EntreContos

Literatura que desafia.

Resultados do Desafio Filmes e Cinema

Caros participantes, amigos e curiosos de sempre. Sejam bem vindos ao tapete vermelho do Entre Contos. Brad Pitt e Angelina Jolie queriam apresentar a entrega dos nossos prêmios, mas tivemos … Continuar lendo

18 de novembro de 2014 · 42 Comentários

Votação – Filmes e Cinema

Caros participantes, Como sempre, agradecemos a presença de todos por aqui. O trailer terminou, hora do programa principal. O tema “Filmes e Cinema” resultou em 28 (vinte e oito) contos … Continuar lendo

8 de novembro de 2014 · 25 Comentários

(Relevâncias Desventurosas aos Envolvidos) – (Gustavo Andrade)

O cheiro azedo que exalava da boca de Léia – enquanto testava seu hálito e recolhia as coisas (e pessoas) quebradas do chão – não lhe era tão surpreendente quanto … Continuar lendo

7 de novembro de 2014 · 50 Comentários

Tendências Sombrias (Thiago Mendonça)

Eu espreito na escuridão, como uma criatura das sombras sedenta de sangue. Observo o casal que adentra o apartamento, alheio à minha presença, e o desejo de matar apodera-se de … Continuar lendo

7 de novembro de 2014 · 28 Comentários

Onde Nasce a Loucura (Willians Marc)

Todo mundo vem do mesmo lugar, mas por que alguns escolhem caminhos tão diferentes? As estações de trem sempre faziam Alguém pensar sobre isso. Parou de tergiversar e recapitulou o … Continuar lendo

7 de novembro de 2014 · 25 Comentários

Josué (Anorkinda Neide)

No minuto 1:35, Fernanda Montenegro ou sua personagem Dora, começa a narrar a carta que está escrevendo…   http://www.youtube.com/watch?v=wYpBt7GIV4U       ‘Josué, Faz muito tempo que eu não mando … Continuar lendo

7 de novembro de 2014 · 31 Comentários

O Sono de Akira (Virgínia Barros)

I – Hora de Dormir Já passava das nove da noite, mas Akira, de quatro anos, era quase irredutível quanto ao desejo de se manter acordado até a madrugada. Shima, … Continuar lendo

6 de novembro de 2014 · 26 Comentários

O Problema é a Gravidade ou a Falta Dela? (Jefferson Lemos)

A primeira vez que vi o planeta terra pela janela da estação, tive a sensação de uma bolha caleidoscópica estourando dentro de meu estômago, espalhando as cores para cima e … Continuar lendo

6 de novembro de 2014 · 25 Comentários

O Ditador (Wallisson Batista)

A pipoca estava quase toda fria, ela deleitava em meus braços como se não pudesse mais sair dali, quem sabe não poderia, eu sou um cara que gosta de cabelos … Continuar lendo

5 de novembro de 2014 · 36 Comentários

A História de uma Vida (Marco Piscies)

Sávio entrou na Lojas Americanas e deixou que seus passos o guiassem até a pequena sessão de aluguel de filmes. Aquele mísero espaço com algumas prateleiras era tudo o que … Continuar lendo

5 de novembro de 2014 · 36 Comentários

Mundo dos Sonhos (Daniel Vianna)

O solitário Ford Thunderbird 66 contemplava o vazio à sua frente enquanto se via cercado por dezenas de viaturas. Parecia aguardar que o Mar Vermelho se abrisse, mas o que … Continuar lendo

5 de novembro de 2014 · 46 Comentários

Liberdade Condicional (Gustavo Araujo)

A mesa parece firme. De mogno, dá para ver pela cor escura. As beiradas gastas segredam sua antiguidade, construída em um tempo em que as coisas eram feitas para durar. … Continuar lendo

4 de novembro de 2014 · 29 Comentários

Exterminador (Leonardo Jardim)

— Hasta la vista, baby! — o Exterminador disse, antes de explodir o seu inimigo em milhões de pequenos pedaços de mercúrio congelado. — Pause — Guddar disse. A imagem de cinquenta polegadas projetada na … Continuar lendo

4 de novembro de 2014 · 60 Comentários

Correndo (novamente) sobre a lâmina (Rubem Cabral)

Fugu. Nos bons tempos, Iran, minha ex-mulher, também já me chamou assim. Gostoso e fatal, eu pensava, tomando como elogio. Frio e nojento, ela me confessou muito depois. Trata-se de … Continuar lendo

3 de novembro de 2014 · 27 Comentários

A Rainha da Noite (Fil Felix)

Se São Paulo possui uma rainha noturna, ela certamente se chama Felícia. Nossa Rainha da Noite! Uma estrela, uma beldade. Daquelas que vemos somente nos cinemas, tamanha sua beleza e … Continuar lendo

29 de outubro de 2014 · 40 Comentários

Os Estranhos (André Luiz)

A mulher chorava, os olhos estavam vermelhos. Eles a olhavam com expressões veladas e inexistentes. Um olhar vago e vazio. As cabeças tortas como de aves curiosas. Tinham um jeito … Continuar lendo

28 de outubro de 2014 · 41 Comentários

Pomona (Jefferson Reis)

Ouvi Samara e Alexandre correndo pela escada da varanda. Atravessaram a espaçosa sala de estar e em instantes estavam atrás de mim, na cozinha, pulando e gritando. Desliguei a torneira … Continuar lendo

24 de outubro de 2014 · 29 Comentários

Ópera Espacial (Victor O. de Faria)

I Raiava o Sol sobre as águas, montanhas e florestas, indicando que um novo amanhã se iniciava. O objeto pontiagudo, alto e semitransparente, venerado por diversos grupos de criaturas locais, … Continuar lendo

22 de outubro de 2014 · 30 Comentários

Lua de Mel no Titanic (Simoni Dário)

Com as mãos atrás da cabeça, os pés cruzados, deitado na varanda da cobertura do seu apartamento em Gotham City, Batman, entediado, vestindo a roupa de super herói para lembrar … Continuar lendo

22 de outubro de 2014 · 81 Comentários

Homens de Preto (Fabio Baptista)

As luzes do ocaso tingiram o horizonte de Ipanema com uma profusão de matizes avermelhadas que faria Monet revirar-se na cova em busca de tinta e pincel. O mar, espelhando … Continuar lendo

22 de outubro de 2014 · 88 Comentários

A Protagonista (Sonia Rodrigues)

Quem nunca desejou um encontro romântico com trilha sonora? Roubar a cena e passar de figurante a herói? Marlene, cujo nome homenageava a famosa diva de longas pernas herdara da … Continuar lendo

21 de outubro de 2014 · 42 Comentários

Em Três TOCs (Claudia Roberta Angst)

Cássio girou a maçaneta da porta com a mão direita. Trancada. Girou novamente, desta vez, com a mão esquerda. Trancada. Repetiu os movimentos três vezes até se certificar de que … Continuar lendo

21 de outubro de 2014 · 41 Comentários

Chanchada Decadente (Wender Lemes)

Ato I – Vida Cáustica Antonieta Burglary está sentada, semiacocorada, no parapeito da janela de seu apartamento, com as costas no batente e os glúteos nus na pedra de granito. … Continuar lendo

21 de outubro de 2014 · 58 Comentários

Regulamento Desafio Filmes e Cinema

I – Do Texto e do Envio 1) A participação no Desafio EntreContos é totalmente gratuita. O Desafio é voltado a ESCRITORES que orgulhosamente sejam também LEITORES. 2) Os interessados … Continuar lendo

18 de outubro de 2014 · 24 Comentários