EntreContos

Detox Literário.

O caso do diabo funkeiro (Felipe Lomar)

O sinal sonoro do elevador indicava a Chegada de Samuel no andar onde se situava seu escritório. Figura excêntrica em meio aos advogados e contadores que habitavam aquele prédio no … Continuar lendo

27 de novembro de 2021 · 10 Comentários

Olê mulher rendeira (Felipe Lomar)

Mal subiu o sol para castigar o sertão por mais um dia e os pássaros de Angicos já saíam em revoada, assustados pelo barulho das metrancas. Também uma revoada de … Continuar lendo

7 de setembro de 2021 · 20 Comentários

[EM] Marcas no asfalto (Felipe Lomar)

Aqui estou eu, tentando escrever minhas memórias, como me pediram. Não entendo esse povo, o que a vida de um detetive aposentado desde 2049 tem de interessante. A tela do … Continuar lendo

9 de agosto de 2021 · 19 Comentários

Pausa para o lanche (Felipe Lomar)

Às vezes, é necessário parar e refletir no que acabou de acontecer. Não faz nem quinze minutos, com uma fome danada e uma ansiedade que não permitiam concentrar nos processos, … Continuar lendo

5 de julho de 2021 · 19 Comentários

Telegrama – Poesia (Felipe Lomar)

Oi, minha queridaJá tem muito tempo que escrevoHá muito não tenho respostaEstá tudo bem por aí?Ja desde que foste emboraNão tenho notícias de tiInesperada partida… É inútil esconderQue de noite … Continuar lendo

1 de julho de 2021 · 2 Comentários

Microcontos 2021 – Cazalbé (Felipe Lomar)

[A1] Sentado no banco da praça, o homem admirava o vaivém. Mas aí tudo explodiu e todos entraram em desespero! Cabo Canaveral, 28 de janeiro de 1986. [B2] – Bolas! … Continuar lendo

27 de março de 2021 · 33 Comentários

Euterpe (Felipe Lomar)

Euterpe já não era mais a mesma: a rotina pesada e monótona do bacharelado fazia com que ela questionasse sua decisão de carreira. Parecia que toda aquela beleza e inspiração … Continuar lendo

21 de fevereiro de 2021 · 29 Comentários