EntreContos

Detox Literário.

São Paulo em Chamas – Conto (Carlos Henrique Gomes)

Eu estava a caminho da Galeria do Rock para buscar meu disco novo: The Book of Souls, do Iron Maiden em vinil importado, meu sonho de consumo. Juntei dinheiro e … Continuar lendo

29 de dezembro de 2016 · 5 Comentários

Não desdenhe do que amo – Conto (Carlos Henrique Gomes)

para Faby Crystall …seja onde for onde quer que você esteja a Donzela de Ferro vai te pegar Iron Maiden   — Foi uma bosta o show do Iron Maiden, … Continuar lendo

23 de agosto de 2016 · 1 comentário

Dança da Morte (Carlos Henrique Gomes)

ATENÇÃO: LINGUAGEM DE CUNHO ERÓTICO para Paulo Moreno, que mesmo após da dança da morte continua vivo e pulsante em nossa lembrança para Silvio, cuja amizade perdurará para além da … Continuar lendo

16 de agosto de 2015 · 6 Comentários

A Música na Literatura – Artigo (Carlos Henrique Gomes)

A literatura não é tão rica de música quanto a música é de literatura. Escrever sobre música é um desafio e tanto, mas existem obras primas da literatura universal que … Continuar lendo

5 de agosto de 2015 · 7 Comentários

Odeio Gatos (Carlos Henrique Gomes)

“Atirei o pau no gatô tô Mas os gatô tô Não morreu reu reu Puxei o revolver ver Atirei nelê lê E o gatô tô Morreu reu reu” Cantiga impopular … Continuar lendo

1 de junho de 2015 · 63 Comentários

O Caso da Rosa (Carlos Henrique Gomes)

… as únicas flores que todo mundo tem certeza de conhecer. Katherine Mansfield   A campainha tocou. Era Ângela chegando, sempre atrasada. Todos já estavam no quintal, em volta da … Continuar lendo

5 de maio de 2015 · 1 comentário

O Caso da Injeção (Carlos Henrique Gomes)

Prefiro acreditar que na minha família a união é diferente! Resume-se numa aglomeração de gente na casa dessa ou daquela vó sob qualquer pretexto de festa. Nada de ajudar uns … Continuar lendo

4 de maio de 2015 · 8 Comentários

Ás de Espadas (Carlos Henrique Gomes)

A graça é jogar, não importa o que você diz eu não tenho a sua ganância, a única carta que preciso é o Ás de Espadas Ace of Spades – … Continuar lendo

4 de abril de 2015 · 80 Comentários

Espectro (Carlos Henrique Gomes)

Parecia uma centelha perdida brilhando perto da porta do quarto. Não senti medo; era uma luz azul turquesa, tranquila, bonita. Fiquei hipnotizada pelo brilho de pedra preciosa, pela sedução da … Continuar lendo

4 de março de 2015 · 1 comentário

Minha ex-tranha namorada (Carlos Henrique Gomes)

Eu já entreguei meu coração Alguém já me teve na palma da mão Motorocker   Maria Eduarda me conheceu num barzinho sinistro na parte divertida da Rua Augusta. Ambiente escuro, … Continuar lendo

1 de março de 2015 · 2 Comentários

História de morte contada com amor e veludo vermelho (Carlos Henrique Gomes)

“Sábia é a pureza sem pudor Nosso universo é lindo Meu amor” Motorocker   Como morremos? Você quer mesmo saber? Morremos tendo o melhor orgasmo de nossas vidas! Foi mais … Continuar lendo

1 de fevereiro de 2015 · 48 Comentários

Uma cabeça no congelador (Carlos Henrique Gomes)

Para vó Luíza, cujas cinzas de seus frágeis ossos repousam no Palácio da Paz Eterna   – Vó! Ô vó! Porra, será que ela jogou fora? Ô vó! Será que … Continuar lendo

16 de janeiro de 2015 · 3 Comentários