EntreContos

Detox Literário.

Liga 2019 – Rodada 4 – Séries A e B

Esse é o tópico de votação para os participantes das Séries A e B da Liga 2019 – RODADA 4. Confira abaixo a composição de cada grupo:   Conforme mostrado acima, … Continuar lendo

3 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Rodada 4 – Série C

Esse é o tópico de votação para os participantes da Série C da Liga 2019 – RODADA 4.   Lista de contos da Série C: A Caça Amado Amante Amado Saulo … Continuar lendo

3 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Aparição (Johnnie Walker)

  O tilintar das pedras de gelo mergulhadas no whisky preenchia o vazio da resposta ausente. “Então, Oscar, quem era o garoto?“, insistiu o senhor James. “Garoto?” Ajeitou-se na poltrona, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Caça (safado-de-uma-perna-só)

  O barco estava quase pronto. Em outras terras só faltaria por um nome e mandar para a água, mas não ali. Ali faltava o mais importante. Haveria uma caçada, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Casa de Adelle (Samuel Serran)

  Chegando a casa de Adelle, mamãe dizia algumas vezes ‘Urru, Adeeelle! Urru!’, e o papagaio de Adelle repetia ‘Urrrrrru, Adéééllééé! Adéééllééé! Adéééllééé!’, balançando-se no poleiro, levantando e abaixando a … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Gata de Luvas (Hello Kitty)

  — Mais uma pergunta, senhora Roberta. Por que a senhora demorou tanto a entrar em contato com a polícia?   Roberta olhava fixamente para um ponto aleatório na parede, acima … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Gota que Desafiou a Lua (Bárbara)

Apoiando os cotovelos no batente, Raissa observava a chuva através da janela, suspirando. O bafo quente da respiração embaçava o vidro. Segurava firmemente as lágrimas, enquanto vislumbrava a luz da … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Hora da Louca (Aninha)

  A cidade ficou vazia de carros e a louca apareceu, inquieta, desgrenhada. Subia nas árvores, balançava, quebrava os galhos. Jogava pedras nos postes, as luzes tremeluziam, espatifando-se.  As mãos … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Onça do Sertão (Zé Pernambucano)

  Tacarantu, PE – 1922  Na pequena cidade, gritaria e correria ouvia-se pelas ruas. – Vamu embora daqui homi! Isso não é lugar decente pruma família – A mulher protegia … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

A Pecadora (Emma Bovary)

Perdi minha identidade em um dia infeliz, mas não foi naquele setembro chuvoso. Há muito tempo tinha perdido minha identidade e minha dignidade. Muito tempo. Minha dor foi que se … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Amado Amante (Robertho Karlos)

  Às vésperas de seu aniversário de meio século, Dona Nair tinha pouco o que comemorar. Do falecido marido, “Seu” Luís, herdara a casa e o barzinho, construído à frente … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Amado Saulo (Ayla Junqueira)

  Amado Saulo (ou qualquer pseudônimo que esteja usando no momento), Antes que comece a leitura dessa carta, quero que saiba o seguinte: esta carta tem um alto teor sentimental, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

App Driver (Maria André Khalil)

– Desligue o telefone! – exibindo a arma, o amigo de Aísa ordena ao motorista. – Boa noite, Renan! – minutos antes, ela o cumprimentara e mais uma vez ocorreu … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Areia Movediça (Sr. Desatino)

  O desconforto faz-se logo presente. Sinto as pernas formigarem como se recebessem pequenos choques. Subir todos aqueles degraus cansaram meus membros e dúvidas.  Permaneço inerte, com as costas coladas … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Até o Inferno (Juan Brujo)

  Estávamos de tocaia há três dias. A informação fora passada pelo coronel Perpétuo: Elano Grundelmann receberia uma carga de armas ali, no depósito abandonado da Vila Conceição. Eu não … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Cheiro de Bicho (Goblino Barril)

Dos cinco sentidos, acredito que o olfato seja o menos explorado pelos humanos. O mundo é mapeado em construções visuais e sonoras, e nós o exploramos com toques e degustações. … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Dentista-Prático (Zé Penca)

