EntreContos

Detox Literário.

Conto dos Títulos – Liga 2019 Rodada 1 (Neusa Fontolan)

Desafio – Liga 2019 – Rodada 1
COMÉDIA, FANTASIA

 

Em ‘Betiron, um Reino’ muito, muito distante, acoplado no meio de ‘Uma Floresta Alucinante’, vivia ‘Lúcia no mundo das coisas’. Lúcia, apesar de ser uma fada dotada de alguns poderes em um mundo encantado, estava aborrecida, cansada de tudo. Ela se sentia presa entre ‘[Colchetes]’.

Lúcia sabia que estava fazendo ‘Drama’, seu mundo era bom e lindo. Tinham mesa farta, danças, cantos, teatro e o dia da ‘Fogueira das Sanidades’ onde todos se reuniam em volta de uma grande fogueira, para ouvirem histórias.

Ela não aguentava mais ouvir as histórias sobre ‘A cidade Debaixo D’água, a Porta Trovadora e o Homem que Roubou o Luar’ sem contar nas ‘Crônicas do Servo que Habita o Nó e Daqueles que o Desvencilham’. Nesse dia mesmo, ‘Apenas Um Dia Comum’, teria teatro e pela milésima vez tentariam desvendar, ‘O Enigma do Rei’ que era ‘O Dia Em que Acordei Morto’, que fique claro que essas eram palavras do Rei e ninguém conseguia desvendar esse mistério: como ele acordou se estava morto? E se ele morreu como estava ali vivo? Até começaram a chamar este evento de ‘A Ressureição dos Mortos’. Mas, ela, ainda achava esse dia melhor do que ouvir ‘A Lenda de Aylana’, ‘A Lenda da Árvore Cantante’ ou a ‘Saga dos Sapos’, isso era um martírio, era ‘O Suplício de um Deus’. Não que as histórias não fossem boas, mas ela já sabia de cor e salteado, de trás pra frente ou de cima pra baixo.

O dia dos contos não é de todo ruim, porque, quem quer inventa uma história para contar, o problema é que eles não têm muita imaginação e quase todos os contos são sobre ‘A Dama Rubra’ e ‘A Dama de Negro’.

‘A Batalha da Planície’, que nada mais é do que um grande teatro onde todos participam, é muito divertido, porém acontece uma vez por ano. O Rei convoca a todos e ‘A Procissão’ o segue até uma grande planície onde o povo é dividido em grupos e é encenada uma grande batalha.

A coisa mais empolgante que aconteceu no reino foi quando o Rei brigou com ‘O Príncipe que não Tirava os Patins’, naquele dia ele tinha quebrado ‘O Vaso Milenar’ e não era a primeira peça que quebrava, era um arruaceiro. Foi hilário ver aquele velho gordo tentando alcançar o filho. Enquanto corria, e ofegava, ele gritava: — já não basta eu ser ‘Sensitu’ e tenho também ‘Sinestesia’, com todo esse som e cores que você está me bombardeando, da até para compor ‘Uma Canção Para Nara’. — Nara é a irmã mais jovem do príncipe.

Porém, o príncipe optou pela ‘Autorregeneração’ depois que seu amigo, o ‘Passageiro 3J’, filho dos ‘Herdeiros da Vingança’, resolveu acabar com aquela indisciplina e pregou-lhe um susto. ‘Benza Deus as Amizades’.

Aconteceu no mês de ‘Dezembro’ em uma noite de ‘Lua Cheia’. 3J convenceu ‘O Saci-pererê Galopando uma Mula-sem-cabeça’ a empurrar o príncipe com patins e tudo ‘Por Dentro do Tufão’ até ‘O Retorno Para a Nuvem Negra’. A mula-sem-cabeça era a própria ‘Justiça Flamejante’.

O príncipe ficou preso na nuvem, andava em todas as direções e só encontrava um grande vazio, a beira de um precipício . Entrou em desespero, andando para todos os lados sem encontrar a saída. Procurou se acalmar e lembrar de suas aulas de magia, a matéria em que ele era o pior aluno, inteiramente desregrado. Lembrou-se que certa vez para afrontar a professora ele disse, ‘Toda Professora Já Sonhou em Ser o Michael Douglas’. Agora estava arrependido, mas arrependimento não iria tirá-lo dali. Lembrou também do ‘Leitor Inácio’, um grande sábio que sempre dizia; sou um ‘Salvador ou a Lenda do Medroso Valente’.

