EntreContos

Detox Literário.

Liga 2019 – Rodada 1.2 – Série C

Prezados participantes, seguem os 12 contos classificados para a segunda etapa da Série C:   – A Dama Rubra – A Lenda da Árvore Cantante – Apenas Um Dia Comum … Continuar lendo

10 de março de 2019 · 3 Comentários

Liga 2019 – Rodada 1 – Séries A e B

Esse é o tópico de votação para os participantes das Séries A e B da Liga 2019 – RODADA 1. Confira abaixo a composição de cada grupo, com a indicação … Continuar lendo

19 de fevereiro de 2019 · 3 Comentários

Liga 2019 – Rodada 1.1 – Série C

Esse é o tópico de votação para os participantes da Séries C da Liga 2019 – RODADA 1. Confira abaixo a composição de cada subgrupo, com a indicação de quais contos … Continuar lendo

19 de fevereiro de 2019 · 1 comentário

[Colchetes] (Adélio Um)

  Parte 1: A fila – “Leve essa papelada para carimbar”, dizia a mensagem no watts vinda do chefe da Casa, que prosseguiu argumentando. Enumerou todos os problemas da administração … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Batalha da Planície (Finrod Felagund)

É noite na Planície. Rodrik está no centro do círculo formado por seus companheiros, sujo e ofegante. Após o golpe, sua visão finalmente volta a focar e ele enxerga a … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Cidade Debaixo D’água, a Porta Trovadora e o Homem que Roubou o Luar (Pulchra Phantasia)

  Seu nome era Trinus. E desde que se entendia por gente, vivia naquela casa com sua querida avó. Não era muito grande, mas servia para eles. Dois quartos, uma … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Dama de Negro (Saturn)

Solstício de inverno. Sentei-me próximo a lareira de minha casa. Afoito, receoso, ansioso como sempre. Uma sensação de tristeza profunda. Os dias não têm sido normais. Às vezes, sinto um … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Dama Rubra (Una Dunvegan)

Ao despertar depois da cirurgia, notei a presença dela no quarto. Cabisbaixa, o corpo esquálido em vestes brancas permanecia em pé, imóvel no canto mais próximo à porta, entretanto, sem … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Lenda da Árvore Cantante (Felipe Takashi)

Os deuses concederam um propósito ao povo Jatenã, eles protegeriam a Árvore Cantante. Sumé, “o Emissário dos Deuses”, deu uma única ordem: nenhum dos Jatenã comeria dos seus frutos ou … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Lenda de Aylana (Mãe Natureza)

A Floresta dos Sonhos era uma simples floresta com um nome mais caprichado, dado pelos habitantes do vilarejo Aurora. Era comum que alguns se embrenhassem no matagal a fim de … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Outra Face dos Anjos (Flor de Platunus)

O céu do entardecer pincelado de nuvens avermelhadas anunciava a chegada do inverno e, apesar da beleza daquele fenômeno, o desconforto era visivel à jovem e bela Anne que não … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Passagem Secreta (Beck Siqueira)

Uma manhã como outra qualquer. Sol entrando pela  fresta das janelas laterais, brigando com as enormes cortinas escuras. O barulho matinal, diminuindo os restos de silêncio mortal da noite cansativa. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Procissão (Amaralina Lux)

Na noite do ocorrido, ficou sem dormir, sentado no Mourão da porteira. Não adiantou que o chamasse, insistisse, brigasse. Estacou, e como estátua ficou. O nascer o tomou de sobressalto … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Ressurreição dos Mortos (Lázaro Anástasis)

  Chuva fina e insistente – lágrimas sobre lápides escurecidas pela poluição. Entre corredores e jazigos, a mulher rastreava o endereço definitivo daquele seu tio praticamente desconhecido. Nunca se encontraram … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

A Viagem do Rei (Reinaldo K. Vanhac)

Sentado no banco do jardim, ele observava algumas pombas num telhado distante. Pensava que suas lembranças eram agora como aquelas pombas que voavam para longe. Como aquelas do poeta Raimundo … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Apenas Um Dia Comum (Ford Prefect)