  Na década de setenta, mudou-se para uma cidadezinha esquecida no interior de Minas Gerais um dentista que atendia pelo nome de Divino. Velho de manias, mas correto como todo … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Dr. Exxxquizito (Bruxa Keka)

  Raniel reclamava de stress para sua colega de trabalho, Telma. – Nossa, Telma. – Raniel começou. – Esses dias cheguei até a descontar na minha mulher, a Silvia. Levantei … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Engrenagens Inversivas (Lorenz)

  Quando a sineta da porta anunciou a chegada de alguém eu estava de cabeça baixa, concentrado no mecanismo de um relógio suíço um tanto antigo. Não queria interromper o … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Entre as Estrelas do Céu (Kristen)

  O céu aquela noite estava forrado de estrelas e Leon o contemplava com o fascínio de sempre. Desde muito pequeno, Serena já percebia sua conexão com o cosmo: – … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Estantes (Eduardo Novena)

  Há seis outonos venho aqui. Folheio o máximo de Hemingways, Balzacs e quantos outros cânones literatos mais sejam possíveis. Compro aqueles que o tempo afastou de meus dedos. Sou … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Famaliá (Compadre Cláudio)

Vinha matutando isso há alguns dias, desde minha última conversa com o compadre Quincas, e estava determinado a dar uma guinada na vida. Após a morte de Ritinha as coisas … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Fanho (Servente Ananias)

  Na praça, o brilho debochado do sol incomodando os olhos funcionava como bodoque na volta para casa. Tinha mais gosto quando estendia o corpo na velha cama. Não diria … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Festa de Santa Luzia: Crônica de uma Tragédia Anunciada (Malaquias Seraim)

  Correu o boato em Serra do Alto de que Petrônio de Augusto ia à festa na casa de Mariano de Tibúrcio. A notícia ganhou pernas e invadiu todo o … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Fogo Fátuo (Ígnis)

  Era sujeito de pouca conversa. Dele, o que mais me marcou a infância, além do cinto de couro e a vara de marmelo, foi o silêncio desconfortável que trazia … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Humano Desprezível (Café com Leite)

Ele dormiu novamente na cadeira. Esse ser humano desprezível que eu tenho a insatisfação de chamar de servo dormiu novamente. Parece que é tudo que ele sabe fazer: comer, dormir, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Ignacius (Homero)

  O choque constante das espadas. Os gritos de dor e raiva dos guerreiros. O clamor da multidão. Esse turbilhão de sons ressoava com tanta força na antecâmara do coliseu … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Lágrimas e Arroz (Rosário dos Santoz)

Uma gata deitada sob a sombra do canavial assistia aos franguinhos disputando qual deles comeria a lagartixa morta e ressacada que caíra da janela da cozinha. Passando por eles o … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Manhã de Sábado (Pitú Andradas)

O dia ainda estava por raiar e Paula me beijava para que eu acordasse, fazia assim para nossos momentos de amor.  Contei-lhe meu sonho, ela sorria, sabia que sonhara justamente … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Moriama (ou Anatomia de um Novo Deserto) (Nandi Rhodes)

  Semana passada boa parte do mundo parou porque uma criança de dez anos tentou suicídio em um famoso campo de refugiados na Europa. Em Moriama lembro-me de pelo menos … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Muito Mais que Palavras (Chico Spirro)

Sempre gostei de palavras desde pequeno, segundo relatos de minha mãe. Do pouco que me lembro da minha infância, recordo que gostava de brincar com os sons das palavras, não … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Na Casa da Mamãe (Nilo)

  Voltar a morar na casa da minha mãe me pareceu uma péssima ideia a princípio. No entanto, eu não tinha o que fazer, já que eu havia abandonado o … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Auto do (In)feliz Natal (Leila Carmelita)

  Há alguns anos, nos festejos natalinos, o senhor Agnaldo saía às ruas vestido de Papai Noel. Fazia mágicas no intuito de arrecadar dinheiro para comprar brinquedos, que depois seriam … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Ô Bira! (Goiaba)

