EntreContos

Detox Literário.

Regulamento do Desafio Microcontos 2021

Bem-vindos ao Desafio Microcontos 2021!

I – Inscrições

O desafio é aberto a quaisquer escritores que sejam, com igual orgulho e dedicação, leitores.

Para se inscrever, o participante deverá escrever de cinco a dez microcontos livremente inspirados pelos estímulos presentes no item II deste edital e enviá-los para o email desafio.entrecontos@gmail.com.

II – Microcontos

Os microcontos deverão ser inéditos.

Os microcontos deverão respeitar o limite de 300 caracteres, incluindo espaços.

Ao enviar os microcontos, o participante deverá se identificar e indicar um pseudônimo com o qual seus textos serão identificados no certame. O pseudônimo não poderá ter quaisquer referências ao nome real do autor, ou a pseudônimos usados anteriormente em desafios do site. O participante que frustrar o anonimato, seja o seu ou de outro autor, será desclassificado.

Os estímulos estão divididos em cinco categorias: palavras, fotografias, frases, ilustrações e músicas.

O participante deverá escrever um ou dois microcontos por categoria. Dessa forma, cada autor deverá apresentar um mínimo de cinco e um máximo de dez microcontos em sua inscrição.

Cada microconto deverá atender a um estímulo diferente.

Cada categoria tem quatro estímulos para que o participante escolha.

Categoria A: Palavras

Nessa categoria, os microcontos deverão conter, obrigatoriamente, a palavra escolhida como estímulo no corpo do texto.

As palavras, geradas aleatoriamente, são:

1 – Praça

2 – Pelotão

3 – Ocioso

4 – Alfândega

Categoria B: Fotografias

Abaixo as fotografias que servirão como inspirações para os microcontos. Clique nas imagens para vê-as em tela cheia.

1

2

3

4

Categoria C: Frases

Nessa categoria, foram escolhidas citações de grandes obras da Literatura.

Os microcontos não precisam conter nenhum elemento das frases no corpo do texto.

Abaixo as citações e suas origens:

1 Há coisas que são preciosas por não durarem. – Oscar Wilde em O Retrato de Dorian Gray.

2 – Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos. – Antoine de Saint-Exupéry em O Pequeno Príncipe.

3 – A cegueira também é isto, viver num mundo onde se tenha acabado a esperança. – José Saramago em Ensaio sobre a Cegueira.

4 – O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem. – Guimarães Rosa em Grande Sertão: Veredas.

Categoria D: Ilustrações

Abaixo as ilustrações que servirão como estímulos para os microcontos. Clique nas imagens para vê-as em tela cheia.

1

2

3

4

Categoria E: Músicas

Nessa categoria foram escolhidas quatro canções da música popular brasileira.

Os microcontos não precisam conter nenhum elemento das letras no corpo do texto.

Abaixo as letras das músicas escolhidas:

1 – A Lista (Oswaldo Montenegro)

Faça uma lista de grandes amigos

Quem você mais via há dez anos atrás

Quantos você ainda vê todo dia

Quantos você já não encontra mais

Faça uma lista dos sonhos que tinha

Quantos você desistiu de sonhar

Quantos amores jurados pra sempre

Quantos você conseguiu preservar

Onde você ainda se reconhece

Na foto passada ou no espelho de agora

Hoje é do jeito que achou que seria

Quantos amigos você jogou fora

Quantos mistérios que você sondava

Quantos você conseguiu entender

Quantos segredos que você guardava

Hoje são bobos ninguém quer saber

Quantas mentiras você condenava

Quantas você teve que cometer

Quantos defeitos sanados com o tempo eram o melhor que havia em você

Quantas canções que você não cantava, hoje assobia pra sobreviver

Quantas pessoas que você amava

Hoje acredita que amam você

Faça uma lista de grandes amigos

Quem você mais via há dez anos atrás

Quantos você ainda vê todo dia

Quantos você já não encontra mais

Quantos segredos que você guardava

Hoje são bobos ninguém quer saber

Quantas pessoas que você amava

Hoje acredita que amam você

2 – Formato Mínimo (Skank)