  Parte 1 – Mamãe, a casa subiu Em uma manhã de segunda-feira, Alfredo Corvino escutou o seu despertador tocar. Não que ele tivesse algum compromisso durante o dia. Na … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Autorregeneração (Isilda Martins)

– Como vais escapar? Tudo aqui pode matar-te, mas eu posso o fazer de forma mais eficiente. – Disse Juan. – Vou precisar de vestir umas calcinhas antes de me … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Benza Deus as Amizades (Zacarias)

Tem hora que a gente dá a maior sorte, e isso não acontece todo dia, porque a vida não é sempre assim tão boa, como quando eu tava saindo de … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Betiron, um Reino (Elene)

Seus olhos estavam embotados pela poeira quente do deserto, mesclada ao suor que porejava em seu rosto, produzindo gotículas que reluziam em sua pele antes de misturarem-se ao pó; algumas … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Brejo da Cruz (Julinho de Adelaide)

  Fechou o buraco. Era o quinto que plantavam naquela semana. Todos jovens, todos azuis e filhos do mesmo destino, sina marcada em cada um deles desde o dia em … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Cara de Lata (Simpatizante)

Bota apreensão que me acode! Preciso sair para caminhar, pois minha médica, uma querida ex-aluna do ensino fundamental, lá no início dos anos noventa, me mandou ao ar livre pelo … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Crônicas do Servo que Habita o Nó e Daqueles que o Desvencilham (Daniel Baltar)

Sorrindo, olhou o garoto a admirá-lo. Era negro, de cabelos crespos e pernas esmirradas. O lugar era como qualquer outro. Às vezes as construções eram monumentais, noutras épocas, apenas pequenas … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Dezembro (Hyzowda)

  É difícil saber do que se trata quando alguém sorri ao longe, olhando, aparentemente, para ti. Decerto há um encontro nas feições de quem se admira, seja o recanto … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Drama (Glen&Glenda)

O cuidador – que era japonês e cego – empurrava a cadeira de rodas do baixinho que o contratara há muitos anos. A dupla passava pela frente de um muro … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

E aí!? Comeu? (Freydom Embograndi)

Essa história é baseada em fatos reais. Segue o histórico das conversas mantidas pelos irmãos no WhatsApp, conforme consta no inquérito policial: — Como foi ontem? — Mais ou menos. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Fim, Nomes e Descobertas (Sem Nome)

  Apoiou os cotovelos sobre a cerca, contemplando aquela imensidão colorida. Apenas seus suspiros ritmavam o silêncio, enquanto o dourado do sol finalizava sua trajetória, escondendo-se às costas do Pico … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Fogueira das Sanidades (Gogol Wolfe)

  Grenaldo Rosa acordou completamente desajuizado. Coçou o cenho com força e percebeu que estava sem óculos. Jamais havia usado esse artefato – sua visão era ótima – mas como … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Herdeiros da Vingança (Keiko)

  No final da trilha coberta pela neve, surgiu o vulto de um samurai. Em seus postos no alto da torre de vigia, soldados se alvoroçaram, sentiram as entranhas se … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Histórias Não Contadas (Benuel)

Deveria ser o fim do mundo. Cataclismos generalizados abalavam a estrutura do planeta terra. O maior tsunami já visto invadia a cidade arrasando tudo sob um céu negro, tomado por … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Intuição (Lucifer friend)

Sentado sobre a cama de hospital no consultório, Ângelo balançava impacientemente as pernas para frente e para trás. Na mesma sala, separada apenas por um biombo, uma junta médica avaliava … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Justiça Flamejante (Gerd)

I. Morte Agonizante era um dragão triste. Suas asas incandescentes cor de fogo o impediam de manter contato com qualquer criatura viva, incluindo a floresta ao seu redor. Talvez por … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Lágrimas de Orvalho (Alissa Harlem Kewpie)

Puck voava despreocupado como de costume. Veloz como era, ziguezagueava por entre as coníferas, balançando folhas e galhos e derrubando frutos que, por sua vez, eram logo atacados por esquilos … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Leitor Inácio (Bonsai Pinus)

