EntreContos

Literatura que desafia.

O bilhete (Davenir Viganon)

Chico, encontrou um homem, bem vestido e idêntico a ele. Chamava-se Francsico. Nada disseram. Apenas entregou um cartão e foi embora. No cartão dizia: “06-17-22-30-37-50, sorteio:1892.“ Chico, certa vez, foi … Continuar lendo

13 de janeiro de 2017 · 85 Comentários

Metamorfose institucional – Conto (Davenir Viganon)

Certa manhã, ao despertar de sonhos intranquilos o país acordou metamorfoseado numa republiqueta monstruosa.

2 de janeiro de 2017 · 5 Comentários

O Odu de Marte (Davenir Viganon)

I Acordou naquela manhã desejando a Terra intensamente, como em todas manhãs que lembrava. Os campos verdes, o cheiro de terra molhada e o ar puro prometidos nos anúncios e … Continuar lendo

14 de novembro de 2016 · 74 Comentários

Farenheit 451 – Resenha (Davenir Viganon)

Uma distopia clássica da Ficção Científica, escrita no pós-2ªGM (1953). Um manifesto contra o autoritarismo para além de sua face política e também uma bela obra da literatura que se … Continuar lendo

26 de outubro de 2016 · 5 Comentários

Inumação (Davenir Viganon)

Acordei tonto e minha cabeça latejava com restos de um pesadelo que terminou. Raspei a mão em uma superfície de madeira quando fui tocar a nuca. O sangue pastoso grudou … Continuar lendo

24 de setembro de 2016 · 45 Comentários

Número Zero – Umberto Eco – Resenha (Davenir Viganon)

“Número Zero” foi a último romance de Umberto Eco, lançado em 2015. O autor que, entre outras coisas, foi um estudioso da mídia e fez nesta obra um panorama sarcástico … Continuar lendo

25 de agosto de 2016 · 6 Comentários

Enviei para você (Davenir Viganon e Pedro Luna)

Mensagens recebidas (B.F.Weller) Olá! Gostaria de te convidar para conhecer a página do meu livro “O Anjo da Vida”. É um romance e eu acho que você vai gostar. É … Continuar lendo

12 de julho de 2016 · 39 Comentários

Chá de Maçã (Simoni Dário e Davenir Viganon)

Estava combinado. Após o jantar, bebericaram um chá de maçã com cravo e canela que ela fazia com uma mão de fada e parecia o melhor de todos os chás … Continuar lendo

2 de julho de 2016 · 39 Comentários

Órbita Vermelha (Davenir Viganon)

A noite , no início daquela manhã, no passo cambaleante das putas ciscando pelos bares abertos na rua São Paulo. Tomado pelo asco, Tavares chegou a diminuir a velocidade de … Continuar lendo

14 de maio de 2016 · 39 Comentários

A procura (Davenir Viganon)

I Olhou para a vastidão de terra que o cercava e viu o mundo. O velho griô sabia o nome que se dava a cada porção de terra, mas mundo … Continuar lendo

5 de março de 2016 · 49 Comentários

O Mundo de Rocannon – Resenha (Davenir Viganon)

O Mundo de Rocannon (The Rocannon’s World) é o primeiro livro de Ursula K. Le Guin. Nesta obra ela consegue em poucas páginas trazer uma história rica onde aborda os mitos … Continuar lendo

1 de fevereiro de 2016 · 3 Comentários

Aberrações de Titã (Davenir Viganon)

— Tem visto o “pálido ponto azul” com que frequência? — Pergunta Omaírp, debruçado em suas sombrias anotações clínicas. — Quase diariamente, nos meus sonhos. — Responde Ardnassac deitada no divã. — Fale-me sobre o que vê. — O … Continuar lendo

14 de janeiro de 2016 · 84 Comentários

Os Despossuídos – Resenha (Davenir Viganon)

“Os despossuídos”, de Ursula K. Le Guin, é o quinto livro ambientado no mesmo universo (chamado Ciclo de Hainnish) criado pela autora, mas na ordem cronológica é o primeiro. A Le Guin nos … Continuar lendo

7 de janeiro de 2016 · 2 Comentários

O bibliotecário de Salé (Davenir Viganon)

Salé, Marrocos. A Salé das luzes noturnas, das palmeiras artificiais e da maresia intoxicada formava uma paisagem borbulhante na feira praiana e perene perto da foz do rio Bu Regregue. … Continuar lendo

9 de dezembro de 2015 · 56 Comentários

Fluam, minhas lágrimas, disse o policial – Resenha (Davenir Viganon)

“Fluam, minhas lágrimas, disse o policial” (Flow my tears, the policeman said) é uma das obras mais emocionais e intimistas de Philip K. Dick. O autor aborda temas como identidade, … Continuar lendo

5 de dezembro de 2015 · 4 Comentários

Neuromancer – Resenha (Davenir Viganon)

Neuromancer é acima de tudo um clássico da Ficção Científica. Um livro básico para imergir na literatura cyberpunk. É um mundo que combina altas doses de tecnologia mas que, ao … Continuar lendo

2 de dezembro de 2015 · 2 Comentários

Dez Quilos (Davenir Viganon)

O que leva as pessoas a para as academias? Digo as academias que exercitam o corpo, não as instituições de ensino. Para mim a maioria vai por motivos puramente estéticos. … Continuar lendo

12 de setembro de 2015 · 24 Comentários

O Homem do Castelo Alto – Resenha (Davenir Viganon)

O Homem do Castelo Alto, publicado em 1962, colocou Philip K. Dick como um dos grandes do gênero. A obra é uma Ucronia, ou seja, os famosos “e se” da … Continuar lendo

29 de agosto de 2015 · 3 Comentários

Androides sonham com ovelhas elétricas? – Resenha (Davenir Viganon)

“Androides sonham com ovelhas elétricas?” é uma das obras mais conhecidas de Philip K. Dick pela sua adaptação ao cinema (Blade Runner). A versão que li é uma antiga que … Continuar lendo

25 de agosto de 2015 · 2 Comentários

A lembrança de Prístina (Davenir Viganon)

A primeira lição de um revolucionário tem que aprender é que ele é um homem condenado. – Huey Newton   I – Kubinka, Novaya Soyus No fim da tarde Vitaly … Continuar lendo

10 de julho de 2015 · 83 Comentários