EntreContos

Detox Literário.

Resultados do Desafio Pecados Capitais

deadly.sins

Caros participantes, amigos e curiosos de sempre.

Quarenta e oito contos. Apenas quatro desclassificados. O desafio com mil palavras sobre um tema tão vasto deu origem a muitas abordagens interessantes.

A lista abaixo contém os títulos dos textos inscritos, os pseudônimos e os nomes verdadeiros de cada participante:

Untitled-2

Prosseguindo, a tabela a seguir consolida os comentários – quem comentou o quê. Inegável que os comentários fechados contribuem e muito para a enorme quantidade de ‘X’ 🙂

commentspecados

Por fim, a pontuação, considerando-se apenas os textos e autores classificados.

notaspecados

Cmo vncedor, co 210 pntos, nada mnos do qu oito notas dez, o snsacional “Fome Inerente“, de Pedro Luna:

“– Bom, senhor Paolo. Fico satisfeito em saber que não sou a sua próxima refeição. No entanto, ainda estou intrigado com tudo isso. O senhor consegue passar quanto tempo sem comer?

– Nem dez minutos.”

Em segundo lugar, com 196 pontos, “À Sombra de um Sicômoro“, de Gustavo Araujo:

Abaixou-se e apanhou um deles. Passou os dedos encardidos sobre a capa, sentindo o relevo das letras. Achou bonito o floreio, a maneira como a palavra fora concebida. Limpou-a com o cotovelo, revelando-lhe o dourado vivo. Quem dera soubesse ler. Aprendera algumas letras com o pai, ainda menino, mas sua capacidade de extrair-lhes o sentido se limitava a expressões simples e ao próprio nome. Mesmo assim, a muito custo.

E, por fim, completando o pódio, com 167 pontos, o conto que vai fazer todo mundo rir ao olhar uma nota de dez reais, “Locupletação“, de Rafael Sollberg:

O odor é inebriante, especialmente para alguém que perdeu grande parte do olfato em algum lugar faz meia-hora. Ainda assim cubro meu nariz de veias dilatadas com a mão direita, enquanto mergulho minha mão esquerda na privada inundada de excrementos.

Só para lembrar, o campeão receberá o primeiro volume de“1Q84”, de Haruki Murakami

Uma vez mais parabenizamos todos os participantes pela preocupação que demonstraram em dar o melhor de si, tanto na elaboração dos próprios contos, como principalmente nos comentários realizados. Este é verdadeiro espaço em que escritores ajudam outros escritores.

A partir de agora todos os comentários estão liberados.

Até o próximo desafio!

Equipe EntreContos.

34 comentários em “Resultados do Desafio Pecados Capitais

  1. itomachado
    27 de fevereiro de 2015

    Parabéns! Aos vencedores

  2. Carlos Henrique Fernandes Gomes
    26 de fevereiro de 2015

    Quem não conhece a brincadeira deve achar o Leandro Jardim um pecador, um soberbo! É nada! É um cara que se esforçou para vencer! Parabéns! Esse tipo de vitória sobre os próprios limites é que faz de um desafio literário virar uma paixão. Parabéns a todos pelo altíssimo nível de pecados e pecadores!

  3. JC Lemos
    25 de fevereiro de 2015

    A galera tirou o dia para pegar no meu pé. Se reclamar, tem mais mimimi. 😛

  4. Leonardo Jardim
    25 de fevereiro de 2015

    Ae, pessoal! Queria dizer, em primeiro lugar, que estou feliz que nem criança com brigadeiro, geek com iPhone (e etc.) com meu 7º lugar. Minha meta, desde que comecei há dois desafios atrás, era ficar da metade pra cima da tabela. A próxima seria o top10. Consegui cumprir as duas metas no primeiro desafio do ano! Uhuulll! 😀 Agora farei de tudo para me manter por ali (embora seja bem difícil), porque ainda não me considero nem um pouco apto a figurar no pódio.

    Além disso, não posso deixar de parabenizar o Pedro Luna. Seu conto não me arrebatou totalmente a ponto de não colocá-lo nem entre os meus 10 (um pouco culpa do sistema que criei), mas sem dúvidas é muito bom. O mais criativo do certame na minha opinião. E sua vitória mostra como é legal o EC, onde existem vários avaliadores de gostos e conceitos diferentes. E, com os comentários fechados, torna a coisa toda muito imprevisível. Mais uma vez: Parabéns, Pedro!

