EntreContos

Detox Literário.

Liga 2019 – Rodada 1.2 – Série C

Prezados participantes, seguem os 12 contos classificados para a segunda etapa da Série C:   – A Dama Rubra – A Lenda da Árvore Cantante – Apenas Um Dia Comum … Continuar lendo

10 de março de 2019 · 18 Comentários

A Dama Rubra (Cirineu Pereira)

Ao despertar depois da cirurgia, notei a presença dela no quarto. Cabisbaixa, o corpo esquálido em vestes brancas permanecia em pé, imóvel no canto mais próximo à porta, entretanto, sem … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 43 Comentários

A Lenda da Árvore Cantante (Caliel Alves)

Os deuses concederam um propósito ao povo Jatenã, eles protegeriam a Árvore Cantante. Sumé, “o Emissário dos Deuses”, deu uma única ordem: nenhum dos Jatenã comeria dos seus frutos ou … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 18 Comentários

Apenas Um Dia Comum (Virgílio Gabriel)

  Parte 1 – Mamãe, a casa subiu Em uma manhã de segunda-feira, Alfredo Corvino escutou o seu despertador tocar. Não que ele tivesse algum compromisso durante o dia. Na … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 17 Comentários

Betiron, um Reino (Luciano Alves)

Seus olhos estavam embotados pela poeira quente do deserto, mesclada ao suor que porejava em seu rosto, produzindo gotículas que reluziam em sua pele antes de misturarem-se ao pó; algumas … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 17 Comentários

Dezembro (Gustavo Moura)

  É difícil saber do que se trata quando alguém sorri ao longe, olhando, aparentemente, para ti. Decerto há um encontro nas feições de quem se admira, seja o recanto … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 40 Comentários

Lúcia no Mundo das Coisas (Shay Soares)

Lúcia tinha uma grande admiração pela palavra coisa, ela via nesse agregado de letras a possibilidade de ser tudo e nada ao mesmo tempo, não possuía nenhum significado concreto e … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

O Animalismo (Cícero Lopes)

Sobre quem sou eu nesse mundo cada vez mais extraórdinário e bizarro; a memória que tenho mais fresca é a de tocar bateria no trio muito famoso, em ao menos, … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 37 Comentários

O Dia Em Que Acordei Morto (Paulo Luis Ferreira)

Riam! Podem rir à vontade! Pois eu também ri muito na manhã daquele dia. Quero dizer pensei em rir, mas não pude, pois não conseguia nem me mexer. Achava-me atado. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 34 Comentários

Os Dois Lados da Penteadeira (Estela Goulart)

Diziam relatos que a penteadeira amaldiçoada estava abandonada no sótão da casa do Seu Damião, e o mais ressentido com isso era ele. Motivos para chamá-la assim não faltavam, sem … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

Passageiro 3J (Fernanda Barbetta)

Naquela noite Ronaldo foi um dos primeiros passageiros a embarcar no Boeing 767-300, que estava prestes a deixar Detroit com destino a Guarulhos. Em seu ticket, recém-impresso, o assento 3J … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 41 Comentários

Sensitu (Elisa Ribeiro)

  As vozes na minha cabeça me pediam uma criança, espécie de sacrifício, remédio para dar sentido à minha vida pequena. I Passado o susto, Lúcia ignorou o sonho, não … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários

Uma Canção Para Nara (Ana Carolina Machado)

O pequeno Marcos estava ansioso pelo nascimento da sua irmãzinha Nara. Seria bom ter alguém para brincar além do seu gatinho. Pensava em como os dois formariam uma dupla de … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · 20 Comentários