  — Ô Bira, essa cômoda aí amarrada no fusquinha é pra quê? — Fusquinha não, o nome dele é Goiaba. Ele não gosta de ser chamado desse nome aí. … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Círculo dos Ciclos (Christina Rocha)

  Brasília – DF Inalou o ar até que não fosse mais possível e então relaxou. Ficou pensativo por alguns instantes, fez anotações mentais, mas não encontrou suspeitos. O semblante … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Jardim das Memórias Vivas (Adaga)

  Há um desejo que move todo o universo, uma energia multicolorida que vive sob as estruturas que interliga os seres vivos e não vivos, formando um só organismo composto … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Legado da Medusa (Danilo Giordano)

  Fiquei dias internado num hospital. Passava horas sentado numa cadeira de rodas, olhando o céu através de uma janela. Os médicos disseram que eu precisaria de muitas cirurgias plásticas … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O que o Tempo Leva (Carl Canhotto)

  Quando os dois entraram, juntos, no mesmo vagão em que ela estava, Adriana de cara reparou que se tratava de pai e filho. Um pai idoso junto de seu … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Regresso de Aquiles (Aquiles Pereira)

Acordei com a certeza de estar morto, mas a dor aguda que sentia na parte de trás da cabeça mostrou-me que estava enganado. Abri os olhos. Um líquido espesso toldava-me … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Sol é uma Lanterna! (Ovalo de Mogno)

  Toda aquela loucura começou numa noite quente na Lapa. — Já reparou como, de repente, todo mundo ficou maluco? — perguntei, mudando o rumo da conversa, que até então … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Soldado sem Nome (Jozefel Zanatas)

  Soldado José ouviu o zumbido do projétil rasgando o ar, sua única reação foi fechar os olhos e aguardar o impacto, além de torcer para que o ferimento não … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

O Vírus (GODOG)

Existe um estudo do Instituto Weizmann de Ciência, em Israel, que afirma que as 7,6 bilhões de pessoas do mundo representam apenas 0,01% de todos os seres vivos no planeta. … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Palavras (Mateus)

  Quando jovem, Guilherme tinha certeza de que um dia seria o Papa.  A retidão inabalável, a presença de púlpito aliada à dicção perfeita, o carisma transbordando num sorriso onipresente … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Para Além do Vale da Esperança (Elias)

  – Vai-se lá, mano! Que história é essa de dar educação aos pretos? Ouviu a tal pergunta atentamente, mas já estava decidido. Ajuntou a sua mala e partiu. Subiu … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Raízes (Maria)

  1 Larinha não gostava muito das festas da família. Havia uma porção de coisas legais rolando no celular – pessoas pulando de um prédio para o outro, explodindo garrafas … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Salgadinho (Night Manager)

Beto coçou o nariz com o dedinho e lançou a meleca para longe. Depois, coçou as suas partes intimas e sentou como se fosse o rei da Inglaterra em uma … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Silêncio no Fim do Corredor (Lina Marina)

  Os gemidos baixos e constantes causavam um misto de contentamento e repulsa em Amélia. Queria que o velho sofresse, embora desconfiasse que suas dores fossem mais imaginárias do que … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Suplica do Sertão (Rosa do Deserto)

Ele tem poucos minutos para compor o cardápio com o que tem na despensa. Afinal, hoje é um dia muito especial na vida dos meninos. Não demora muito e fica … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Trilátero Ourífero (Itabirano Cunha)

Os olhos dela esperavam, noite a noite, a rouquidão do último apito longo. Só anoiteciam de vez lá pelas onze e quinze. Uma última olhada pela greta da veneziana que … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Uma História de Amor Caipira (Jeca Tatua)

  A melhor lembrança que tenho da infância foi de quando conheci o Pig. Meu pai comprava porcos para vender a carne. Quando avisavam que havia uma vara para negociar, … Continuar lendo

1 de novembro de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Rodada 4

COMO PARTICIPAR? 1 – Esteja preparado para ler e comentar até 19 contos. 2 – Escreva um conto com até 2.500 palavras (tema livre). 3 – Envie para o e-mail desafio.entrecontos@gmail.com até … Continuar lendo

