EntreContos

Detox Literário.

Madrugada (Claudia Roberta Angst)

f1dfee9376869cc41cc871496edae37d

Ele acendeu outro cigarro e me olhou. Não como se olha um objeto, mas com a voracidade de predador. Insistentemente, salivando intenções.

Deixei o xale cair pelos ombros, descobrindo meus seios. Minha nudez embranqueceu a tela, sem pontos de luz, mas em neve quase translúcida.

 

* * *

Este conto faz parte da coletânea “Devaneios Improváveis“, Quarta Antologia EntreContos, cujo download gratuito pode ser feito AQUI.

Anúncios

56 comentários em “Madrugada (Claudia Roberta Angst)

  1. harllon
    29 de janeiro de 2016

    A descrição gradativa da situação é bem construída tanto em detalhes como estrutura, mas pouco seduzente, pelo menos, para mim.

    Boa sorte!!!!

  2. Miguel Bernardi
    29 de janeiro de 2016

    E aí, tudo bem?

    Poxa, a essa altura do campeonato já não esperava que algo fosse surpreender (novamente)… Estava errado, ainda bem, pois este texto além de ter despertado em mim surpresa, está muito bem escrito e aborda um tema muito interessante, de uma perspectiva interessante. No começo, quando descreveu o modo com o qual a olharam, como um predador, achei que o texto seria ruim, pois não gostei da construção. Mas, depois disso, o nível só subiu e as construções foram ótimas! Um dos melhores, com certeza!

    Abraços e boa sorte!

  3. Nijair
    29 de janeiro de 2016

    .:.
    Madrugada (T. Bernard)
    1. Temática: Amor virtual.
    2. Desenvolvimento: esperando menos pano e mais pele – Maravilhosa construção, a mais bela que li até agora aqui!
    3. Texto:
    a) Distraí-me.
    4. Desfecho: Genial! Essa sacada da virtualidade, confesso, foi arrebatadora!
    Top 15!

  4. Tamara Padilha
    29 de janeiro de 2016

    Um exibicionismo na internet? ficou bem descrito, mas eu não gostei tanto assim do enredo… Não sei achei muito mediano, nada me tocou.

  5. Thales Soares
    29 de janeiro de 2016

    O autor com certeza mandou muito bem na parte da escrita. Belas descrições, e escrita muito boa. Mas a história em nada me agradou. O conto é basicamente uma grande descrição de um momento, sem necessariamente um começo, meio e fim. Tudo bem, isso é um estilo de história, e não necessariamente é algo ruim. Mas eu não aprecio muito, por questão de gosto pessoal mesmo.

    Reconheço o talento do autor aqui. Mas o conto não me atraiu.

    Boa sorte no desafio.

  6. Tom Lima
    29 de janeiro de 2016

    Uma cena de sexo virtual, mas as dúvidas dão poder ao conto.
    Ela o faz por prazer ou recebe por isso? Ambos?

    Bem interessante.

    Parabéns.

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 14 de janeiro de 2016 por em Micro Contos e marcado .