EntreContos

Detox Literário.

O Príncipe que Não Tirava os Patins (Cabloca Feroz)

No Japão existiam Hikari(a imperadora), e Tarô( o imperador) do japão.

Hikari se apaixonou por Tarô na província de Oosaka, os dois tiveram 3 filhos Kawada, Hashimoto e Yuri.

Quando Hikari ainda estava grávida…. diziam que possivelmente seu terceiro filho Yuri seria normal…

Yuri nasceu e começou a crescer… mas Yuri ele se desenvolvia bem até os 5 anos de idade…

Ele desenvolveu bem o cérebro, mas aos 5 anos de idade, Yuri começou a ter dificuldades para andar…

Seus pais Hikari e Tarô estranharam… e resolveram chamar o Médico Yoshiyaki até o palácio Kin ….

O médico fez todos os exames…e aparentemente Yuri tinha uma doença genética. Que pudesse fazer com Kin perdesse e amputasse os pés…

Mas havia um problema…os exames que Yuri precisava fazer pra ter certeza da doença ficava em Tókio.

A sorte de Yuri é que seus irmãos Kawada e Hashimoto eram mais velhos e já conseguiam se cuidar e se virar sozinhos… Kawada era uma menina de 16 anos que já era muito responsável e já dirigia com carteira de habilitação e Hashimoto era o irmão mais velho que trabalhava na fábrica Mitsubishi.

O imperador Tarô teve que viajar com Yuri, enquanto sua mãe Hikari ficava responsável pelo reino….

Yuri chegou ao hospital fez todos os exames… e a doença rara foi confirmada, só que quando Yuri chegou ao hospital o Médico chamou Tarô dentro de seu consultório enquanto Yuri esperava na sala de brinquedos…

O médico explicou toda a situação a Tarô e disse:

“Se Yuri, não fizer a cirurgia de amputar os pés até amanhã, ele pode morrer”.

Tarô então foi conversar com o filho explicando toda a situação de uma maneira que seu filho entendesse.

Seu filho Yuri respondeu… Pai eu estou com medo, mas vou fazer a cirurgia.

Então de um jeito lúdico, o pai respondeu a Yuri, que ele iria ter o melhor carro do mundo elétrico, A cadeira de rodas elétrica.

Tarô ligou para Hikari, explicando toda a situação quando Yuri já estava dormindo enquanto estava internado.

 

Então Hashimoto irmão mais velho de Yuri, pediu de presente como pagamento ao seu chefe, ao invés de pagamento, uma Cadeira Motorizada da Mitsubishi.

A empresa deu a cadeira para Hashimoto, mas também pagou seu salário por quê ele era um ótimo funcionário.

E kawada foi atrás dos adesivos do personagem predileto de Yuri, o anime kakegurui, Kawada a irmã de Yuri, enfeitou toda a cadeira elétrica de Yuri com seu personagem de anime favorito kakegurui.

Yuri gostou muito da cadeira elétrica enfeitada que Kawada havia enfeitado.

O garoto se desenvolvia… e crescia… e quando Yuri começou a chegar a puberdade… ele apaixonou-se por uma garota Brasileira que fazia imtercâmbio de ensino médio naquele país.

O nome da garota, era Roberta… Ela tinha olhos azuis, e era morena cor de jambo, e amazonense…

No começo Roberta não dava muita Bola para Yuri. Mas Yuri era um garoto diferente de todos que Roberta havia conhecido.

Yuri, apesar das cadeiras de rodas amava fazer surpresas em anonimato.

Yuri quando Roberta menos esperava, pedia pra Sakura sua amiga lhe deixar presentes, e todos os dias no horário de almoço, Roberta durante vários dias, recebia uma carta de Yuri… e com comidas típicas japonesas e um presente para que ela se sentisse bem…

Os presentes de Yuri eram Batons, brincos, maquiagens, bonecas bichos de pelúcia, i-pod, mp10, pen-drives, etc.

Roberta a India loira, ficou curiosa depois de 6 meses, e ela não sabia como agradecer a Yuri, por todos aqueles presentes… mas ela ainda não sabia quem era o garoto misterioso e romântico da Haná Gakkou.

Mas Roberta não estava encantada tanto com os presentes que O garoto misterioso Yuri lhe dava, mas sim com as poesias e poemas que ele escrevia em bilhetinhos.