    Merecem as congratulações também o Gustavo, o Rafael, o Rubem e o Fábio, mas esses são carimbados e estão sempre por ali, já estão acostumados 🙂 Esses quatro contos foram, junto com o do Thales, os meus preferidos. Aliás, poucas vezes ri tanto em um conto quanto o das caveirinhas mexicanas 😀

    Todos os outros participantes também estão de parabéns, seja por escrever esses contos gostosos e pecaminosos ou por comentar nossos contos com tanto zelo. Fiquei muito feliz que este foi o desafio com mais comentários e adoro ler todos (ainda nem cheguei na metade).

    Bom, para encerrar (porque já está ficando muito grande isso aqui), gostaria de dizer que gostei muito deste formato de comentários fechados. Sem dúvidas aumenta a ansiedade, mas em troca tivemos o grande número de comentários e, melhor ainda, os comentários não foram influenciados pelos demais. Acho que isso vale muito! Eu, que sempre votei pelos comentários abertos, virei fã incondicional dos fechados. Só gostaria de, pelo menos, mais umas mil palavrinhas… :/

    Um grande abraço a todos e até o próximo desafio!

    • Leonardo Jardim
      25 de fevereiro de 2015

      Ah, claro, esqueci de dizer que, no próximo desafio, deveria ser criada uma regra em que os autores que depreciarem inavertida e exageradamente seus próprios contos (a.k.a fazer muito mimimi), não poderão ficar dentre os dez primeiros ou alguma outra punição pior. 😉

  5. Fabio Baptista
    25 de fevereiro de 2015

    Amigos,

    Parabenizo e agradeço a todos os participantes do concurso, todos que se dedicaram a esse desafio e compartilharam, de um jeito ou de outro, parte de suas vidas comigo nesse último mês.

    ***** Parabéns especiais:

    Pedro Luna, pela vitória. Conforme comentei, seu conto não me agradou em cheio por questão de gosto pessoal mesmo (o bendito “gostei / não gostei”), mas está muito bem executado. Acabei me surpreendendo com o resultado, mas por pura arrogância da minha parte: aquela coisa de “se não me agradou, não vai agradar os outros também”… voltei mais a atenção ao Flores de Vênus e Locupletação (gostei demais de ambos) e À Sombra do Sincômo (ou seja qual for o nome da árvore que eu já vi todo mundo escrevendo de uns 10 jeitos diferentes), que não gostei da trama, mas estava muito bem escrito e com aquela coisa de “filme feito pra ganhar o Oscar”, que eu imaginei que amoleceria a maior parte dos corações kkkkkkk

    Rubem Cabral, que com sua técnica formidável escreveu o conto que mais gostei no desafio.

    Sollberg, que escreveu um puta conto ousado pra cacete e mesmo assim subiu ao pódio.

    Thales, você nunca gosta dos meus contos, mas eu gosto demais dos seus, cara! kkkkkkkkkk. Parabéns também por conseguir completar a maratona de comentários.

    Gustavo Garcia (que lê “A Princesa Dragão” todo dia antes de dormir), pela ousadia em postar um conto completamente fora dos “padrões”, escrito com uma técnica refinada e uma empolgação quase palpável.

    Eduardo Selga, pelos comentários insuperáveis. Muitas vezes eu não concordo com você, mas acho que o amor e a dedicação que você tem pela literatura transparecem nas suas análises. E, cara, isso é MUITO FODA.

    JC Lemos, que ficou com um mimimi da porra no Facebook e escreveu um texto que apareceu entre os preferidos de muita gente. kkkkkkkkkk

    Gustavo Araujo, pela costumeira organização impecável e também pela auto-avaliação que realizou aqui no comentário dos resultados. Há alguns desafios venho batendo nessa tecla da “ousadia” nos seus contos. Velho, você escreve pra caralho… deixa a galera sem chorar um desafio e arrisque fazer algo que fique na nossa cabeça pra sempre (eu estou tentando isso há um ano e só me fodi, mas estou certo que suas chances são maiores que as minhas! kkkkkkk).

    ***** Agradecimentos especiais:

    Claudia, que pacientemente deu mais uma aula sobre monossílabos terminados em u.

    Ricardo Falco, pelo comentário mais foda que recebi no meu conto! Li com um sorriso no rosto, cara. Fiquei realmente muito feliz, muito obrigado!

    José Leonardo, que escreve muito e volta e meia elogio alguns de meus contos.

    Wilson Barros, que comentou muito bem todos os contos e classificou o meu como “coisa de profissional” (o que, obviamente, mandou meu já inflado ego para um pouco além da estratosfera :D)

    Todos com os quais, em menor ou maior escala, tenho contato através dos comentários aqui do EC e das redes sociais.