14 de outubro de 2019 · Deixe um comentário

Liga 2019 – Ranking 3

Bora conferir como ficou a classificação da Liga 2019 após a terceira rodada? Até o momento, temos garantidos na antologia Devaneios Improváveis os autores: Amanda Gomez Angelo Rodrigues Elisa Ribeiro Fabio Baptista … Continuar lendo

17 de setembro de 2019 · 1 comentário

Conto dos Títulos – Liga 2019 Rodada 2 (Neusa Fontolan)

— “Sob as Águas” em meio a uma “Variante Amarela”, o “Sarcófago” afundava, devagar. “Das Profundezas” surgiu “Angelical”, “O Espírito da Cuidadora”. Levantou a sua “Faca de Prata” e quando … Continuar lendo

2 de julho de 2019 · 1 comentário

Liga 2019 – Ranking 2

Bora conferir como ficou a classificação da Liga 2019 após a segunda rodada? Até o momento, temos garantidos na antologia Devaneios Improváveis os autores: Angelo Rodrigues Elisa Ribeiro Fabio Baptista Gustavo … Continuar lendo

26 de junho de 2019 · Deixe um comentário

Conto dos Títulos – Liga 2019 Rodada 1 (Neusa Fontolan)

Desafio – Liga 2019 – Rodada 1 COMÉDIA, FANTASIA   Em ‘Betiron, um Reino’ muito, muito distante, acoplado no meio de ‘Uma Floresta Alucinante’, vivia ‘Lúcia no mundo das coisas’. … Continuar lendo

18 de abril de 2019 · 4 Comentários

Ranking – Dezembro/2018

Encerrada nossa Copa Entrecontos, vamos ao que provavelmente será o último ranking nesse formato gigantesco. Lembrando que esse ranking será a base para distribuição das séries no Campeonato Brasileiro de … Continuar lendo

30 de dezembro de 2018 · Deixe um comentário

Ranking – Outubro/2018

Ranking do nosso tradicional RPG Literário, finalmente atualizado após o desafio alienígenas!       Confira seu título de nobreza na tabela de níveis:   E o nosso quadro de … Continuar lendo

6 de novembro de 2018 · 4 Comentários

“O Artilheiro” de Gustavo Araujo – Resenha (Fabio Baptista)

“Fio Maravilha, nós gostamos de você Fio Maravilha, faz mais um pra gente ver”   “O Artilheiro” é o primeiro romance escrito por Gustavo Araujo. O livro ficou entre os … Continuar lendo

17 de janeiro de 2018 · 1 comentário

Ranking – Dez/2017

Classificação final de 2017, após o último desafio do ano! Os 10 primeiros serão presenteados com grandes clássicos da literatura mundial, fique de olho no grupo do Facebook.   Em … Continuar lendo

1 de janeiro de 2018 · Deixe um comentário

Ranking – Nov/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Terror? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com grandes clássicos da … Continuar lendo

17 de novembro de 2017 · 2 Comentários

Ranking – Ago/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Comédia? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com grandes clássicos da … Continuar lendo

5 de setembro de 2017 · 2 Comentários

Ranking Jun/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Imagem 2, vulgo JAVALI? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com … Continuar lendo

26 de junho de 2017 · 1 comentário

Ranking – Mar/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Folclore? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com grandes clássicos da … Continuar lendo

16 de abril de 2017 · 4 Comentários

Ranking – Jan/2017

Vamos conferir como ficaram nossos rankings após o desafio Microcontos 2 – A Missão? Para começar, o Ranking do Ano, que considerará todos os torneios iniciados em 2017 e premiará, com … Continuar lendo

1 de fevereiro de 2017 · 2 Comentários

Ranking – Dez/2016

Encerrado o desafio “X-Punk”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, vamos ver o resultado final do nosso “Ranking 2016″, que considera todos os certames iniciados no … Continuar lendo