1. Tudo mudou no dia que o pai disse: “Meu filho, se quiser ser alguém nessa vida, leia muito! ”. Inácio estava então com nove anos de idade. Nove anos! … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Lua Cheia (Gnomo Brisado)

1851 Naquele outono de 1851, Samira e Tobias casaram-se às escondidas, tendo como testemunhas o céu, as estrelas e a lua. Amavam-se de verdade, corpo e alma, desde o primeiro … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Lúcia no Mundo das Coisas (B. Corina)

Lúcia tinha uma grande admiração pela palavra coisa, ela via nesse agregado de letras a possibilidade de ser tudo e nada ao mesmo tempo, não possuía nenhum significado concreto e … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Luz dos Olhos (Professor Kirke)

1 — Quantos anos ela tem? — a secretária preenchia a ficha com ares de quem não aguenta mais repetir o ato.  — Dezessete — respondeu Adriana, um pouco incomodada. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Maicon (Michaelis Tradukka)

  Nunca consegui aprender outro idioma. Nem mesmo aquele que praticamente todo mundo falava; até os flanelinhas da rua. Tentei por diversas vezes, mas me enrolava todo. Quero dizer, quase … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Miguel e o Caldeirão (Dominico Baltês)

Quando pulou no caldeirão do inferno, Miguel não sabia que seria tão bom. Lhufas ao que sua mãe dizia, “Não seja mal educado.”, “Você precisa respeitar os mais velhos.”, “Seja … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Animalismo (Ajax Bandeira)

Sobre quem sou eu nesse mundo cada vez mais extraórdinário e bizarro; a memória que tenho mais fresca é a de tocar bateria no trio muito famoso, em ao menos, … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Dia Em Que Acordei Morto (Brás Cubas)

Riam! Podem rir à vontade! Pois eu também ri muito na manhã daquele dia. Quero dizer pensei em rir, mas não pude, pois não conseguia nem me mexer. Achava-me atado. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Enigma do Rei (Montserrat)

Sob o céu alaranjado do crepúsculo, sacou a espada e posicionou-se, os pés fincados no chão, aguardando a investida do animal. A expressão fechada, a respiração curta, as mãos crispadas … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Gnomo e Eu (Mão verde)

Já fiz um pouco de tudo na vida: catei sucata, fui marceneiro, pedreiro, encanador, caminhoneiro, empresário e um excelente construtor. Também fui viciado em baralho, bebidas, cigarro e frequentei todos … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Homem do Cão (Rocha Pinto)

Em rapidez de ocasião numa manhã solarenga, lá seguia o veículo rumo à propriedade espaçosa e acolhedora em perspectiva futura onde a casa-museu ia sendo preparada desde meses que havia … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Homem que Tudo Verá Encontra o Homem que Tudo Promete (Glauber Rosa)

Não confiava em si mesmo com aquilo e por isso tremia com o revólver na mão. Encostada na ponta letal do cano, a mula encarava o chão, displicente, talvez resignada … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Príncipe que Não Tirava os Patins (Cabloca Feroz)

No Japão existiam Hikari(a imperadora), e Tarô( o imperador) do japão. Hikari se apaixonou por Tarô na província de Oosaka, os dois tiveram 3 filhos Kawada, Hashimoto e Yuri. Quando … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Retorno Para a Nuvem Negra (Parunco)

  Leves como plumas voávamos cada vez mais alto. Costela dava latidos de alegria. Os velhos subiam conosco, os conhecidos e muitos outros que haviam nos precedido. Olhei para baixo … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Saci-pererê Galopando uma Mula-sem-cabeça (Tinamou)

Saci-pererê e mula-sem-cabeça, conversavam sobre futebol, na cachoeira do Lobisomem, ao lado da ilha do lago. O Saci-pererê é um “moleque” peralta, que gosta de infernizar as pessoas com suas … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Som e o Silêncio (Astrid)

  Apoio sonoro: clique aqui   “Olá, escuridão, minha velha amiga…” Gamesh surgiu das profundezas e pousou seu olhar perdido entre as árvores do Bosque Sagrado. “Guardiã dos sonhos perdidos … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Suplício de um Deus (Rogan)