    Um grande abraço,

    E que Deus abençoe todos nós.

    • Fabio Baptista
      25 de fevereiro de 2015

      Ah… esqueci de uma coisa!

      Esse mês, devido ao tamanho reduzido dos contos e também, não vou mentir, por um certo cansaço acumulado pela sequência de desafios, acabei realizando comentários mais resumidos.

      Lendo novamente alguns desses comentários, percebi que talvez tenha me faltado um pouco de tato vez ou outra.

      Gostaria de me desculpar, de todo coração, caso tenha de certa forma ofendido alguém em alguma dessas oportunidades (e isso vale para outros certames também!). Jamais foi minha intenção depreciar de maneira destrutiva (maldosa) o trabalho dos colegas… (ok, teve um no desafio dos filmes que foi minha intenção sim, mas foi um caso bem específico…).

      Enfim… minhas sinceras desculpas caso tenha me excedido nas brincadeiras, ou nas críticas.

      Abraço!

    • Anorkinda Neide
      25 de fevereiro de 2015

      JC Lemos, que ficou com um mimimi da porra no Facebook e escreveu um texto que apareceu entre os preferidos de muita gente. kkkkkkkkkk

      foi o meu preferido e por isto estou de mal com ele pra sempre 😛

    • Ricardo Gnecco Falco
      25 de fevereiro de 2015

      Foi EXATAMENTE como me senti lendo sua história, parceiro. Parabéns, mesmo! Arrasou. Merecia de verdade estar no topo deste pódio (sem – nunca, jamais – desmerecer o trabalho de nenhum outro escritor por aqui, please!!!).
      Não desista. Você VAI chegar lá! 😉 Pelo menos em meus votos (e em meu gosto literário), você já esteve lá por duas vezes!
      Deixa as paredes em paz…
      🙂

    • Gustavo de Andrade
      27 de fevereiro de 2015

      Brigado! Leio mesmo! (Minha psicóloga disse que pesadelos fazem bem para eu lidar com meus problemas.)

  6. Pedro Luna
    24 de fevereiro de 2015

    Parabéns a todos.

    Nossa, estou muito feliz. Pessoal, todo dia 31 de dezembro, durante a virada, eu penso em algumas metas para o ano que virá. Para 2015, uma das metas que pensei foi se destacar em algum desafio no EC. E fico muito feliz por ter conseguido. Uma sensação muito boa.

    Quero agradecer a todo mundo, quem gostou e quem não gostou. Sou consciente que tenho algumas limitações técnicas e por isso sempre tento ao máximo compensar em criatividade. Feliz pelo resultado.

    Pra finalizar, gostaria de dizer que sou meio reservado, não transpareço muito nos comentários (até porque não sou bom em fazê-los), mas tenho admiração por muitos escritores que participam do blog. Alguns nem fazem ideia do quanto.

    E obrigado ao Gustavo, que me incentivou a seguir comentando. Prometo me empenhar mais. De coração.

    • Jefferson Lemos (@JeeffLemos)
      24 de fevereiro de 2015

      Mereceu, cara! Parabéns pelo resultado e pela meta alcançada.
      Agora já abriu espaço para outras! 😀

    • Claudia Roberta Angst
      24 de fevereiro de 2015

      Parabéns, Pedro! Muito sucesso para você e continue a nadar, digo, a comentar. Abraço.

    • Rodrigues
      24 de fevereiro de 2015

      Parabéns, Pedro!

    • Bia Machado
      25 de fevereiro de 2015

      Prabns! Foi me prferid! ;D

  7. Gustavo Araujo
    24 de fevereiro de 2015

    Quero parabenizar, como participante, todos os autores classificados, especialmente o Pedro Luna e o Rafa Sollberg, pelos textos excelentes. Na verdade, não só eles. Este foi um desafio me surpreendeu com a quantidade de bons contos. Muita gente conseguiu ultrapassar a barreira criativa imposta pelo limite de 1000 palavras e entreter de verdade.

    No que me diz respeito, agradeço os comentários em “À sombra de um sicômoro”, um texto inspirado pela fotografia que o ilustra. Sim, o processo foi ao contrário. Vi a foto e só depois é que imaginei a história. Impossível não pensar em um cenário apocalíptico com todos aqueles livros espalhados nas ruas. Daí a conceber uma relação conflituosa, de inveja e admiração por conta da habilidade de ler, foi um passo.

    Obrigado, mesmo, pelas impressões bem fundamentadas – quer positivas, quer negativas. Obrigado pelos erros apontados e pelas sugestões. Confesso que tive muitas dificuldades para escrever o fim da história. Fiz três ou quatro versões, mas apenas a “oficial”, que foi a primeira a ser pensada, é que pareceu minimamente adequada.