Começou de súbito

A festa estava mesmo ótima

Ela procurava um príncipe

Ele procurava a próxima

Ele reparou nos óculos

Ela reparou nas vírgulas

Ele ofereceu-lhe um ácido

E ela achou aquilo o máximo

Os lábios se tocaram ásperos

Em beijos de tirar o fôlego

Tímidos, transaram trôpegos

E ávidos, gozaram rápido

Ele procurava álibis

Ela flutuava lépida

Ele sucumbia ao pânico

E ela descansava lívida

O medo redigiu-se ínfimo

E ele percebeu a dádiva

Declarou-se dela, o súdito

Desenhou-se a história trágica

Ele, enfim, dormiu apático

Na noite segredosa e cálida

Ela despertou-se tímida

Feita do desejo, a vítima

Fugiu dali tão rápido

Caminhando passos tétricos

Amor em sua mente épico

Transformado em jogo cínico

Para ele, uma transa típica

O amor em seu formato mínimo

O corpo se expressando clínico

Da triste solidão, a rubrica

3 – Todo o amor que houver nessa vida (Cazuza)

Eu quero a sorte de um amor tranquilo

Com sabor de fruta mordida

Nós na batida no embalo da rede

Matando a sede na saliva

Ser teu pão, ser tua comida

Todo o amor que houver nesta vida

E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio

Pelo inferno e céu de todo dia

Pra poesia que a gente não vive

Transformar o tédio em melodia

Ser teu pão, ser tua comida

Todo o amor que houver nessa vida

E algum veneno anti monotonia

E se eu achar a tua fonte escondida

Te alcanço em cheio o mel e a ferida

E o corpo inteiro como um furacão

Boca, nuca, mão e a tua mente não

Ser teu pão, ser tua comida

Todo o amor que houver nessa vida

E algum remédio que me dê alegria

E algum remédio que me dê alegria

4 – O dia em que a terra parou (Raul Seixas)

Essa noite, eu tive um sonho de sonhador

Maluco que sou, eu sonhei

Com o dia em que a Terra parou

Com o dia em que a Terra parou

Foi assim

No dia em que todas as pessoas

Do planeta inteiro

Resolveram que ninguém ia sair de casa

Como que se fosse combinado em todo

O planeta

Naquele dia, ninguém saiu de casa, ninguém

O empregado não saiu pro seu trabalho

Pois sabia que o patrão também não tava lá

Dona de casa não saiu pra comprar pão

Pois sabia que o padeiro também não tava lá

E o guarda não saiu para prender

Pois sabia que o ladrão também não tava lá

E o ladrão não saiu para roubar

Pois sabia que não ia ter onde gastar

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

E nas Igrejas nem um sino a badalar

Pois sabiam que os fiéis também não tavam lá

E os fiéis não saíram pra rezar

Pois sabiam que o padre também não tava lá

E o aluno não saiu para estudar

Pois sabia o professor também não tava lá

E o professor não saiu pra lecionar

Pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

O comandante não saiu para o quartel

Pois sabia que o soldado também não tava lá

E o soldado não saiu pra ir pra guerra

Pois sabia que o inimigo também não tava lá

E o paciente não saiu pra se tratar

Pois sabia que o doutor também não tava lá

E o doutor não saiu pra medicar

Pois sabia que não tinha mais doença pra curar

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

Essa noite, eu tive um sonho de sonhador

Maluco que sou, acordei

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

No dia em que a Terra parou

[D3] Durante a viagem, a menina mantinha os pés no chão, mas carregava consigo uma constelação de sentimentos.

O prazo para envio vai até às 23:59 do dia 28/03/2021, domingo, horário de brasília.

Os textos deverão ser enviados, num único documento, em arquivo .doc, .docx, ou .odt. Arquivos em .pdf não serão aceitos.

Os microcontos de cada participante serão postados juntos, na mesma ordem e formatação em que forem enviados.

