EntreContos

Detox Literário.

Regulamento do Desafio Minicontos 2021

Bem-vindos ao Desafio Minicontos 2021!

I – Inscrições

O desafio é aberto a quaisquer escritores que sejam, com igual orgulho e dedicação, leitores.

Para participar basta escrever um miniconto inédito, com tema livre, e enviá-lo para o email desafio.entrecontos@gmail.com.

II – Minicontos

O texto deverá ser inédito. Por inédito entende-se jamais publicado, seja por via impressa ou virtual. Plagiadores receberão a cortês visita da nossa horda de compsognathus assassinos. Tantã, tantãããã, tarantã tã tã tãããã!

O prazo para o envio vai até às 23h59 do dia 04/07/2021, domingo, horário de Brasília. Se o seu miniconto não ficar pronto dentro desse miniprazo, fique com as palavras do minidragão: Desonra! Desonra pra toda a sua família. Pode anotar aí: desonra pra tu, desonra pra tua vaca…

O miniconto deverá respeitar o limite de 500 (quinhentas) palavras, excluindo o título. Quinhentas palavras ainda é miniconto? Não sei. Mas aparentemente ninguém sabe, não há consenso quanto a isso. Então vamos de quinhentas palavras. Reclama não, eu tenho compsognathus . Tanrã tã tã tã tanrantãtãããã tã tã tãããããã!

Ao enviar o conto, o participante deverá informar seu nome verdadeiro (da forma como assina seus textos) e indicar um pseudônimo com o qual o miniconto será identificado no certame. O pseudônimo não poderá ter quaisquer referências ao nome real do autor, ou a pseudônimos usados anteriormente em desafios do site. Analisaremos nos mínimos detalhes.

Os textos deverão ser enviados em arquivo .doc, .docx, ou .odt. Arquivos em .pdf não serão aceitos.

É livre a inclusão de uma ilustração, que deverá ser enviada juntamente com o conto, quer no mesmo arquivo, quer em arquivo separado. A responsabilidade sobre os direitos autorais respectivos caberá exclusivamente ao participante que indicá-la. Nossa especialidade é minimizar nossa culpa.

III – Formato do desafio

Os contos serão disponibilizados, juntamente e em ordem aleatória, no dia 05/07/2021

Também no dia 05 será publicado um post de avaliação, com instruções de como o certame irá transcorrer, dependendo do número de contos inscritos. Nesse post constará o prazo final para leitura, comentários e avaliação dos contos.

Se o número de textos inscritos for igual ou inferior a 29 (vinte e nove), o certame se desenvolverá em apenas uma etapa, onde todos os participantes devem ler, comentar e avaliar todos os contos.

Se o número de minicontos inscritos for igual ou superior a 30 (trinta), o desafio terá duas etapas. Na primeira, os textos serão divididos, de forma aleatória, em grupos. Cada grupo terá um mínimo de 15 (quinze) e um máximo de 25 (vinte e cinco) minicontos. Os participantes de um grupo deverão ler, comentar e avaliar os contos de outro grupo, conforme as instruções dadas no post supracitado.

Os textos mais bem avaliados de cada grupo se classificarão para a segunda etapa. Então haverá um novo post de avaliação e um novo prazo para leitura. Os autores classificados devem ler, comentar e avaliar todos os contos que estiverem nessa etapa.

O número de contos classificados em cada grupo dependerá da quantidade de textos e de grupos, sendo anunciado no post avaliativo.

A segunda etapa terá, no mínimo, 10 (dez) contos.

Após esse processo, será divulgado o resultado final.

IV – Comentários

Os comentários serão fechados. Ou seja, ficarão sob moderação até o término do certame, quando todos serão liberados de forma conjunta.

Os participantes deverão comentar todos os contos do desafio, utilizando seus nomes reais.

Os comentários deverão ter fundamentação. O que significa que comentários genéricos, sem apontar elementos relevantes do texto não serão aceitos. É preciso que fique claro que o comentarista leu e analisou o miniconto em questão. Caso a moderação entenda que o comentário não foi bem fundamentado, pedirá ao participante para que o refaça. Em caso de recusa, o participante poderá ser eliminado.

V – Eliminação

Será eliminado o participante que:

Não ler, comentar ou avaliar todos os contos que lhe forem indicados.

Fizer comentários sem fundamentação e se recusar a refazê-los.

Frustrar o anonimato, seja o seu ou de outro autor.

Reclamar que nos textos alheios tem muitos pontos de exclamação.

VI – Avaliação

A avaliação, seja no formato com uma etapa, seja no com duas etapas, será feita através da atribuição de notas.

A notas devem ser postadas no post de avaliação.

As notas atribuídas irão de zero a dez, utilizando apenas números inteiros, sem casas decimais.