Roberta então não sabia, mas ela estudava e era amiga de Kawada, a irmã de Yuri. Pois depois que eles cresceram Kawada Hashimoto e Yuri, tiveram que se mudar pra Oosaka por causa dos tratamentos caríssimos de Yuri, seu pai Tarô e sua mãe Hikari ficaram a cuidar do reino.

Yuri já trabalhava, e por isso enviava presentes a Roberta.

Roberta também trabalhava, mas como tinha que morar alugado, enquanto estava em outro país, a quantidade de Dinheiro pra ela era pouco. Mesmo assim ela conseguia se manter…

Depois de alguns meses morando no Japão, Roberta pediu pra Kawada achar o Garoto Misterioso que escrevia para ela.

Kawada, então começou a pesquisar entre todos seus amigos homens da escola, foi aí que ela descobriu que ela não havia perguntado de Yuri se ele era o garoto misterioso por quem Roberta se apaixonou.

Em cada bilhete de Yuri existia um poema que traduzido para o português ficou assim seu Primeira poesia.

 

“Admiro teu jeito de ser.

Admiro teu corpo inteiro

Admiro comtemplar tua beleza todos os dias…

Quero beijar tua boca carnuda,

Abraçar-te como se não houvesse amanhã

Quero te beijar de noite até ao amanhecer”

 

Kawada então resolveu perguntar a Yuri, se ele era o Garoto Misterioso por quem Roberta estava se apaixonando…

Yuri respondeu Mana sou eu sim… mas é que eu tenho vergonha de mim…

Kawada então perguntou Vergonha de quê Yuri?

Yuri- Por causa da cadeira de rodas muitos garotos irão ao baile de inverno e conseguirão dançar, mas eu apesar de mexer as pernas, teria dificuldades.

Foi então que Kawada se juntou ao seu irmão Hashimoto e teve uma idéia genial.

Os dois encheram e meias o patins de Kawada, porquê dava no pé do irmão dela, e era um patins de 4 rodas daqueles com freio na frente então no outro dia, Kawada e Hashimoto colocavam Yuri no quarto e faziam com Yuri se equilibrasse em cima dos patins… para que ele pudesse ter uma vida relativamente normal…

Todos os dias Kawada e Yuri ensaiavam e Hashimoto ajudava com o som.

Eles choraram a primeira vez que Yuri conseguia andar sobre os patins.

Este foi o primeiro de Yuri para Roberta a índia loira, depois de mais ou menos um ano, resolveu descobrir a sala do Garoto misterioso, e decidiu convidá-lo para assistir a dança de patins de street que ela iria fazer no fim do curso… mas Roberta jamais pensara que Yuri usasse cadeira de Rodas.

Na escola de Yuri havia atividades artísticas, e na sua apresentação de dança Roberta se declarou ao Garoto misterioso na frente de uma multidão enquanto a aplaudia, Roberta gritou em japonês uma música romântica em japonês e no final disse garoto misterioso cadê você?

Foi então que Roberto apareceu de Patins na frente daquela multidão escolar, mas dançando, ele não conseguiu ficar muito tempo em pé sem a ajuda de Roberta…

Roberta segurou Yuri, e o acompanhou até eles chegarem na praça da escola. Foi naquele momento que Yuri e Roberta deram seu primeiro beijo inter-racial.

O beijo deles durou horas e horas… então eles decidiram se encontrar várias vezes no ano seguinte…

E depois de 6 meses, eles viajaram para Manaus e para terra natal de Yuri, para ter a autorização de seus pais para se casarem, Yuri tinha grana, não por seus pais serem os imperadores, mas por ser independente desde de muito cedo.

Então depois de já terem sido abençoados, Roberta pergunta a Yuri porquê que ele não tirava os patins quando estava perto dela…ele então responde você quer mesmo saber?

 

Ele então responde “quando eu era criança, eu tive uma doença muito rara e tive que amputar o começo do tornozelo nas pernas ” e lágrimas escorriam do seu rosto enquanto Yuri estava sentado na cama, e falando isso a Roberta.

Roberta então revela a ele que se apaixonou por ele, e não pelo seu corpo físico…

Então Roberta começa a retirar devagar os patins de Yuri, a tirar a roupa de Yuri, então ela se despiu e se jogou em cima do corpo Yuri na cama No Hotel Totemo Oishii, e ali eles teem a primeira vez mais inesquecível da vida deles…

E se escutava gemidos de prazer…por todo Hotel.

