EntreContos

Detox Literário.

A Penúltima Edição (vários autores)

“A Penúltima Edição”, desdobramento do projeto literário iniciado com “A Última Edição”, é uma antologia subversiva, a começar pelo título, que embaralha a ordem cronológica. Da mesma maneira, este volume … Continuar lendo

28 de setembro de 2015 · Deixe um comentário

A Última Edição (vários autores)

Uma volta pela mente de cinco novos escritores que subvertem datas e personagens históricos e passeiam pelo espaço urbano com um toque de surrealismo. “A Última Edição” é um livro … Continuar lendo

27 de fevereiro de 2015 · Deixe um comentário

Certa Magia… (Fernando Abreu)

A Mi acordou e a sala já estava cheia de fumaça. Saiu do quarto ainda com as pantufas de sapo e deu de cara com a minha mãe. Ela viu … Continuar lendo

28 de julho de 2014 · 34 Comentários

Musas marcianas selvagens (Fernando Abreu)

As musas marcianas selvagens já não fazem mais parte de Marte. Há pouco tempo transcenderam em seus desejos de expansão. Deram salto mortal ao espaço para buscar aquele planeta da … Continuar lendo

18 de março de 2014 · 36 Comentários

Where is Mr. Brown? (Fernando Abreu)

As três rodas vinham barulhentas do fim da estrada. Romário e Enam esfumaçavam abaixo das palmeiras. Olhos vermelhos, tossidinhas e gargalhadas doídas. Envolvidos no vapor da erva, sentados na vegetação … Continuar lendo

28 de dezembro de 2013 · 26 Comentários

Desatinos de um noir invertido (Fernando Abreu)

Paro meu carro em frente ao portão. A casa está vazia. Escuto os sons rápidos do jardim. Empurro as grades, passo pelo vão. Acendo um cigarro e ando solitária pelos … Continuar lendo

8 de novembro de 2013 · 23 Comentários

Anti-santos (Fernando Abreu)

“(…) a máquina do tempo explodiu após milênios de utilização ininterrupta”. Após essa frase, Amando jogou a revista no chão e se ateve ao noticiário. A repórter loirinha, de terno … Continuar lendo

2 de outubro de 2013 · 31 Comentários

Recordações Desvairadas de Três Funerais (Fernando Abreu)

A primeira vez marcou, perdi a virgindade sepulcral no dia que minha avó materna se foi. Calma, eu não sou um necrófilo. Pra mim ela era o Highlander. Sendo assim, … Continuar lendo

12 de setembro de 2013 · 22 Comentários