    Claro, valeu também pelos elogios. Todo escritor é, antes de tudo, um narcisista. Adoramos ouvir ou ler algo positivo sobre o que escrevemos — mesmo sabendo que isso pode nos levar à armadilha da acomodação.

    Aproveitando a deixa da Maria Santino no aspecto “auto sinceridade”, creio que venho sofrendo disso, dessa acomodação. Olhando meus textos acho-os todos com a mesma cara 😦 Sim, normalmente são bem recebidos, mas começo agora a enjoar um pouco deles — a sensação de quem se empanturra de algodão doce.

    Hora de mudar a fórmula.

  8. EntreContos
    24 de fevereiro de 2015

    Como sempre, gosto de vir aqui e passar a impressão geral do desafio, como organizador. O limite de 1000 palavras ajudou muito no cumprimento das metas pelos participantes. Apenas quatro desclassificados — um recorde! Quarenta e quatro votantes. Nunca na história deste blog tanta gente se empenhou tanto!

    Queria agradecer e parabenizar, como é costume, aqueles que dedicaram tempo extra para analisar minuciosamente os contos do pessoal. Claro, nem sempre concordamos com o veredito, mas não dá para deixar de admirar o zelo e a fundamentação. Falar do Eduardo Selga, nesse aspecto, é flertar com o clichê. Nosso professor continua nos presenteando com exames profundos e que nos ajudam a crescer como escritores. E nisso, feliz constatação, vê-se que outros participantes têm se esmerado em produzir comentários mais embasados, contribuindo para que este espaço seja um verdadeiro tesouro para quem deseja aprender.

    Cito aqui, como exemplo dessa influência Selguiana, as impressões deixadas pelo Fabio Baptista, Leonardo Jardim, Leandro Barreiros, Sidney Muniz, André Luiz, Jefferson Lemos, Willians Marc, Brian Lancaster, Sonia Rodrigues e Gustavo Andrade. Sim, há mais. Felizmente, a maioria dos participantes tem compreendido que mais do que um lugar no pódio, o que conta mesmo, de verdade, são os comentários deixados nos textos alheios. Por isso, todos os que se esforçaram estão de parabéns.

  9. mariasantino1
    24 de fevereiro de 2015

    Parabéns aos campeões e também aos que mesmo não estando ocupando posições melhores, tocaram a minha alma. É interessante como cada certame tem sua particularidade, seja com os participantes novos com seus estilos e também com sua forma de comentar, seja no modo de como fica estabelecido o exercício literário em si, sempre se retira algo passando por essa experiencia.
    Neste desafio eu fiquei muito mal em ter que escolher preferidos, pois se fosse com o lance das notas, o espaço na lista seria maior, porque quando se atribui uma nota dez para dois contos, significa que eles ocupam a mesma posição na nossa preferencia. Mas o bom é que as regras sempre mudam por aqui 🙂
    Gostaria de agradecer as pessoas que me deram um lugar dentre os seus escolhidos. Obrigada! Agradeço também ao Leandro Barreiros, pois quando cheguei por aqui, com o meu Cão Vermelho (que sempre aparece pra morder meus dedos nervorsos. rsrs), o comentário dele foi um dos que mais me fez pensar — O dele o do Fábio Baptista e o do Eduardo Selga…—, e receber um parecer e voto de quem me deu um toque legal, é gratificante.
    Parabéns mais uma vez! Vou nessa que isso ficou piegas 😛
    Inté!

  10. Leandro B.
    24 de fevereiro de 2015

    Opa, acertei o primeiro, o segundo e o terceiro lugar. :]

    Não estou surpreso. Foram contos excelentes. Parabéns, pessoal.

    • Ricardo Gnecco Falco
      25 de fevereiro de 2015

      Eu acertei só o segundo e o terceiro. Jurava que o quinto ficaria em primeiro…
      Mas, vamos combinar, se pegarmos o Top10 não tem ninguém ali que não devesse estar!
      Parabéns para todos os participantes! Não sei se é por causa de minha ausência (por motivos de força maior) nos últimos, mas este Desafio surpreendeu-me pela qualidade geral dos trabalhos apresentados. Todos estão de parabéns!
      Saldo maravilhoso após uma maratona de leituras que, sem exagerar, ficou entre os melhores Certames dos quais tive a honra de participar.
      A evolução no texto de muitos por aqui foi notável!
      Parafraseando sarcasticamente nosso Anfitrião (que aliás foi certeiro em sua obra)…
      A luta continua, companheiros! 😉
      Abraço em todos e todas,
      Paz e Bem!