Depois de mais 6 meses, Yuri decide levar toda a família de Roberta para seu casamento e junto de seus pais, Roberta já tinha se adaptado que seu futuro esposo usaria cadeira de rodas elétricas para o resto da vida.

Então ela decide ensaiar por dias com Yuri antes de seu casamento a sua entrada e a sua saída, foi aí que os 2 combinaram, que entrariam na igreja normalmente ela andando e ele na cadeira de rodas.

Mas o que os convidados de Yuri e Roberta naquele dia não sabiam, é que Roberta estava com um patins in-line, por debaixo do vestido, porquê ela e Yuri, ensaiaram por dias que sairiam dançando daquele templo dourado japonês.

Depois de alguns dias eles saíram dançando do casamento ela no patins e ele na cadeira de rodas.

E foi uma festa linda onde metade do templo estava enfeitado com objetos indígenas, como cocar, arco e flecha, e miniaturas dos pontos turísticos de Manaus , e muitas fotos sobre Manaus e Oosaka, foi a festa mais linda que a província já tinha visto.

5 anos de casamento entre Yuri e Roberta se passaram… eles tentaram ter filhos por muito tempo… e nunca acontecia foi aí então que Roberta e Yuri decidem ir a um Orfanato. Orfanato Arco-íris… no Japão e decidem adotar uma criança Negra, de olhos cor de mel…

Mas como tudo na vida dos dois não foi fácil… pois eles tinham que ter a autorização dos governantes e das autoridades dos orfanatos… eles visitaram a cada dia o garoto joão que tinha vindo do Rio De Janeiro…

 

E quando Yuri e Roberta visitar as crianças daquele orfanato, João os avistou e simplesmente o abraçou um de cada vez e depois foi brincar sozinho…

E eles continuaram a visitar João por meses… mas como eu disse a vida de Yuri e Roberta não era fácil… depois de visitarem João… eles descobrem que João era um garoto que fora abandonado pela sua mãe simplesmente porquê ele nasceu autista.

Mesmo assim eles decidiram adotar João mesmo com todas as suas crises de autistas, eles conseguiram adotar João depois de vários documentos.

Depois deles cuidarem daquele ser tão destaque na terra, eles levavam João a todos os especialistas possíveis para ser cuidado.

Por causa do cuidado de Yuri e Roberta, eles descobriram que João era Autista Aspeger (o grau mais leve entre os autistas).

 

Por causa do Amor de Yuri e Roberta , João conseguiu se desenvolver bem…e até passou na faculdade de medicina, aos 16 anos e conseguiu se tornar um autista independente, quando João passou na faculdade, finalmente Roberta e Yuri conseguiram engravidar após de dezenas de sessões de tratamentos. E Roberta engravida de um casal de gêmeos, aos 30 anos de idade.

Yuri, se tornou presidente da Mitsubishi e o dono maior daquela empresa aos 28 anos de idade e Roberta era Dançarina da banda mais famosa de J-pop e cantora internacional no Japão de Karaôke.

E os 5 se tornaram uma família linda, os gêmeos quando nasceram tinham olhos puxados de japonês, mas tinham os olhos azuis como os da mãe Roberta.

E todos eles se tornaram a família mais feliz do Reino.

E quando eles tinham dias de folga eles faziam shows de dança, no Reino…. em cima do par de 4 patins.

Todos os anos, eles viajavam para Manaus no início do Ano, e Para o Japão no final do ano e essas eram suas férias.

Mas no meio do ano, eles iam visitar João, pra ver se ele estava conseguindo se desenvolver bem…

2 anos se passam João se forma na faculdade de desenho. Por razões de ter o cérebro muito adiantados.

E aí que João apresenta sua namorada também autista na colaçõ de grau, ao seus pais o Nome da Namorada de João era Yurika.

Eles se casam… mas sem ter filhos.

E todos se tornam parte da família e são a família mais feliz do mundo.

Todos eles eram apaixonados pelas danças em cima dos patins in-line. E se apresentavam para o Reino. A cada ano que eles visitavam Manaus, e a Província onde Yuri tinha nascido.

E todos viveram alegremente para sempre.

Anúncios

Sobre Fabio Baptista

E Então? O que achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Informação

Publicado em 17 de fevereiro de 2019 por em Liga 2019 - Rodada 1, Série C3.