É livre a inclusão de uma imagem para ilustrar o post, que deverá ser enviada juntamente com o conto, quer no mesmo arquivo, quer em arquivo separado. Essa ilustração não servirá de estímulo, será utilizada apenas para ornamentar a postagem com os micros, se assim o autor quiser. A responsabilidade sobre os direitos autorais respectivos caberá exclusivamente ao participante que indicá-la.

Os microcontos inscritos serão disponibilizados à medida que chegarem à moderação. Uma vez publicados, não será admitida revisão ou substituição.

III – Comentários

Os comentários serão abertos. Ou seja, serão liberados desde o momento da postagem — com exceção daqueles relativos à avaliação — para permitir o debate entre os participantes.

Os participantes deverão comentar todos as postagens com os microcontos do desafio, utilizando seus nomes reais.

Os comentários podem analisar cada microconto individualmente ou fazer um apanhado geral do que foi lido. É fundamental que fique claro que o comentarista leu os textos. Caso contrário, a moderação pode pedir para que o comentário seja refeito. Em caso de recusa, o participante pode ser eliminado.

É permitido ao autor do texto responder os comentários realizados em seu post; se assim optar, é obrigatório que use o seu pseudônimo.

É possível, ainda, que o autor comente no post com seus textos utilizando o nome verdadeiro, de modo a despistar a autoria.

IV – Avaliação

No dia 29/03/2021, será publicado um post de avaliação, anunciando o prazo para leitura e avaliação dos textos, levando-se em conta o número de participantes.

Nesse post, o participante deve listar seus autores favoritos, ranqueando-os em ordem de preferência. Ou seja, seu autor preferido deve vir no topo da lista, o segundo logo abaixo, e assim sucessivamente.

O número de autores que deverá ser apresentado nessa lista será definido de acordo com o total de inscritos e divulgado no post de avaliação

Ao último colocado de cada lista será atribuído 1 ponto; ao penúltimo, 2; e assim por diante. A apuração final será feita através da contagem desses pontos.

Também podem avaliar aqueles que lerem e comentarem em todas as postagens, mesmo não participando do certame como autores.

V – Resultado

Ao fim do processo de avaliação, será divulgado o resultado, que se dará pela soma de pontos alcançada por cada autor. Será divulgada uma tabela geral de classificação com todos os autores e suas respectivas notas.

Em caso de empate para alguma das três primeiras colocações, o critério de desempate será o maior número de primeiros lugares alcançados pelo conto. Persistindo o empate, o maior número de segundos; ainda persistindo, o maior número de terceiros e assim sucessivamente. Se ao fim desse processo o empate não se desfizer, a moderação decidirá.

Também serão divulgados os nomes reais dos autores.

VI – Premiação

O campeão do certame receberá um exemplar de A Segunda Natureza, de Maria Elisa S. Ribeiro, entrecontista vencedora do Desafio de Microcontos 2020, generosamente doado pela própria autora. E ainda um exemplar de Manual do escritor, do grande Roberto Klotz, que mais do que gentilmente decidiu doar livros para os três primeiros colocados!

O segundo lugar receberá o livro O voo rasante do pombo sem asas, do também entrecontista Luís Fernando Amâncio e também doado pelo autor de forma muito generosa. Além da coletânea Quase pisei!, de Roberto Klotz.

E, ao terceiro lugar, caberá outra coletânea do divertido Roberto Klotz, Pepino e farofa.

Boa escrita e leitura a todos!

Bruno Raposa.

4 comentários em “Regulamento do Desafio Microcontos 2021

  1. Pingback: Avaliação – Desafio Microcontos 2021 | EntreContos

  2. Elisabeth Lorena Alves
    26 de março de 2021

    Devidamente lido.

  3. Luciana Merley
    23 de março de 2021

    Oh! My gosh. E alguém pensou que seria moleza.

    • Dexter Apaixonado
      1 de abril de 2021

      Eu, com certeza!

Deixe uma resposta para Dexter Apaixonado Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado em 23 de março de 2021 por em Microcontos 2021.