  A Sala Dourada, o cárcere privado de Omthy, mergulhada no cheiro dos incensos de cravo e canela. As Venyusas em êxtase, dançando e contorcendo-se pelo quarto quente e abafado. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Trabalho Mais Difícil de Kalil (Gabriel)

O estrondo interrompeu a conversa da galera. – Tá com a mão furada? Toma cuidado Narciso! – ralhou um dos colegas. O conteúdo da caixa se espalhou pelo chão e … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

O Vaso Milenar (Hefesto)

Marcus fechou o livro e respirou fundo, navegando pela sensação que o assomava sempre que terminava uma leitura. Levou algum tempo até que se levantasse da poltrona e pusesse o … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Os Dois Lados da Penteadeira (Tesserática)

Diziam relatos que a penteadeira amaldiçoada estava abandonada no sótão da casa do Seu Damião, e o mais ressentido com isso era ele. Motivos para chamá-la assim não faltavam, sem … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Os Invisíveis (Guelrio)

Um peixe garoupa, revoltado com as más condições de vida na baía da Guanabara, sobe o rio Carioca até a estação do bondinho do Cristo Redentor, onde cria hábitos urbanos. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

PAF! (Mormaço)

  Conhecia o trajeto perfeitamente, embora nunca o houvesse percorrido de baixo de tamanho aguaceiro, muito menos depois de inalar três grossas e longas carreiras de PAF. Ele aumentara a … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Passageiro 3J (Javaleu)

Naquela noite Ronaldo foi um dos primeiros passageiros a embarcar no Boeing 767-300, que estava prestes a deixar Detroit com destino a Guarulhos. Em seu ticket, recém-impresso, o assento 3J … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Pequenos Grandes Segredos (Roberto Bluechevy)

Ora, dirá você, vivemos na era moderna, do cinismo científico e, apesar de terraplanistas, criacionistas e antivaxxes, não há mais espaço para o sobrenatural, para as crendices tolas da infância … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Por Dentro do Tufão (Túlio)

  — Dói? — Imagine a eletricidade passando pelo seu corpo. Mas parece que está ligado a uma tomada. Um, dois, três, a luz acende e se está “no ar”. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Quirino (Curuzu)

AVISO DA MODERAÇÃO: Esse conto foi desclassificado do certame e sua leitura não é mais obrigatória. Os comentários não aparecerão após o desafio.   “Agô, Garcia Marquez”.   I As … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Revelações (Gavião)

Seres alados caminharam entre os homens, mas nenhuma trombeta soou naquele dia. Ouviu-se, em contrapartida, o silvo agourento de corujas. *** O Opala desbotado a acomodava enquanto, perdida por lembranças … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Saga dos Sapos (Sapo Rei)

No fundo do mato, quase no meio do pântano, foi gerada uma criança, abandonada pela , sem ninguém para que a aplacasse da fome ou que a tirasse do frio. … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Salvador ou a Lenda do Medroso Valente (Sal Vahdor)

  1. A espada e o escudo Era uma vez um rapaz que não conhecia o medo. Nota do autor: o que acabei de escrever é mentira. Era um rapaz … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Santo Segredo (Glória Maria)

No canto do quarto, no restolho de um berço, Zaqueu dormia. Aquele arremedo de cama, sem grades laterais, havia servido como abrigo de muitos rebentos, ali, por aquelas paragens.  De … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Sensitu (Um passarinho)

  As vozes na minha cabeça me pediam uma criança, espécie de sacrifício, remédio para dar sentido à minha vida pequena. I Passado o susto, Lúcia ignorou o sonho, não … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Sinestesia (Calado Estridente)

O desaparecimento d’Ela Queria tanto te presentear Com tudo aquilo que não me pediu Deitar sobre ti uma cama de pingos floridos Te oferecer a boa sorte do que é … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Somos Seis (Jacob d’Veneto)

Uma a uma elas desciam os degraus até que chegassem ao porão. Fazia muitos anos que as irmãs todas juntas não desciam até aquele lugar. Sempre que a mãe ia … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Toda Professora Já Sonhou em Ser o Michael Douglas (Joelle von Dyne)