Entre ‘O Som e o Silêncio’, sentou-se em posição de lótus e esvaziou a mente até sentir as ‘Revelações’ era o ‘Fim, Nomes e Descobertas’. Como um lamento trazido por uma brisa ele ouviu ‘O Homem que Tudo Verá Encontra o Homem que Tudo Promete’ e soube de imediato que eram ‘Os Invisíveis’ sussurrando em seu ouvido. Os invisíveis continuaram a sussurrar frases que não faziam sentido, até que ele entendeu o ‘Santo Segredo’, bastava ter fé e seguir sua ‘Intuição’ sem vacilar. Sem pensar em nada, levantou-se e foi andando até chegar na beira do precipício onde não parou. O que era pra ser uma queda de muitos metros não passou da descida de um degrau, era ‘A Passagem Secreta’ e o príncipe pisava novamente em seu mundo.

Depois deste episódio ‘O Animalismo’ do príncipe acabou e tornou-se ‘A Outra Face dos Anjos’.

Lúcia sorriu com a lembrança deste acontecimento. Seus amigos a olharam surpresos, ela tinha perdido o sorriso assim como a ‘Luz dos Olhos’. Fazia um bom tempo que nos olhos de Lúcia só se via ‘Lágrimas de Orvalho’.

— O que precisamos é de uma boa aventura.

Todos seus amigos viram um lampejo de brilho nos olhos de Lúcia, quando ‘Maicon’ que era ‘Um Goblin Sonhador’ disse esta frase. Todos se empolgaram.

— O que vamos fazer, como teremos essa aventura? — perguntou ‘Quirino’ todo animado.

— Vamos pensar, ‘Somos Seis’ e alguém vai ter uma boa ideia.

— Temos que desvendar os ‘Pequenos Grandes Segredos’ — Lúcia falou e todos notaram a mudança de humor que se deu nela. — Descobrir as ‘Histórias Não Contadas’.

— Que acham de irmos visitar ‘O Homem do Cão’? — sugeriu Kalil. — Miguel, ‘O Gnomo e Eu’ fomos lá uma vez e foi interessante ver aquele homem fazendo todas as vontades do cão.

— Besteira. — Miguel retrucou. — Você só quis ir lá porque estava de olho na filha do Homem.

— ‘E aí! Comeu?’ — afoito, Maicon que era o maior ‘Cara de Lata’ perguntou e ‘PAF!’ Levou o maior tapa de Lúcia.

— Comi nada! Aquela maluca só queria olhar ‘Os Dois Lados da Penteadeira’. O pior foi carregar ‘Miguel e o Caldeirão’, o lugar é longe. — Miguel não tinha as pernas e seus amigos o carregavam de um lado para o outro acomodado dentro de um enorme caldeirão.

— Foi ‘O Trabalho Mais Difícil de Kalil’ — disse o Gnomo soltando uma gargalhada — e isso por toda sua vida.

— Esse passeio está descartado — falou Lúcia. — E vocês sabem que o Rei não aprova nossas saídas do Reino.

— Já sei! — gritou Maicon entusiasmado. — Vocês esqueceram ‘A Viagem do Rei’? Aproveitamos que ele não está e vamos para ‘Brejo da Cruz’.

— Fazer oque naquele lugar? — Lúcia questionou.

— ‘Uai, Hoje é Dia de Rock, Bebê!

E todas as tristezas foram esquecidas.

Anúncios

Sobre Fabio Baptista

4 comentários em “Conto dos Títulos – Liga 2019 Rodada 1 (Neusa Fontolan)

  1. Sidney Muniz
    22 de abril de 2019

    Gostei, o texto ficou bem interessante, a leitura fluiu, claro que não li quase nenhum dos contos, seria ainda mais empolgante se tivesse lido, mas sinceramente me diverti lendo esse mosaico, parabéns pela criatividade e ousadia!

  2. angst447
    20 de abril de 2019

    Neusa sempre surpreendendo com a sua criatividade em alinhavar todos os títulos, criando um novo conto, uma bela colcha de retalhos muito original. Parabéns!

  3. Anônimo
    18 de abril de 2019

    Excelente e muito criativo.

  4. Caliel Alves
    18 de abril de 2019

    Kkkkk, muito divertido!

Deixe uma resposta para Sidney Muniz Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado às 18 de abril de 2019 por em Liga 2019 - Rodada 1 e marcado .