EntreContos

Literatura que desafia.

Ranking – Julho/2015

Fala aí, pessoal!

Com o intuito de promover a competitividade sadia que é marca registrada dos desafios do EntreContos, elaboramos um ranking histórico com todas as escritoras e escritores que já passaram por aqui (não foram poucos!).

A fórmula para o cálculo da pontuação é a seguinte:

1 – Participou, ganha 20 pontos

2 – Depois disso, você ganha 2 pontos conforme sua colocação no certame. Quanto mais participantes e melhor sua colocação, mais pontos.

Por exemplo, num certame com 30 participantes:
O primeiro lugar ganha 60 pontos.
O segundo, 58.
Terceiro, 56.
Quarto, 54.
Assim por diante, até o último, que ganhará apenas 2 pontos (somados aos 20 da participação).
Já em um concurso com 50 participantes, o primeiro ganharia 100, o segundo 98, terceiro 96… etc.

3 – Além desses pontos, há uma bonificação para o top 10:
1: +50
2: +45
3: +40
4: +35
5: +30
6: +25
7: +20
8: +15
9: +10
10: +5

Essa fórmula visa estimular a assiduidade dos participantes de modo equilibrado com a bonificação pelo desempenho em cada certame.

Sem mais delongas vamos ao ***RANKING GERAL DE TODOS OS TEMPOS*** (imagine tambores rufando para ganhar mais apelo emocional), que até o último desafio (Fobias) tem em primeiro lugar o RUBEM CABRAL (parabéns, Rubão!), com sua incrível regularidade de aparições entre os primeiros colocados; em segundo o nosso anfitrião GUSTAVO ARAÚJO, com seu não menos incrível quadro de medalhas; em terceiro a CLAUDIA ROBERTA ANGST, que encheu nossos olhos com seus textos poéticos (e às vezes um pouco Sabrinescos) em simplesmente TODOS os desafios; e em quarto lugar temos… ah, deixa pra lá.

ranking_geral_fobias

Cada desafio é dividido em duas colunas. A primeira, com o nome do desafio, indica a posição ocupada pelo competidor no final do certame. Por exemplo no desafio “Cemitérios”: o Rubem Cabral ficou em 4º lugar, Gustavo Araújo em 6º, Claudia em 13º, etc. Os 3 primeiros colocados têm a posição destacada com as “medalhas” de ouro, prata e bronze (esse bronze tá mais pra rosa, mas o que vale é a intenção, certo? :D).

A segunda coluna, chamada “XP” (quem já jogou RPG deve imaginar de onde surgiu esse termo), mostra os pontos conquistados pelo participante no respectivo desafio. Continuando no mesmo exemplo do desafio “Cemitérios”, podemos ver que o Rubem somou 107 pontos, Gustavo 93, Claudia 54 e assim por diante até o Felipe Holloway, que conquistou 128 pontos com seu primeiro lugar nesse torneio.

O número lá na parte de cima é a quantidade de competidores que cada desafio recebeu (29 no “Cemitérios”, 41 no “Viagem no Tempo”, etc).

Última explicação (ufa!): quando estiver zerado, significa que o(a) escritor(a) não participou do desafio, ou foi eliminado por algum motivo previsto nas regras (não ter comentado todos os contos, não ter votado, etc.).

 

— Ah, mas quem vive de passado é museu! Eu entrei depois e estou lá em baixo no ranking… puta mundo injusto, meu!

Calma, amiguinho competitivo! (aqui a sugestão é imaginar essa frase com a voz do Mickey Mouse).

Foi pensando nisso que também elaboramos um ranking baseado apenas nos cinco últimos certames. Dessa forma conseguimos ver como está o desempenho dos competidores em atividade. E a medalha de ouro ainda continua com o RUBEM CABRAL:

ranking_last5_fobias

 

— Mas, meu… tipo assim… e se a gente pegasse só os 5 melhores resultados de cada competidor entre todos os desafios que disputou até hoje? Como será que ficaria?

Olha só! Boa ideia…

Na verdade nós já fizemos isso e realmente reparamos que muitas coisas mudaram.

Mas outras continuam exatamente iguais… adivinha quem ficou em 4º lugar? Pois é…

ranking_top5_fobias

 

Bom, é isso! Esperamos que vocês tenham gostado.

Caso algum nome esteja errado, ou caso encontrem alguma falha ou alguma coisa que poderia ser melhorada na tabela, por favor nos avisem que arrumaremos assim que possível.

 

Abraço!

 

Anúncios

Sobre Fabio Baptista

7 comentários em “Ranking – Julho/2015

  1. Pingback: Ranking – Dez/2015 | EntreContos

  2. Jefferson Lemos
    5 de agosto de 2015

    Sentindo-me um estranho nessa lista. Dos sete primeiros colocados, eu sou o único que nunca subiu no pódio.

    • Carlos Henrique Fernandes Gomes
      5 de agosto de 2015

      Regularidade é quase tudo. Se você marca pontos em todas as corridas, suas chances de ser campeão ao fim da temporada, aumentam demais.

      • Fabio Baptista
        5 de agosto de 2015

        Essa analogia com a F1 matou a pau!

  3. Rubem Cabral
    5 de agosto de 2015

    Minha nossa! Isso deve ter dado um trabalhão. Quero ver como ficará no futuro: teremos que dar zoom umas 3 vezes até enxergar alguma coisa, rs.

  4. Gustavo Castro Araujo
    5 de agosto de 2015

    Excelente a iniciativa do Fabio. Um apanhado histórico ajuda muito a promover nosso site como referência. Além de estimular os autores de sempre, permite aos novatos perceber que a participação assídua pode levá-los em pouco tempo às cabeças. Parabéns!

  5. Carlos Henrique Fernandes Gomes
    5 de agosto de 2015

    Puta mundo injusto, meu! Só porque participei três vez, fiquei em 55º!

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 5 de agosto de 2015 por em Rankings.
%d blogueiros gostam disto: