EntreContos

Detox Literário.

Papai Noel Acredita em Você (Ricardo Labuto Gondim)

É um dia qualquer em julho, você acorda com a garganta seca, consulta o relógio, são duas da manhã. Pé ante pé para não acordar ninguém, vai até a cozinha. Está abrindo a geladeira quando alguém tosse na sala de estar.

Você entra e acende a luz. Papai Noel está muito à vontade na poltrona, como se a casa fosse dele. Imediatamente você assume posição de defesa, como um boxeador antiquado.

— Não se mexa! Vou chamar a polícia.

Papai Noel sorri.

— Eu não pareço um ladrão, pareço?

Seu primeiro impulso é saltar sobre ele e dominá-lo. Mas o sorriso é tão doce… Aquele sujeito não pode ser um ladrão. É apenas louco. Um louco sereno.

— Tem razão — você diz. — Vou chamar o hospício.

Papai Noel sorri ainda mais.

— Boa ideia. Diga que o Papai Noel está sentado na sala e que “ele” é louco.

Você bate o telefone.

— Quem é o senhor?

— Eu sou o Papai Noel.

— Ora, senhor, convenhamos! Papai Noel? Veio um pouco tarde este ano, hein? Ou talvez muito cedo.

O velhinho responde com serenidade.

— Que diferença faz se há mais de trinta anos eu não te visito?

Você fica desconcertado. Responde em tom de deboche.

— É verdade, Papai Noel. Por que você nunca mais me visitou?

— Para que eu visite alguém esse alguém tem que acreditar em mim. Só ganha presente do Papai Noel quem acredita nele.

Você pergunta com indisfarçável desdém.

— E o senhor me trouxe um presente?

Lenta e pesadamente o Papai Noel se põe de pé. Dá um passinho tímido à frente, juntando as pontas dos dedos sobre o grande arco da pança. Ele parece embaraçado, mas fala com doçura, num tom quase solene.

— Sim, eu trouxe um presente: um abraço e uma esperança.

A frase te toca. Aqueles olhos, aquele sorriso… É ele! É ele! E você abraça o Papai Noel, que é sólido como bolo de chocolate. Abraça-o como uma criança, de olhos fechados e sorriso aberto.

Então você acorda.

Consulta o relógio, são duas da manhã e você está com a garganta seca. Vai até a cozinha, vira um copo d’água e fica escutando.

Nenhum ruído. Só o silêncio desolador.

Como quem não quer nada, você entra na sala de estar e acende a luz.

Vazia.

Para não fazer papel de bobo, verifica se a fechadura está trancada (é claro que está, você mesmo trancou).

Então você sorri. Sem desculpas, sem remorsos, contente por ter sido tolo, mas de uma tolice plena de significação e beleza. De uma pureza do tamanho do Universo. E volta para cama cheio de esperança, contente consigo mesmo e com a vida.

Na sala, atrás da cortina, Papai Noel não se contém de tanta felicidade.

…………………………………………………..

Extraído de “Deus no Labirinto”, Editora Baluarte

10 comentários em “Papai Noel Acredita em Você (Ricardo Labuto Gondim)

  1. Renato
    29 de julho de 2017

    Uma delícia.

  2. Silvana Tedesco
    19 de dezembro de 2014

    Já li e reli diversas vezes e sempre me emociona.

  3. Tânia Casella
    12 de dezembro de 2014

    Muito bom!

  4. Rodrigo Ganem
    10 de dezembro de 2014

    Um dos melhores contos de natal que já li!

  5. Claudia Roberta Angst
    2 de dezembro de 2014

    “(…) o Papai Noel, que é sólido como bolo de chocolate” Sabor inocente de infância. Adorei. Parabéns!

  6. Fabio Baptista
    27 de novembro de 2014

    Simples e bonito, gostei.

    Abraço!

  7. simoni dário
    27 de novembro de 2014

    Uma leitura doce, gostosa mesmo! É de “tolices cheias de significação e beleza” que o mundo está precisando! Parabéns!

  8. Gustavo Araujo
    27 de novembro de 2014

    Que excelente maneira de começar a manhã. Um conto doce, uma fábula na verdade, que nos traz de volta aquela alegria ingênua da infância, o instante fugaz em que mesmo depois dos quarenta nos pegamos acreditando no (im)possível. Parabéns, Ricardo.

    • Ricardo Labuto Gondim
      27 de novembro de 2014

      Obrigado, Gustavo. Pelo carinho e pela ‘hospedagem’ no EntreContos.

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado às 27 de novembro de 2014 por em Contos Off-Desafio e marcado .