7h45min (Faltam doze horas para o incidente) A Escola Municipal de Ensino Fundamental Brasil do Futuro implantara uma rígida política de contenção de gastos. Nesse sentido, duas das cadeiras da … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Uai, Hoje é Dia de Rock, Bebê! (Perna Curta)

─ Acho que eliminamos todas as provas do crime… do grande crime da minha existência. ─ diz antes de desabar sobre o sofá. ─ Faltou alguma coisa, Maria Bethânia? Alex … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Um Goblin Sonhador (Kobain)

Uma algazarra daquelas de acordar até princesa enfeitiçada tomava conta da taverna. Não era um cavaleiro recrutando guerreiros para uma aventura, nem uma jovem de cabelos esvoaçantes cantando por ajuda … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Uma Canção Para Nara (Nicky)

O pequeno Marcos estava ansioso pelo nascimento da sua irmãzinha Nara. Seria bom ter alguém para brincar além do seu gatinho. Pensava em como os dois formariam uma dupla de … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Uma Floresta Alucinante (Samuel Ramos)

  Enquanto assistia a criatura comer o cadáver de um desconhecido, seu rosto assumiu uma expressão cartunesca. Os olhos aumentaram, as pálpebras encolheram e o cérebro perguntou: “que merda é … Continuar lendo

17 de fevereiro de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Rodada 1

  Limite: 2.500 palavras Período de envio: 01/02/2019 a 17/02/2019 Avaliação: Notas de 1 a 5 (aceitando uma casa decimal) + indicação de favoritos Sistema de Comentários: Fechado Previsão de … Continuar lendo

22 de janeiro de 2019 · 1 comentário

Liga Entrecontos de Literatura 2019 – Regulamento

I. OBJETIVO Com o intuito de incentivar a produção literária e proporcionar um ambiente de aprendizado e troca de conhecimento, o Entrecontos orgulhosamente apresenta a LIGA ENTRECONTOS DE LITERATURA 2019, … Continuar lendo

11 de janeiro de 2019 · 2 Comentários

Ranking – Dezembro/2018

Encerrada nossa Copa Entrecontos, vamos ao que provavelmente será o último ranking nesse formato gigantesco. Lembrando que esse ranking será a base para distribuição das séries no Campeonato Brasileiro de … Continuar lendo

30 de dezembro de 2018 · Deixe um comentário

Ranking – Outubro/2018

Ranking do nosso tradicional RPG Literário, finalmente atualizado após o desafio alienígenas!       Confira seu título de nobreza na tabela de níveis:   E o nosso quadro de … Continuar lendo

6 de novembro de 2018 · 4 Comentários

“O Artilheiro” de Gustavo Araujo – Resenha (Fabio Baptista)

“Fio Maravilha, nós gostamos de você Fio Maravilha, faz mais um pra gente ver”   “O Artilheiro” é o primeiro romance escrito por Gustavo Araujo. O livro ficou entre os … Continuar lendo

17 de janeiro de 2018 · 1 comentário

Ranking – Dez/2017

Classificação final de 2017, após o último desafio do ano! Os 10 primeiros serão presenteados com grandes clássicos da literatura mundial, fique de olho no grupo do Facebook.   Em … Continuar lendo

1 de janeiro de 2018 · Deixe um comentário

Ranking – Nov/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Terror? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com grandes clássicos da … Continuar lendo

17 de novembro de 2017 · 2 Comentários

Ranking – Ago/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Comédia? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com grandes clássicos da … Continuar lendo

5 de setembro de 2017 · 2 Comentários

Ranking Jun/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Imagem 2, vulgo JAVALI? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com … Continuar lendo

26 de junho de 2017 · 1 comentário

Ranking – Mar/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Folclore? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com grandes clássicos da … Continuar lendo

16 de abril de 2017 · 4 Comentários

Ranking – Jan/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Microcontos 2 – A Missão? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com … Continuar lendo

1 de fevereiro de 2017 · 2 Comentários

Ranking – Dez/2016

Encerrado o desafio “X-Punk”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, vamos ver o resultado final do nosso “Ranking 2016″, que considera todos os certames iniciados no … Continuar lendo