Também podem votar aqueles que lerem e comentarem todos os contos, mesmo não participando do certame como autores. Isso vale para ambas as etapas.

Se o certame transcorrer em duas etapas, os autores que não se classificarem para a segunda podem seguir votando, desde que leiam e comentem todos os contos classificados.

VII – Resultado

Ao fim do processo de avaliação, será divulgado o resultado, que se dará pela média alcançada pelas notas de cada miniconto. Será divulgada uma tabela geral de classificação com todos os textos e suas respectivas notas.

Em caso de empate para alguma das três primeiras colocações, o critério de desempate será o maior número de notas mais altas alcançadas pelo conto. Persistindo o empate, a moderação decidirá.

Também serão divulgados os nomes reais dos autores de cada texto.

***

Quaisquer dúvidas poderão ser sanadas aqui mesmo neste tópico ou no grupo do EntreContos no Facebook, que você pode acessar clicando AQUI.

Boa escrita e leitura a todos!

Bruno Raposa, a minimoderação.

21 comentários em “Regulamento do Desafio Minicontos 2021

  1. iolandinhapinheiro
    11 de julho de 2021

    Mais uma desafio que vc conduz com humor e eficiência. Dá vontade até de participar, quem sabe na próxima?

    • Bruno Raposa
      25 de julho de 2021

      Obrigado. 🙂

  2. Pingback: Minicontos 2021 – Avaliação – 1ª Fase | EntreContos

  3. Catarina Cunha
    3 de julho de 2021

    Que treta ótima! Adorei a personagem Anselma; volte sempre querida. É bom colocar um filhote de cação no aquário para não criar limo.

  4. Fernanda Caleffi Barbetta
    28 de junho de 2021

    só pode ser brincadeira esse comentário fictício de pessoa fictícia.

  5. Regina Ruth Rincon Caires
    28 de junho de 2021

    “Reclamar que nos textos alheios tem muitos pontos de exclamação.”

    Miserávi… ❤

  6. Paula Gibbert
    28 de junho de 2021

    E haverá premiação?

    • Bruno Raposa
      28 de junho de 2021

      Não dessa vez. 🙂

  7. Anselma (nome fictício)
    27 de junho de 2021

    Achei um “concurso” preguiçoso para os organizadores. Os autores se dedicam, os autores escrevem, os autores enviam, os autores leem os contos de outros autores, os autores avaliam os contos de outros autores, os autores escolhem os contos de outros autores… para quê mesmo?

    Se tiverem coragem de publicar meu comentário (nome e e-mail fictício) por pensar que é o sentimento de muitos)….

    • Bruno Raposa
      27 de junho de 2021

      Olá, pessoa com nome fictício.

      Não há problema algum com seu comentário, críticas são sempre bem-vindas. Inclusive, não precisa recorrer ao anonimato para isso. Até te encorajo a publicar com o nome verdadeiro. 😉

      Como você pode perceber no título da postagem, o que organizamos não é bem um “concurso”, mas um desafio. Há sempre uma provocação – normalmente, um tema; eventualmente, como no caso aqui, um formato – e os autores produzem, leem e analisam os contos dos colegas, e coletam impressões no seu próprio texto. Durante o desenrolar do desafio, as autorias não são reveladas, assim garantindo a imparcialidade das opiniões.

      Ler, ser lido, interagir com outros escritores e receber comentários honestos sobre seus escritos: esse é o grande tesouro do EntreContos. Se você não vê valor nisso, paciência. ¯\_(ツ)_/¯

      Mas, veja só, nesse momento eu sou o responsável pela organização dos desafios. E, de fato, sou bem preguiçoso. Então nessa você acertou.

      Sinta-se sempre à vontade para opinar, criticar, dar sugestões e, se entender que vale o risco, participar. Quem sabe seu sentimento possa até mudar um pouquinho. 🙂

      Abraços.

      • Anselma (nome fictício)
        28 de junho de 2021

        As “impressões” a que você se refere são apenas manifestações do (enorme) ego de (sempre os mesmos) determinados autores que se irritam facilmente com críticas aos seus próprios textos e descontam sua irritação nos textos dos colegas. Para os pobres desavisados que pensam que terão uma “impressão” realmente isenta sobre seus escritos, sobra a tristeza e, muitas vezes, a desistência de continuar escrevendo.
        Meu nome é fictício e vai continuar assim… Deus me livre da birra destes egos!
        Abraços pra você também, querido preguiçoso.

      • Bruno Raposa
        28 de junho de 2021

        Olá, Anselma!

        Se você se sente segura para dizer que são “sempre os mesmos” que escrevem para os desafios, então imagino que já tenha visitado bastante o site. Talvez já tenha participado e ficado triste com os comentários, talvez seja apenas uma pessoa muito, muito curiosa. Fica o mistério. Mas está bastante claro que não pretende (mais) participar.

