EntreContos

Detox Literário.

A Canção (Rogério Germani)

À bordo de um transatlântico, um casal, de mãos dadas, comemorava bodas de ouro embriagando-se com a  beleza de uma noite de escassas estrelas e suave melodia de violinos. – … Continuar lendo

14 de janeiro de 2016 · 58 Comentários

Cândido Verso – Poesia (Rogério Germani)

Humilde, ele pede a graça dos dedos um leve aceno esteio na primeira brisa que o abraça não traz consigo os delírios do parto; antes, é fagulha que canta no … Continuar lendo

11 de janeiro de 2016 · 5 Comentários

A biblioteca (Rogério Germani)

Assim que a escuridão evaporou de seus olhos, a princesa Mayar vociferou seu medo na face do céu zombador: – Libaaxyo jinniyo! Somente a atrocidade voraz dos demônios felinos justificaria … Continuar lendo

9 de dezembro de 2015 · 44 Comentários

Sob o olhar da Lua (Rogério Germani)

Minha vida é um bungee jump onde a lua sempre me traz à tona.  É esta certeza, talhada como uma estrela em meu peito, que ilumina meus passos perdidos nesta … Continuar lendo

12 de setembro de 2015 · 40 Comentários

Filosofia das Lavadeiras – Poesia (Rogério Germani)

Há um certo encanto na filosofia das lavadeiras que se fiam no poder sanativo das águas uma entrega de almas e sonhos deslizando nas bolhas que voam ao ruflar dos … Continuar lendo

17 de agosto de 2015 · 5 Comentários

Os filhos de Eva (Rogerio Germani)

Mesmo não sendo verão, a temperatura permanecia elevada no Catar de 2022, quase atingindo os 50 graus. Condição ideal para os carros movidos a calor ambiente. E, por sorte e … Continuar lendo

4 de julho de 2015 · 50 Comentários

Efebofobia (Rogério Germani)

Talvez eu já esteja morto quando este mapa de infortúnios estiver tatuando amargas lembranças em seus olhos, curioso leitor. Mas, acredite, os relatos macabros que, de agora em diante, irão … Continuar lendo

16 de maio de 2015 · 41 Comentários