19 de dezembro de 2016 · 6 Comentários

Ranking – OUT/2016

Encerrado o desafio “Cemitérios (Retrô)”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, o “Ranking 2016“, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente e no … Continuar lendo

19 de outubro de 2016 · 3 Comentários

Ranking – AGO/2016

Chegou a hora mais esperada após o término da sessão de RPG… digo… término do desafio! Sem mais delongas, vamos ao Ranking 2016, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente … Continuar lendo

25 de agosto de 2016 · 1 comentário

Ranking – JUN/2016

Encerrado o desafio “RHA – Realidade Histórica Alternativa”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, o “Ranking 2016“, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente … Continuar lendo

5 de junho de 2016 · Deixe um comentário

Ranking – MAR/2016

Encerrado o desafio “Fantasia”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, o “Ranking 2016“, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente e no final … Continuar lendo

4 de abril de 2016 · 8 Comentários

Saudade de Voar (Fabio Baptista)

Dizem que em toda rua do Brasil tem pelo menos um menino bom de bola. Pode não ser um Neymar, mas sabe dominar no peito, tocar de primeira e chutar … Continuar lendo

19 de fevereiro de 2016 · 7 Comentários

Ranking – JAN/2016

Encerrado o desafio “Microcontos”, é hora de conferir como ficaram nossos rankings. Para começar, um novinho em folha: “Ranking 2016“, que vai considerar todos os certames iniciados no ano corrente … Continuar lendo

3 de fevereiro de 2016 · Deixe um comentário

Traduzindo “O Corvo” – Artigo (Fabio Baptista)

Numa recente “Terça-feira clássica”, li novamente (depois de uns bons anos) o poema “O Corvo” de Edgar Allan Poe. Gostei, sim (não sou tão chato, afinal :D), mas muitas coisas … Continuar lendo

6 de janeiro de 2016 · 8 Comentários

Ranking – Dez/2015

  Fala aí, pessoal! Chegou a hora de conferir como ficou nosso ranking, após o desafio “Imagem”. Vamos lá? (Lembrando que a fórmula de pontuação pode ser conferida neste post … Continuar lendo

3 de janeiro de 2016 · 5 Comentários

Ranking – Novembro/2015

Desafio “Cotidiano” encerrado (e, diga-se de passagem… que desafio!!!), chegou a hora de conferir como ficou nosso ranking.   Primeiro, o ranking geral, que leva em conta a participação em … Continuar lendo

9 de novembro de 2015 · Deixe um comentário

Clube da Insônia – Resenha (Fabio Baptista)

Confesso que estava receoso sobre o que encontraria no livro do Tico Santa Cruz. Seria uma coletânea de contos, poesias, crônicas? Mais do que o gênero dos textos, me preocupava … Continuar lendo

8 de setembro de 2015 · 14 Comentários

O Herói de Hyrule (Fabio Baptista)

I Sorrateiras são as nuvens de tempestade que se aproximam vagarosas, de um lado e de outro, espaçadas, pequenas, sem ares de ameaça e, antes que se dê conta, agrupam-se … Continuar lendo

7 de setembro de 2015 · 7 Comentários

Ranking – Agosto/2015

Vamos conferir como ficou nosso ranking após o desafio Ficção Científica? Como diria a moça do Waze: “Tudo pronto? Vamos!”.   Começando pelo Ranking Geral, onde alguns dos destaques do último desafio … Continuar lendo

14 de agosto de 2015 · 1 comentário

Ranking – Julho/2015

Fala aí, pessoal! Com o intuito de promover a competitividade sadia que é marca registrada dos desafios do EntreContos, elaboramos um ranking histórico com todas as escritoras e escritores que … Continuar lendo

5 de agosto de 2015 · 7 Comentários

Marina – Resenha (Fabio Baptista)

“A gente só se lembra do que nunca aconteceu…” Nos anos 90 não tinha IMDB, Metacritic, Pablo Villaça nem nenhuma outra dessas frescuradas que tem hoje. A qualidade dos filmes … Continuar lendo

3 de agosto de 2015 · 2 Comentários