        O que me deixa um pouco intrigado é você, ainda assim, decidir fazer birra nos comentários. Seria apenas para chamar atenção? Ou decidiu desabafar justamente para as pessoas que considera tão superficiais? Vingança por comentários negativos? Ou você quer vestir o manto de paladina literária e alertar os pobres novatos que necessitam de sua orientação?

        Seja qual for a opção, certamente vou me identificar com você: nós escritores somos mesmo muito egocêntricos. 😉

        Um abraço fictício para a pessoa real por trás dessa personalidade tão encantadora.

      • Anselma (nome fictício)
        28 de junho de 2021

        Bruno, a carapuça me serviu (como você sabia meu tamanho?) no que se refere a “você quer vestir o manto de paladina literária e alertar os pobres novatos…”. Eu tenho esta mania ridícula de pensar que há inocentes que precisam de proteção (não de orientação).
        Nunca participei de nenhum destes desafios, mas conheço – de nome – alguns autores que participam, como a Regina Ruth que é uma escritora admirável ou a Ana Maria Monteiro, outra ótima escritora – esta última, uma das “vítimas” de um dos tais egos inflados, pelo que pude perceber algumas vezes. Como competir com tanto talento? Recolho-me à minha adolescência literária e nem tento!
        Mas os desafios do site, seus critérios, comentários e queixumes, ultrapassam as fronteiras para cair noutros locais da internet, viu? E adivinhe quem está em alguns destes locais? A Anselma, observando tudo e tirando conclusões (demasiado apaixonadas às vezes, confesso). Mas não vou mais vestir esta capa de paladina e meter o bedelho onde não fui chamada, prometo.
        Um abraço carinhoso de adeus, querido preguiçoso, amo trocar ideias com elegância.

      • Bruno Raposa
        28 de junho de 2021

        Então, Sel (já me sinto íntimo), não adivinhei o seu tamanho, apenas tive a cortesia de oferecer uma opção um pouquinho mais conveniente, embora ainda terrivelmente egocêntrica, para você escolher. E trocar “orientação” por “proteção” não melhora o cenário. Talvez até o piore – assumir que frágeis escritores indefesos precisam de sua proteção não é exatamente a epítome da modéstia, querida anônima.

        Quanto à Ana Maria – de fato, uma excelente escritora -, que tal permitir que ela mesma decida se é ou não vítima dos desalmados comentaristas do site? Falar em nome dos outros é também uma atitude ególatra, Sel. Além disso, até o momento, ela parece se sentir bastante confortável por aqui. 🙂

        E não há motivos para se acanhar com a competição, anoniminha! Eu mesmo ainda engatinho na literatura – quisera eu já ter atingido a adolescência! – e ainda assim participo dos desafios. E olha: até recebo uns comentários bastante gentis e proveitosos, veja você. Nunca fiquei triste, tampouco pensei em desistir. Na verdade, os desafios até me motivam a seguir escrevendo. Tente se arriscar qualquer dia desses. Vai ser muito bem-vinda.

        Fico feliz que o EntreContos repercuta em outros locais da internet, sejam lá quais forem. Parece divertido. E pode meter o bedelho sempre que quiser, eu mesmo tô te chamando. Tá sendo divertidíssima sua participação por aqui. ^^

        Ah, ninguém nunca me acusou de elegância, acredita? Ainda ganhei um belo elogio para fechar o dia.

        Grande abraço, Selinha, espero que decida voltar em breve.

        Aliás, sou capaz de apostar que vai. 😉

    • gisellefiorinibohn
      28 de junho de 2021

      Sinto uma presença por aqui… espírito que nos ronda, manifeste-se… estamos aqui para trazer-lhe paz… fale conosco… diga-nos seu nome… Andr…

      • Regina Ruth Rincon Caires
        28 de junho de 2021

        Vamos chamar Simone Tebet, ela amolece os corações e o cabra fala!!!!

      • Andre Brizola
        28 de junho de 2021

        Ow, ow, não sou eu, hein?

    • Elisabeth Lorena
      28 de junho de 2021

      Preguiça de ler com essas repetições de os autores… Quanto aos egos, eu mesma tenho e maior que minha altura, largura e soma de todos os fios de cabelo que habitam minha cabeça. kkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. Quase perfeito. Faltou avisar a multa por comentar que os diálogos são artificiais…

  9. Ana Maria Monteiro
    27 de junho de 2021

    Adorei o ponto 4 da parte V. Você tem mesmo sentido de humor e é uma pessoa muito divertida, Bruno. Saúdo essa boa disposição.

    • Bruno Raposa
      27 de junho de 2021

      Obrigado. Eu tento, nem sempre funciona, mas eu tento, rs. 🙂

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado em 27 de junho de 2021 por em Minicontos 2021.