      • Claudia Roberta Angst
        25 de fevereiro de 2015

        Também fiquei com a mesma (boa) impressão em relação ao nível dos contos produzidos neste certame. E olha que posso dizer isso com a convicção de quem participou de todos os desafios. O que mais me agrada é ver a evolução de todos e a participação de novos colegas. Só temos a ganhar com isso. 🙂

      • Leandro B.
        25 de fevereiro de 2015

        Com certeza, Ricardo!!

        Acho que me expressei mal. Dezenas de contos foram excelentes e não surpreenderiam ninguém se aparecessem entre os primeiros. Muitos que não ficaram no top 10 também mereciam estar.

        Aliás, achei incrível ler autores que li há meses atrás (estou muito tempo afastado da EC) que estavam começando e encontrá-los agora com textos dignos de campeões. Como o pessoal evoluiu tanto em tão pouco tempo eu nunca vou saber. Aliás, gosto de pensar que foi pela camaradagem de todos aqui na EC, com críticas positivas e pelo esforço e reconhecimento dos autores em trabalhar em cima dessas críticas.

        Enfim, senti uma coisa especial nesse concurso. Juro que não consegui deixar de sorrir sendo surpreendido com as revelações dos autores.

        Só senti um gosto especial de Nostradamus pelas posições corretas 😀

      • Ricardo Gnecco Falco
        26 de fevereiro de 2015

        Rs! Teve uma época em que eu e a Claudinha também estávamos com esta “sina Nostradâmica”, Leandro! 😉
        Abrax!

  11. Bia Machado
    24 de fevereiro de 2015

    Eba!!! Parabéns a todos e as três primeiros, contos ótimos! Foi muito boa essa “desenferrujada”, ainda mais compartilhando com esse timaço de escritores. Valeu muito, mesmo!

    • Bia Machado
      24 de fevereiro de 2015

      Ops, corrigindo: “aos” três primeiros!

  12. Mariana Gomes
    24 de fevereiro de 2015

    Parabéns Pedro Luna! Seu conto foi digno da posição!
    Mas dou parabéns aos outros também!
    Foi uma experiencia muito legal!
    Tchau!

  13. Claudia Roberta Angst
    24 de fevereiro de 2015

    Parabéns aos ocupantes do pódio! Merecidos louros e todos estavam na minha listinha dos dez mais. Quanto a mim, estou bem feliz com o décimo primeiro lugar, mesmo Sem Pecados…rs. Parabéns a todos e vamos em frente. 🙂

  14. Brian Oliveira Lancaster
    24 de fevereiro de 2015

    Parabéns aos vencedores! Grandes textos em um desafio de pequeno espaço! Um de meus escolhidos está ali (3º). O “Fome Inerente” realmente levou pela enorme criatividade. Aproveito para agradecer os que me pontuaram, fiquei na média novamente e isto, para mim, já é uma grande vitória.

    Além, é claro, de saudar os novatos – depois de cinco ou seis já me considero da casa.

    • Brian Oliveira Lancaster
      24 de fevereiro de 2015

      Adendo: comentários fechados, apesar de baixarem os acessos por dia (pois sempre alguém entra para verificar se existe algum novo), ajudaram a resistir às influências de opiniões alheias. Funciona, apesar da ansiedade consumir a todos.

  15. Carlos Henrique Fernandes Gomes
    24 de fevereiro de 2015

    Nível altíssimo de todos os pecadores! Experiência marcante! Parabéns! Como sempre essas estrelas brasileiras continuam brilhando muito lá longe das prateleiras. E mesmo assim brilham como o Cruzeiro do Sul que nem é tão grande assim, mas brilha numa região muito escura do Universo. Parabéns aos Cruzeiros e Cruzeiras do Sul deste desafio!

  16. rubemcabral
    24 de fevereiro de 2015

    Opa, que legal! Parabéns, Pedro! Foi realmente um excelente conto! Gostei muito do Paolo comedor de palavras.

    Gustavo e Rafael: felicitações também pelos ótimos textos.

    A todo o pessoal que leu e comentou meu texto “sujo”: meu muito obrigado!

    Abraços e vamos afiar os lápis para o próximo desafio!

  17. Sidney Muniz
    24 de fevereiro de 2015

    Achei excelente a forma como anunciou o ganhador! De uma originalidade “já vista antes” sensacional.

    Parabéns a todos!

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado às 24 de fevereiro de 2015 por em Pecados e marcado .
%d blogueiros gostam disto: