EntreContos

Literatura que desafia.

O verdadeiro Messias – Conto (Alan Gandur)

Quando ele nasceu,numa vila de Belém,o muro de sua casa transmutou-se em ouro,trombetas soaram dos céus,donde anjos se assentaram,numa escala infinita de degraus…

E’proibido falar de Jesus em Israel,e outros morreram,ao proclamarem-se mas aquele menino,parecia confirmar as previsoes,ao contrario de Cristo que era feio e descendia de meretrizes…

Não fora esquecido,que ao pisar em Jerusalém,aquele lunático destruíra as barracas do templo,incapaz de trocar duas palavras,sem incluir uma ameaça aos sacerdotes sagrados.

Também falava coisas suas,e não de Yah,o criador,sendo so’um judeuzinho e não israelita,como os rabinos que o desprezavam:

-Todo o povo eleito falara’por línguas,quando chegar o juízo,não apenas um camponio pretensioso!

Mas o pequeno Davi,era herdeiro legitimo da família real,cuja ultima princesa,se escondera da sanha de Tito,aquela besta romana,que destruíra a Judéia,e casara com o derradeiro rabino,preservando a herança judaica,que parecia perdida…

Mas agora,uma nova epifania surgia de seus labios,que pronunciavam todas as linguas humanas,que sábios de toda a Terra vinha ouvir,iniciada que era,a era messianica,de paz e triunfo de Israel…

Como compara-lo,com aquele pedreiro,analfabeto e selvagem,que acabara morto entre dois ladroes,comidos pelos abutres e atirados na sarjeta?

Se era crime,falar deste infame em Telavive,que dizer toma-lo por salvador do povo eleito!

So’temiam os rabinos que o Messias Davi,nascido em terra palestina,fosse “sequestrado “pelos árabes,como o Nazareno o fora pelos europeus,e eram reticentes em toma-lo por rei..

Mas seus milagres eram tais,feitos diante de todos,e não em aldeias obscuras,como o farsante,os sinais da sua pureza tão inequívocos,que os próprios muçulmanos lhe tomaram por guia,encerrando seculos de lutas com os irmãos judeus!

Em seu diadema de glória,era a primícia da humanidade,que lhes guiava na verdade,resgatando o laço perdido entre a Bíblia e o Islã…

Sem este mote,ficaram os outros islamitas sem armas,para atacar Israel,e uniram forças contra o inimigo comum:os malditos cruzados,que a ambos perseguiram!

Negados aos hebreus,na diáspora,o direito de possuir terras,so’lhes restou a usura,que tanto lhes maculou a imagem,e não esqueciam os árabes,as humilhaçoes impostas desde Carlos Martel ate’Bush….

Com a liderança hebraica,e o incontável exercito mouro,partiram os filhos de Abrãao na reconquista da Europa!

Confundidos por seus argumentos,descrentes no próprio messias,pouca resistençia ofereceram os europeus,e nem os americanos ousavam vir em seu socorro,pois Davi ja’conquistava adeptos por todos os cantos do planeta…

Confinados em campos de concentração,sacrificados em fogueiras,os cristãos restantes,ainda juravam fidelidade ao pobre rabi,enquanto seus algozes so’esperavam uma palavra de Davi,para exterminar sua ultima mensagem da Terra!

Morto o papa,e fugidos maiores lideres protestantes,so’o baixo clero ainda vivia,defendendo os feitos,do outro menino de Belém….

Levantada sua ficha,não faltaram motivos para o massacre,pois viviam no luxo,em orgias gays,explorando o povo,vendendo a imagem de um farsante!

Mas quando coube a Davi,a palavra final,todos ficaram chocados com o que pronunciou:

-Assim diz Yah:não condenem a Cristo,pois sou sua reencarnação!

o consolador prometido,que veio julgar a todos,antes da ressurreição …

Dito isto,sua face encheu-se de luz,mais ninguém pode contempla-lo,e tornou aos céus,conduzido por falanges de anjos,e todo o mundo viveu em paz,e ate’em Israel,se pode falar o nome do santo Jesus…

Fim

Anúncios

Um comentário em “O verdadeiro Messias – Conto (Alan Gandur)

  1. Rafael Luiz
    6 de abril de 2017

    Alan, seu conto é bem interessante. A história é boa, as palavras bem escolhidas e parece haver paixão na história. Mas o excesso de virgulas, muitas mal posicionadas, torna extremamente penosa a leitura. Há alguns outros erros de gramática, mas não foco nisso, pois para isso serve o editor e revisor rsrs. Mas as vírgulas realmente são exaustivas. A meu sentir, você revendo isso, terá uma escrita muito boa nas mãos. Grande abraço.

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 5 de abril de 2017 por em Contos Off-Desafio e marcado .