EntreContos

Detox Literário.

Contemplando Nostalgia – Poesia (Estela Goulart)

A emoção é essa situação
Sem pé nem cabeça
Tão frágil quanto algodão
Esperando que você esqueça

Troco palavras ao vento
Abstrações que são visíveis aqui
Bem no fundo de mim
Memórias completamente em crise

Eu sou máscara de tudo aquilo
Cujas esperanças se esvaem
Por favor, não me peça um sorriso
Se o meu coração quebra e cai

Compreendo que não sei o que anseio
Podem ser meras guerras vãs e vagas
Daquelas que torturam invisíveis
Queimando em uma tarde calma

Mas ainda me pergunto
Se a realidade é realmente perceber
Afinal a janela da alma vê tudo
Inclusive dentro de você

Um comentário em “Contemplando Nostalgia – Poesia (Estela Goulart)

  1. Julia Mascaro Julia Mascaro Alvim
    8 de fevereiro de 2019

    as emoções são libertárias. Devemos manter o prumo para não nos perdermos em uma sociedade repleta de desvios.

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado às 7 de fevereiro de 2019 por em Poesias e marcado .