EntreContos

Detox Literário.

A Redenção do Anjo Caído – Fabio Baptista – Resenha (Gustavo Araujo)

redencao_fabio_baptista

“A dádiva da mente brilhante sempre vem acompanhada pela maldição do rápido enfastiamento com tudo e com todos.”

Lúcifer, derrotado no início dos Tempos, enfim percebe a onisciência de Deus e sua própria condição de perdedor eterno. Dessa forma, resolve pedir ao Altíssimo uma espécie de segunda chance, sendo para isso enviado ao Mundo dos Homens.

Esta é a linha condutora do provocativo romance de Fabio Baptista, aliás, sua primeira incursão em narrativas de fôlego.

Acompanhamos a história do Primeiro Anjo desde o alvorecer dos tempos, suas batalhas ao lado do Arcanjo Miguel em nome de Deus, até os eventos que culminaram em sua expulsão do Paraíso.

Ao procurar sua redenção, Lúcifer vem à Terra, viver entre os humanos, na pele de um mendigo que luta pela vida nas ruas de São Paulo. É onde se torna “Lucien”, onde descobre sua verdadeira essência, céu e inferno.

Em meio a gente comum, torna-se companheiro de pequenos furtos de uma garota de rua chamada Gisele. Então, a história, que poderia ser como tantas outras desse gênero, ganha força própria, eis que confere a Lúcifer uma dimensão humana profunda e perturbadora.

As cenas urbanas e os personagens que surgem no contexto narrativo criam uma atmosfera facilmente reconhecível, aproximando o leitor dos personagens, tornando o livro impossível de largar.

Não espere clichês. Não acredite necessariamente numa redenção – embora o título do livro possa dar essa ideia, não se trata de spoiler. O que se denota é que o Diabo pode ter muitas faces, algumas agradáveis, outras nem tanto.

Irascível, sarcástico, deliciosamente irônico e sempre pronto a se refestelar com o sofrimento alheio (especialmente com as torturas e com as humilhações impostas aos demônios do segundo escalão). Mas também é alguém que se questiona, que se comove, que sofre e que não se conforma com os desígnios do Altíssimo.

Da narrativa se percebe o cuidadoso trabalho de pesquisa do autor. A segurança nas descrições de Céu e Inferno é notável. Tudo soa real: portões, planícies, desfiladeiros; é como se reconhecêssemos locais visitados há muito tempo. Também os anjos e demônios que secundam Deus e o Diabo, têm suas características ricamente descritas, não só em termos físicos, mas particularmente no aspecto psicológico, o que lhes garante a humanidade necessária para que se tornem verdadeiros.

Embora o aspecto sobrenatural dê um ótimo ritmo à história, é no ambiente terreno que Fabio Baptista ganha definitivamente o leitor. A provação pela qual o Diabo passa ao surgir em São Paulo, em busca de uma segunda chance é especialmente inspirada e vale todo o livro, apresentando a singular qualidade de nos deixar pensando dias e dias a respeito de suas entrelinhas.

Como leitores, somos colocados diante de nossos próprios defeitos. Revisitamos momentos-chave de nossa própria existência, aqueles que levariam nossas vidas a rumos completamente diferentes se tivéssemos feito outras escolhas.

É exatamente disso que trata “A Redenção do Anjo Caído: de opções, de renúncias, de resignação. Um livro para quem aprecia o universo bíblico em seu aspecto mitológico, mas também para aqueles que procuram profundidade em seus personagens.

Um livro que arrebata pela natureza fantástica, mas que deixa sua marca também pelos questionamentos que nos leva a fazer.

Anúncios

5 comentários em “A Redenção do Anjo Caído – Fabio Baptista – Resenha (Gustavo Araujo)

  1. Neusa Maria Fontolan
    7 de novembro de 2016

    Beleza de resenha.

  2. Fabio Baptista
    7 de novembro de 2016

    Muito obrigado pela força, Gustavo.
    Vida longa ao Entrecontos!

    Agora, vamos ao desafio, porque X-Punk never die 😀

    Abraço!

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 4 de novembro de 2016 por em Resenhas e marcado , , .