“Azul. Já vira aquilo acontecer centenas, se não milhares de vezes. A perfuração começava no umbigo, buraco-negro devorando aquilo que não tinha do que se alimentar. Depois era a cor. A cútis azulando gradualmente, a começar pelas unhas, os lábios, os pés. Depois vinha o nada, quando o buraco já não tinha o que devorar ali.”

A classificação final, com todos os contos, notas e critérios pode ser vista na tabela abaixo.

Confira a tabela a seguir, que condensa as informações gerais:

Seguindo as regras de acesso e descenso, os cinco autores que constaram da base da tabela, em rosa, passam a integrar a Série B na próxima rodada.


Em breve, muito breve, inicia-se a 2ª rodada da Liga, com os temas Infantil e Terror à disposição dos participantes. Todos estão convidados a se arriscar, inclusive aqueles que por algum motivo não se inscreveram na primeira rodada. Tem dúvidas? Acesse o Regulamento Geral da Liga. Ainda tem dúvidas? Mande um email para desafio.entrecontos@gmail.com

Não deixe de se interagir com os demais autores do EC, fazendo parte dessa competição saudável! Inscreva-se no nosso grupo no facebook e vamos celebrar a literatura.

Esperamos vê-los em breve!

5 comentários em “Resultados – Liga 2019 1ª Rodada

  1. Caliel Alves
    4 de abril de 2019

    #quevenhaaserieB

  2. Fernando Cyrino.
    2 de abril de 2019

    parabéns aos organizadores, aos vencedores e a todos os participantes. E vamos que vamos para o terror e o infantil.

  3. Ricardo Gnecco Falco
    1 de abril de 2019

    Parabéns a todos os envolvidos. Dos dois lados da tela!
    😉

  4. Cirineu Pereira
    1 de abril de 2019

    O arremedo de escritor aqui fica sem palavras, só me resta dizer (sem marcação do diálogo – rs), parabéns, pela organização, empenho e competência.

  5. Elisabeth Lorena Alves
    1 de abril de 2019

    Parabéns pela Organização e Parabéns aos Vencedores.

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado às 1 de abril de 2019 por em Liga 2019 - Rodada 1 e marcado .