EntreContos

Detox Literário.

A beleza do teu olhar – Poesia (Gardel Dias)

274301_Papel-de-Parede-Garota-no-Por-do-Sol_2048x1536

Ao contemplar a tua face luzida, noto-a com grande apreço,
entretanto o teu olhar é tristonho e de alto peso: são ilhas noturnas e sem vida, ainda.

Na imensidão, no vazio do meu eu, ouço claramente a tua voz,
intensamente como um ser grande, feroz a chamar-me com alto clamor na terra e céu.

Sinto neste momento, eterna alegria no meu ser, da minh’alma e pensamento.
Agora estamos bem e longe do desalento, deitar-me-ei na bela tarde de domingo, esperar-te-ei,
por isso torno tua face contemplar, face luzida e agora com a beleza do teu olhar.

Anúncios

2 comentários em “A beleza do teu olhar – Poesia (Gardel Dias)

  1. Gardel Dias
    21 de junho de 2016

    Caro Lancaster, os teus comentários são sempre bem acolhidos e me propicia um outro olhar, talvez “crítico”, nas poucas linhas que escrevo, grande abraço.

  2. Brian Oliveira Lancaster
    14 de junho de 2016

    O pessoal anda inspirado. Bela sonoridade, sem apego às rimas comuns do gênero, mas com bastante significado nas entrelinhas. A imagem combinou de forma excelente.

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 12 de junho de 2016 por em Poesias e marcado .