EntreContos

Detox Literário.

FanFic – Finalistas

  Caros participantes, amigos e curiosos, Vencida a etapa de grupos, passamos à fase final, com os cinco contos que, em cada grupo, obtiveram as melhores avaliações. São os seguintes … Continuar lendo

13 de setembro de 2020 · Deixe um comentário

Entre irmãos – De volta à Rua Morgue (Rufus Wilmot Griswold)

O Comissário de polícia Jean Baptiste apertou minha mão com o entusiasmo de quem agarra uma boia em pleno maelstrom. Os olhos suplicantes e dóceis típicos de um sujeito acostumado … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário

Recuperado (George Atwood Huxley)

Londres, Oceania, 27 de abril de 1985 (?). A enorme teletela do Café Castanheira grasnava com voz monocórdia a lista diária de conquistas do Partido: “Boas novas, boas novas, camaradas! … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário

A Salvo (Vivian Darkbloom)

O doutor Fay está no quarto, em silêncio, sentado à beira de uma cadeira ao lado da porta, quando Humbert sussurra em seu francês nativo: fini, como se saboreasse, naquelas … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário

Francisco Silva, funcionário do EntreContos, visita o universo (Eulogio Sebastian)

Nos hábitos literários também é todo-poderosa a ideia de um sujeito único. É raro que os livros sejam assinados. Não existe conceito de plágio: ficou estabelecido que todas as obras … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário

Detective Comics #41 Set/2020 (Frank)

A lua é sempre cheia em Gotham City. Foi o que Mike pensou, orgulho inconfesso por ter soado poético brotando nos lábios, ao contemplar o céu escuro onde uma mortalha … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário

Paredão (Maria Deodorina da Fé Bettancourt Marins)

Enfrentamos o Liso do Sussuarão, lugar desgraçado que nem o Diabo visita. Cumprimos a travessia do deserto sem perder soldado e muito menos animal. Aquele sucesso foi recado dos céus … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário

O coronel que, este sim, matou o lobisomem (Cadeira 31)

A bem dizer, esta história já foi contada por um homem batuta cá de minha terra, escrevinhador de letra inteira, o senhor José Cândido, terminado de Carvalho, que bateu na … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário

O Dilema da Serpente (Cadu)

A promessa era de um emprego decente que, se não pagasse um salário maravilhoso, pelo menos serviria para deixar as contas em dia. Bastava partir. Cheguei em Botswana decidido a … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário

Hank e Cass (Hank)

“… . Quando eu for embora para bem distante E chegar a hora de dizer-lhe adeus Fica nos meus braços só mais um instante, Deixa os meus lábios se unirem … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário

Graça (OTABOL)

– Cadê a cachorrinha? – Ela… ela… – Cadê ela? – A moça, sinhá, a das Dores… que começou no outro dia… foi embora… e levou ela junto… – Como … Continuar lendo

24 de agosto de 2020 · Deixe um comentário