19 de dezembro de 2016 · 6 Comentários

Ranking – OUT/2016

Encerrado o desafio “Cemitérios (Retrô)”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, o “Ranking 2016“, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente e no … Continuar lendo

19 de outubro de 2016 · 3 Comentários

Ranking – AGO/2016

Chegou a hora mais esperada após o término da sessão de RPG… digo… término do desafio! Sem mais delongas, vamos ao Ranking 2016, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente … Continuar lendo

25 de agosto de 2016 · 1 comentário

Ranking – JUN/2016

Encerrado o desafio “RHA – Realidade Histórica Alternativa”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, o “Ranking 2016“, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente … Continuar lendo

5 de junho de 2016 · Deixe um comentário

Ranking – MAR/2016

Encerrado o desafio “Fantasia”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, o “Ranking 2016“, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente e no final … Continuar lendo

4 de abril de 2016 · 8 Comentários

Saudade de Voar (Fabio Baptista)

Dizem que em toda rua do Brasil tem pelo menos um menino bom de bola. Pode não ser um Neymar, mas sabe dominar no peito, tocar de primeira e chutar … Continuar lendo

19 de fevereiro de 2016 · 7 Comentários

Ranking – JAN/2016

Encerrado o desafio “Microcontos”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, um novinho em folha: “Ranking 2016“, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente … Continuar lendo

3 de fevereiro de 2016 · Deixe um comentário

Traduzindo “O Corvo” – Artigo (Fabio Baptista)

Numa recente “Terça-feira clássica”, li novamente (depois de uns bons anos) o poema “O Corvo” de Edgar Allan Poe. Gostei, sim (não sou tão chato, afinal :D), mas muitas coisas … Continuar lendo

6 de janeiro de 2016 · 8 Comentários

Ranking – Dez/2015

  Fala aí, pessoal! Chegou a hora de conferir como ficou nosso ranking, após o desafio “Imagem”. Vamos lá? (Lembrando que a fórmula de pontuação pode ser conferida neste post … Continuar lendo

3 de janeiro de 2016 · 5 Comentários

Ranking – Novembro/2015

Desafio “Cotidiano” encerrado (e, diga-se de passagem… que desafio!!!), chegou a hora de conferir como ficou nosso ranking.   Primeiro, o ranking geral, que leva em conta a participação em … Continuar lendo

9 de novembro de 2015 · Deixe um comentário

Clube da Insônia – Resenha (Fabio Baptista)

Confesso que estava receoso sobre o que encontraria no livro do Tico Santa Cruz. Seria uma coletânea de contos, poesias, crônicas? Mais do que o gênero dos textos, me preocupava … Continuar lendo

8 de setembro de 2015 · 14 Comentários

O Herói de Hyrule (Fabio Baptista)

I Sorrateiras são as nuvens de tempestade que se aproximam vagarosas, de um lado e de outro, espaçadas, pequenas, sem ares de ameaça e, antes que se dê conta, agrupam-se … Continuar lendo

7 de setembro de 2015 · 7 Comentários

Ranking – Agosto/2015

Vamos conferir como ficou nosso ranking após o desafio Ficção Científica? Como diria a moça do Waze: “Tudo pronto? Vamos!”.   Começando pelo Ranking Geral, onde alguns dos destaques do último desafio … Continuar lendo

14 de agosto de 2015 · 1 comentário

Ranking – Julho/2015

Fala aí, pessoal! Com o intuito de promover a competitividade sadia que é marca registrada dos desafios do EntreContos, elaboramos um ranking histórico com todas as escritoras e escritores que … Continuar lendo

5 de agosto de 2015 · 7 Comentários

Marina – Resenha (Fabio Baptista)

“A gente só se lembra do que nunca aconteceu…” Nos anos 90 não tinha IMDB, Metacritic, Pablo Villaça nem nenhuma outra dessas frescuradas que tem hoje. A qualidade dos filmes … Continuar lendo

3 de agosto de 2015 · 2 Comentários